Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

domingo, 30 de setembro de 2018

O TAPETINHO VERMELHO






"Uma senhora muito simples morava em uma casinha bem humilde com a sua neta, que estava muito doente. Apesar de todos os cuidados, a menina piorava a cada dia e já não conseguia mais sair da cama. Como não tinha dinheiro para chamar um táxi e levar a neta ao médico, a mulher decidiu deixá-la sozinha e ir a pé até a cidade em busca de ajuda.

Ao chegar ao único hospital público da região, a senhora ouviu das enfermeiras que os médicos não poderiam ir até sua casa; era ela quem deveria trazer a menina para ser examinada e medicada. Desesperada e sem saber o que fazer, a avó saiu do hospital e passou a andar sem rumo certo. 

Ao passar em frente a uma igreja, ela resolveu entrar. Algumas senhoras estavam ajoelhadas fazendo suas orações e a avó também se ajoelhou. Ela ouviu as orações daquelas mulheres e, assim que pôde, levantou um clamor a Deus, dizendo:

- Oi, Senhor, sou eu, a Judite. Olha, Deus, a minha netinha está lá em casa, muito doente. Eu gostaria que o Senhor fosse até lá para curá-la, por favor. Anote o meu endereço, Deus: Alameda das Oliveiras, número 3.

As outras mulheres estranharam a forma com que aquela senhora orava, mas continuaram ouvindo.

- Não tem erro, Deus. É só o Senhor seguir o caminho de terra batida e, quando passar a ponte do riacho, o Senhor pega a terceira estradinha de pedra. Passando a vendinha do Sr. Luiz, a minha casa é o último barraquinho da rua.

Naquele momento, as mulheres ao lado já não oravam. Elas só conseguiam prestar atenção na senhora e se esforçavam para não rir muito alto... A avó da menina, porém, não se importou com aquilo e prosseguiu em sua conversa com Deus:

- Olha, Senhor. Eu tranquei a porta da frente, mas a chave fica debaixo do tapetinho vermelho. É muito fácil encontrar. Por favor, Deus, cure a minha netinha. Desde que meu marido e minha filha foram morar aí no céu, ela tem sido a minha única alegria. Obrigado.

E quando todas haviam pensado que a oração da idosa tinha terminado, ela complementou: - Ah! Deus, por favor, não se esqueça de trancar a porta e devolver a chave debaixo do tapetinho vermelho, senão eu não consigo entrar em casa! Até mais.

Assim que dona Judite foi embora, as outras senhoras da igreja soltaram o riso e fizeram várias piadas sobre a sua oração. Uma delas disse:

- Como pode uma pessoa nessa idade não saber fazer uma oração decente!? E voltou a rir.

Porém, dona Judite teve uma grata surpresa ao chegar em casa: a neta havia saído da cama e estava sentada no chão da sala, brincando com suas bonecas. Muito alegre, a avó perguntou à menina:

- Minha neta, você já está de pé?

E a garotinha, olhando com carinho para a avó, respondeu:

- Um médico esteve aqui, vovó. Ele entrou no meu quarto, me deu um beijinho na testa e disse que eu iria ficar boa logo. E não é que eu fiquei boa mesmo!? Ai, vovó... Aquele médico era tão bonito, sua roupa era tão branquinha que parecia brilhar. Ah, ele mandou dizer pra senhora que foi muito fácil achar a nossa casa e que ia deixar a chave debaixo do tapetinho vermelho, do jeito que a senhora pediu.

"Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus." (Romanos 8:26-27)

E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos
(Mateus 6:7)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

sábado, 29 de setembro de 2018

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE OUTUBRO DE 2018

É maravilhoso fazer parte de Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil e conhecer o extraordinário Programa de Oração Mundial em PGOs - Pequenos Grupos de Oração, que Deus deu a uma mãe: Fern Nichols, em 1984, no Canadá, e que já está em mais de 150 países... 

Um Ministério que durante anos tem sido referência na vida de milhões de mães ao redor do mundo!

Louvamos a Deus por mais um mês de oração pela vida de nossos filhos e escolas...

Agradecemos a vocês Mães Unidas em Oração que enviam seus pedidos e, através deles podemos elaborar o Calendário Nacional de Oração que tem norteado cada mãe no seu momento "A Sós com Deus"!



No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF. O Calendário não substitui o encontro semanal de 1 hora dos PGOs - Grupos de Mães Unidas em Oração.

Se a irmã pertence ao Ministério Internacional e não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!

Se você sentiu o toque do Espírito Santo para participar, o primeiro passo para fazer parte do Ministério Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil é fazer sua inscrição como Mãe (biológica, adotante ou espiritual) colocando seu(s) filho(s) e a escola adotada em oração na Rede Mundial de Oração.

É só fazer a inscrição para receber todas as informações necessárias através do link:
http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Tão logo encontre outra mãe que também tenha sido tocada pelo Espírito Santo comece seu PGO - Pequeno Grupo de Oração...

Foi assim que começou com Fern Nichols em 1984, no Canadá. Ela levou seu filho para escola e viu que ele estava mudando de comportamento. Começou a orar e pediu a Deus outra mãe que estivesse passando pela mesma situação. Assim começou Moms In Prayer International e, hoje, estamos em 153 países! Mistério Insondável de Deus! 

Lembre-se que Mães Unidas em Oração é um Ministério de mãe com mãe..


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
www.facebook.com/maesunidasemoracaobrasil
www.instagram.com/maesunidasemoracaobrasil
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA


“Ele começou a rabiscar algumas palavras num papel. De repente, parou e olhou para o lado. Viu o pequeno bilhete escrito por sua esposa. Seus olhos se fecharam e ele foi transportado no tempo. Viu seu filho, de apenas quatro anos, acamado. Uma febre fatal o levara. Reviu a cidade onde viviam ser destruída por um grande incêndio e num piscar de olhos todos os seus negócios e investimentos desaparecerem. Viu sua esposa e ele planejando a longa viagem de navio. Ela iria antes com as quatro filhas e ele iria logo depois de fechar um importante negócio. Ainda podia sentir os abraços que trocaram quando se despediram.

Fitou novamente o bilhete no qual se lia: “salva, porém sozinha”. Lágrimas escorriam por sua face enquanto pensava naquelas palavras. O navio que levava sua família colidira com outro, em alto-mar, e 226 passageiros perderam suas vidas. Entre eles, suas quatro filhas. Sua esposa sobrevivera. Ele enxugou as lágrimas, continuou escrevendo e, assim, em novembro de 1873, Horatio G. Spafford, um advogado cristão de Chicago, escreveu o hino “Sou Feliz”. 

Sob profunda dor ele compôs estes versos:

Se paz, a mais doce me deres gozar, 
Se dor a mais forte sofrer, 
Oh! Seja o que for, tu me fazes saber. 
Que feliz com Jesus sempre sou! (CC 398)

Poderíamos perguntar: quem nunca foi atingido pela perda de um ente querido, uma doença, o desemprego, sofrimento emocional de um membro da família ou amigo próximo? 

Nós não sabemos exatamente como reagir ou responder ao nos depararmos com circunstâncias tão difíceis. 

A história da mulher Sunamita, cujo único filho havia morrido (2 Reis 4:20-26), relata que apesar de profundamente angustiada, quando lhe perguntaram: “Vai tudo bem…?”, a resposta foi: “Tudo bem” (v.26). 

Mesmo abalados e aflitos, Spafford e a sunamita conheceram o perfeito amor de Deus, pois entenderam que quanto maior o sofrimento, maior o consolo do Senhor. 

“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. [...] Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” (João 14:1,27). 

Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, afirmou isso, foi além do simples falar. Ele ajudou pessoas em dificuldades. Jesus nos prometeu o Seu cuidado e por isto sabemos que em qualquer circunstância, podemos confiar que no Senhor somos felizes e temos a verdadeira paz.

Mãe, você não está sozinha, em hipótese alguma.


                                                                        Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. Paula Rosa

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

domingo, 23 de setembro de 2018

MEU FILHO SE FOI!


"O que dizer... Meu filho se foi...Ele não aguentou mais uma overdose.
Cheio de vida... Líder de louvor na igreja... Tocava sax como ninguém... Desde novo gostava do instrumento. Com 16 anos era líder nos adolescentes... Único menino, pois temos uma filha que é uma bênção!

Ele tinha tudo que queria... Fazíamos todas as suas vontades... Era nosso caçulinha... Ao entrar na Universidade de engenharia de Telecomunicações...Nossa vida mudou.Como havia dito para a irmã, ele começou a se envolver com dois colegas da Universidade, começou a sair e voltar altas horas, ir para as baladas... Mudou de comportamento, até descobrirmos que estava envolvido com cocaína...

Deixou a igreja, os colegas, o sax, o louvor.. Disse que agora estava vivendo a vida...Como sofremos... Como lutamos... Como choramos... Foram 3 longos anos de internações... 3 anos de agonia... 3 anos de contante desespero.... Não nos ouvia, não aceitava orientação... etc... etc...

Há um mês ele não aguentou e, depois de 3 paradas cardíacas, se foi. Ainda não posso acreditar que aquele menino que estava naquele caixão, que parecia estar dormindo, era o meu menino... (19 anos, mas para mim era o meu menino) 

Irmã Jane Esther... Muito obrigada por orar por mim e comigo pelo telefone... Quantos telefonemas... Como oramos... Muito obrigada pela atenção, quando muitos me deixaram pelo caminho, pois, não queria mas me ajudar.... Muito obrigada pelo auxílio espiritual... Muito obrigada, pois a irmã não foi religiosa e, sim uma samaritana... Muito obrigada por que a irmã, sem saber me carregou no colo no momento mais agonizante de minha vida....

Como a irmã sempre dizia: "Deus está no controle de todas as coisas", "Todas as coisas cooperam para o bem aqueles que amam a Deus", "Que os mistérios de Deus são Insondáveis", "Que o que acontece hoje não compreendemos, mas que lá na frente saberemos o "para quê" de Deus e não o "por quê?" "Que eu e meu esposo estávamos fazendo tudo que estava ao nosso alcance e, que era para eu descansar no Senhor" "Que muitas coisas acontecem e que não temos controle sobre elas", "Que era para eu não me culpar mais do que já estava me sentindo culpada"... etc..

Sabe, irmã Jane Esther, nunca demos limites para o nosso filho quando ele estava na primeira infância e precisava de orientação. Ele fazia alguma coisa que não estava certo e achávamos a maior gracinha... Ele chutava o pai e eu não corrigia. Ele batia no meu rosto e eu achava normal. Ele batia na irmã, e eu naõ fazia nada. Ele brigava com os colegas na igreja e eu achava ruim com os colegas e o defendia sempre, mesmo sabendo que ele estava errado.

Irmã Jane Esther, tenho pedido perdão a Deus pela minha atitude, minha falta de ação, minha ignorância, minha negligência, minha insensatez como mãe... Meu filho foi fruto da falta de orientação que deveria ter dado e não dei. Que as mães, que ainda tem seus filhos pequenos, possam ter atitudes totalmente diferentes das minhas.

Muito obrigada por tudo, pois a irmã, bem como minhas irmãs de oração foram bênçãos e estão sendo bênçãos na minha vida....

Tenho outra filha, e graças a Deus, ela tem sido a razão da minha vontade de viver.... Esta difícil, mas Deus está a cada dia nos confortando....

Graças a Deus pela vida de vocês que são alicerces para nós.... Sinto-me em paz.... 

(Jandira Ferraz da Costa - Mãe Unida em Oração - Belo Horizonte, MG)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos

Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.