Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sábado, 5 de janeiro de 2019

POR UMA FRAÇÃO DE SEGUNDOS MINHA FILHA NÃO MORREU


Prezada irmã Jane Esther...

Tenho quatro filhos. Um filho de 22 anos, que está no exército.  Uma filha de 17 anos que está terminando o ensino médio, uma filha de 15 anos, que está no primeiro ano do ensino médio e o mais novo de 13 anos cursando o ensino fundamental... Eles estão de férias. 

Meu esposo é gerente de uma concessionária de carros importados... Somos todos evangélicos e batizados na Igreja Metodista.

Fui convidada inúmeras vezes, por uma mãe, vizinha minha para fazer parte do Ministério Mães Unidas em Oração, mas minha desculpa era uma só: tenho uma imensa luta, pois tenho 4 filhos e não sobra tempo. Tenho muitas coisas a fazer é não posso separar uma hora por semana para orar. Eu oro sozinha.

Cerca de três meses, ouvindo um cântico que vinha da casa de minha vizinha, o Espírito Santo me incomodou de tal forma que falei com ela aceitei o convite para orar pelos meus filhos e escolas. Desde que entrei no grupo comecei a orar por cada filho e a perceber a individualidade e necessidades de cada um.

Estava sentindo muita angústia, muito peso no coração com relação aos meus filhos. Minha filha de 15 anos, Ana Carolina, estava passando por mudanças. Não sabia o que fazer. Quando perguntava a ela se estava tudo bem, ela sempre dizia que sim... Não achava o caminho para iniciar um diálogo com ela... Eram tantas coisas para fazer, que o dia passava... a semana... o mês...

Na semana retrasada, precisei comprar algumas coisas para casa. Disse para meus filhos que iria ao mercado e, logo estaria de volta. Meus filhos de 13 e de 17 anos foram comigo. Minha filha de 15 anos disse que preferia ficar em casa... Não queria ir.

Sabe, irmã Jane Esther, minha filha sempre foi muito tímida, mas sempre feliz, estava presente em todas as atividades da igreja, na classe da EBD, na equipe de louvor...

Tinha percebido que minha filha, nestes últimos dias, estava direto no celular e muito calada, mas não imaginava, o que estava em seu coração... São tantas as coisas que não percebemos... Achamos que sabemos tudo, mas estamos equivocadas!

Bem... Ao chegar no mercado, que fica perto de casa, percebi que não havia levado o cartão. Passei a lista de compras para minha filha de 17 anos e falei para ela ir comprando que eu iria em casa buscar o cartão e voltaria rápido... Assim fiz...

Irmã Jane Esther, quando cheguei em casa, estava tudo muito silencioso. Chamei minha filha para dizer que tinha esquecido o cartão e já estava voltando para o mercado e, não ouvi retorno... Achei estranho! Comecei a procurar e... Quando cheguei no quarto, eu fiquei estarrecida, em choque!

Minha filha estava desmaiada, pendurada em uma corda que ela tinha amarrado no ventilador de teto... Parecia corda de cortina.

Eu dei um grito tão desesperador, que duas vizinhas vieram imediatamente... Eu não tinha ação. Estava em choque...


O esposo de uma das vizinhas tirou ela da corda. Ela ainda respirava. Meu vizinho a carregou até o carro e fomos para o hospital. Ainda pedi a filha de uma das vizinhas para avisar meus filhos no mercado do que estava acontecendo.

Durante o trajeto até hospital, eu e minha vizinha que também faz parte do Ministério, fomos agitando o coração e batendo no rosto dela para a cor voltar... Ela estava ficando roxa.


Quando chegamos ao hospital ela foi levada direto para a emergência... Enquanto a atendiam fizeram vários procedimentos cardíacos... Não pude fazer mais nada...

Não havia palavras, não havia questionamentos... Naquele momento busquei o Senhor de uma forma tão profunda e pedi que cuidasse de minha filha... (Mal sabia eu que o esquecer o cartão em casa já estava nos planos de Deus)

Eu e Maria, nome de minha vizinha, ali mesmo, naquele tumulto, orarmos a Deus.... Tudo nas mãos d'Ele... O que dizer? O que fazer? O que pensar? Nada a dizer! Nada a fazer! Nada a pensar!

Depois de duas horas de total aflição, o médico disse que ela estava em observação e que o susto tinha passado... Não poderia receber visita... Só mais tarde!

Foi então que telefonei para o meu esposo, pois ele estava viajando pela empresa para outro estado.

Minha filha ficou internada uma semana devido ao problema da corda no pescoço que afetou a glote... Ela ficou sem falar alguns dias... Voltamos para casa....

Depois que passou o pesadelo, perguntamos a ela o porquê de tentar se matar... Ela disse que não tentou se matar, mas que um colega enviou umas fotos de como se enforcar e ela quis saber como era, mas o banquinho que ela colocou para subir saiu do lugar e ela ficou sem chão... Foram tantos os questionamentos, conselhos, etc...

Este testemunho e, para que as mães fiquem atentas... Por uma fração de segundos MINHA FILHA NÃO MORREU.

(Valéria L. D.  é Mãe Unida em Oração em Belo Horizonte, MG)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora

Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

7 comentários:

  1. O que dizer.Tenho sim que esse ministério é de Deus e tem usado a nossa líder Jane Ester como um estrumento nas suas mãos para glória do seu nome!!!!

    .

    ResponderExcluir
  2. A Deus toda honrra e toda gloria
    Que testemunho maravilhoso.Deus seja louvado.

    ResponderExcluir
  3. Testemunho maravilhoso!!Glórias a Deus!!

    ResponderExcluir
  4. Deus seja louvado!! A ele toda glória todo louvor!!

    ResponderExcluir
  5. Deus maravilhoso. Quero sim fazer parte deste ministério

    ResponderExcluir