Ministério Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil

Ministério Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

quarta-feira, 3 de junho de 2020

TIPOS DE MÃES NA BÍBLIA

 

“Todavia, será preservada através de sua missão de mãe, se elas permanecerem em fé e amor e santificação, com bom senso.” (I Timóteo 2:15)

Mãe é a expressão do Amor de Deus. Ser mãe é uma dádiva de Deus. Ser mãe é receber de Deus um sublime dom. (Gera posteridade)

Ser mãe é receber um singelo dom. (Pois não existe outra forma de gerar o homem a não ser do ventre de uma mãe)

Ser mãe é receber um perpétuo dom. (Ela concebe um ser que nasce para ser eterno, nunca morrerá)

Dizem que cada criança que nasce é um telegrama de Deus anunciando que ainda ama o homem.

Por 289 vezes a palavra “mãe” ou “mães” aparece na Bíblia. Lendo-as, notamos que o princípio segundo o qual as mães devem ser honradas (Êxodo 20.12), junto com os pais, é repetido várias vezes, no Antigo e no Novo Testamento.
Elas devem ser honradas por serem mães, mesmo que seus conselhos ou práticas não devem ser seguidos. Temos na Bíblia histórias de mães magníficas e outras nem tanto. Devemos, logo, afirmar que, embora haja uma imensa influência delas sobre os seus filhos, elas não são responsáveis pelas escolhas que eles fazem.

A MISSÃO DE SER MÃE

“Talvez um dos papéis mais preponderantes da mulher destacado na bíblia, seja o de mãe, embora todos os papéis sejam igualmente reconhecidos. Esse papel de mãe era tão importante nos tempos bíblicos que a esterilidade feminina chegava a ser considerada uma maldição divina, porquanto furtava a mulher de uma de suas funções mais importante na vida. Há casos destacados com especialidade como o de Sara( Gn 17:15), Raquel (Gn30), e Ana (I Sm 1:2). R. C.

Muitas noites acordadas, cansaços físicos, renúncias, ingratidões, uma tarefa difícil, árdua.

Porém é extremamente gratificante para a mãe ver o filho que ela amamentou crescido, criado, formado, bem encaminhado na vida.

É honroso para a mãe ver em seus filhos suas próprias virtudes. É alentador para a mãe ser reconhecida por seus filhos como aquela que esteve ao seu lado nos momentos mais difíceis, educando, corrigindo, formando, protegendo, consolando, animando.

Todo e qualquer investimento, afim de que seja próspero tem que ter uma boa mão de que o cuida. Assim é a mãe, para que seu filho seja prospero durante sua vida.

As Ás várias funções da Mãe:

Gerar (conceber). Alimentar. Consolar. Dar amor. Proteção. Educar. (ensinar, edificar, exortar, corrigir, repreender). “ Ensina a criança no caminho que deve andar e ainda quando for velho não se desviará dele” Pv 22:6 “ Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste. E que desde a infância sabes as sagrada letras que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Jesus Cristo.” II Tm 3:14,15


AS VÁRIAS MÃES DA BÍBLIA

1. Estamos hoje dando tributo necessário àquelas que podem ser consideradas mães de verdade! Sabemos que muitas mulheres não são dignas de serem chamadas de mães, pois abortam seus filhos, os assassinam filhos, jogam-nos na lata de lixo. Há também mães que impõem sobre seus filhos torturas, castigos extremos, sofrimento, abandono, etc., sem falar naquelas que desonram seus filhos pelo comportamento pecaminoso que exercem, quando descambam para a prostituição, drogas.

2. Porém a grande maioria das mulheres, honram de fato a posição de mães que ocupam. Fazem de tudo para que seus filhos possam vir a ser vidas honradas na sociedade em que vivem. Muitas delas dão até mesmo a própria vida pelos seus filhos, fazendo de tudo para que possam crescer e ocupar espaços de destaque no mundo em que vivemos. Há exemplos de mães que, até mesmo, passaram privações, fome, para que seus filhos se formassem numa faculdade.
Na Escritura encontramos vários exemplos de mães, os quais queremos trazer nesta noite. Vejamos:

ALGUNS EXEMPLOS NEGATIVOS E POSITIVOS DE MÃES DENTRO DA PALAVRA DE DEUS:
A – EXEMPLOS NEGATIVOS:

I – AGAR – A MÃE DISPLICENTE
Gn 21.13-18, “13 Mas também do filho da serva farei uma grande nação, por ser ele teu descendente. 14 Levantou-se, pois, Abraão de madrugada, tomou pão e um odre de água, pô-los às costas de Agar, deu-lhe o menino e a despediu. Ela saiu, andando errante pelo deserto de Berseba. 15 Tendo-se acabado a água do odre, colocou ela o menino debaixo de um dos arbustos 16 e, afastando-se, foi sentar-se defronte, à distância de um tiro de arco; porque dizia: Assim, não verei morrer o menino; e, sentando-se em frente dele, levantou a voz e chorou. 17 Deus, porém, ouviu a voz do menino; e o Anjo de Deus chamou do céu a Agar e lhe disse: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do menino, daí onde está. 18 Ergue-te, levanta o rapaz, segura-o pela mão, porque eu farei dele um grande povo”.

1.. Agar vem do hebraico “rgh” – Hagar – significado “vôo”.

2. Notem que Agar, mesmo sabendo da parte de Deus, que Ismael seria pai de muitas nações, abandonou o seu filho achando que o menino ia morrer. Foi incrédula e displicente! Parece que Agar era de fato era “avoada”, conforme nos indica seu nome.

II – REBECA – A MÃE PARCIAL

Gn 25.28, “Isaque amava a Esaú, porque se saboreava de sua caça; Rebeca, porém, amava a Jacó”.

1. Nome “Rebeca” – Hebraico “hqbr” – Ribqah – significado “amarrar firme”, “corda com laçada para amarrar animais pequenos”.

2. Todos nós sabemos da trama familiar montada por Rebeca, motivando e incentivando Jacó a enganar seu irmão Esaú, e que em virtude desta trama recebeu a bênção da primogenitura de seu pai Isaque, em lugar de seu irmão.
Tal posição de Rebeca motivou uma intriga familiar muito séria – ódio e ameaça de assassinato. De seu nome podemos deduzir que ela apenas “se amarrou” apenas Jacó, quando de fato era mãe também de Esaú.

B – EXEMPLOS POSITIVOS:

I – EVA – A MÃE A DE TODA HUMANIDADE

Gn 3.20, “E deu o homem o nome de Eva a sua mulher, por ser a mãe de todos os seres humanos”.

-. A palavra “Eva” – “hwx” – Chavvah – significa “vida”, “vivendo”.

-. A primeira mulher recebeu este nome por ser a mãe de todos os seres humanos. Como seu próprio nome indica, Eva deu origem ao processo de “vida” dos seres humanos a partir dela, recebendo o privilégio de ser chamada a “mãe de toda a humanidade”.

II- SARA – A MÃE SÍMBOLO DE FÉ

Hb 11.11-12, “11 Pela fé, também, a própria Sara recebeu poder para ser mãe, não obstante o avançado de sua idade, pois teve por fiel aquele que lhe havia feito a promessa. 12 Por isso, também de um, aliás já amortecido, saiu uma posteridade tão numerosa como as estrelas do céu e inumerável como a areia que está na praia do mar”.

-. Nome “Sara” – Hebraico “hr s” – Sarah – significado “nobre”, “magnífica”, “princesa”.

-. Sara é um exemplo de fé para todas as mães, uma vez que mesmo sendo impossível gerar um filho pela sua idade avançada, creu nas promessas divinas e Deus a tornou fértil. Assim ela gerou Isaque, que seria o continuador da descendência de Abraão. Vemos nela de fato uma “princesa da fé”, podendo ser exemplo para todas as mães. Sua fé é inigualável e deve ser copiada por todas as mães.

III – JOQUEBEDE – A MÃE “AMA DE CRIAÇÃO” DE SEU PRÓPRIO FILHO

Êx 2.1-9, “1 Foi-se um homem da casa de Levi e casou com uma descendente de Levi. 2 E a mulher concebeu e deu à luz um filho; e, vendo que era formoso, escondeu-o por três meses. 3 Não podendo, porém, escondê-lo por mais tempo, tomou um cesto de junco, calafetou-o com betume e piche e, pondo nele o menino, largou-o no carriçal à beira do rio. 4 A irmã do menino ficou de longe, para observar o que lhe haveria de suceder. 5 Desceu a filha de Faraó para se banhar no rio, e as suas donzelas passeavam pela beira do rio; vendo ela o cesto no carriçal, enviou a sua criada e o tomou. 6 Abrindo-o, viu a criança; e eis que o menino chorava. Teve compaixão dele e disse: Este é menino dos hebreus. 7 Então, disse sua irmã à filha de Faraó: Queres que eu vá chamar uma das hebréias que sirva de ama e te crie a criança? 8 Respondeu-lhe a filha de Faraó: Vai. Saiu, pois, a moça e chamou a mãe do menino. 9 Então, lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino e cria-mo; pagar-te-ei o teu salário. A mulher tomou o menino e o criou”.

-. Nome “Joquebede”, Hebraico “dbkwy” – Yowkebed – significado “Javé é a glória”.

-. Sabemos que Joquebede foi a ama de seu próprio filho, Moisés. Quando a criança, para escapar da morte, foi colocada sobre o leito do rio e apanhada pela filha de Faraó, Joquebede foi chamada para ser-lhe “ama de criação”.
Isto aconteceu porque Joquebede colocou Miriã, sua filha mais velha, para vigiar a criança que deslizava no leito do rio. Foi Miriã que ofereceu à filha de Faraó, os serviços de sua mãe como “babá”, o que foi aceito pela princesa. De fato seu nome indica que Joquebede foi uma promotora da “glória” de Javé.

IV – ANA – A MÃE SUPLICANTE

1 Sm 1.10-18, “10 levantou-se Ana, e, com amargura de alma, orou ao SENHOR, e chorou abundantemente. 11 E fez um voto, dizendo: SENHOR dos Exércitos, se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva te não esqueceres, e lhe deres um filho varão, ao SENHOR o darei por todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha. 12 Demorando-se ela no orar perante o SENHOR, passou Eli a observar-lhe o movimento dos lábios, 13 porquanto Ana só no coração falava; seus lábios se moviam, porém não se lhe ouvia voz nenhuma; por isso, Eli a teve por embriagada 14 e lhe disse: Até quando estarás tu embriagada? Aparta de ti esse vinho! 15 Porém Ana respondeu: Não, senhor meu! Eu sou mulher atribulada de espírito; não bebi nem vinho nem bebida forte; porém venho derramando a minha alma perante o SENHOR. 16 Não tenhas, pois, a tua serva por filha de Belial; porque pelo excesso da minha ansiedade e da minha aflição é que tenho falado até agora. 17 Então, lhe respondeu Eli: Vai-te em paz, e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste.18 E disse ela: Ache a tua serva mercê diante de ti. Assim, a mulher se foi seu caminho e comeu, e o seu semblante já não era triste”.

-. Nome “Ana”, Hebraico “hnx” – Channah, significado “graça”.

-. Ana foi a mãe de um dos maiores sacerdotes-profetas do Velho Testamento.
Porém, sabemos as dificuldades que ela enfrentou devido à sua esterilidade, que a motivou “chorar” na presença de Deus, junto ao templo. Vimos que até mesmo o sacerdote Eli a teve por embriagada. Em seu pedido suplicante, ela ofereceu seu filho para o serviço de Deus, cumprindo seu voto mais adiante.

Note que em sua súplica, Ana achou “graça” diante do Senhor.

V- RISPA , A MÃE MODELO

Mãe amorosa, não abandonou seus filhos nem quando morreram; passando aproximadamente seis meses enxotando as aves de rapina para que não comessem os corpos de seus dois filhos expostos na terra. Foi honrada por rei Davi, enterrando seus filhos nas sepulturas dos reis de Israel. (2 Sm. 21:8-14).

Quantas mães já abandonaram seus filhos, mesmo vivos? Uma tristeza.

-Rispa, foi uma mãe virtuosa que entendeu e aceitou a missão de ser mãe. Uma mãe verdadeiramente convertida aos seus filhos. ( Malaquias 4:6) Mesmo em face ao sofrimento, e morte, não abandonou seus filhos nem de dia e noite ficava perto de seus corpos não deixando as aves devorar seus corpos.

Quantas mães já desistiram de seus filhos deixando que as aves das drogas, dos traficantes, prostituições, más compainhas, os pecados diversos, filmes e revistas pornográficas, namoros fornicares, namorados dormirem na casa.

Enxote essas aves de seus filhos, mande embora, mas não perca seus filhos.

VI – MARIA – A MÃE AGRACIADA E SOFREDORA

Lc 1.30-33, “30 Mas o anjo lhe disse: Maria, não temas; porque achaste graça diante de Deus. 31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. 32 Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai; 33 ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim”.

Lc 2.34-35, “34 Simeão os abençoou e disse a Maria, mãe do menino: Eis que este menino está destinado tanto para ruína como para levantamento de muitos em Israel e para ser alvo de contradição 35 (também uma espada traspassará a tua própria alma), para que se manifestem os pensamentos de muitos corações”.

1. Nome “Maria” – Grego – “Maria” – Maria; Hebraico – “Myrm” – Miryam – significado “rebelião”.

2. Maria hospedou em seu ventre o Filho de Deus, o Deus Encarnado, para depois vê-lo ser sacrificado em prol dos pecados humanos, 1 Co 15.3, “Antes de tudo, vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras”. Certamente Maria, agonizou junto à cruz de seu filho. Talvez, esta mulher de Deus, seja a única das mães citadas, cujo nome não faz juz ao seu significado, uma vez que jamais foi “rebelde”. A vida de Maria se resume no seguinte ato de obediência: “Cumpra-se em mim segundo a sua palavra”, Lc 1.38.

AS BENÇÃOS DA MÃE VIRTUOSA

Será sempre lembrada em suas virtudes . Não será esquecida nem quando morrer. Será sempre amada. Seu caráter estará evidente em seus filhos e na sua posteridade. Deus a honrará como honrou a Rispa.

O amor de Deus representado simbolicamente pelo amor de mãe: “ Mas Sião diz: O Senhor me desamparou, o Senhor se esqueceu de mim. Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que se compadece do filho do seu ventre? Mas ainda que essa viesse esquecer-se dele, eu, todavia , não me esqueceria de ti” Is 49:14,15

“ Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei o meu filho… Todavia eu ensinei a andar a Efraim; tomei-os nos meus braços, mas não atinaram que eu os curava. Atrai-os com cordas humanas, com laços de amor, e fui para com eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas, e me inclinei para dar-lhes de comer.” Os 11:1,3,4

Deus abençoe cada dia as mães. Para que compreendendo a sua missão na terra, nunca desfaleça, nunca desista, nunca desanime, pois estará plantando uma semente, regando com amor, paciência e oração.


(Universidade da Bíblia)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx"

FILHOS DE DEUS


Há uma história simples de um professor que ofereceu uma nota de cem reais para qualquer estudante que a quisesse. Quando ele a ergueu, todos os alunos gritaram: “Eu quero, eu quero”, mas ninguém foi buscar. Depois de uns momentos, o professor perguntou de novo quem quer esta nota de cem reais, e, finalmente, um dos estudantes se levantou e caminhou até o professor e pegou a nota. A nota não era dele, até que a pegou.

O mesmo acontece com a salvação, ser perdoado e ir para o céu. Embora Jesus tenha fornecido salvação para nós através de Sua morte na cruz, o que Ele realizou lá não nos fará nenhum bem se não crermos que Ele morreu também por nós naquela cruz. 

Quando recebemos Jesus Cristo como nosso Salvador e O fazemos o Senhor de nossas vidas, nascemos de novo e fazemos parte da família de Deus. O presente, o privilégio e o nascimento são para aqueles que recebem a Jesus Cristo em sua vida. A definição daqueles que creem no Seu nome é comparada com recebê-Lo.

João usa o verbo crer 98 vezes e ele nunca o usou como um substantivo. Está claro que ele pensava na fé como uma atividade, como algo que o homem faz, algo que tem movimento ao invés de um estado imóvel. Quando nós realmente acreditamos nos deixamos ser transformados por Jesus Cristo.
Embora o nascimento espiritual seja ocasionado por Deus, e não por homem, cada um de nós deve decidir aceitar ou rejeitar a Jesus Cristo. Assim como o estudante escolheu para se levantar e pegar a nota de cem reais, precisamos tomar a decisão de aceitar Jesus como nosso Salvador e faze-Lo Senhor de nossas vidas. 

Tenha certeza que Deus quer que você o conheça, Ele quer que você receba a Cristo, nasça de novo espiritualmente e faça parte de Sua família.

Baseado nessa palavra oramos para que nossos filhos tomem a decisão de aceitar a Cristo e descubram o privilégio de fazerem parte da família de Deus. Oremos também para que os que já aceitaram desfrutem de todos os privilégios dessa família.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Coeditora do Blog: Cláudia Regina Farias)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html


Não deixe nenhum espaço em branco.Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx"

terça-feira, 2 de junho de 2020

SOBRE O RECONHECIMENTO INFANTIL DA AUTORIDADE DOS ADULTOS



Sobre o tema autoridade muitas são as definições, contudo, há um ponto de convergência acerca de seu sentido, relaciona-se ao ato de ordenar, de decidir, de atuar, de se fazer obedecer, ou ainda se referir a entidade que detém esse direito ou poder. 

Mas, quando o assunto é desenvolvimento infantil, e principalmente, quando o aspecto desse processo é a formação subjetiva referente à educação; de quem ou a quem compete a autoridade sobre a criança, aos pais ou professores? 

Bom, é sobre esta reflexão e com o objetivo de problematizar, e não necessariamente trazer respostas, mas apenas trazer mais um ponto de vista do que trata esse texto. 

Algumas vertentes filosóficas defendem que ao nascer, o ser humano seria como uma espécie de tábula rasa, ou seja, que sua mente não contém nenhuma subscrição referente a sua personalidade, emoções, temperamento, etc., mas que toda essa parte de seu organismo será construída paulatinamente. Outra visão, a psicanalítica, na pessoa de seu fundador Freud, declara que a mente humana, especialmente a personalidade é formada por elementos genéticos/ hereditários e fatores socioambientais, assim, o indivíduo ao nascer já conta com algum conteúdo subjetivo e certa predisposição mental, por exemplo, em relação ao temperamento. No cotidiano, pode-se perceber isso nas questões de semelhança de comportamento entre pais e filhos, mesmo quando esses ainda são bebês. 

Sobre a relação entre pais e filhos, pode-se dizer que, dois seriam os principais aspectos: afeto e autoridade; o primeiro mais relacionado à mãe, enquanto o segundo ao pai, ou às pessoas que estejam exercendo tais funções. 

Vale destacar que, a figura do pai está diretamente relacionada a implementação da marca psíquica da autoridade, “do limite”. Como exemplo, pode-se lembrar da fala materna comum acerca do mal comportamento do filho: vou falar para o seu pai, Olha o seu pai! Vou contar tudo para seu pai... 

Bom, o que parece trivial e simples, é na verdade a contribuição/ permissão da mãe, que o filho “interiorize” a representação da norma, e isso é o que vai possibilitar, por exemplo, que ele desenvolva uma habilidade chamada “tolerância à frustração “ou capacidade de suportar o “não”, e assim viver de forma funcional com as regras, “habilidade essencial ao convívio escolar da criança e vida social como um todo”. 

Por falar em normas, lembrei do ditado popular que diz: o meu direito termina onde começa o do outro! Sobre a escola, esse é o primeiro espaço social de aquisição de conhecimentos e aprendizados. Ambiente também marcado por várias “figuras de autoridade”, a principal delas o professor, “adulto responsável pela condução dos processos educativos da criança”, função que exige o exercício recorrente de autoridade, afinal de contas, brincar é prazeroso sim, mas estudar, fazer tarefas, ficar sentado durante horas e horas não! 

Mas estudar é necessário, e para que tudo corra bem, a criança precisa entender que, assim como em casa seus pais estão no comando como autoridade sobre elas, na escola também ocorre o mesmo, porém o que muda, é que no primeiro ambiente são os pais, já no segundo: os professores 

Com a implantação do “não “primeiramente em casa, a criança está pronta para a rotina escolar, assim, quando seu professor já em sala lhe apresentar ao proibição, o aluno aceita ”numa boa” que, não pode levantar e ir para o pátio antes da campainha tocar ,que não pode comer fora do intervalo, que não pode passear durante a aula e o melhor e mais importante de tudo: aceita e reconhece no professor “uma autoridade “, e seus pais não comprometem, anulam ou conflitam com este, pois os pais reconhecem que o professor “é o mestre”, e com isso naturalmente ensinam mais uma ótima lição a seus filhos: respeite o professor: ele é uma autoridade. 

E sobre o conflito? Não tem, pois ele reside no “não repasse” da lição dos pais a seus filhos de que, assim como eles, seus professores também são autoridade, claro que “sem abusos”, pois o excesso de qualquer das partes, ou mesmo a competição sobre quem é mais alto ou mais poderoso sobre a criança, seria um problema. 

Diante do exposto, conclui-se que, a autoridade do adulto sobre a criança constitui-se como importante elemento de seu desenvolvimento mental saudável, ela inicia-se em casa com seus pais, e tem no pai sua principal figura, reconhecendo que o professor também é uma autoridade, e que tal atributo é legitimado pelo aluno, quando esta lição já começou primeiro em casa. 

Andréia Leite 
Psicóloga & Coach Infantil/Familiar 
Membro Profissional do CPPC- Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Coeditora do Blog: Sirlei Mendonça Campos)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx"

segunda-feira, 1 de junho de 2020

"AQUI É O MEU CANTINHO DE ORAÇÃO"


Em uma das lives do mês de maio, onde oramos as 31 virtudes sobre a vida de nossos filhos, nossa coordenadora Nacional Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa falou sobre a importância de ensinarmos Os Quatro Passos Para Oração para os nossos filhos.
E hoje mais que nunca fui despertada a trabalhar isso mais intensamente com os meus filhos. 


Tenho dois filhos, Alice tem 5 anos e o William tem 1 aninho. Fiz com ela uma mãozinha de oração. Cada dedo um passo. Trabalhamos "Os Quatro Passos Para Oração" e no dedo mindinho os pedidos (ela sempre acaba pedindo coisas para ela e para o irmão...)  eu quis deixar mais lúdico e separar a intercessão dos pedidos de coisas... quis dividir aqui essa experiência nossa, com cada uma das mamães...
 

Assim que terminou o desenho ela colou a folha atrás da porta do quarto e disse que alí seria o cantinho de oração dela. Fiquei ate emocionada!

(Danielle Azevedo Barbosa - Líder de Mães Unidas em Oração Internacional em Brasilia, DF. Ajuda na Coordenação no Ministério na Região Centro-Oeste, e é voluntária responsável pela administração do Instagram - MIPI-BR. A foto e o testemunho foram publicados com a autorização dos pais)

ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺 ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

domingo, 31 de maio de 2020

LEVANTA E CLAMA! 31ª Virtude: CORAÇÃO PARA MISSÕES


"Senhor, por favor ajude meus filhos a desenvolver o desejo de ver a sua glória declarada entre as nações, e seus maravilhosos feitos entre todos os povos." (Sl 2:8, 96:3)

“Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão.” (Salmo 2:8)

“Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos as suas maravilhas.” (Salmo 96:3)

Os dois versículos são promessas do Senhor para todas nós... Ele deseja que todas nós O adoremos, O glorifiquem e que O exaltem acima de todas, porque por Ele e para Ele são todas as coisas. Por que Ele reina, é soberano e vem executar a justiça.

Ele deseja que falemos para todos de suas maravilhas... Das bênçãos, dos livramentos, das curas, das libertações, transformações... Ele é magnífico, poderoso...

Os verbos do Salmo 96 estão todos no imperativo: cantai, bendizei, proclamai, anunciai, tributai, trazei, entrai, adorai, tremei, dizei. Por estes verbos se percebe que o Espírito Santo nos quer diante de Deus não de qualquer modo, mas com grande entusiasmo e crescente empolgação. Agindo assim, Ele faz a promessa... Peça... Darei.....

Não basta estar diante d’Ele e dizer que é serva, mas temos que ser discípulos. Temos que estar empolgadas, alegres, sorridentes, entusiastas, cheias de energia, disposição e vontade para adorar, entoar, cantar, celebrar. Ele quer de nós compromisso, obstinação, adoração.

Ele quer de nós uma liderança espiritual com ética, disciplina, hierarquia, caráter, amor, piedade, fé, coragem e perseverança... Esses são os fundamentos de uma Mãe Unida em Oração.

Ele está cuidando de nós , de nossa nação, mas temos uma missão grandiosa, gloriosa... Anunciar as maravilhas de Deus!

Por isso temos que ter um coração missionário... “E disse o Senhor em visão a Paulo: Não temas, mas fala, e não te cales; Porque eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade. (Atos 18:9,10)

Fala e não ter cales.... Há muito povo nesta cidade!

Há muitas mães nesta cidade! Precisam de nós!

Há muitos filhos nesta cidade! Precisam das orações de suas mães!

Vamos orar?

“Senhor...
Oro para que meu filho (nome do filho), desenvolva o desejo de ver a Sua glória declarada entre as nações, e seus maravilhosos feitos entre todos os povos. Em nome de Jesus, amém!”

(Essas 31 virtudes foram retiradas da Bíblia como um “roteiro de oração” feita pelo escritor Americano Bob Hostetler e os textos foram escritos e alguns adaptados por Jane Esther M. S. de Paula Rosa, Coordenadora Nacional de MIPI-BR)



🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺 ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

TERMINA HOJE - Orando 31 Virtudes Bíblicas Sobre os Filhos



Durantes este mês de maio, como Mães oramos uma virtude por nossos filhos, diariamente. As 31 virtudes foram retiradas da Bíblia como um “roteiro de oração” feita pelo escritor Americano Bob Hostetler, com pequenas adaptações..

Oramos por bênçãos, proteção, para que eles sejam felizes, tenham saúde, que façam boas escolhas. Oramos por segurança e assuntos cotidianos, oramos por virtude, fruto do Espírito , traço de caráter específico que temos a certeza que cada mãe deseja ver plantados e alimentados em nossos filhos. E, hoje, chegamos ao final de 31 dias. Que Deus dê graça a cada uma de nós diariamente, na condução da vida de nossos filhos aqui, na Humana IDADE, até estarmos juntos na eterna IDADE.

Nesses 31 dias do mês de maio apresentamos a Deus, baseadas em Sua palavra as virtudes que desejamos que nosso filhos desenvolvam para que tenham uma vida plena, próspera e abençoada. A vida abundante que Jesus tem para nós.

Assim encerramos este ciclo com uma oração que resume o desejo de cada Mãe Unida em Oração, através da oração feita por Cláudia Regina Farias.

“Senhor, apresento a ti o meu filho, clamando para que o Senhor lhe conceda a preciosa benção da salvação, que ele cresça no conhecimento e na graça, seja cheio do teu amor, ande com toda integridade e retidão, tenha domínio próprio, ame a tua palavra, pratique a justiça e a misericórdia, com muito respeito ao próximo, com a certeza de quem é em Cisto, seja fiel a tua palavra aos teus ensinamentos, vivendo a vida com coragem, pureza, gentileza e generosidade de tal forma que ele seja um promotor da paz. Que viva sempre com alegria, cheio de perseverança, que em meio as lutas jamais perca a mansidão e a compaixão, sendo sempre responsável e cheio de contentamento, manifeste sua fé, com seu coração de servo, jamais perca a esperança, nem suas habilidades e vontade de trabalhar. Que paixão por ti Senhor domine a vida dele de modo que ele tenha disciplina na pratica da oração e que seu coração seja cheio de uma eterna gratidão por tudo que fizestes por ele, e para te agradecer ele desenvolva um coração missionário, sendo sal e sendo luz fazendo sempre a diferença, com sua vida, mostrando ao mundo Jesus, Amém!!!”

Continuem firmes em seus PGOs - Pequenos Grupos de Oração, seguindo as ênfases diárias do Calendário Nacional de Oração, com fé, coragem e perseverança, sempre. Amém!

(Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa – Coordenadora Nacional de MIPI-BR)



🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺 ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

sexta-feira, 29 de maio de 2020

LEVANTA E CLAMA! 30ª Virtude: GRATIDÃO



"Ajude que meus filhos vivam suas vidas transbordando em gratidão e sempre dando graças a Deus Pai em todas as coisas, em nome de Jesus Cristo". (Ef 5:20, Cl 2:7)

“Sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.” (Efésios 5:20)

“Portanto, assim como recebestes a Cristo Jesus, o Senhor, assim também nele andai, arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, abundando em ação de graças.” (Colossenses 2:6,7)

Que bom seria se o nosso coração se voltasse para agradecermos a Deus por tudo que Ele nos tem dado! A Bíblia registra várias ações de agradecimento:

Maria Madalena. Ela acompanhou Jesus na Sua crucificação, morte, sepultamento; ao terceiro dia, ela foi ungir com perfume o corpo do Mestre, como prova do seu amor e agradecimento por tudo que Jesus havia feito em sua vida (Marcos 16.1-11).

Você já orou hoje agradecendo a Jesus a vida que Ele lhe deu, o teto, a família, o pão, o emprego, a saúde, os livramentos, seus filhos, etc?

Outro exemplo de referência de pessoa agradecida está no relato bíblico da cura de 10 leprosos por Jesus. Todos receberam a bênção, mas só um voltou para agradecer (Lucas 17.19).

Você é uma mãe agradecida ou fica reclamando pelo que não têm; murmurando, etc...

Você já parou para refletir a respeito de tudo que Deus tem dado a você?

Quando agradecemos, nos preparamos para receber mais bênçãos de Deus. Lembremos de Ana, esposa de Elcana. Aflita, ela pediu ao Senhor um filho (1 Samuel 1.9-16). Quando recebeu, voltou à presença de Deus para agradecer, até cantando de alegria (1 Samuel 2.1-11).

O povo hebreu sofreu grande aflição diante do Mar Vermelho. Diante daquela situação, Deus falou a Moisés: “Diga ao povo que marche” (Êxodo 14.15). A vitória já está garantida! Agora, é só se preparar para agradecer ao Senhor. Moisés cantou de alegria, Miriã e suas companheiras até dançaram de alegria. Eles cantaram: “O Senhor é varão de guerra!” (Êxodo 15.3).

Agradeçamos a Deus por todos os benefícios que Ele tem nos feito (Salmos 103). Não apenas estejamos agradecidas, mas falemos também de Suas maravilhas. Disse o salmista Davi: “Cantai-lhe, cantai-lhe salmos; falai de todas as suas maravilhas” (Salmos 105.2). “Sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.” (Efésios 5:20)

Vamos orar?

“Senhor...
Oro para que meu filho (nome do filho), viva sua vida transbordando em gratidão e sempre dando graças a Deus Pai por todas as coisas, em nome de Jesus Cristo. Em nome de Jesus, amém!”

(Essas 31 virtudes foram retiradas da Bíblia como um “roteiro de oração” feita pelo escritor Americano Bob Hostetler e os textos foram escritos e alguns adaptados por Jane Esther M. S. de Paula Rosa, Coordenadora Nacional de MIPI-BR)



🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺 ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

LEVANTA E CLAMA! 29ª Virtude: PRÁTICA DA ORAÇÃO


"Permita, Senhor, que meus filhos tenham uma vida marcada pela prática de oração, que eles aprendam a orar em todo o tempo no Espírito com todo tipo de orações e súplicas."(Ef 6:18)

“Com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos.” (Efésios 6:18)

A prática da oração é a arte de se colocar na presença de Deus em espírito, por meio da fé, valendo-se do sacrifício de Cristo, e falar com Deus com toda liberdade por meio da palavra audível ou silenciosa.

Pela oração, confessamos ao mesmo tempo a estreiteza de nossos recursos e a extrema largueza dos recursos do poder e do amor de Deus. Ela é um dos mais extraordinários meios de graça de que podemos dispor. A oração não substitui a leitura da Bíblia. As duas práticas são essenciais para o nosso crescimento na vida cristã. Sem a Bíblia, as orações podem tornar-se destituídas de conteúdo, egoístas e até mesmo erradas (Tiago 4.3).

A oração produz resultados psicológicos (paz de espírito, tranqüilidade), espirituais (maior sentido de vida) e concretos (atendimento real do pedido feito).

Com que freqüência você faz orações?

Que resolução prática você pode tomar com relação aos seus horários de oração, tanto no “A Sós com Deus”, como na oração de 1 hora semanalmente nos PGOs?

Antes de orar, pare e pense um pouco em Deus e seus atributos, nomes e caráter. Com certeza, você iniciará sua oração da maneira correta: com uma palavra de adoração /louvor que partirá do fundo da alma. Depois a Confissão, a Ação de graças e a intercessão.

Ore sem constrangimento,“Com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos.” (Efésios 6:18). Ore por virtudes e valores espirituais. Deus vai atender no tempo d’Ele!

Vamos orar?

“Senhor...
Oro para que meu filho (nome do filho), tenha uma vida marcada pela prática da oração, e que ele aprenda a orar em todo o tempo no Espírito com todo tipo de orações e súplicas. Em nome de Jesus, amém!”

(Essas 31 virtudes foram retiradas da Bíblia como um “roteiro de oração” feita pelo escritor Americano Bob Hostetler e os textos foram escritos e alguns adaptados por Jane Esther M. S. de Paula Rosa, Coordenadora Nacional de MIPI-BR)



🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺 ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

quinta-feira, 28 de maio de 2020

LEVANTA E CLAMA! 28ª Virtude: DISCIPLINA



"Pai, oro para que meus filhos adquiram uma vida disciplinada e prudente, fazendo sempre o que é justo, direito e correto." (Pv 1:3)

“Para se instruir em sábio procedimento, em retidão, justiça e eqüidade.” (Provérbios 1:3)

A expressão traduzida como “sábio procedimento”, assim como a sabedoria, denota uma habilidade em prática, tal como a de um artesão ou músico. Ou seja, a sabedoria, a disciplina afeta a vida como a habilidade dos artistas afeta a prática de sua arte.

As palavras justiça, retidão e equidade dão um contexto moral a sabedoria, instrução e palavras que dão entendimento. A sabedoria bíblica permeia a vida inteira; exige uma mudança de comportamento e comprometimento com a justiça.

A disciplina faz para ser ouvida. Ela está a disposição de todas nós... Mas sabe o que vemos aqui nesta passagem de Provérbios 1:3? Muitas de nós não somos disciplinadas e muitas rejeitam a disciplina. Quando rejeitamos algo, é porque achamos que não precisamos e que não nos fará diferença alguma. Como então disciplinarmos nossos filhos?

A disciplina é a capacidade de nos mantermos focadas nas tarefas necessárias para concretização de uma meta sem se desviar e sem perder a motivação, pois tanto o foco quanto a dedicação estruturada e contínua são essenciais para que um desempenho excepcional seja atingido.É compromisso, obstinação!

Se apresentamos um desempenho contrário à excelência, ou seja, uma performance medíocre para Deus... Sem chance!!!!

Quando falhamos, quando perdemos o foco com muita facilidade, por qualquer detalhe, qualquer obstáculo, qualquer coisa e não mantemos a continuidade em nossos esforços, com fé, coragem e perseverança, não teremos êxito em nada!

A disciplina é uma das qualidades mais difíceis de serem desenvolvidas, principalmente porque vivemos num mundo tão cheio de estímulos, tão cheio de possibilidades e oportunidades que é muito fácil nos dispersarmos e perdermos o foco.

Outro problema que encontramos diariamente em nossas vidas tão cheias de estímulos é a porta aberta para a perda de tempo. Fazer muitas coisas ao mesmo tempo, se dedicar às mais variadas atividades inúteis que não têm ligação alguma com as metas almejadas e também as famigeradas atividades “passatempo”. Mães que tem tempo para fazer tudo, menos tempo para investir em intimidade com Deus...

O que? Intimidade com Deus? O que é isso!!!!!!?

Um dos segredos da disciplina é que ela requer de nós organização para tudo funcionar adequadamente. Sim, são simples procedimentos pré-programados, rotinas específicas. Num exemplo bem simples que provavelmente ocorre com muitas de nós... As contas a pagar... Não tem uma disciplina em colocá-las no local certo para depois selecionar e pagar... Quando vai procurar.... Oh, onde coloquei? Onde está?

A simples falta de uma rotina para lidar com correspondências assim como locais pré-definidos para guardar cada tipo de pendência, leva ao caos tudo o mais que chega às nossas mãos.

Muitas de nós, por não pode lidar com certa coisa na hora, tem o hábito de colocar numa gaveta ou pasta e com o passar o tempo, a gaveta ou local onde as correspondências (ou papelada em geral) não urgentes vão parar está repleta e a pessoa não tem mais ânimo de revisar todo o seu conteúdo e analisar a importância ou relevância de cada item. Hoje em dia, isso acontece muito na caixa de entrada em contas de e-mail de mães que não têm sistemas pré-definidos para lidar com os e-mails que chegam.

É o zap, nem se fala????

A disciplina, no entanto, assim como muitos dos outros princípios da excelência pessoal, só funciona bem em conjunto com os demais, pois sozinha ela pode transformar a mãe, o filho em robozinhos que faz tudo de forma muito correta e organizada, mas não está se direcionando a lugar algum na vida, nem preza a excelência em suas ações, apenas o mínimo necessário para manter a ordem.

A disciplina é apenas uma ferramenta e, como tal, pode ser usada para fazer coisas certas ou coisas erradas. O benefício da disciplina só é aproveitado quando há objetivos definidos em cima de um propósito firme e existe uma motivação genuína para conquistá-los.

O próprio Deus é que nos dá a ferramenta, a direção, mas não nos impõe a Sua vontade. Sabe aquele momento em que Deus nos diz: "É melhor não fazer isso?" "Cuidado?" "Vá por ali?" masm insistimos em continuar? Simplesmente porque não vemos perigo algum ou achamos que não dará errado. Pois é, depois a única coisa que conseguimos pensar é: "O que que eu fiz?

Infelizmente somos facilmente atraídas pelo mais fácil, pelo mais prazeroso, pelo mais legal e nos esquecemos das consequências que essas escolhas podem ter. Muitas vezes já é tarde demais; vamos pagar por elas querendo ou não. Simplesmente porque somos reféns das decisões que tomamos!

A disciplina, o sábio procedimento tem o seu preço, ela está a disposição de todos, mas nem todos se põe a disposição dela. O seu caminho não é o mais prazeroso, mas com certeza é o que traz bons resultados.

Vemos que muitas de nós desejamos nos tornar Mulheres Virtuosas, mas a Mulher Virtuosa ela se instrui em sábio procedimento, em retidão, justiça e eqüidade. Esta atenta para a Sabedoria. Ela é excelente em tudo o que faz por isso, porque não anda de acordo com a sua impressão de bem estar, mas atenta a repreensão, ao ensinamento e instrução da sabedoria.

E você tem exercido sua disciplina em sábio procedimento? Seu filho tem observado esta virtude em você? Você tem sido exemplo?

Vamos orar?

“Senhor...
Oro para que meu filho (nome do filho), tenha uma vida disciplinada e prudente, fazendo sempre o que é justo, direito e correto. Em nome de Jesus, amém!”

(Essas 31 virtudes foram retiradas da Bíblia como um “roteiro de oração” feita pelo escritor Americano Bob Hostetler e os textos foram escritos e alguns adaptados por Jane Esther M. S. de Paula Rosa, Coordenadora Nacional de MIPI-BR)



🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺 ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.