Ministério Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil

Ministério Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

QUEREMOS TER A VISÃO DO ALTO



Temos muitos motivos para orar,dentre tantos, pela proteção de nossos filhos.

Quantos ataques, quantas intervenções e projetos maligno contra suas vidas...

Cremos que Deus está nos movendo a orar como que construindo ninhos nas alturas. No lugar seguro e secreto,nos braços do Pai.

Ainda que nós (mães) ou eles (nossos filhos) venhamos ficar como criancinhas num elevador, só vendo pernas e bolsas e com os pescocinhos doendo de tanto olhar para o alto como quem desejando o colo da mãe para ver tudo de outro modo.

QUEREMOS TER A VISÃO DO ALTO, DO MUITO MAIS QUE O SENHOR TEM, DE TUDO GRANDIOSO QUE O SENHOR TEM.

Somos mães, e temos uma maravilhosa proteção, d'Ele. Estamos em segurança, desfrutando de graça e misericórdia e, ainda que o nosso inimigo (Satanás) venha ferir nosso calcanhar ou dos filhos que tanto amamos, isso é tudo o que ele pode fazer, pois a Palavra diz que o Senhor Jesus esmagará a sua cabeça.

O que acontece quando as mães oram?

1. Elas protegem seus filhos, constroem seus ninhos num lugar alto e os ensina a viver lá.

"A mão que balança o berço é a mão que governa o mundo."

Onde estão nossos filhos? Como e por quem tem sido "embalados"?

Senhor ajuda-nos a proteger nossos filhos.

2. Suas ações são imitadas. Nós ensinamos pelo exemplo, não apenas por palavra.

Quando os filhos da águia precisam sair do ninho ela começa a voar sobre ele para estimulá-los a sair e alcançar novos desafios.

Quantas vezes queremos inculcar algo na cabecinha de nossos filhos que não praticamos?

Será que a verdade que estamos transmitindo, é de fato o que está em nossos corações?

Senhor ensina-nos a sermos exemplo.

3. Elas disciplinam seus filhos, não os deixa entregues a si próprios. Disciplina é um ato de amor.

4. São mães de fé, de coragem e perseverança.

A atitude mais radical da águia com seus filhos é arrancá-los do ninho e lançá-los no ar. Eles saem atrapalhados, dando cambalhotas... e a mamãe águia observa atentamente, mas os permite ir, mas antes que caiam no chão ela os agarra com suas possantes garras até que eles aprendam.

Ela jamais desiste ou deixa de investir.

"Senhor,
Ensina-nos a sermos assim com nossos filhos, a não desistir deles e investir neles, a ter coragem de lançá-los para alçar vôos até mesmo mais altos que os nossos... "

A águia é a ave que voa mais alto que todas as aves.

A mãe que ora também é assim, ela irá longe e levará seus filhos a conquistar as alturas (Isaías 40:31)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

SOFRI MUITO, MAS NA DOR AMADURECI!


Prezada Jane Esther...

Estava passando por momentos difíceis quando conheci o Ministério. Mesmo tendo sido criada em lar evangélico, não era assídua na igreja.

Meu esposo trabalha em uma empresa multinacional e viaja muito. Temos três filhos. Henrique, com 22 anos que está cursando o terceiro período de Medicina, Fabrício, com 19 anos cursando Tecnologia da Informação e uma filha, Nathaly de 15 anos, cursando ensino médio.

Devido a nossa condição financeira, pude levar meus filhos para passear em outros países, e a dar tudo que precisavam.

Meus filhos nunca nos deram trabalho. Meu esposo, sempre que podia estava na igreja e meus filhos sempre foram integrados e participavam dos trabalhos com alegria! Eu não era assídua! 


Minha filha foi ficando muito rebelde. Meu esposo sofria por ver que eu fazia todas as vontades dela. Várias vezes discutimos por causa dela!

Meu esposo, inúmeras vezes, disse que eu iria sofrer devido a minha maneira de lidar com Nathaly. Em determinado tempo, comecei a perceber que meu esposo estava correto. 

Minha filha, com 12 anos estava começando com rebeldias! Às vezes que eu ia a igreja, ela não queria ir e eu a deixava em casa com a empregada. Mesmo não sendo assídua na  igreja, sempre pedia a Deus que me ajudasse na criação dos meus filhos...

Procurando na internet algumas passagens bíblicas que pudessem me ajudar, pois minha aflição era grande encontrei o Ministério Mães Unidas em Oração e fiquei encantada. Quantas mensagens, quantos ensinamentos... Adotei o Calendário Nacional de Oração e as ênfases diárias.

Bem, eu não compreendia a importância da oração. Lembro-me que certa ocasião entrei em contato com o Ministério através do telefone que estava no site. Jane Esther me atendeu. Conversamos muito sobre minha filha. Ela me orientou. Quantos ensinamentos... Ela falou que eu tinha que dar limite para minha filha. Que ela estava sem norte, sem referência, sem noção de valores, respeito, entre outras coisas. Ensinou-me a orar a Palavra de Deus sobre a vida de minha filha, disse que o Ministério não é barganha com Deus e, sim intimidade, comunhão com Ele. Enfim... Muitos conselhos.

Fiz minha inscrição e comecei orando individualmente. Jane Esther me disse que tinha que ter outra mãe para orar em concordância. Falei com minha irmã Marília, passei para ela todas as informações. Ela fez a inscrição no Ministério e começou a orar comigo. Eu sempre orava pelos meus dois filhos, mas Nathaly estava sempre em evidência. Aos poucos, fui faltando, sempre com uma desculpa. Uma semana era médico, na semana seguinte era reunião com amigas no Shopping, outra semana era viagem, cabeleireiro, outro dia era academia... Enfim...

Minha irmã continuou o encontro com outras mães da igreja, mas eu, que passei todas as informações para ela não participava de praticamente nada. Não era zelosa, e com o tempo fui deixando de lado a principal arma que tinha para proteger e cuidar de minha família, de meus filhos: a oração!

Cada vez mais minha filha se rebelava... Devido as minhas futilidades desta vida fui priorizando tudo, menos a direção de Deus sobre a vida ela. Recebia as mensagens do Ministério pelo whatsapp, pelo e-mail e apenas lia! Minha irmã me convidava para as reuniões e eu sempre tinha uma desculpa!

Bem... Durante três anos foi assim!

No início desse ano, minha filha conheceu um rapaz de nome Thomaz. Era da escola onde ela estudava. Ela com 15 anos e ele com 17. Ela ficou encantada com ele. Não pensava em mais nada, somente nele! Ia para escola e não estudava, ficava com ele o tempo todo... Era dia e noite no celular... Por mais que eu falava, mais ela desobedecia!

Meus filhos falavam comigo sobre o comportamento dele, e também falavam com ela, mas eu dizia para eles focarem nos estudos e deixarem a irmã comigo. Meu esposo, também falava, aconselhava, mas a situação estava ficando difícil!

No Carnaval o colega a convidou para ir para casa de praia da família dele. Durante dias, ela vinha pedindo para o pai e para eu deixar, mas eu não permiti que ela fosse para lá de jeito nenhum. Ela pediu ao pai, mas ele disse que de maneira nenhuma ela iria para um lugar que eles não conheciam ninguém!

No dia 28 de fevereiro, uma quinta-feira, ela estava tranquila. Meus filhos tinham viajado para casa de uma tia no interior para passar o Carnaval e só voltariam no domingo após o Carnaval e meu esposo, tinha viajado na quarta-feiar e ficaria fora do Brasil por 15 dias. Meus filhos queriam levar Nathaly, mas ela disse que preferia ficar comigo. Estávamos todos felizes!

Com relação a minha filha, eu pensei que ela tivesse desistido de ir para casa de praia do rapaz. 

Bem, estava muito calor e ela disse que iria pedir a empregada uma laranjada e se eu queria também. Já estava de noite e,a empregada tinha pedido para viajar no Carnaval e não viria na sexta feira. Retornaria só na outra quinta-feira.

A empregada preparou o suco e se despediu indo embora. Aguardei um pouco e minha filha, trouxe o suco de laranja. Achei o gosto meio estranho, mas achei que fosse a laranja, visto que minha filha tomou tudo e, ainda disse para eu deixar de ser chata e tomar a laranjada!

Bem...

Quanto acordei extremamente sonolenta percebi que estava no hospital e com um soro no meu braço! Não sabia o que tinha acontecido.

Aos poucos percebi que minha irmã estava perto. Perguntei que tinha acontecido e minha irmã Marília disse que tentou falar comigo durante a sexta feira-inteira, mas que não conseguiu. Também não conseguiu contato com Nathaly. Como meu esposo e filhos não conseguiam contato nem com Nathaly, nem comigo, eles telefonaram para minha irmã. Já era a tardinha de sexta-feira. Ela foi à minha casa para saber o que estava acontecendo e me encontrou dormindo. Eu não conseguia acordar, e falava coisas sem nexo. Ela chamou meu cunhado e me trouxeram para o hospital. Meu esposo estava viajando e meus filhos em outro estado!

No hospital o médico, após exames, disse para minha irmã que eu tinha ingerido uma dose muito forte de calmante. Cheguei com a pressão 6x4. Quase morta.

No sábado, pela manhã, menos sonolenta, mas ainda muito grogue, perguntei a Marília onde estava Nathaly. Minha irmã disse que não sabia. Que tinha telefonado e ela não atendia. Minha irmã pensou que ela estivesse viajado com os irmãos.

Naquele momento veio a minha memória alguns momentos da quinta-feira e percebi que minha filha havia me dado o suco de laranja com calmante para sair com o namorado e ir para casa de praia. Fiquei desesperada. Contei para minha irmã o que realmente tinha acontecido. Minha irmã pediu as Mães Unidas em Oração Internacional que orassem por Nathaly. Fiquei sem saber o que fazer tal a angustia que invadiu meu coração!

Pedi minha irmã para ligar para uma das colegas dela, que atendeu e disse que Nathaly estava com eles em Búzios, RJ. Minha irmã não disse nada a meu respeito. Também meu esposo telefonou e minha irmã atendeu e disse que estava tudo bem. Ele tinha viajado na quarta-feira para um Congresso na Alemanha e não queria que ele ficasse desestruturado com nenhuma notícia.

Eu melhorei e tive alta no sábado a noite! Fui para casa de minha irmã, visto que minha empregada estava de folga e eu não tinha condições de ficar sozinha!

Meu cunhado foi para o retiro da igreja com os três filhos. Minha irmã ficou comigo!

Em casa minha irmã e eu oramos e pedi a Deus que me ajudasse naquele momento terrível e guardasse minha filha, pois não poderia ir buscá-la! Não tinha condições físicas, nem psicológicas. Não podia acreditar no que minha filha tinha feito comigo.

No domingo, telefonei para minha filha e consegui falar com ela. Não deixei perceber que eu estava mal, apenas pedi que quando terminasse o Carnaval que voltasse para casa. Não reclamei, não disse nada, apenas, numa calma sobrenatural, disse essas palavras e desliguei. Não fiz mais contato, mesmo com o coração partido, pedi a Deus forças para prosseguir.

Meu esposo e filhos telefonaram para mim e eu disse que estava tudo bem e que eu estava na casa de minha irmã devido o Carnaval.

Naqueles dias, eu e minha irmã oramos em Concordância e pedimos a Deus que me desse sabedoria para saber como lidar com tudo o que estava acontecendo.

Na quarta-feira, retornei para casa. Fiquei sozinha, orando a Deus para que me ajudasse. Pedi perdão, pois tudo que Jane Esther me disse eu não fiz. E agora, estava diante de uma filha que quase me matou, apenas por não aceitar um NÃO como resposta.

Minha filho só retornou no domingo após o Carnaval, e, foi para o quarto como se nada tivesse feito. Sem nenhum sentimento, sem nenhuma saudade, sem nenhuma manifestação de carinho.

Falei com ela que precisaríamos conversar. Ela disse que estava muito cansada da viagem e que no dia seguinte ela poderia me ouvir!

Meus filhos chegaram de viagem e na segunda cedo foram para a faculdade!

Eu estava anestesiada. Eu não sentia nada, apenas tristeza e pena de minha filha. Sim, eu estava com pena de minha filha. Fui eu quem criou aquela pessoa que estava ali. Como fazer agora. Meu esposo sempre preocupado em nos dar o melhor viajava muito pela empresa!

De repente meus olhos foram abertos!

No dia seguinte, eu e minha filha falamos pouco. Perguntei como foi a viagem para Búzios e ela disse que foi demais. Então pedi para ela trazer o “namorado” em casa para eu conhecer.

Não falei nada sobre o que ela fez para ninguém. Ainda não era o momento certo! Deus estava trabalhando em mim! Não adiantava mais brigar, questionar, discutir.

Meus filhos perceberam alguma coisa estranha, mais como tinham muitas tarefas, não se envolviam muito.

No sábado o namorado veio e, eu disse para ele que poderiam namorar...

Eles riram de mim!

Bem... Meu esposo retornou, e eu compartilhei com ele tudo o que tinha acontecido. Ele ficou perplexo. Ele não brigou comigo, apenas ficou calado e pensativo. Ele tentou conversar com minha filha e ela simplesmente disse para pai: “- Acorda pai, o mundo mudou!” Meu esposo ficou chocado com ela e disse que eu era a responsável por tudo o que estava acontecendo com minha filha. Disse que cansou de falar comigo, mas eu não aceitava! Cansou de dizer que eu tinha que levara a menina para a igreja, mas eu não me mexia! Enfim, um caos!

Um mês após eu permitir o namoro, a situação entre eles começou a ficar difícil. Eles brigavam muito e terminaram o namoro.

Observei que minha filha estava triste, pálida, não queria comer. Marquei um médico e foi quando ele disse que minha filha estava grávida de 8 semanas e com a pressão alta. Eu e meu esposo entramos em contato como Thomaz que foi em nossa casa.

Enquanto minha filha descia a escada, do segundo andar para atendê-lo eles começaram a discutir, pois Nathaly disse que estava grávida. Mesmo assim Thomaz disse que não queria nada com ela.

Ela escorregou, caiu da escada e batei a cabeça na quina do mármore. Levamos para o hospital. Traumatismo craniano! Ela perdeu o bebê. Momentos de extrema dor, angústia, sofrimento... Devido ao traumatismo ela ficou 10 dias em coma induzido! Ficou internada 42 dias! Quase morreu e nos matou de susto!

Como clamei a Deus e pedi as Mães Unidas em Oração Internacional para me ajudarem em oração! Minha irmã do meu lado sempre me apoiando! Um ser iluminado! Como eu estava errada! Seus irmãos tomaram conhecimento de tudo o que acontecera. Quiseram tirar satisfação com o ex-namorado, mas não valia mais a pena!

Quase dois meses depois, minha filha ainda debilitada me chamou e pediu perdão pelo que ela fez. Ela disse que não imaginava que o calmante me faria tão mal. Ela disse que eu estava certa. Que Thomaz não prestava.

Depois de tanta dor, meses de sofrimento, de clamor, de angustia... Minha filha mudou o ruma da vida dela e hoje é outra pessoa. Sofri muito, mas na dor amadureci!

Mas, as marcas ficarão para sempre!


Hoje estou firme na igreja e no meu PGO que agora funciona em minha casa!

Mãe, você é a autoridade! Não abra mão dela!

Gabriela M. L. Miranda – Mãe Unida em Oração – Rio de Janeiro, SP 
(Testemunho publicado com permissão da mãe)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora

Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548 


(Editora do Blog: Jornalista Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

NA SEMANA DO CARNAVAL: SEIS DIAS DE CLAMOR


MÃE, NÃO DEIXE SEU FILHO DESPROTEGIDO!

Vamos juntas encher os céus de clamor a Deus...


Bíblico: Salmo 1 "Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores; antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e noite. Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios, mas são semelhantes à moinha que o vento espalha. Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos; porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à ruína."

LEVANTA E CLAMA...

1. Pela vida dos filhos, netos, bisnetos, que estão seduzidos pelo Carnaval.

2. Pela vida dos filhos, netos, bisnetos, que não se deixam seduzir pelo mundanismo. (Oração de gratidão)

Os Quatro períodos de oração:

1º Período: 00:00h às 06:00h
2º Período: 06:00h às 12:00h
3º Período: 12:00h às 18:00h
4º Período: 18:00h às 24:00h

Cada Mãe Unida em Oração, no momento "A Sós com Deus" no MONTE do quarto de guerra, irá separar, no mínimo 7 minutos, num dos quatro blocos de horário acima.

LEVANTA E CLAMA!

"Nada, ABSOLUTAMENTE nada resiste ao Poder da Oração!" (Jane Esther de Paula Rosa)



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

sábado, 15 de fevereiro de 2020

COMO SER UMA MÃE MELHOR




Neste artigo, um empurrãozinho para começar aquela mudança tão desejada na vida e ser uma mãe melhor: Um calendário com atividades específicas para isso.

Talvez você seja uma mãe que sonha em ser melhor para os filhos e que queira transformar o tempo com eles em momentos de mais tranquilidade e conexão. Qual mãe não deseja isso para os filhos? O título "mãe" traz muitas responsabilidades e sentimentos bons junto dele. Mas também um não tão querido, e em especial, parece que vem para ficar eternamente: a culpa.

Protejo demais meu filho? A escolinha é boa? Ele bateu, de novo, no amiguinho. Será que não sei educar meu filho? Fico muito tempo longe dele? Brinco pouco? Grito muito? Não sei lidar com as birras...

Os questionamentos e reflexões não acabam nunca e, provavelmente, seguem com as mães por toda a vida, independente da idade que o filho tenha. Porém, esses momentos também são bons para que haja uma mudança de atitude, caso você perceba que é necessária na relação com seu filho.

Hoje você está disposta a mudar? Você quer mais serenidade e demonstrar melhor o amor pelo seu filho? Abaixo segue um calendário com várias ações a serem feitas que certamente transformarão o seu convívio familiar.

Dia 1 - Pergunte para seu filho: o que podemos fazer juntos nesse mês?

Dia 2 - Beije seu filho enquanto ele está dormindo.

Dia 3 - Deixe um recadinho amoroso.

Dia 4 - O foco hoje é: alegria.

Dia 5 - Ensine ao seu filho uma coisa que ele pode fazer sozinho.

Dia 6 - Imagine seu filho com 25 anos e fique com isso em mente.

Dia 7 - Não critique seu filho hoje.

Dia 8 - Como você quer que seu filho lembre de você? Seja essa mãe hoje.

Dia 9 - Pergunte a opinião de seu filho.

Dia 10 - Ria com seu filho hoje.

Dia 11 - Seja firme, mas não áspera.

Dia 12 - Pense na idade de seu filho e diga para você mesma: "ele só tem __ anos. É só uma criança".

Dia 13 - Calcule quanto tempo falta para ele terminar o ensino médio.

Dia 14 - Diga para seu filho que você é feliz por tê-lo.

Dia 15 - O foco hoje é: paciência.

Dia 16 - Lembre-se: ser mãe é um presente

Dia 17 - Substitua o sarcasmo pela bondade.

Dia 18 - Ore por sabedoria.

Dia 19 - Encoraje seu filho hoje.

Dia 20 - Desligue seu celular, computador ou televisão quando ele estiver com você.

Dia 21 - Abrace seu filho três vezes ao dia.

Dia 22 - Faça ou compre a comida favorita do seu filho.

Dia 23 - Imagine-se com a idade do seu filho. Como você se sente?

Dia 24 - Ensine uma nova palavra para ele.

Dia 25 - Perdoe-se quando você fracassar.

Dia 26 - Identifique uma mãe que você admira e tenha uma qualidade dela hoje.

Dia 27 - Passe o dia sem gritar.

Dia 28 - Não interrompa seu filho quando ele estiver falando.

Dia 29 - Fazer uma dessas coisas é bom para a saúde: caminhar 10 minutos, comer uma fruta ou ter uma boa noite de sono.

Dia 30 - O foco de hoje é: amor.

Uma atividade para cada dia do mês. Para não esquecer você pode imprimir e colocar num local visível. E, se em algum dos dias falhar, não desista. Quando queremos mudar algo é importante ter persistência mesmo depois que alguma das ações não tenha saído como o esperado.

Continue firme e verá que no final a sua casa estará seguindo a harmonia que você propor.

Fonte: Familia.net/ por Caroline Canazarti



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

UMA FRAÇÃO DE SEGUNDOS... UM MILAGRE DE VIDA!



Boa noite...

"Com lágrimas em meus olhos, extremamente emocionada e glorificando nosso Deus, que estou aqui escrevendo para vocês.

Peço ao Espírito Santo que ao lerem cons
igam sentir meus verdadeiros sentimentos. 

Meu nome é Renata, tenho 37 anos, sou veterinária, sou mãe e pai e cuido do meu filho Viktor sozinha (quem passa por esta situação sabe o quanto é difícil e cansativo).

E nossa historia começa... 

Meu filho, o pequeno Viktor é um bebezinho de 11 meses. Muito carismático, sorridente e bonzinho, graças a Deus. Disponho de cuidar dele em tempo integral. Mas mesmo cuidando, observando o tempo todo percebi que nossas vidas e a nossa proteção esta totalmente na dependência e vontade de Deus. 

Mães, não era para estar aqui escrevendo a vocês, nem eu e nem meu bebê. Irei relatar nosso livramento e milagre da vida.

Oh! Deus tu és maravilhoso! Obrigada por mais esta chance! Obrigada por sua proteção e amor.

Quando Viktor tinha 28 dias, sentia que precisava a partir daquele momento interceder mais por ele. Percebia que faltava algo quando orava por ele. Não tinha respaldo, comprometimento, enfim, parecia que minhas orações ainda não estavam abrangendo o que queria, o que necessitava. Foi então que fui procurar como orar pelos nossos filhos de uma forme especial, bíblica. A partir desta necessidade, conheci o Ministério Internacional Mães Unidas em Oração através da internet.

Achei fantástico... Era o que precisava e entrei em contato, recebi todas as informações, fiz minha inscrição online. Desde então iniciei sozinha minhas orações e hoje tenho meu PGO - Pequeno Grupo de Oração aqui em Curitiba, PR.

O que aconteceu... 


Alguns dia atrás eu estava na célula e resolvi trocar meu bebê, pois chorava muito. Era um sobrado e, então subi no segundo andar para trocá-lo.

Quando terminei, estávamos descendo as escadas, quando de repente senti que ia cair e ele estava em meus braços. Eram dois lances de escadas. Naquele momento segurei-o firme e fomos caindo. Tentei protegê-lo ao máximo, mas no último degrau para eu não cair em cima dele, deslizei no chão e ele bateu a cabecinha na outra parede. Eu capotei para o outro lado.

As meninas da células relataram que o barulho da nossa queda foi tanto que todas ficaram completamente abaladas e imaginaram o pior quando foram nos ver.

Vocês não conseguem imaginar tamanha aflição, medo, impotência, desespero que senti quando estávamos caindo. O pior foi quando me levantei e vi meu bebezinho aos prantos gritando e chorando.

No mesmo momento, peguei-o em meus braços e clamei a Deus pela vida dele e para que colocasse novamente as Suas mãos no Viktor impedindo quaisquer dores, sequelas ou susto em sua memória.

Deus cuidou e colocou Suas mãos poderosas para amortecer nossa queda e aos poucos fomos nos recuperando do choque. 


Passamos bem a noite e estamos muito bem, graças a Deus. Viktor está tranqüilo e feliz....

Só tenho que agradecer a Deus por ter me colocado junto com vocês em oração.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos! Grande verdade, somos testemunhas vivos disto.

Todo filho precisa de uma mãe que ora! Fato, devemos interceder a todo o momento, Satanás não consegue interferir em nossa oração.

Espero que este testemunho edifique você mãe, para que veja a verdadeira necessidade de orar para proteger nossos filhos.

Venha fazer parte desse ministério de oração!
Você já orou pelo seu filho hoje?
Um grande abraço!”



Renata Mikoszewski e Viktor 

(Mãe Unida em Oração em Curitiba, PR - Janeiro 2017) 



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

TEMPOS MODERNOS, MÃES ATENTAS!



Tem sido cada vez mais comum o uso da Bíblia em dispositivos eletrônicos (celulares e tablets). Não se pode dizer que é errado usar tais dispositivos, porém eles podem ser uma tentação. Não podem tomar lugar do Reino de Deus

Eu, particularmente, ainda não me rendi ao uso da Bíblia em aplicativo. Uso, sim em algumas ocasiões, mas, sim, ainda carrego minha Bíblia impressa por aí. Não posso negar que acho prático ter a Bíblia em um dispositivo eletrônico e ser capaz de usá-la em qualquer situação, mas tenho ressalvas.

A Bíblia impressa não é nada mais do que um livro físico, com folhas, letras e capa. Ela não vibra, não toca e não assobia. Já um celular tem centenas de funções – nele você tem a opção de fazer e receber ligações, checar emails, WhatsApp, Facebook, Instagram, ouvir música, tirar fotos, fazer uso de tantas outras funções e, por fim, ler a Bíblia.

Repito, não é errado ler a Bíblia em dispositivos eletrônicos, muitas vezes é tudo o que se tem em determinado momento. Mas, pense na seguinte situação: você está no culto, lendo a passagem bíblica em seu celular e de repente chega uma mensagem. Nestes aparelhos novos, o nome do remetente e parte da mensagem já aparecem automaticamente na tela. Daí, “sem querer” você já lê um pedaço da mensagem enviada, mas qual será o resto da mensagem? O que você faz? Ai, que curiosidade!

Basta um segundo para tirar nosso foco do que é mais importante. Basta uma pequena vibração, um toquinho e nossa atenção se volta para o nosso celular. E a pregação? – Nem lembramos mais que estamos dentro da igreja. E a Bíblia? – Ah é! Tem uma no celular também! 

Salmo 86:11: “Ensina-me SENHOR, o teu caminho, e andarei na tua verdade; dispõe-me o coração para só temer o teu nome.” 

Uma dica prática seria colocar o celular em “modo avião” ou simplesmente, desligá-lo enquanto se está no culto. E fazer como o salmista: pedir a Deus disposição de coração para temer ao Senhor somente. E que Ele nos ensine e nos ajude a usar destes bons artifícios modernos de forma que não desviem nossa atenção em momentos importantes, como o culto.



Sem espaço de armazenamento
Tenho percebido que a internet e os aparelhos eletrônicos são os ladrões que mais têm roubado tempo de nossas vidas. Muitas vezes nos sentimos super atarefadas e parece que os minutos somem diante dos nossos olhos. No fim do dia, ainda temos uma lista imensa de coisas a fazer.



Mas agora, pense no seu dia: Quantas vezes por dia você faz uso da internet? Para que você usa a internet? Quantas vezes checa seu Facebook? Quantas mensagens são mandadas por dia? Você consegue ouvir o barulhinho da mensagem que chegou e não checar imediatamente? Você se sentiria satisfeita se passasse o dia todo sem fazer login em suas contas? Ou você se sentiria desconectada e vazia?



As respostas a estas perguntas vão nos ajudar a saber o quão imediatistas nós somos. Elas nos ajudam a saber quão rápido nós servimos a estes dispositivos ao invés deles nos servirem. E isto é muito sério!



Um dia desses, eu estava ouvindo o rádio no carro e passou uma propaganda de uma nova operadora de celular. O grande diferencial do serviço oferecido é uma espécie de seguro que vem junto quando você contrata essa operadora:

• Eles mandam um especialista até sua casa para configurar seu celular;

• Emprestam um aparelho enquanto o seu está no conserto e,

• (Esta é a melhor parte!) Eles buscam seu celular esquecido em casa!!!

Com certeza esta nova operadora vai abocanhar uma fatia do mercado que está descontente com sua operadora atual e que achou muito interessante esta história de nunca ficar sem o celular.

Este serviço oferecido pode nos parecer muito útil, mas analisando mais profundamente, a conclusão é que nós passamos a ser escravos de ferramentas que foram criadas para facilitar nossa vida e serem usadas por nós. Dedicamos tempo, dinheiro e sacrificamos nossos relacionamentos com Deus e com o próximo a fim de cultuar a tecnologia em nossas mãos. Isso é pura idolatria!

Lucas 10:27 “ Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento.”

Pense agora nas respostas que você deu acima em relação à internet e tente fazer um paralelo com este versículo. Quantas vezes por dia você busca a Deus em oração? Quantas vezes no seu dia, as coisas que você vê ao seu redor, te levam a louvar ao Senhor?

Se gastamos boa parte do nosso tempo usando a internet para satisfazer as nossas curiosidades, então deixamos de investir tempo com Deus, tempo em oração e leitura da Palavra. Quebramos o primeiro mandamento e colocamos outros deuses diante de Deus.

Nosso país tem sido agraciado com a tradução de livros muito bons. E temos tido muitos autores brasileiros publicando literatura cristã de boa qualidade também. Mas o tempo de leitura de boa literatura, com mais de 144 caracteres, tem sido mais escasso. Haja vista quando entramos no metrô ou no ônibus, o que vemos são pessoas com suas cabeças baixas checando alguma coisa em seu celular. Ou basta o avião colocar as rodas na pista para as pessoas sacarem seu telefones de seus bolsos e começarem a checar, impacientes para saber se alguém mandou alguma mensagem, ou desejosas de ligar para alguém contando que já aterrissou.

Nosso coração não pode encontrar deleite nas coisas deste mundo, que são passageiras, que traça e ferrugem corroem, sem deixar espaço para nutrir e florescer a Palavra do Senhor. Não podemos deixar com que a internet dite quais imagens e vídeos o nosso coração deve adorar. Este lugar é de Deus e dele somente.

Na real
Tiago 4:8: “Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração.” Aqui Tiago não está falando para ímpios que negavam a Cristo, mas para crentes no Senhor Jesus que passavam por tentações e muitas vezes deixavam seus corações serem levados para outro lado, longe do Salvador. Eram homens e mulheres inconstantes em seus caminhos.

E assim somos nós muitas vezes, amamos a Deus, mas temos uma mente dividida, inconstante. Deus nos dotou com inteligência e capacidade de criação, por isso, O honramos quando criamos coisas que exaltam Seus atributos. Não podemos deixar que estas coisas criadas por nós tornem-se nossos ídolos e objetos do nosso orgulho. Temos que usar da inteligência que Deus nos deu e o coração guiado pelo seu Santo Espírito para que estas coisas não nos dominem. Pois, o problema não é usar a internet, mas o quanto nosso coração está empenhado em se satisfazer nela; quanto tempo gastamos navegando sem limites, pode ser o problema.

É sabido que o uso devido deste instrumento pode ser de grande valia para a vida da igreja. Vejamos 1 Tessalonicenses 5:8: “Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificai-vos reciprocamente…” Medite neste verso e pense no apoio que as igrejas podem dar aos seus missionários, fazendo conferências via Skype e orando junto com eles. Isso em tempos passados não era possível. Precisávamos esperar por cartas com fotos para saber como era o campo missionário e se aquela família precisava de algo em especial.

Outro grande auxílio é o número de recursos para aulas, escolas dominicais e EBFs. Somos servidos e podemos servir compartilhando materiais bíblicos utilizados em nossas igrejas, para que outros irmãos também sejam abençoados com o ensino da Palavra.

A internet não pode ser substituída pela pregação da Palavra e comunhão com irmãos em igrejas locais, mas pode ser o alento de um visitante estrangeiro que busca exortação e conforto na Palavra de Deus ouvindo sermões de sua terra natal. Pode nos edificar com sermões e estudos de crentes firmes na fé, mas que nunca terão oportunidade de vir pregar em nossa igreja local.

A internet pode ser canal de benção para proclamação do Evangelho. Afinal de contas, se muitos usam dela para espalhar mensagens de morte e mentira, nós que conhecemos a Verdade, temos uma mensagem muito mais sublime e majestosa para propagar, a mensagem da vida eterna e plena com Cristo.

Nós que somos mães cristãs não podemos sucumbir aos ídolos modernos. O politeísmo era um problema constante do povo de Deus. Mas não estamos livres disto. Hoje esses ídolos tem uma nova cara, com cores e formatos diferentes, mas ainda continuam encantando os corações do povo eleito.

No entanto, se nossos olhos estiverem fixos naquele que já correu esta corrida e venceu por nós, então nosso foco estará no que é mais importante. E por mais que sintamos que a batalha é dura e nossas forças se esvaiam, podemos todos os dias pedir renovação, fazer um novo download e ter nosso fardo aliviado.

Hebreus 12:2-3: “olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus. Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma.”

E na eternidade nossa conexão com Ele será perfeita, sem desvio de atenção, sem obstáculos do nosso coração e sem infidelidade. Porque o próprio Jesus nos sustentará em sua graça para que nossa vida com Ele seja de perfeito louvor.

Pense nisso, mãe!  Seu momento "A Sós com Deus" não pode ser substituído por um aparelho. Seu PGO - Pequeno Grupo de Oração muito menos!

(Natalie Campos - Mulheres Piedosas)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

10 ESCOLAS INOVADORAS NO MUNDO!

O ambiente é um dos fatores que mais afetam o aprendizado em uma escola ou faculdade. Sabendo disso, muitos arquitetos e designers têm se esforçado para recriar ambientes de aprendizagem, transformando as chatas e convencionais salas de aula em incríveis ambientes onde a criatividade e a inovação são estimulados. Utilizando cores, formas e propostas de ensino diferenciadas, estas são algumas das escolas que têm revolucionado, no mundo, o conceito de estudar.1. Makoko Floating School – Lagos, Nigéria

Contra as constantes enchentes da região de Makoko, na Nigéria, foi projetada uma escola flutuante, que garante segurança aos alunos independentemente das chuvas. Cada escola pode abrigar até 100 crianças e funciona de forma autônoma, com o auxílio de paineis solares para captar energia e um sistema que filtra água da chuva para usar no banheiro e torneiras.


2. Fuji Yochien – Tóquio, Japão

A parte mais incrível da Fuji Yochien, uma escola em Tóquio, no Japão, é uma estrutura baseada em metal, vidro e madeira que foi construída pelo Tezuka Architects em volta de uma grande árvore. Utilizada tanto como sala de aula como espaço para brincadeiras e ponto de ônibus, a construção é fechada com vidro em sua metade, garantindo às crianças um divertido e criativo espaço para brincadeiras ao ar livre.



3. Macquarie University – Sydney, Austrália

Acredita-se que o espaço pode, sim, interferir na forma com que o aluno aprende. Portanto, na Macquarie University, em Syndey, na Austrália, um longo e complexo estudo levou à alteração das salas de aula. Centenas de mesas de madeira antigas foram transformadas em quadro-divisórias, criando ambientes de estudo mais flexíveis e convidativos.



4. Xiaquon Elementary School – Xiaquon, China

A Xiaquon Elementary School foi criada para se parecer com uma mini cidade. Na composição do urbano, crianças têm a chance de experimentar e aprender de uma forma diferente. Até mesmo um labirinto, com passagens e ruelas, foi criado para provocar a curiosidade e aimaginação dos alunos. A escola foi construída pela própria comunidade em 2008, após um terremoto destruir o prédio original.


5. Loop Kindergarten – Tóquio, Japão

Na Loop Kindergarten, localizada em Tóquio, no Japão, não há uma quina: todo o prédio é feito com base em círculos. Desenvolvida pelo SAKO Architects, a incrível estrutura é colorida por 18 tons diferentes, que indicam às crianças a separação de áreas. A escola foi pensada para as crianças e oferece um ambiente belíssimo e mais do que propício para o aprendizado.


6. Green School – Bali, Indonesia

Todas as estruturas deste campus são feitas de bambu. Além disso, a maior parte da energia utilizada é limpa, coletada por meio de painéis solares ou por meio de um gerador hídrico. A Green School, em Bali, na Indonésia, tem como objetivo estimular a sustentabilidade e o faz adotando práticas ecológicas em todos os seus setores: das salas de aula aos ginásios e cantinas.


7. Container Classroom – Cape Town, África do Sul

No subúrbio de Cape Town, na África do Sul, filhos de trabalhadores rurais conseguiram a chance de frequentar a escola graças à transformação de contêineres. Cada um deles é transformado em uma sala de aula que, embora pequena, traz tudo o que uma criança precisa para aprender. No modelo, cada escola-contêiner traz ainda uma pequena horta e um playground. O modelo pode permitir que mais escolas sejam criadas em regiões pobres do planeta.

8. Vittra Telefonplan – Estocolmo, Suécia

Preparar as crianças para o mundo vai muito além de decorar tópicos e aprender equações. Para a escola Vittra Telefonplan, localizada em Estocolmo, na Suécia, formar um ser humano e sua personalidade exige experimentar, arriscar na tentativa e erro e descobrir-se. Por isso, a escola criou, em parceria com o arquiteto Rosan Bosch, alguns ambientes de aprendizado pra lá de incríveis. Espaços para estudo, trabalhos práticos e brincadeiras foram construídos para ampliar as oportunidades de desenvolvimento dos alunos


9. Orchard Gardens – Boston, EUA

Sabe o que tirou a Orchard Gardens, uma escola localizada em Boston, nos EUA, da lista das piores e mais violentas do estado? Aulas de arte. O diretor decidiu demitir funcionários da segurança e, com o dinheiro, investiu em aulas de arte, música e teatro. Além de passarem mais tempo na escola, os alunos tiveram a chance de estimular sua expressão criativa e empreendedora. A escola não só saiu da lista das piores como emplacou no ranking das melhores escolas do estado cerca de 2 anos após as mudanças.


10. IslandWood – Seattle, EUA

Em grandes centros urbanos como Seattle, nos EUA, cada vez menos as crianças têm a chance de estar em contato e aprender com a natureza. Com isso em mente, foi criada a escola IslandWood, um centro de aprendizagem ao ar livre localizado em um espaço de 255 hectares. O objetivo é inspirar a aplicação de ciências e artes à natureza, incentivando práticas sustentáveis.


(Fonte: SiteHypeness - inovação e criatividade para todos)

Esta é uma realidade dos tempos modernos que estamos vivendo e não podemos esquecer que o Ministério mães unidas em oração está em 146 países: pobres e ricos...

As escolas estão cada vez mais procurando se adaptar as realidades culturais do seu tempo. Sabemos que há muitas escolas que passam por muitas dificuldades como é a realidades em países subdesenvolvidos como o nosso. Mas não podemos deixar de ver a realidade em todo o mundo!

Os países desenvolvidos estão aperfeiçoando sua metodologia com criatividade! Oremos para Deus levante profissionais criativos também no Brasil para que nossas crianças estudem em escolas mais adaptadas às novas tendências contemporâneas. Queremos que nossos filhos, netos e futuras gerações sempre tenham as melhores escolas para estudarem!




Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

COMO APRENDER "OS QUATRO PASSOS PARA ORAÇÃO"?



Senhor, Tu que és bom e reto, dá a meu filho "... um coração perfeito, para guardar os Teus mandamentos, os Teus testemunhos, e os Teus estatutos ..." (1 Crônicas 29:19).

A primeira vez que percebi que não sabia orar da maneira que agradava a Deus foi quando meu filho Mauro se encontrava numa UTI. Eu orava e orava mas, as palavras que eu proferia, não eram, exatamente, aquelas que minha alma desejava dizer, que meu coração ansiava falar. Sei, hoje, que mesmo eu não sabendo expressar o que havia no íntimo do meu ser, Deus conhecia a minha súplica e o meu desespero.


Apesar dEle não ter respondido do jeito que eu queria, Ele respondeu da melhor maneira tanto para nós como para ele que, com muita alegria, se encontra na mansão celestial que o Senhor preparou para ele e está preparando para todos aqueles que são dEle.
Como uma mãe que ama a seus filhos, tenho me esforçado para orar por eles do modo como o Senhor quer ... louvando-O, confessando os meus pecados ... Agradecendo e Intercedendo....

Vamos juntas aprender os quatro passos da oração e, assim, podermos orar por nossos filhos.

1- Comecemos louvando a Deus como Jesus nos ensinou no Pai Nosso ... "Pai nosso, que estás nos céus, SANTIFICADO seja o Teu nome ..." [grifo meu] (Lucas 11:2).

2- Confessemos os nossos pecados para que possamos chegar até o trono de Deus com um coração puro e limpo.
"De acordo com as Escrituras, não há vida de oração eficaz quando o pecado mantém seu domínio sobre a vida do crente. Essa é a razão pela qual a confissão é tão importante para nossa vida de comunhão com o Senhor e deve ser introduzida logo no início da oração." (Dick Eastman)

3- Cheguemos até Deus com corações agradecidos, pois é a própria Palavra de Deus que nos diz ... "Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco" (1 Tessalonicenses 5:18).


Muito interessante o que nos diz o teólogo O. Hallesby ... "Quando agradecemos a Deus, estamos glorificando a Deus por tudo que Ele tem feito por nós, e quando O adoramos ou louvamos, estamos glorificando a Deus por tudo que Ele é."

4- Cheguemos até o trono de Deus como intercessoras, orando em favor de alguém.
Abraão intercedeu em favor de seu sobrinho Ló quando as cidade de Sodoma e Gomorra iam ser destruídas por não haver ali nem mesmo dez pessoas justas.


Como intercessoras devemos orar confiando que tudo que estamos pedindo está nas mãos de Deus que é fiel, bondoso e tem o plano perfeito para a vida de cada pessoa pela qual estamos intercedendo.

1. LOUVANDO A DEUS
Para que uma mãe saiba orar por seus filhos é necessário que, antes, ela conheça Aquele que os criou para assim poder começar a sua oração louvando-O.
Através da Bíblia podemos conhecer a Deus e Seus atributos. Podemos aprender que Deus é ...

1) O Deus Supremo
Vemos este atributo de Deus no livro de Gênesis quando Melquisedeque abençoa Abraão e diz ... "Bendito seja Abraão pelo Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra" (Gênesis 14:19).
Sim, o nosso Deus é o Deus Supremo, Todo Poderoso que está acima de todos.

"Senhor Deus, Tu que és o Deus Supremo e que estás acima de tudo e de todos cuida do meu filho, toma Ele em Tuas mãos ..."

2. O Deus Soberano
Nosso Deus é Aquele que detém poder e autoridade suprema. Ele é soberano sobre a terra e sobre o céu. Ele é o Senhor de tudo e de todos.
Aprendemos da soberania de Deus ao lermos Salmo 135:6-7 que nos diz ... "Tudo o que o Senhor quis, fez, nos céus e na terra, nos mares e em todos os abismos. Faz subir os vapores das extremidades da terra; faz os relâmpagos para a chuva; tira os ventos dos seus tesouros."

"Meus Deus, meu Pai, eu Te louvo porque és o Deus Soberano, um Deus de amor que olha por cada filho meu, individualmente ..."

3. O Deus Onipotente
O nosso Deus não é um Deus de madeira, nem de pedra, nem mudo. Ele é o Deus real, o Todo Poderoso. O único Deus. Artigo Definido!

Ele tem poder para ressuscitar mortos, curar leprosos, fazer coxos andar, expulsar demônios, mudar uma situação ... nos dar vida eterna ...
"Grande é o nosso Senhor, e de grande poder; o Seu entendimento é infinito" (Salmo 147:15).
"Deus falou uma vez; duas vezes ouvi isto: que o poder pertence a Deus" (Salmo 62:11).

"Pai, aceita o meu louvor! Eu Te louvo porque és o Deus onipotente, podes todas as coisas. Pode trazer meu filho das trevas para a luz ..."

4. O Deus Onisciente

O nosso Deus é o Deus que sabe todas as coisas. Ele nos conhece, conhece nossos pensamentos, nosso andar, os desejos de nossos corações, nossa vida ... nosso filhos.
"Porventura não esquadrinhará Deus isso? Pois Ele sabe os segredos do coração" (Salmo 44:21).

"Senhor Deus, meu Pai, só Tu sabes todas as coisas, só Tu és o Deus onisciente, 0 Deus que conhece o coração de cada um de Teus filhos ...

5. O Deus Onipresente
O nosso Deus é o Deus que está sempre presente nos bons e nos maus momentos da nossa vida.
"Sejam os vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque Ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei" (Hebreus 13:5).

"Pai, eu Te agradeço porque sei que és o Deus onipresente e, por isso, estás junto a meus filhos, cuidando de cada um deles. Obrigada pelo Teu amor e misericórdia ..."

6. O Deus Fiel
É por causa da fidelidade de Deus que temos paz e confiança que, um dia, iremos nos encontra com Ele na glória.
"O Senhor te guardará de todo o mal; guardará a tua alma. O Senhor guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre" (Salmo 121:7-8).

"Ó Senhor, eu Te louvo porque és o Deus Fiel! E é por causa da Tua fidelidade que coloco em Tuas mãos a vida de cada um dos meus filhos sabendo que tudo que fizeres é para o bem espiritual ou material deles ..."

7. O 
Deus Benigno
É impossível alguém medir a benignidade do nosso Deus. Podemos, no entanto, imaginá-la quando paramos para pensar no que éramos antes e no que somos, agora. Tudo isto por causa da Sua bondade.

Veja as palavras de Spurgeon falando da benignidade do nosso Deus ... "É durante a tempestade que aprendemos a dar graças ao Senhor pela Sua benignidade, e pelas Suas maravilhas para com os filhos dos homens" (Salmo 107:8).


Observando estas palavras notamos que, muitas vezes, cremos na benignidade do Senhor, pela fé porque ... Como podemos crer que Ele é bom quando, por exemplo, vemos cinco pessoas se envolverem em um acidente automobilístico e, apenas um, o único crente, morrer com apenas 15 anos? É, exatamente, por sabermos que Deus é bom e misericordioso que podemos dizer que ...

a. Cremos que Deus é bom, pois Ele salvou o pai e o irmão daquele jovem, no dia que ele foi para a glória ...
"Quão preciosa é, ó Deus, a Tua benignidade, pelo que os filhos dos homens se abrigam à sombra das Tuas asas" (Salmo 36:7).

b. Cremos que Deus é bom porque, apesar da dor, é Ele quem tem o plano perfeito para a vida de cada um de Seus filhos ...
"Porque a Tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios Te louvarão" (Salmo 63:3).

c. Cremos que Deus é bom porque Ele enviou o Seu Filho unigênito para morrer por aquele jovem e por todos nós para nos levar para o céu junto a Ele ...
"Louvai ao Senhor ... porque a Sua benignidade é grande para conosco ... Louvai ao Senhor porque Ele é bom, porque a Sua benignidade dura para sempre" (Salmos 117:1-118:1).

"Ó Deus, somente por causa da Tua benignidade é que estamos de pé! Somente porque és um Deus benigno é que Te peço para cuidares da vida de nossos filhos ..."

Estes e tantos outros atributos de Deus é que nos fazem amá-Lo, adorá-Lo e honrá-Lo muito mais.

2. CONFESSANDO OS PECADOS
Deus é o Deus Santo e por isso não posso chegar diante dEle cheia de pecados. Tenho que dar a Ele o melhor de mim, confessar as minhas iniquidades e, assim, restaurar a minha comunhão com Ele, pois "... Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça" (1 João 1:9).

Mas se eu decido permanecer no pecado a Bíblia me diz ... "Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus" (Isaías 59:2).
Ele nos ama mas odeia o pecado e, se nós O amamos. devemos procurar ser puras e retas.
Minha oração diária deve sr ... "Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto" (Salmo 51:10).

3. CORAÇÕES AGRADECIDOS
Daniel foi um exemplo de um homem agradecido a Deus. A Bíblia nos diz ... "Daniel ... entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus ... (Daniel 6:10).
Veja que a Bíblia nos diz que Daniel orava de joelhos três vezes ao dia e ... dava graças.

Quantas vezes você ora ao dia?
Quantas vezes você se põe de joelhos para orar?
Quantas vezes você dá graças pelas tantas coisas que o Senhor faz por você?

Nós, muitas vezes, pedimos, pedimos e pedimos que, até mesmo, nem notamos que o Senhor já respondeu e então ... percebemos que, na verdade não temos um coração agradecido.

Você tem agradecido a Deus por cada um de seus filhos e, principalmente, pela salvação que Ele lhe deu? Você tem agradecido a Deus pela escola, diretores, professores,  funcionários e todas as pessoas que estão ao redor de seus filhos? Pela Salvação deles também?
"Aquele que oferece sacrifício de louvor me glorificará e àquele que bem ordena o seu caminho eu mostrarei a salvação de Deus" (Salmo 50:23). É isto que o Senhor pensa.

4. INTERCESSÃO

A nossa oração ao Senhor é que Ele nos ajude a sermos intercessoras fiéis dos nossos filhos.
"Senhor, eu te louvo pela Tua fidelidade e bondade! Ensina-me, Pai, a orar pelos meus filhos e que eu ore sempre e nunca desfaleça!
Que o Teu Espírito, Senhor, possa me mostrar cada necessidade deles.
Eu confio em Ti, Pai, e sei que Tu suprirás todas as minhas necessidades e cumprirás as Tuas promessas no dia, na hora e do modo que Tu quiseres.
Amém!

"O meu Deus, segundo as Suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus" (Filipenses 4:19).


"Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamento de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais" (Jeremias 29:11).

Com toda esta bondade do Senhor nosso Deus só temos que dizer sempre ... OBRIGADA SENHOR E AMÉM!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 
(WhastApp: 21 92120548) 

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

DO NADA, A VIDA MUDA


“Amadas Mães Unidas em Oração....

Durante 5 anos participei de reuniões de movimento de oração, em minha Igreja Presbiteriana no Rio de Janeiro, mas nunca tinha sentido em meu coração a necessidade de orar como no 29 de junho do ano passado. Foi então que conheci, Mães Unidas em Oração.

Sempre fui com minha família a igreja, mas não tínhamos compromisso com Deus. Não éramos assíduos e nem tão pouco estávamos presentes nas reuniões semanais. Meus filhos iam quando tinham vontade, quando queriam. Nunca me preocupei em conduzi-los nos caminhos do Senhor. Muito menos da necessidade de participarem, desde pequenos na EBD. Eu era uma mãe displicente com Deus.

Nunca tínhamos sofrido nenhum problema. A vida era muito "normal".

Bem, no ano passado, meu filho mais novo, Benjamim, de 23 anos passou por um dos piores momentos de sua vida e trouxe desespero para todos nós. Ele estava cursando o último período Engenharia de Telecomunicações e foi a um encontro com os colegas em um restaurante ao ar livre na praia de Ipanema no dia 28 de junho, uma sexta-feira para festejar o final do curso.

Na hora, do nada, sem nenhuma explicação senti um aperto no meu coração, e disse para ele não ir. Disse que meu coração estava apertado. Ele disse que não teria nenhum motivo para eu me preocupar, pois o encontro seria com a turma dele e que todos estariam juntos. Não teria nenhum problema. 

Bem, em determinado momento apareceram uns rapazes estranhos que não pertenciam a o grupo e começaram a perturbar as colegas de classe com palavras de baixo calão. Meu filho Benjamim, e mais dois colegas foram falar com eles e pedir que os deixassem em paz. Um dos rapazes começou a discutir com eles e disse que queria ver quem iria tirá-los dali. Thomaz, amigo de meu filho disse que iria chamar a policia. Outro rapaz sacou uma arma e disse que se alguém se mexesse que ele iria atirar. De repente ele atirou e a bala acertou meu filho em cheio. Eles fugiram e meu filho foi socorrido pelos colegas e levado para o hospital. 

Bem, tão logo recebemos a notícia, eu, meu esposo Guilherme, nossos dois filhos: Júlia e Matheus e minha mãe Martha fomos para o hospital. Foram momentos terríveis, de total angústia. 

Assim que chegamos, encontramos alguns dos colegas de nosso filho no hospital. Eles estavam transtornados com o que tinha acontecido. Informaram que nosso filho já estava no centro cirúrgico. Passamos horas sem ter noticias e aguardando a finalização da cirurgia para sabermos exatamente o que estava acontecendo. Nada da cirurgia terminar... 

Quando o dia estava prestes a amanheceu, a cirurgia acabou. O medico veio até onde estávamos e disse que o quadro de meu filho era extremamente grave! Que teríamos de aguardar as próximas 24 horas! A bala tinha perfurado alguns órgãos e que ele havia tido uma parada respiratória durante a cirurgia. Estava no CTI.

Durante o restante da noite eu orei como nunca tinha orado e pedi a Deus pela vida de meu filho! De manhã, enquanto as enfermeiras trocavam o plantão, uma delas ligou a televisão começou a mexer nos canais. Mesmo cansada comecei a ouvir e, em menos de 2 minutos, ouvi uma jovem senhora falando: “- mãe a sua causa não está perdida. Creia no poder de Deus e que Ele poder operar maravilhas na vida de seu filho. Ele está no controle de todas as coisas. Apenas creia!“

Aquela palavra tocou tão forte em meu coração que naquele momento, senti de Deus um refrigério muito grande. Estava perto da recepção, então peguei o numero do telefone e entrei em contato. Quem atendeu foi a irmã Jane Esther. Naquele momento meu coração estava disparado. Disse para ela o que tinha acontecido. Ela orou comigo e disse que estava a disposição para o que eu precisasse. Disse também que outras mães estariam orando.... Foi maravilhoso! 

Ela leu a Bíblia, a Palavra de Deus, no Salmo 91. Eu ouvia atenta todos os detalhes. Fiquei imensamente grata... 

Eu telefonava para ela todos os dias e ela orava por mim. Como me senti consolada. Como foi importante aquele momento juntas... 

Muitas pessoas foram nos visitar, mas a palavra da irmã Jane Esther cravou no meu coração e transformou a vida de meu filho! Eu creio no Poder da Oração! Eu creio no Poder da Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada.

Seu quadro foi melhorando e meu filho disse que sentiu em seu coração no CTI
 o Toque do Espirito Santo.. Ele disse: " - O Senhor Jesus tocou o meu coração. Eu senti a presença dele, comigo."  Aleluia! 

Em menos de 20 dias meu filho teve alta e foi para casa... Não teve como participar da formatura, pois estava muito debilitado. 

Passados dois meses, meu filho já estava bem e participou da formatura no final do ano.
Meu filho, hoje é líder dos jovens na Igreja, onde é membro. Passamos a ter compromisso com Deus. Meus outros dois filhos hoje estão integrados na igreja.

Procurei informações com a irmã Jane Esther de como poderia ser uma Mãe Unida em Oração. Ela me explicou dizendo que, primeiramente a mãe tem que sentir o toque do Espírito Santo. Depois pedir que Deus levante outra mãe com o mesmo propósito e, assim que tiver outra mãe para orarmos juntas, poderia formar o grupo e se reunir onde eu achasse melhor. Que seri bom participar do treinamento para conhecer os Quatro Passos Para Oração.

Hoje tenho meu grupo de oração em minha casa com mais três mães. Tenho a alegria se saber que estou somando com mães de mais de 150 países. Que faço parte deste extraordinário Ministério de oração.

Muito obrigada, Mães Unidas em Oração!"


Mônica Moraes da Costa Fernandes 
 Líder de Grupo de Mães Unidas em Oração no Rio de Janeiro, RJ
(Testemunho publicado com a permissão da mãe)




Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.momsinprayer.org 
www.maesunidasemoracao.org 
contato@maesunidasemoracao.org 
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Se você foi tocada pelo Espírito Santo para fazer parte do Ministério Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil, que é evangélico, o primeiro passo é fazer sua inscrição, e, em seguida, pedir a Deus outra mãe que sinta o mesmo toque o Espírito Santo e começar seu PGO - Pequeno Grupo de Oração...

Faça sua inscrição online para receber todas as informações necessárias, através do link abaixo: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

ENSINE SEU FILHO A ORAR!



Ensinar os filhos a orar é um dos mais importantes legados espirituais que uma mãe cristã podem deixar para seus filhos. Com a instrução e o exemplo dos pais as crianças e os adolescentes podem aprender que Deus quer comunicar-se com eles, que o Senhor atende suas orações e que há poder na oração. Desde a tenra idade ensiná-los a orar alimentará a vida espiritual de seus filhos e lhes ajudarão a formar uma sólida relação com Cristo.

Nunca é cedo demais para ensinar os filhos a orar. Nunca é tarde demais ensinar seus filhos adolescentes a orar. Mesmo antes de seu filho é muito importante você, mãe orar com ele.Coloque as mãozinhas dele juntas para que ele comece a entender...


Seguindo o Programa de Oração do Ministério Mães Unidas em Oração Internacional, "Os Quatro Passos Para Oração": louvor, Confissão, Ação de Graças e Intercessão, a mãe começa a ensinar os filhos a nortear a oração e não fica só pedindo.... a Petição fica para o final.

Quando seus filhos são pequenos, oriente-os com frases simples para que eles possam repetir. Seja clara, objetiva e compreensível, assim você levará seus filho a orar estimulando-os a praticar esse hábito, sempre. Dedique um tempo para nortear a oração e também orar pelos pedidos de seus filhos. Orar por seus pedidos juntamente com eles, incentivá-los a expressarem seus desejos a Deus através da oração. Lembre-se de Provérbios 22:06: "Ensina a criança no caminho e quando ele for velho, não se desviará dele . "

Use a Bíblia para ensinar a seus filhos que Deus quer um relacionamento pessoal com eles.  Mostre versículos relativos a cada passo. 


Leia com eles Marcos 10:13-16, onde Jesus teve tempo de abraçar, abençoar e orar pelas crianças. Diga aos seus filhos sobre como Deus se comunicava com Samuel quando ele era ainda uma criança ou como Josias tornou-se rei quando ele tinha apenas oito anos (1 Samuel 3 e 2 Reis 22:1). Seus filhos, através da Bíblia, devem saber que a idade não é um impedimento para Deus usá-los ou comunicar-se com eles. Explique que a oração é uma forma pessoal de se conectar com um Deus que os ama, escuta, entende e atende.

O mesmo Deus que cuida e ama a criança e o adolescente também tem o poder de responder às orações. Aumente a fé de seus filhos lendo as histórias da Bíblia que testemunham o poder da oração e da fé.

Partilhe com os seus filhos testemunhos como o de Ana que orou por um filho e Deus lhe concedeu, fale sobre o filho da viúva de Suném que levantou quando Eliseu orou ou quando cinco mil pessoas foram alimentadas quando Jesus orou para multiplicar os dois peixes e cinco pães (1 Samuel 1, 2 Reis 4:8-20, João 6:1-15 ).

Fale sobre a Rainha Ester que orou e jejuou por uma nação. Ela agiu com fé, coragem, perseverança, resiliência, sabedoria
 e abnegação (Ester 5).

Fale sobre Joquebede e toda a narrativa de Moisés (Êxodo 2). Mostre toda sequencia de como Deus agiu e, que no final Joquebede um salário para cuidar do próprio filho Moisés. Que Deus é fiel. Que a oração NÃO É UTOPIA!

Combine as histórias da Bíblia com testemunhos pessoais que Deus lhe atendeu respondendo às orações. Os testemunhos de orações respondidas ajudam seus filhos a crescer na fé e a motivá-los a apresentar suas necessidades ao Senhor com confiança em oração.

Se você deseja que seus filhos sejam pessoas que oram, seja você um exemplo de alguém que pratica a oração. Lembre-se de orar porque amamos a Deus e há um desejo genuíno de cultivar um relacionamento íntimo com Jesus.

É importante ressaltar que não oramos apenas para pedir algo a Deus, mas pelo desejo íntimo que temos de nos relacionar com Ele.

Se você tem filhos adolescentes não é impossível ensiná-los o hábito de orar, procure ser mais presente na vida de seus filhos, é preciso tempo para um relacionamento, isso é importante também para com Deus.

Crie o hábito de orar junto com seus filhos antes de saírem de casa, antes das refeições, ao chegarem de uma viagem agradecendo a Deus...

Use o Calendário Nacional de Oração do Ministério para que eles acompanhem os pedidos comuns e pessoais, o Estado enfocado cada dia, ponha o calendário em um local visível (geladeira ou armário) para que vejam e se lembrem de orar todos os dias, e juntos apresentem a Deus seus objetivos de oração. Também você pode passar para eles o Plano Anual de Leitura da Bíblia!

Procure compartilhar com seu filho sobre o dia na escola, as lutas e vitórias do dia a dia, os desafios e assim ao final da conversa convide seus filhos a apresentarem a Deus suas dificuldades e também expressar gratidão.

Esforça-te, não desista, se não conseguir convencer seu filho adolescente a orar nas primeiras tentativas, seja criativa, ore a Deus por seus filhos para que o Espírito Santo lhe ajude nesta tarefa de ajudar e ensinar seus filhos a orar.

Seja paciente e perseverante, não force, não obrigue, mas com amizade e carinho, aos poucos, vá convencendo e usando estratégias para estimulá-los ao hábito da oração, e como já foi dito anteriormente, seja você, mãe, um exemplo, se seus filhos não viam você orando, comece a praticar e demonstrar a seus filhos como é bom e importante falarmos diariamente com Deus.

Sugestões para estimular e ensinar seus filhos adolescentes a orar:

1. Nos diálogos converse mais sobre oração;

2. Procure saber se seus filhos sabem orar ou sentem dificuldades, se não conseguir fazer isso sozinho peça a ajuda de um líder de adolescente ou professor da classe bíblica de seu filho;

3. Mantenha o hábito de sempre orar para sair de casa e sempre que chegarem de viagens, dos passeios, antes das refeições (até mesmo fora de casa) etc. Orarem quando houver enfermidades, problemas, desafios e também nas festividades, comemorações. Em nossa casa, em qualquer momento especial: Dia do Professor,Dia do Diretor da Escola, Dia do Estudante, aniversários, Natal, Ano novo, Dia das Mães, Dia dos pais, enfim, sempre antes de qualquer coisas fazemos uma oração de gratidão a Deus, mesmo diante de convidados não crentes, isso servirá como testemunho...

4. Reflita sobre a possibilidade de fazer o culto doméstico em sua casa, uma prática importantíssima!

5. Crie estratégias, métodos variados, para orar junto com seu filho, coloque bilhetes debaixo do travesseiro, dentro do material escolar, bilhetes diários para Deus, caixinha de pedidos para abri-la no final do ano, devocionais,  etc;

6. Compre livros de linguagem acessível e bíblicos que falem sobre oração e estimule seus filhos a lerem (antes de presentear seu filho com um livro leia-o antes ou tenha referências confiáveis);

7. Procure assistir filmes evangélicos... As mensagens mudam os valores espirituais deles.


8. Procure ouvir hinos evangélicos... Musicas calmas e orquestradas... Som ambiente! Acalma a alma!

9. Sempre que forem orar compartilhem de fatos bíblicos que tratam da oração e como é eficaz;

10. Converse com seus filhos sobre as respostas às orações, nem sempre recebemos um sim, explique porque compreender a vontade de Deus é importante, é preciso saber que nossos pedidos também devem ter motivações corretas e que devem estar de acordo com a vontade de Deus, não devemos pedir por coisas ou permissividades que são contrárias à Bíblia, explique com carinho e paciência sobre isso, principalmente para os adolescentes...

11. Seja paciente, amorosa, perseverante, resiliente e não desista de ensinar e estimular seus filhos a orar.

Que Deus a abençoe!

(Adaptado por Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

Lembre-se que Mães Unidas em Oração Internacional é um Ministério de mãe com mãe...


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

Site Internacional: momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 


Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.