Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

quarta-feira, 31 de julho de 2019

MÃES QUE TRANSFORMAM DOR EM ORAÇÃO



O Ministério Mães Unidas em Oração Internacional tem vivenciado o que a Bíblia nos ensina,  a respeito da mulher virtuosa. Muitas mães virtuosas têm edificado suas casas debaixo de muitas lágrimas, enfrentando dores no silêncio e na oração. Pois, no mundo de hoje, o que mais elas recebem são notícias ruins.

Muitas mães estão com uma espada atravessada no  peito, sem saberem como estão os filhos num mundo secularizado, com valores contrários á fé cristã. Observam os casamentos dos filhos se desmoronando por excesso de individualismo, e a vida sexual dos seus adolescentes sendo desvirtuada por uma cultura promíscua e abominável.

Assim como Maria recebeu a profecia de Simeão, essas mães recebem notícias de que seu filho foi preso por droga, tráfico, roubo, assassinato entre outros delitos ou crimes.

Mães que levantam de madrugada fazem comidas frescas, pegam ônibus e vão visitar seus filhos na cadeia, se sujeitando a constrangimentos, e, mesmo assim, não param de orar por eles dia e noite. Pedem a Deus que os transforma e que se convertam a Jesus Cristo na certeza absoluta de que Deus pode tudo. 

Elas reconhecem que esses filhos foram seduzidos pela ganância, falta de emprego e de condições para sustentarem a família, ou, até mesmo, pelas promessas de dinheiro fácil, dos falsos amigos que são engôdos na vida deles.

Lemos na Bíblia que Maria perdeu e encontrou Jesus no templo. Na caminhada de uma família, quantas mães vivem a perda dos filhos para o mundo, sem saber onde eles estão. Imaginem a dor de uma mãe cujo filho foi sequestrado por Satanás, se tornaram pródigos. Elas jamais se esquecem de seus filhos, o que estão passando, se estão protegidos do mau tempo, dentre  muitos  pensamentos que vêm à cabeça sobre as condições de alimentação, maltrato, abuso sexual.

Como Maria, muitas mães vivenciam um verdadeiro calvário, numa dor silenciosa diante da recusa do filho em seguir um caminho reto, de não querer estudar, até se enveredar por caminhos da ilegalidade. Quantas mães recebem seus filhos sujos, amarrotados pela vida. Outras vivenciam na beira de um leito, o corpo do filho sendo tomado pela doença física, mas permanecem firmes, com sorriso no rosto, mesmo tendo que chorar às escondidas no banheiro. Além das lágrimas, o coração e a mente se angustiam, tentando entender o porquê daquela doença.

Ao depositar o corpo de Jesus no túmulo, Maria vive um momento de impotência genuína. Temos visto esse sentimento em mães que sofrem pelas escolhas erradas feitas por seus filhos e que trarão muitas dores àqueles a quem elas amam tanto. 

Muitos lares assoladas pelas separações, vivem a desestruturação emocional dos filhos, sendo cada dia mais comum as depressões e tentativas de suicídios. Entretanto, isso também ocorre em famílias estruturadas, mas desprovidas de fé, onde o materialismo impera. Diante das dificuldades da vida, os filhos não possuem valores firmes para se segurarem.

Há muitas narrativas reais que retratam essas e tantas outras dores. Mas a diferença é que cremos na ressurreição dos nossos filhos, pela mudança pessoal e pelo poder da oração feito em nome do Senhor Jesus Cristo, que tudo pode, que detém todo o poder. Mesmo na dor, podemos sentir a mão de Deus sobre cada uma de nós, e isso faz diferença na hora de enfrentarmos os sofrimentos. Que possamos nos espelhar nas mulheres da Bíblia e buscar a verdadeira sabedoria para conduzir nossa casa nos momentos de alegria e também de sofrimento.

Viver a vida cristã, quando não temos nenhum problema é fácil, o difícil é continuar firme com fé, coragem, perseverança e resiliência quando estiver passando pelo cadim, sendo provada pelo fogo, no vale da sombra da morte... 


Mas, mesmo no meio de tantas dores, filhos são resgatados das trevas para a luz, pois o Poder de Deus tudo pode.Filhos que deixaram as drogas, a prostituição, os falsos amigos e buscaram uma nova vida. Uma vida em Jesus!

Sim, Ele, o nosso Deus, o Todo Poderoso, esta conosco, SEMPRE! 




Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

terça-feira, 30 de julho de 2019

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE AGOSTO DE 2019

É maravilhoso fazer parte de Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil e conhecer o extraordinário Programa de Oração Mundial em PGOs - Pequenos Grupos de Oração, que Deus deu a uma mãe: Fern Nichols, em 1984, no Canadá, e que já está em mais de 150 países... 

Um Ministério que durante anos tem sido referência na vida de milhões de mães ao redor do mundo!

Louvamos a Deus por mais um mês de oração pela vida de nossos filhos e escolas...

Agradecemos a vocês Mães Unidas em Oração que enviam seus pedidos e, através deles podemos elaborar o Calendário Nacional de Oração que tem norteado cada mãe no seu momento "A Sós com Deus"!

No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF. O Calendário não substitui o encontro semanal de 1 hora dos PGOs - Grupos de Mães Unidas em Oração.

Se a mãe pertence ao Ministério Internacional e não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!

Se você sentiu o toque do Espírito Santo para participar, o primeiro passo para fazer parte do Ministério Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil é fazer sua inscrição como Mãe (biológica, adotante ou espiritual) colocando seu(s) filho(s) e a escola adotada em oração na Rede Mundial de Oração.

É só fazer a inscrição para receber todas as informações necessárias através do link:
http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Tão logo encontre outra mãe que também tenha sido tocada pelo Espírito Santo comece seu PGO - Pequeno Grupo de Oração...

Foi assim que começou com Fern Nichols em 1984, no Canadá. Ela levou seu filho para escola e viu que ele estava mudando de comportamento. Começou a orar e pediu a Deus outra mãe que estivesse passando pela mesma situação. Assim começou Moms In Prayer International e, hoje, estamos em 153 países! Mistério Insondável de Deus! 

Lembre-se que Mães Unidas em Oração é um Ministério de mãe com mãe..


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

quarta-feira, 24 de julho de 2019

"A SÓS COM DEUS" - TEMPO IMPRESCINDÍVEL DE ORAÇÃO DA COORDENADORA E/OU LÍDER DE MÃES UNIDAS EM ORAÇÃO INTERNACIONAL

A oração diária é a conexão vital da líder com o Pai
            Durante o tempo de oração pessoal, a líder estará aprendendo a orar e a se preparar para discipular outras mães a orarem. Através do tempo de oração pessoal, flui a preparação para ser uma líder efetiva e ter uma hora dinâmica de Mães Unidas em Oração.

Tempo de Oração Pessoal

©    Planejamento é a chave do sucesso do tempo regular da oração pessoal. Escolha um lugar, e equipe-o com uma Bíblia, caneta e seu Livreto: Mães Unidas em Oração.

©    Antes de começar, peça a Deus para preparar o seu coração para ouvir o que Ele tem para você hoje. Coloque de lado todos aqueles assuntos que poderiam distrair você do seu tempo com Ele e aquiete seu coração, fique quieta e saiba que Ele é Deus... (Salmo 46.10).

©  Incorpore “Os Quatro Passos Para Oração” dentro do seu tempo de oração pessoal. Esta parte do Livreto: Mães Unidas em Oração proporciona informação sobre cada um dos quatro passos para oração.

©   As ajudas de louvor e as ajudas de intercessão são guias adicionais para assistir-lhes no seu tempo de oração pessoal.

©  O uso de um período diário de oração lhe abençoará, pessoalmente, como também, lhe ajudará no planejamento da sua hora semanal de oração com o seu PGO - Pequeno Grupo de Oração de "Mães Unidas em Oração". 

©  Tenha o seu caderno ou diário de oração. Você poderá criar uma parte específica no seu próprio caderno para cada mãe do grupo pelo qual estará orando.

Preparação para sua hora semanal no PGO - Pequeno Grupo de Oração de Mães Unidas em Oração

©    Com o uso de seu caderno ou diário de oração, você simplesmente saberá o que foi feito na reunião anterior, o atributo, ou nome ou caráter de Deus abordado, os versículos de louvor, Confissão, Ação de Graças e intercessão. Os pedidos feitos. Assim você estará apta para fazer o planejamento da próxima reunião do seu PGO de Mães Unidas em Oração.

©   Selecione no seu caderno ou diário, as passagens que irá usar para reunião e as transfira, posteriormente, para as irmãs do grupo.

©   Você pode distribuir para as suas companheiras de oração, folhas de papel para que elas preencham com seus pedidos.

©   Seria bom entregar para cada membro do grupo de Mães Unidas em Oração uma síntese da reunião com as suas anotações.

©   As folhas preenchidas das companheiras de grupo são um registro dos pedidos e das respostas de oração de cada uma. Não importa o tempo que vai levar para receber a resposta, mas sim, saber que no tempo de Deus a resposta virá!  Oração respondida sempre aumenta a fé.


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhastApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

DROGAS - A EPIDEMIA DO SÉCULO



"Os sãos não precisam de médico, e sim os doentes." (Mateus 9:12)

Cremos que Deus tem um plano de salvação para todos os nosso filhos, independente de seus vícios, desejos, mazelas e pecados. Nossos filhos estão vivendo  diante de um grande desafio: trata-se da dependência química. 

A questão do consumo de drogas lícitas e ilícitas tem sido discussão recorrente nas instâncias governamentais, não só em nosso Brasil, mas em todo os países do mundo. 

Como num efeito dominó o consumo de drogas acarreta muitas outras dificuldades, tais como violência, pobreza, destruição e finalmente a morte. Hoje falamos de consumo de drogas como uma epidemia, que de fato é.

Numa sociedade adoecida e enfraquecida pelo pecado, a droga é um vírus oportunista. Estamos envolvidas numa grande e desafiadora obra, que é ajudar as mães cujos filhos estão mergulhados nas drogas...

Temos visto diariamente as consequências desastrosas na vida de nossos filhos.

Embora existam muitas tentativas de possíveis caminhos para resolver esta questão, nós sabemos que Deus, é a solução real para este problema. Não desprezando o conhecimento humano, pois este tem o seu lugar, mas há Um que realmente salva e transforma as vidas: JESUS.

Diante da grande demanda, fazemos pouco, muito pouco. Temos muito mais a fazer. Mães Unidas em Oração Internacional exige de nós um comprometimento profundo!

Deus mandará chuva no momento oportuno, mas nós somos responsáveis em arar a terra e “lança a semente”, mas é fundamental regar (discipular), tirar os carrapichos, cuidar de perto.

Aqui o evangelho é realmente a “Boa-Nova”, maneira de viver, o exemplo de Jesus. Ele falava e fazia. Nós também falamos, mas precisamos fazer, estender a mão e cuidar das mães cujos filhos precisam de ajuda.

Em Lucas 10:34 e 35, estão apenas dois versículos apresentando a hospedaria (CT - comunidade terapêutica):

" Aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Depois colocou-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele.No dia seguinte, deu dois denários ao hospedeiro e disse-lhe: ‘Cuide dele. Quando voltar lhe pagarei todas as despesas que você tiver".

Temos a esperança que você se comprometa cada vez mais com Deus de orar, fielmente  e investir nele. Deus a abençoe! 

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhastApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

terça-feira, 23 de julho de 2019

O PODER DA ORAÇÃO FEITA EM NOME DE JESUS CRISTO SUPERA A DEPENDÊNCIA



"Tínhamos um vírus em nosso computador ... e nunca sonhamos que isso levaria à descoberta de que meu filho estava baixando pornografia. Logo percebemos que o nosso filho era viciado. Meu marido e eu estávamos angustiados, mas Deus é misericordioso! 

Deus me abençoou com uma compreensão do Poder da Oração feita em o nome Jesus Cristo! Eu sabia que a única maneira de fazer com que meu filho adolescente voltasse a vida normal,  era orar mais, e orar com um exército de mães. 

Juntamente com as mães do meu PGO - Pequeno Grupo de Oração de Mães Unidas em Oração International, clamamos pela vida do meu filho. Deus me deu a determinação de ser inabalável mesmo no meio da dor esmagadora que sentíamos como pais. Hoje meu filho não é mais viciado, ele tem a igreja como sua casa, um bom trabalho e uma noiva doce. 
Eu sei que Deus responde  aos clamores  de nossos corações! "

 (Letícia S. M. - Mãe Unida em Oração - São Paulo, SP)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
WhastApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

quinta-feira, 18 de julho de 2019

DEZ DICAS PARA VIVER BEM COM SEU FILHO ADOLESCENTE



O relacionamento entre pais e filhos adolescentes nem sempre é marcado pela harmonia. Discussões, críticas e desentendimentos muitas vezes fazem parte da rotina. “Para melhorar a relação, mantenha um diálogo aberto, sincero, livre de preconceitos e julgamentos”, diz a psicanalista Blenda de Oliveira, membro da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo. Confira nossas dicas e melhore a convivência entre vocês:

1. Imponha limites, mas sempre converse e explique os motivos das regras.


2. Crie momentos gostosos, tenha conversas relaxadas e descontraídas. Convide seu filho para caminhar, fazer compras ou qualquer atividade que possam compartilhar juntos.

3. Sempre que possível, elogie e confie no seu filho, para que ele adquira uma imagem positiva de si mesmo.

4. Incentive-o a participar de esportes, música, arte, dança ou outras atividades que estimulem a autoconfiança.

5. Evite críticas exageradas, por exemplo, em relação à decoração do seu quarto ou à maneira de se vestir. Apenas intervenha se o comportamento de seu filho for prejudicial, ilícito ou violar os seus direitos.

6. Seja flexível. “Se o seu filho é responsável e cumpre com as suas obrigações, reveja as regras e ceda um pouquinho”, orienta a psicanalista.

7. Permita que ele aprenda com suas próprias experiências e erros, para que saiba assumir a responsabilidade sobre suas decisões e ações. No entanto, interfira caso ele pretenda fazer algo perigoso ou ilegal.


8. Mantenha distância quando o adolescente estiver mal-humorado. Deixe-o tranquilo e respeite sua intimidade.

9. Evite que seus próprios problemas e pressões do dia a dia acabem prejudicando o relacionamento com seus filhos. Observe-se, cuide-se e, sobretudo, evite o estresse.

10. Dê o exemplo. “A educação dos filhos não se dá pelo que é falado, mas, sim, pelas atitudes e pela coerência entre o que é dito e o que é feito pelos pais”, explica Blenda.


(Blenda de Oliveira - Psicananalista
Site: Portal Vital)



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

Site Internacional: momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

ENSINE SEU FILHO A ORAR!



Ensinar os filhos a orar é um dos mais importantes legados espirituais que uma mãe cristã podem deixar para seus filhos. Com a instrução e o exemplo dos pais as crianças e os adolescentes podem aprender que Deus quer comunicar-se com eles, que o Senhor atende suas orações e que há poder na oração. Desde a tenra idade ensiná-los a orar alimentará a vida espiritual de seus filhos e lhes ajudarão a formar uma sólida relação com Cristo.

Nunca é cedo demais para ensinar os filhos a orar. Nunca é tarde demais ensinar seus filhos adolescentes a orar. Mesmo antes de seu filho é muito importante você, mãe orar com ele.Coloque as mãozinhas dele juntas para que ele comece a entender...

Quando seus filhos são pequenos, oriente-os com frases simples para que eles possam repetir. Seja clara, objetiva e compreensível, assim você levará seus filho a orar estimulando-os a praticar esse hábito, sempre. Dedique um tempo para orar pelos pedidos de seus filhos. Orar por seus pedidos juntamente com eles, incentivá-los a expressarem seus desejos a Deus através da oração. Lembre-se de Provérbios 22:06: "Ensina a criança no caminho e quando ele for velho, não se desviará dele . "

Use a Bíblia para ensinar a seus filhos que Deus quer um relacionamento pessoal com eles. Leia com eles Marcos 10:13-16, onde Jesus teve tempo de abraçar, abençoar e orar pelas crianças. Diga aos seus filhos sobre como Deus se comunicava com Samuel quando ele era ainda uma criança ou como Josias tornou-se rei quando ele tinha apenas oito anos (1 Samuel 3 e 2 Reis 22:1). Seus filhos, através da Bíblia, devem saber que a idade não é um impedimento para Deus usá-los ou comunicar-se com eles. Explique que a oração é uma forma pessoal de se conectar com um Deus que os ama, escuta, entende e atende.

O mesmo Deus que cuida e ama a criança e o adolescente também tem o poder de responder às orações. Aumente a fé de seus filhos lendo as histórias da Bíblia que testemunham o poder da oração e da fé.

Partilhe com os seus filhos testemunhos como o de Ana que orou por um filho e Deus lhe concedeu, fale sobre o filho da viúva de Suném que levantou quando Eliseu orou ou quando cinco mil pessoas foram alimentadas quando Jesus orou para multiplicar os dois peixes e cinco pães (1 Samuel 1, 2 Reis 4:8-20, João 6:1-15 ).

Fale sobre Ester que orou e jejuou por uma nação. Ela agiu com sabedoria, coragem e abnegação (Ester 5).

Fale sobre Joquebede e toda a narrativa de Moisés (Êxodo 2)

Combine as histórias da Bíblia com testemunhos pessoais que Deus lhe atendeu respondendo às orações. Os testemunhos de orações respondidas ajudam seus filhos a crescer na fé e a motivá-los a apresentar suas necessidades ao Senhor com confiança em oração.

Se você deseja que seus filhos sejam pessoas que oram, seja você um exemplo de alguém que pratica a oração. Lembre-se de orar porque amamos a Deus e há um desejo genuíno de cultivar um relacionamento íntimo com Jesus.

É importante ressaltar que não oramos apenas para pedir algo a Deus, mas pelo desejo íntimo que temos de nos relacionar com Ele, assim na oração, além das nossas petições pessoais, temos o louvor, confissão, ações de graças, intercessões pelos outros etc.

Se você tem filhos adolescentes não é impossível ensiná-los o hábito de orar, procure ser mais presente na vida de seus filhos, é preciso tempo para um relacionamento, isso é importante também para com Deus.

Crie o hábito de orar junto com seus filhos antes de saírem de casa, antes das refeições, ao chegarem de uma viagem agradecendo a Deus...

Faça calendários de oração para compartilharem juntos os pedidos comuns e pessoais, ponha em um local visível (geladeira ou armário) para que vejam e se lembrem de orar todos os dias,e juntos apresentem a Deus seus objetivos de oração.

Procure compartilhar com seu filho sobre o dia na escola, as lutas e vitórias do dia a dia, os desafios e assim ao final da conversa convide seus filhos a apresentarem a Deus suas dificuldades e também expressar gratidão.

Esforça-te, não desista, se não conseguir convencer seu filho adolescente a orar nas primeiras tentativas, seja criativa, ore a Deus por seus filhos para que o Espírito Santo lhe ajude nesta tarefa de ajudar e ensinar seus filhos a orar.

Seja paciente e perseverante, não force, mas com amizade e carinho, aos poucos, vá convencendo e usando estratégias para estimulá-los ao hábito da oração, e como já foi dito anteriormente, seja você, mãe, um exemplo, se seus filhos não viam você orando, comece a praticar e demonstrar a seus filhos como é bom e importante falarmos diariamente com Deus.

Sugestões para estimular e ensinar seus filhos adolescentes a orar:

1. Nos diálogos converse mais sobre oração;

2. Procure saber se seus filhos sabem orar ou sentem dificuldades, se não conseguir fazer isso sozinho peça a ajuda de um líder de adolescente ou professor da classe bíblica de seu filho;

3. Mantenha o hábito de sempre orar para sair de casa e sempre que chegarem de viagens, dos passeios, antes das refeições (até mesmo fora de casa) etc. Orarem quando houver enfermidades, problemas, desafios e também nas festividades, comemorações. Em nossa casa, em qualquer momento especial: aniversários, Natal, Ano novo, Dia das Mães, Dia dos pais, enfim, sempre antes de qualquer coisas fazemos uma oração de gratidão a Deus, mesmo diante de convidados não crentes, isso servirá como testemunho...

4. Reflita sobre a possibilidade de fazer o culto doméstico em sua casa, uma prática importantíssima!

5. Crie estratégias, métodos variados, para orar junto com seu filho, como calendários coletivos ou pessoais de oração, bilhetes diários para Deus, caixinha de pedidos para abri-la no final do ano, devocionais etc;

6. Compre livros de linguagem acessível e bíblicos que falem sobre oração e estimule seus filhos a lerem (antes de presentear seu filho com um livro leia-o antes ou tenha referências confiáveis);

7. Procure assistir filmes evangélicos... As mensagens mudam os valores espirituais deles.

8. Sempre que forem orar compartilhem de fatos bíblicos que tratam da oração e como é eficaz;

9. Converse com seus filhos sobre as respostas às orações, nem sempre recebemos um sim, explique porque compreender a vontade de Deus é importante, é preciso saber que nossos pedidos também devem ter motivações corretas e que devem estar de acordo com a vontade de Deus, não devemos pedir por coisas ou permissividades que são contrárias à Bíblia, explique com carinho e paciência sobre isso, principalmente para os adolescentes...

10. Seja paciente, amorosa, perseverante, resiliente e não desista de ensinar e estimular seus filhos a orar.

Que Deus a abençoe, mãe!

(Adaptado por Jane Esther de Paula Rosa) 

Lembre-se que Mães Unidas em Oração é um Ministério de mãe com mãe...

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

Site Internacional: momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 


Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

terça-feira, 16 de julho de 2019

PROTEJA SEUS FILHOS DAS DROGAS!


Ore: Derrama o teu coração como água perante o Senhor; levante a Ele as tuas mãos pela vida de teus filhos”. (Lamentações 2:19)

Demonstre amor:Dê provas de amor através de gestos, palavras e presença (física, emocional, espiritual).

Dê limites aos filhos: Mostre aos seus filhos que não podem ter ou fazer tudo. Ensiná-los a suportar as frustrações é uma forma de desenvolver autoestima e capacidade de fazer escolhas mais adequadas.

Incentive a independência: Dê as seus filhos pequenas oportunidades para desenvolverem a capacidade de tomar decisões.

Seja um bom modelo: Esforça-se para ser uma mãe melhor diante de seus filhos. Não seja camuflada, dissimulada. Seja autêntica.

Exerça cidadania:
 Fiquem atentos exercitam sua cidadania para criar um mundo melhor para seus filhos. Envolva-se com ações em favor de causas nobres. Mostrando que a vida vale apena.

Tente acertar o tom, a hora e o local das conversas:
Evite expressar raiva. Apenas estabeleça limites e expresse suas razões. Não ceda a nenhuma chantagem. Você é a autoridade, mas respeite seu filho. Ele tem sentimentos. É um ser humano!

Diálogo, exemplo e expressão de amor:
Seja honesta e coerente. Busque mostrar disposição em ouvi-los e ajude-os em questões difíceis de serem enfrentadas. Lembre-se que quando estávamos na idade dele, nosso mundo era outro.


Procure fortalecer seu filho:
Coopere em atividades relacionadas a seus filhos, desenvolvendo neles habilidades e atitudes para resolução de problemas e autonomia.

Esteja atento:
Aos “colegas”. Aos sinais de insegurança, insatisfação com a vida, sintomas depressivos, curiosidade e busca por prazer.

Mostre que nossos atos têm consequências:
Explique para seus filhos que toda ação terá uma reação.


Mães, nossos filhos filhos são heranças do Senhor, não desistam, por mais difícil que esteja esse momento vai passar, fé, ousadia e perseverança sempre!!


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

Site Internacional: momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

segunda-feira, 15 de julho de 2019

BULLYING, UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA


Bullying é um termo da língua inglesa (bully = “valentão”) que se refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, causando dor e angústia, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender, sendo realizadas dentro de uma relação desigual de forças ou poder. 

O bullying se divide em duas categorias:

a) bullying direto, que é a forma mais comum entre os agressores masculinos e

b) bullying indireto, sendo essa a forma mais comum entre mulheres e crianças, tendo como característica o isolamento social da vítima. Em geral, a vítima teme o(a) agressor(a) em razão das ameaças ou mesmo a concretização da violência, física ou sexual, ou a perda dos meios de subsistência.

O bullying é um problema mundial, podendo ocorrer em praticamente qualquer contexto no qual as pessoas interajam, tais como escola, faculdade/universidade, família, mas pode ocorrer também no local de trabalho e entre vizinhos.

Há uma tendência de as escolas não admitirem a ocorrência do bullying entre seus alunos; ou desconhecem o problema ou se negam a enfrentá-lo. Esse tipo de agressão geralmente ocorre em áreas onde a presença ou supervisão de pessoas adultas é mínima ou inexistente. Estão inclusos no bullying os apelidos pejorativos criados para humilhar os colegas.

As pessoas que testemunham o bullying, na grande maioria, alunos, convivem com a violência e se silenciam em razão de temerem se tornar as “próximas vítimas” do agressor. No espaço escolar, quando não ocorre uma efetiva intervenção contra o bullying, o ambiente fica contaminado e os alunos, sem exceção, são afetados negativamente, experimentando sentimentos de medo e ansiedade.

As crianças ou adolescentes que sofrem bullying podem se tornar adultos com sentimentos negativos e baixa autoestima. Tendem a adquirir sérios problemas de relacionamento, podendo, inclusive, contrair comportamento agressivo. Em casos extremos, a vítima poderá tentar ou cometer suicídio.

O(s) autor(es) das agressões geralmente são pessoas que têm pouca empatia, pertencentes à famílias desestruturadas, em que o relacionamento afetivo entre seus membros tende a ser escasso ou precário. Por outro lado, o alvo dos agressores geralmente são pessoas pouco sociáveis, com baixa capacidade de reação ou de fazer cessar os atos prejudiciais contra si e possuem forte sentimento de insegurança, o que os impede de solicitar ajuda.

No Brasil, uma pesquisa realizada em 2010 com alunos de escolas públicas e particulares revelou que as humilhações típicas do bullying são comuns em alunos da 5ª e 6ª séries. As três cidades brasileiras com maior incidência dessa prática são: Brasília, Belo Horizonte e Curitiba.

Os atos de bullying ferem princípios constitucionais – respeito à dignidade da pessoa humana – e ferem o Código Civil, que determina que todo ato ilícito que cause dano a outrem gera o dever de indenizar. O responsável pelo ato de bullying pode também ser enquadrado no Código de Defesa do Consumidor, tendo em vista que as escolas prestam serviço aos consumidores e são responsáveis por atos de bullying que ocorram dentro do estabelecimento de ensino/trabalho.

Orson Camargo
(Colaborador Brasil Escola - Graduado em Sociologia e Política pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP. Mestre em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP)

Nós, Mães Unidas em Oração precisamos orar sem cessar por nosso filhos e por suas escolas, mas também devemos estar atentas as pequenas e sutis mudanças no comportamento dos nossos filhos e trabalhar juntamente com as escolas para que nossos filhos não sejam agressores nem agredidos, pois é impossível mensurar o tamanho do dano que isso causa em todos, o que sofre o bullying se torna triste, isolado, inseguro, depressivo, o que pratica pode se transformar em um adulto, violento, agressivo opressor, os que assistem sem nada fazer carregam a culpa pelo resto de suas vidas.

Que Deus possa nos conceder e aos diretores, professores, pedagogos, sabedoria para buscar estratégias que mudem esse triste quadro.



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548


(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

ENSINANDO MEU FILHO A ORAR



Devemos aproveitar o sublime período da infância para aproximarmos nossos filhos do Senhor. Por meio da oração eles aprenderão que nunca estão sós e não precisam temer.
Entre os maiores desejos de pais religiosos, talvez o maior, é que seus filhos sigam seus passos, desenvolvam uma fé inabalável e se tornem autossuficientes espiritualmente. O primeiro passo dessa jornada é ensinar-lhes que existe um Deus nos céus, que é nosso Pai, nos ama e deseja que mantenhamos contato com Ele.

Por meio de orações diárias essa comunicação é mantida. As crianças que são incentivadas a orar podem experimentar experiências muito sagradas, podem desenvolver um hábito que poderá ajudá-las nas mais variadas situações, e tenderão a levar esse hábito maravilhoso por toda a sua vida.

As crianças são muito sensíveis espiritualmente. Elas têm grande capacidade de sentir a influência do Espírito Santo. Essas experiências marcantes serão de muita valia, especialmente quando elas se sentirem inseguras ou amedrontadas. Elas aprenderão que poderão encontrar segurança sempre que buscarem o Pai através da oração.

Cristo disse: “Deixai vir os meninos a mim, e não os impeçais; porque dos tais é o reino de Deus.” Marcos 10;14. Em outra ocasião Ele disse: “nunca lestes: Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?” Mateus 21:16. É visível o quão capazes as crianças são de se achegarem ao Pai. Certamente o Pai as ouvirá e responderá suas orações. Por isso devemos aproveitar esse período de pureza infantil para incentivar nossos filhos a desenvolverem um relacionamento estreito com Deus. Eles terão muitas vantagens ao fazê-lo, como:

1 – Alívio para suas angústias e medos
É imperativo ensinar as crianças a recorrerem à oração para acalmá-las quando sentem medo, angústia e dor. Quem tem fé em Deus e já teve experiências com orações respondidas, conhece o poder de Deus e sabe o quanto seus filhos serão beneficiados se recorrerem a Ele.

2 – Conforto quando não estivermos por perto
Nem sempre estaremos por perto quando nossos filhos se sentirem inseguros ou temerosos. Mas o seu temor pode durar pouco, logo que eles se lembrarem de que podem contar com o Pai Celestial. O Senhor certamente aliviará o seus coraçõezinhos e, da próxima vez, eles se sentirão mais confiantes e seguros longe de nós.

3 – Soluções para seus próprios problemas
Se estiverem habituados a orar, eles poderão procurar soluções para seus próprios problemas sempre que se defrontarem com algum. Mas para isso, eles precisam receber algumas instruções. Devem saber que depois de esgotar a sua capacidade de encontrar uma saída, eles podem contar com o Pai Celestial, aquele que tudo sabe e que pode ajudá-los a qualquer momento.

4 – Forças para resistir às tentações
Sempre que se sentirem tentados a fazer algo de errado, poderão pedir ajuda do Pai para se livrar desse desejo.

5 – Fé para orar por outras pessoas
Eles devem ser incentivados a orar por alguém que esteja passando por um momento difícil. Eles devem saber que “a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” (Tiago 5:16)

6 – Autossuficiência espiritual
Em pouco tempo, após aprender a orar sozinhos, nossos filhos criarão o hábito de orar logo que acordam e antes de dormir, e saberão que precisarão esperar pelas orações antes das refeições. Eles não precisarão mais ser lembrados. Quando aprendem a ler, acabarão incluindo também o hábito da leitura das escrituras. Essa iniciativa é bastante importante para as crianças e para as mães e/ou os pais que antes oravam e liam com elas. A vida dos pais é facilitada e as crianças aprendem sobre responsabilidade.

Para que tudo isso aconteça, você precisa instruir seus filhos a buscarem o Senhor em oração sempre que necessitarem. Você deve dar o exemplo convidando-os a orar por alguém ou sobre um acontecimento específico. Devem sempre conversar sobre as orações respondidas. Essas experiências maravilhosas vão se acumulando e fortalecendo a fé das crianças e de toda a família.

Você não deve cobrar perfeição na oração de seus filhos. Richard G. Scott disse: “Não se preocupe se você expressa seus sentimentos de forma desajeitada. Apenas converse com seu Pai, que é piedoso e compassivo. Você é Seu filho precioso, a quem Ele ama perfeitamente e a quem quer ajudar.”

Lembre-se:
As crianças aprendem, inicialmente, por repetição. Por isso, as primeiras orações dos seus filhos serão as orações que você fizer para eles repetirem. Peça que repitam palavra por palavra, ou frase por frase. Com o tempo, estimule-os completar a oração com suas próprias palavras. Ou então, deixe-os começar e vá conduzindo-os durante a oração conforme tiverem dificuldade. Vá dando espaço para eles expressarem seus próprios desejos, até que consigam fazê-la toda sozinhos.

Os passos de uma oração são os seguintes:

1. Dirija-se ao Pai Celestial: “Querido Pai Celestial...” ou outra saudação semelhantemente reverente.

2. Agradeça por tudo o quanto desejar: “Obrigado por...” ou “Agradeço-te por...”

3. Peça o que deseja: “Peço-te que...”, “Por favor, conceda-me...”

(Fonte: Familia.net)

Mães Unidas em Oração ensinam também seus filhos a orarem. Peça a Deus sabedoria e comece fazendo orações com seu filho, com o tempo a oração também fará parte da vida dele e ele sempre lembrará do seu ensinamento.


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

Site Internacional: momsinprayer.org
ww.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 99212-0548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

domingo, 14 de julho de 2019

UMA FRAÇÃO DE SEGUNDOS... UM MILAGRE DE VIDA!



Boa noite...
"Com lágrimas em meus olhos, extremamente emocionada e glorificando nosso Deus, que estou aqui escrevendo para vocês.

Peço ao Espírito Santo que ao lerem cons
igam sentir meus verdadeiros sentimentos. 

Meu nome é Renata, tenho 37 anos, sou veterinária, sou mãe e pai e cuido do meu filho Viktor sozinha (quem passa por esta situação sabe o quanto é difícil e cansativo).

E nossa historia começa... 

Meu filho, o pequeno Viktor é um bebezinho de 11 meses. Muito carismático, sorridente e bonzinho, graças a Deus. Disponho de cuidar dele em tempo integral. Mas mesmo cuidando, observando o tempo todo percebi que nossas vidas e a nossa proteção esta totalmente na dependência e vontade de Deus. 

Mães, não era para estar aqui escrevendo a vocês, nem eu e nem meu bebê. Irei relatar nosso livramento e milagre da vida.

Oh! Deus tu és maravilhoso! Obrigada por mais esta chance! Obrigada por sua proteção e amor.

Quando Viktor tinha 28 dias, sentia que precisava a partir daquele momento interceder mais por ele. Percebia que faltava algo quando orava por ele. Não tinha respaldo, comprometimento, enfim, parecia que minhas orações ainda não estavam abrangendo o que queria, o que necessitava. Foi então que fui procurar como orar pelos nossos filhos de uma forme especial, bíblica. A partir desta necessidade, conheci o Ministério Internacional Mães Unidas em Oração através da internet.

Achei fantástico... Era o que precisava e entrei em contato, recebi todas as informações, fiz minha inscrição online. Desde então iniciei sozinha minhas orações e hoje tenho meu PGO - Pequeno Grupo de Oração aqui em Curitiba, PR.

O que aconteceu... 


Alguns dia atrás eu estava na célula e resolvi trocar meu bebê, pois chorava muito. Era um sobrado e, então subi no segundo andar para trocá-lo.

Quando terminei, estávamos descendo as escadas, quando de repente senti que ia cair e ele estava em meus braços. Eram dois lances de escadas. Naquele momento segurei-o firme e fomos caindo. Tentei protegê-lo ao máximo, mas no último degrau para eu não cair em cima dele, deslizei no chão e ele bateu a cabecinha na outra parede. Eu capotei para o outro lado.

As meninas da células relataram que o barulho da nossa queda foi tanto que todas ficaram completamente abaladas e imaginaram o pior quando foram nos ver.

Vocês não conseguem imaginar tamanha aflição, medo, impotência, desespero que senti quando estávamos caindo. O pior foi quando me levantei e vi meu bebezinho aos prantos gritando e chorando.

No mesmo momento, peguei-o em meus braços e clamei a Deus pela vida dele e para que colocasse novamente as Suas mãos no Viktor impedindo quaisquer dores, sequelas ou susto em sua memória.

Deus cuidou e colocou Suas mãos poderosas para amortecer nossa queda e aos poucos fomos nos recuperando do choque. 


Passamos bem a noite e estamos muito bem, graças a Deus. Viktor está tranqüilo e feliz....

Só tenho que agradecer a Deus por ter me colocado junto com vocês em oração.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos! Grande verdade, somos testemunhas vivos disto.

Todo filho precisa de uma mãe que ora! Fato, devemos interceder a todo o momento, Satanás não consegue interferir em nossa oração.

Espero que este testemunho edifique você mãe, para que veja a verdadeira necessidade de orar para proteger nossos filhos.

Venha fazer parte desse ministério de oração!
Você já orou pelo seu filho hoje?
Um grande abraço!”



Renata Mikoszewski e Viktor 

(Mãe Unida em Oração em Curitiba, PR - Janeiro 2017) 



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

quinta-feira, 11 de julho de 2019

EU TENHO UMA MÃE QUE ORA


Amo esta poesia de Elizabeth George...

Em primeiro lugar, porque eu tenho, verdadeiramente, uma mãe que ora por mim. MInha mãe, Diaconisa Dulce Monteiro de Souza. Também minhas mães espirituais: Sara Couto e Esther Revash, além das milhares de mães que me adotaram como filha espiritual, tanto no Brasil, quanto no exterior e que eu não conheço

Em segundo lugar porque quero me espelhar neste sublime exemplo de ser uma mãe (biológica, adotante ou espiritual) que ora pelos filhos e escolas de uma maneira extraordinária, comprometida com Deus. Tendo intimidade com Ele.

Quem diz que orar é fácil é porque nunca enfrentou batalhas na oração!


Muitas são as batalhas, mas quero citar apenas duas:

A primeira batalha é colocar-se totalmente à disposição de uma conversa franca e sincera com o nosso Criador. 
Isto não é fácil... Temos que ter compromisso com a oração...

Imagine uma dona de casa. Ela tem várias funções ao mesmo tempo: mãe-dona-de-casa-esposa-mulher-profissional-etc...

Existem vários motivos que levam uma mãe-dona-de-casa-esposa-mulher-profissional passar o dia inteiro sem tempo para terminar seus afazeres, muito menos para orar. Sempre tem um motivo, uma justificativa....

A segunda batalha é travada na mente, pois temos que nos esvaziar de todo conceito prévio, decisão prévia e tudo aquilo que nos induza a pedir algo que não esteja nos propósitos de Deus.

Não oramos por provas bem sucedidas, casamento perfeito, profissão de sucesso, dinheiro, etc. Isso será consequência! Oramos para que Deus estabeleça conosco e com nossos filhos uma aliança eterna de amor e fidelidade, isto é, que eles tenham uma experiência pessoal e marcante com o próprio Deus que os faça totalmente dependentes e submissos ao querer d'Ele.

Mães Unidas em oração é assim... Quando o Espírito Santo toca no coração da mãe e, ela assume o compromisso de orar... Sim... Compromisso... Senão o dia passa e... 

Você não parou e separou de 3 a 7 minutos para orar....

Inspire-se você também e seja uma mãe que ora por seus filhos e escolas.

(Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa - Coordenadora Nacional de Mães Unidas em Oração)

EU TENHO UMA MÃE QUE ORA

Alguns têm tido reis em sua linhagem,
Aos quais era dada honra.
Não tenho ancestrais dos quais
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA.

Eu tenho uma mãe que ora por mim,
E suplica, diariamente, a Deus por mim.
Ah! Que diferença isso faz por mim.
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA

Alguns têm sucesso mundano
E confiam na fortuna que fizeram.
Este é o meu recurso mais seguro:
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA.

As orações de minha mãe não podem me salvar.
Só podem me ajudar.
Mas mamãe me apresentou a Alguém.
Alguém que nunca poderia falhar.

Oh! Sim...
Eu tenho uma mãe que ORA por mim.
E suplica a Deus, diariamente, por mim.
Oh! Que diferença isso faz para mim!
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA !

(Extraído do livro "Uma mulher segundo o coração de Deus")


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548

(Editora do Blog: Jane Esther M. S. de Paula Rosa)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

segunda-feira, 8 de julho de 2019

ORAÇÃO DE CONCORDÂNCIA

Oração de concordância é a oração dirigida pelo Espírito Santo

1. O que é uma conversação?
Na conversação, conhecemos melhor a outra pessoa. A boa conversação implica em alternância de fala. Se apenas uma pessoa fala, é um monólogo e, não, um diálogo.Numa boa conversação, todos se concentram sobre o mesmo assunto.

2. O que é concordar em oração?
Oração de concordância é a oração dirigida pelo Espírito Santo. O Espírito Santo dentro de nós, se move em nossos corações, inicia nossos pedidos e nos ensina como orar. Portanto, o foco está em Deus. Não na aprovação ou desaprovação dos outros.

3. Uma oração de concordância se concentra num ó assunto, um só tema de cada vez.
Se determinada mãe começa a orar sobre um assunto específico, as outras mães precisam estar bem concentradas naquele pedido que ela fez. As outras mães precisam “ouvir” o coração dela. Então, quando ela terminar de orar, outras mães poderão se sentir livres para, também, orar sobre o mesmo assunto. Qualquer mãe pode orar mais de uma vez sobre o mesmo assunto, se o Espírito Santo assim a dirigir. Depois que aquele assunto específico tiver sido vencido, o Espírito Santo vai motivar outra mãe a orar por um novo tema.

4. A oração de concordância é breve, honesta e direta ao ponto.
A oração deve feita em poucas frases.
Lembre-se! Na boa conversação devemos permitir que outras pessoas tenham chance de se expressarem também. Não é necessário obedecer rigidamente a ordem de arrumação do grupo de pessoas que estão orando.

5. Oração de concordância é feita em linguagem coloquial, simples.

Dirija-se ao Senhor com a simplicidade de uma criança conversando com seu pai. Quanto mais natural a oração, mais Deus se fará pessoal para você.

6. Por que orar em conjunto? Deus promete que estará com você.

“Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mt 18.20) (RC)

7. Fardos compartilhados se tornam mais leves.
“Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo.” (Gl 6.2) (RC)

8. Quando há acordo sobre o que pedir a Deus, não há margem para dúvida ou hesitação.
“Ainda vos digo mais que se dois de vós sobre a terra concordarem em pedir alguma coisa, ser-lhes-á feita por meu Pai que está nos céus.” (Mt 18.19) (TB)

9. Quando oramos com outras mães, a confiança mútua se desenvolve e nós nos tornamos mais transparentes em nossas orações. 
O orar em grupo irá promoverá a mútua edificação na fé.
“Portanto, animem e ajudem uns aos outros, como vocês têm feito até agora.” (I Ts 5.11) (NTLH)

10. Tornamo-nos mais ousadas em nossos pedidos.
“Cheguemo-nos, portanto, com confiança ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos em tempo oportuno.” (Hb 4.16) (TB)

11. "Estar unida e em em unidade na concordância produzirá um exército forte como uma corda; um exército que não pode ser desfeito, nem dividido em sua determinação de vencer o diabo. 


Essa mesma unidade construirá um muro que fará frente ao trabalho do diabo.”

“É melhor haver dois do que um, porque duas pessoas trabalhando juntas podem ganhar muito mais. Se uma delas cai, a outra a ajuda a se levantar. Mas, se alguém está sozinho e cai, fica em má situação porque não tem ninguém que o ajude a se levantar. Se faz frio, dois podem dormir juntos e se esquentar; mas um sozinho, como é que vai se esquentar? Dois homens podem resistir a um ataque que derrotaria um deles se estivesse sozinho. Uma corda de três cordões é difícil de arrebentar.” (Ec 4.9-12 (NTLH)

Cremos no poder da oração! A nossa arma é a oração!



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 

Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.momsinprayer.org 
www.maesunidasemoracao.org 
WhatsApp: 21 99212-0548

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html


Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".