Ministério Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil

Ministério Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração Internacional - Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

FELIZ 2016!


Muitas famílias vivem o ano todo em pé de guerra e só se reúnem nas festas como natal e ano novo. O melhor é que durante todo o ano todos vivam em harmonia e união mas alguns tem dificuldade para exercer isso. 


Mas deixo para meditação proverbio 17, versículos 1, 13 e 14:

"melhor é um pedaço de pão seco com paz e tranquilidade do que uma casa onde há banquetes e muitas brigas"

"quem retribui o bem com o mal jamais deixará de ter mal no seu lar"

"começar uma discussão é como abrir brecha num dique. Por isso resolva a questão antes que surja a contenda"


Meus votos são de paz em seu lar começando por você por mais difícil e desafiante que isso seja.

Feliz 2016

(Juliana Meni)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

CELEBREMOS O NASCIMENTO DE CRISTO!

“O anjo, porém, lhes disse: não temais, porquanto vos trago novas de grande alegria que o será para todo o povo: é que vos nasceu hoje na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo o Senhor”. (Lucas 2.10-11)

Enfim chegamos ao último e mais festivo mês do ano, dezembro. Nesse mês recheado de festas e celebrações, também cabe um espaço para o balanço de nossas vidas, o que fizemos? O que deixamos de fazer? O que poderíamos ter feito melhor? Ou seja, somos confrontados com a prática das nossas atitudes!

Mas, além disso, o que queremos entender e praticar é o significado real do Natal de Jesus Cristo. Não sabemos e ninguém sabe humanamente falando o dia, mês e ano exato do nascimento de Jesus Cristo, é fato, no entanto que Ele nasceu! Ele veio até nós, deixou a sua glória celestial, tornou-se como um de nós, assumiu uma natureza humana, se humilhou. (Filipenses 2. 6-8).

Quais as razões dessa sua humilhação e vinda até nós? Há muitas razões, mas acredito que uma das razões principais é pelo direito de criação. Ele nos criou, a sua imagem e semelhança, no entanto, essa imagem e semelhança foi manchada pelo pecado, e sabemos pela sua palavra que somos “a menina dos seus olhos” e isso se expressa em vários textos bíblicos e já claramente declarado em João 3.16.

A outra grande razão para a sua vinda é que Ele veio para ser o Senhor da humanidade, desviada e submissa ao reino das trevas (o mundo jaz no maligno) e perdida. A declaração do mensageiro do Senhor é muito clara: “É que nos nasceu hoje….o Salvador, que é Cristo o Senhor”.

O servo integralmente submisso a Ele sempre cumprirá sua missão de proclamar com alegria, ousadia e gratidão as boas novas da salvação eterna! Considerando que não poderia haver morte e ressurreição sem que houvesse nascimento é de extrema importância também celebrarmos sempre a sua vinda entre nós! Portanto, exaltemos ao Senhor com alegria e gratidão e na certeza de que Ele vive para sempre em nossos corações. Louvado seja o Senhor porque o natal de Jesus Cristo é real!

(Levir Perea Merlo)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

AGRADA-TE DO SENHOR

Uma vez eu ouvi uma pessoa dizer:
“Agrada o Senhor que Ele satisfará o desejo do teu coração…”

E então eu fui procurar esse versículo na Bíblia, e me surpreendi ao descobrir que aquela pessoa havia distorcido o significado do versículo.
Percebi que na verdade, não estava escrito “agrada o Senhor”, ao invés disso estava escrito: “Agrada-te do Senhor…”.
Muitas pessoas passam desapercebidas por esse detalhe nesse versículo de Salmos 37, isso porque é muito mais cômodo para a nossa alma acreditar numa (falsa) interpretação que nos beneficie a todo custo.
Porém, na verdade não é bem isso que está escrito.
Outro dia eu estava orando em pensamento assim:

“Ah Senhor, eu queria tanto que o meu escolhido fosse um homem assim e assim… Mas tu sabes Senhor, eu abro mão desse meu desejo, abro mão disso por Ti, abro mão dessa minha vontade para fazer a Tua vontade. Que seja feita a Tua vontade. Se esse desejo que eu tenho for da tua vontade, então ótimo. Mas se não for, eu não quero.
Prefiro abrir mão da minha vontade (que comparada a vontade de Deus é imperfeita) para viver a vontade de Deus para mim, que é perfeita (além de boa e agradável).”

E então, mais uma vez, o Espírito Santo trouxe a minha memória o pensamento:
“…Ao abrir mão da sua vontade, é possível que você receba a realização dela.”

Porque? Porque é justamente quando abrimos mão do que tanto queremos, que aquilo se realiza?
Porque esse é um princípio espiritual, ele está escrito na Palavra.
E se está escrito, podemos viver isso.
Vamos analisar o que diz em Salmos 37.4:

” Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração.”

Esse versículo quer dizer o seguinte:
Agrada-te do SENHOR (que o seu maior “agrado” e prazer, seja o Senhor. Agrade a você com as coisas do Senhor) , e ele satisfará os desejos do teu coração (e então, como conseqüência disso, Ele satisfará os desejos do teu coração. Ou seja, Ele satisfará os desejos da tua alma, das tuas vontades. Ele vai te dar o que você deseja, o que você pensa e tem vontade).

Imagine viver isso…
Imagine Deus, o Senhor do Universo, olhando para dentro do seu coração, vendo o que você deseja, e satisfazendo a sua vontade…
Não é um sonho?
Não é o que todos gostariam de viver?
Pois é, está na Palavra de Deus esta promessa, está escrito que podemos viver isso.
Mas o que muitos esquecem é de observar que, para viver isso, há uma condição, uma condição que não é tão fácil como parece.
A condição está descrita no próprio versículo. Você precisa:
Agradar-se do SENHOR… em primeiro lugar.

Traduzindo:
Para viver isso, o seu maior “agrado” e prazer na vida precisa ser o Senhor.
Para poder viver isso, você precisa agradar a si mesmo (ter prazer) nas coisas DO Senhor (Agrada-te do), precisa ter prazer em fazer as coisas (a vontade) DO Senhor, e não ter prazer em fazer as suas próprias vontades.
Para viver isso, você precisa agradar-se mais (Agrada-te) com as coisas do Senhor do que com as suas próprias coisas, e do que com as coisas que este mundo oferece.
Simplificando: Para viver isso é necessário fazer a VONTADE DE DEUS.
E não a sua vontade.
É necessário que a vontade de Deus seja o seu maior prazer na vida, e quando isso acontecer…
A conseqüência disso será o seguinte:
…Ele satisfará os desejos do teu coração.

É assim que funciona esse princípio.
Deus é muito inteligente, não é?
As coisas não são do nosso jeito, são do jeito dEle.
Alguém poderia tentar manipular a Palavra de Deus e tentar driblar esse princípio dizendo (da boca pra fora) que “Deus é o seu maior agrado e prazer na vida…”.
Porém, não há como enganarmos a Deus. Ele sabe se isso é verdade ou não dentro de nós. Ele vê bem lá no fundo do nosso coração.
Durante muito tempo na minha caminhada Cristã eu tentei driblar esse princípio (risos). Me lembro que eu orava e dizia ao Senhor:
“Pai, Tu sabes que hoje em dia Tu és o mais importante na minha vida, e etc…”
Mas na verdade, no fundo no fundo… ainda não era.

E o Espírito Santo suavemente me dizia:
“E quanto a tal e tal coisa que você ainda não abriu mão?”
“E quanto aquilo e aquilo outro que Eu já te mostrei que você tem que mudar?”
“Como você pode dizer que Eu sou o mais importante, ou que Estou em primeiro lugar no seu coração, se você ainda não consegue abrir mão de certas coisas por Mim?”
E então eu me quebrantava e chorava na presença de Deus… Pedia a Ele que me transformasse mais e mais… E foi o que Ele fez.

Deus é tão sábio, tão Maravilhoso que estabeleceu regras perfeitas para que nós pudéssemos experimentar a boa, perfeita e agradável vontade dEle.
Hoje em dia eu realmente vivo isso. Realmente amo o Senhor acima de todas as coisas em minha vida. E como é bom viver “nesse lugar” em Deus. Um “lugar” onde nada nem ninguém pode nos atingir, nem nos fazer desistir, porque a nossa motivação não está em coisas passageiras, visíveis e corruptíveis… Mas está na eternidade ao lado dEle.
Hoje em dia eu tenho muitos testemunhos para contar que comprovam esse versículo de Salmos 37, poderia contar muitas historias vividas nesses anos, onde vi os desejos do meu coração serem realizados. Algumas vezes eu somente pensei, nem cheguei a orar… E Deus simplesmente realizou aquele desejo ao ouvir meu pensamento… Não é incrível?

Você quer viver isso?
Então faça o que diz em Salmos 37.4, agrade a si mesmo com as coisas do Senhor, faça a vontade dEle. Pois o que mais agrada a Deus é isso, fazer a vontade dEle. E a maior vontade dele é que Ele seja o centro no seu coração.
Quando Ele ocupar o primeiro lugar no seu coração, nas suas vontades, nos seus pensamentos… Aí sim, Ele satisfará os desejos do seu coração.
Ele não abre mão do lugar dEle dentro de você:
O primeiro lugar no seu coração pertence a Ele.
Ele tem que ser o seu maior agrado, o seu maior prazer nesta vida.
“Agrade a você mesmo com as coisas do Senhor, e aí Ele satisfará seus desejos e vontades…”


(Sarah Sheeva)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

VIDA DE ORAÇÃO, VIDA DE COMUNHÃO COM DEUS

“De tarde, de manhã, e ao meio dia, orarei; e clamarei, 
e ele ouvirá a minha voz.” (Salmo 55.17).


Davi era um homem de profunda comunhão com Deus. Davi orava. Neste verso, nós notamos o quanto para ele era importante buscar e manter comunhão com o Pai, estar diariamente em Sua presença através da oração.

Davi buscava sistematicamente a Deus, armazenando assim, forças para enfrentar os desafios que apareceriam em sua frente.

Davi cedo aprendeu o conselho aos hebreus: “Aproximemo-nos do trono da graça com toda confiança, para que recebamos misericórdia e encontremos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.” (Hebreus 4.16).

Quando as necessidades surgiram, Davi não duvidou daquilo que Deus poderia realizar. Porque em sua maratona diária na busca por Deus, ele aprendeu a conhecer ao Deus Todo-Poderoso e a confiar Nele para ajudá-lo e guardá-lo.

Nos dias em que vivemos, constatamos o quanto tem sido desvalorizada ou renegada a vida devocional diária.

Há pessoas que raramente oram; algumas costumam orar na hora das refeições e ao deitar-se; outras somente oram nos momentos de crise.

Quem não possui uma vida de comunhão com Deus, por certo não está preparado, principalmente espiritualmente para enfrentar as dificuldades e as crises que a vida apresenta, as quais em sua maioria chegam de forma inesperada.

Muitas são as pessoas abaladas pelas tempestades desta vida; e muitos os relacionamentos que são esmagadas pelas lutas e tribulações. Entretanto, há aqueles que apesar das adversidades se mantém firmes; isto se deve ao amor que nutrem por uma vida de oração, fazendo da comunhão com Deus prioridade.

Desta forma ao se defrontarem com o adversário, com as lutas, podem até sofrer, mas enfrentam as pelejas com coragem, ânimo e fé.

Creio firmemente que as orações possuem o poder de mudar situações, mesmo aquelas consideradas impossíveis.

Que venhamos a cultivar esse hábito tão necessário e que ele se torne natural em nossa vida

(Pr. Silvio Correa Coelho)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
www.maesunidasemoracao.org

contato@maesunidasemoracao.org

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

QUAL A FORMA ADEQUADA DE ORAR?

É melhor orar em pé, sentado, ajoelhado ou de cabeça baixa? Minhas mãos devem estar abertas, fechadas ou em direção ao céu? Meus olhos devem estar fechados quando eu oro? É melhor orar na igreja ou ao admirar a natureza? Devo orar de manhã quando acordo ou à noite antes de ir dormir? Há certas palavras que devo dizer em minha oração? Como começo a minha oração? Qual o método certo de terminar uma oração? Essas perguntas, e outras, são perguntas comuns que recebemos sobre oração. Qual a forma adequada de orar? Essas coisas realmente importam?

Muito frequentemente oração é vista como uma espécie de “fórmula mágica”. Se você não diz exatamente o que deve dizer, ou orar na posição certa, Deus não vai escutar ou responder a sua oração. Isso não é bíblico de forma alguma. Deus não responde as nossas orações baseado em quando oramos, onde estamos, a posição dos nossos corpos, em que ordem fazemos nossas orações. 1 João 5:14-15 nos diz: “E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos”. Semelhantemente, João 14:13-14 declara: “E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei”. De acordo com essas e muitas outras passagens, Deus responde nossos pedidos de oração baseado em se pedimos de acordo com Sua vontade e no nome de Jesus (para trazer glória a Jesus).

Então, qual a forma adequada de orar? Filipenses 4:6-7 nos diz: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus”. A forma adequada de orar é derramar seu coração a Deus. Seja honesto e aberto com Deus, já que Ele conhece você melhor do que você conhece a si mesmo. Apresente suas súplicas a Deus, mas lembre-se que Deus sabe o que é melhor e não vai conceder um pedido que não é a Sua vontade para você. Expresse seu amor, gratidão e louvor a Deus em oração, mas não se preocupe em ter as palavras corretas para dizer. Deus está mais interessado no conteúdo do seu coração do que na qualidade de suas palavras.

O mais perto que a Bíblia chega de dar um “modelo” para oração é na oração do Pai Nosso em Mateus 6:9-13. Por favor entenda, no entanto, que o Pai Nosso não é uma oração que devemos memorizar e recitar a Deus. É um exemplo de coisas que devem fazer parte da oração – louvor, confiança em Deus, pedidos, confissão, proteção, etc. Ore pelas coisas que são mencionadas no Pai Nosso, mas use suas próprias palavras e “personalize” suas orações de acordo com sua caminhada com Deus. O método apropriado de orar é expressar seu coração a Deus. Sentado, em pé, ajoelhado; mãos abertas ou fechadas; olhos abertos ou fechados; na igreja, em casa, lá fora, de manhã ou de noite – isso é tudo secundário, sujeito à preferência e convicção pessoais e o que é apropriado para aquela ocasião. O desejo de Deus é que oração seja pessoal e uma verdadeira conexão entre nós e Ele.
(Got Questions Ministries)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

domingo, 13 de dezembro de 2015

DIA 16 DE DEZEMBRO, 13H - Sua presença é indispensável!

Prezadas Mães Unidas em Oração,

A paz do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Abaixo está o convite recebido para participarmos da Reunião Mensal do DEFE que acontecerá na próxima quarta-feira, dia 16 de dezembro, às 13h, conforme convite abaixo!

Dia: 16 de dezembro
Horário: 13h
Local: Av. Marechal Floriano 143 – 4º andar – Centro do Rio de Janeiro

Com FÉ-CORAGEM-PERSEVERANÇA, n’Ele, somos...

Sueli Francinete dos Santos Campista
Secretaria Geral de MIPI-BR


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

O PODER OCULTO DO LOUVOR

"Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz". (Lucas 17.15)

Dez leprosos clamaram a Jesus que os curasse. Só um dos dez, no entanto, voltou e glorificou a Deus. Quantas vezes agimos como os outros nove? Geralmente isso ocorre quando se trata de cura, mesmo que seja resposta a uma oração específica. Muitas pessoas pensam: “Bem, teria acontecido de qualquer jeito”. Não raro, aceitamos as bênçãos como certas, em vez de louvar a Deus todos os dias e dar-lhe graças pela cura.

Jesus é nosso médico e quer que sejamos curadas. Devemos lembrar, porém, que Deus tem seu tempo e sua vontade soberana. Se ele não nos curar como pedimos, é porque ele tem um plano maior, e sua glória será vista nele.

Algumas doenças vêm do inimigo. Deus permitiu que Satanás fizesse Jó adoecer. Embora não compreendamos por que Deus nem sempre nos cura, podemos ter certeza de que algum benefício resultará de nosso sofrimento. Mesmo que seja só pelo sofrimento em si, pois ele nos força a nos aproximar dele e, quanto mais perto dele estivermos, mais o louvaremos.

Quanto mais doentes, infelizes, aflitas e incapacitadas ficamos, mais fervorosamente oramos. A Bíblia diz que, se estivermos sofrendo, devemos orar, e orar com paixão. Algumas vezes a cura é demorada, e podemos desanimar durante a espera. O tempo passa lentamente quando estamos com dor ou sofrendo.

Louvar a Deus por sua presença e seu poder de cura em meio à doença, dor, fraqueza ou miséria abre um canal para que esperemos sua ação conforme sua vontade. Esse é o poder oculto do louvor a Deus.

(Stormie Omartian)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org



quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

CONVITE - DEPARTAMENTO FEMININO DA OMEBE E MÃES UNIDAS EM ORAÇÃO

Convidamos as Mães Unidas em Oração - Brasil, para participarem conosco do Encontro das Mulheres do DEFE na OMEBE - Ordem dos Ministros Evangélicos no Brasil e no OMEBE - Ordem dos Ministros Evangélicos no Brasil e Exterior.
Nossa Coordenadora Nacional Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa, estará presidindo este Encontro de fim de ano e fazendo o momento de oração das Mães Unidas em Oração.
Dia: 16 de dezembro - 13h
Av. Marechal Floriano, 143 - 4º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ
Teremos nossa amiga oculta - Traga uma lembrancinha para participar.
PARTICIPEM CONOSCO!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

MUTUALIDADE GERA MATURIDADE

Mutualidade, é  aquilo que nos pertence e alicerça o nosso modo de ser e estar com os outros. Mutualidade acontece sempre, pois se concretiza nos mais variados convívios da nossa vida, nos desafios que enfrentamos, nas nossas diferentes conversas, enfim, a mutualidade pode ser vista e compreendida como uma das nossas características pessoais quanto ao modo de nos portarmos perante os outros. Pode ter um valor riquíssimo quando tem a intenção de gerar MATURIDADE.
É isso mesmo, mutualidade pode gerar maturidade. Existe um discurso recorrente de que juntos podemos ser mais fortes, será? Creio que isso só ocorre quando a mutualidade visa a maturidade na forma como cada um se dirige àqueles ao seu redor, pois dependendo de uma situação, o mútuo, ou seja, somente o fato de estarmos juntos uns com os outros, pode ser algo distante para gerar maturidade e, ao contrário, pode até despertar conflitos inquietantes. Logo, nem sempre o fato de estarmos entre mais pessoas é sinônimo de mutualidade positiva.
Ao pensar em mutualidade que pode gerar maturidade, precisamos necessariamente pensar no cuidado uns com os outros, em um convívio feito de verdadeiro olhar de zelo e respeito uns com os outros. A mutualidade que gera maturidade só acontece quando as pessoas pensam antes de agir, selecionam as melhores palavras para expressar ideias e resolver conflitos.
Nesse conceito de mutualidade existe um ponto que é a base: sozinhos somos fracos e incompletos. Em grupo, convivendo uns com os outros somos muito mais fortes. Uns inspiram os outros, uns cuidam dos outros, fortalecem-se mutuamente, porque o que faz parte de um pode completar o que é do outro.
Quando realmente a mutualidade gera maturidade?
1- Quando uns sujeitam-se aos outros na busca de crescimento para todos.
2- Quando uns não mentem aos outros, suportam-se respeitosamente, não invejam, não julgam e não se provocam.
3- Quando se perdoam e edificam-se uns aos outros, ensinando entre si, encorajando-se e consolando-se
4- Quando acolhem-se entre si e se encorajam mutuamente.
E vejam que maravilha, isso tudo está na bíblia se quisermos aprofundar a questão
  • Não mintam uns aos outros (Cl 3.9; Ef 4.25). Suportem-se uns aos outros (Cl 3.13; Ef 4.2). Não tenham inveja uns dos outros (Gl 5.26). Não julgue uns aos outros (Rm 2.1; 14.13) Não vos queixeis uns dos outros (Tg 5.9; 1Pe 4.9). Não falem mal uns dos outros (Tg 4.11).Não provoquem uns aos outros (Gl 5.26). Não odiando-nos uns aos outros (Tt 3.3)
  • Confessem os seus pecados uns aos outros (Tg 5.16).Perdoai-vos uns aos outros (Tg 5.15; Ef 4.32; Cl 3.13). Edifiquem-se uns aos outros (Rm 14.19; 1 Ts 5.11; Jd 20).Ensinem uns aos outros (Cl 3.16).Encorajem uns aos outros (At 13.15).Consolando uns aos outros (1 Ts 4.18; 5.11).Exortai-vos uns aos outros (1 Ts 5.11; Hb 3.13).Aconselhem-se uns aos outros (1 Ts 5.12)
  • Servi uns aos outros (1 Pe 4.10 –Gl 5.13).Levem as cargas uns dos outros (Gl 6.2).Hospedem uns aos outros (1 Pe 4.9).Sejam bondosos uns para com os outros (Ef 4.32).Misericordiosos uns para com os outros (Ef 4.32; 1Pe 3.8).Consideremo-nos uns aos outros (Hb 10.24; Fp 2.3).Orem uns pelos outros (Tg 5.16)
  • Sejam humildes um com os outros (Rm 12.16; 1 Pe 5.5; 3.8).Sede todos de igual ânimo (1Pe 3.8).Compadecidos (1Pe 3.8).Fraternalmente amigos (1Pe 3.8). Comunhão uns com os outros (1Jo 1.7). Sejam compassivos uns aos outros (Ef 4.32).Paciência uns para com os outros (Rm 15.5). Membros uns dos outros (Rm 12.5).Honra uns aos outros. (Rm 12.10).A ninguém fiqueis devendo coisa alguma (Rm 13.8). Cooperem os membros, em favor uns dos outros. (1Co 12.25)
Todo gesto de mutualidade se fundamenta no mandamento básico de “amar uns aos outros” (Jo 15.12 e Lc 10.25-27), então fica a reflexão:
Como ocorre a mutualidade em nossas famílias? Como tratamos uns aos outros? Como convivemos com outras famílias? Como ensinamos aos nossos filhos sobre esses valores tão importantes?
Que esse conceito nos ajude a edificar a ideia de um compromisso familiar de busca constante por maturidade.
(Roberta Pimentel)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org



terça-feira, 1 de dezembro de 2015

UMA MULHER PERSEVERANTE

Mt. 15:21-28 "E, partindo Jesus dali, foi para as partes de Tiro e de Sidom. E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.

Mas ele não lhe respondeu palavra. E os seus discípulos, chegando ao pé dele, rogaram-lhe, dizendo: Despede-a, que vem gritando atrás de nós. E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me! Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos. E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. Então respondeu Jesus, e disse-lhe: O mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas. E desde aquela hora a sua filha ficou sã."

Toda mãe, à partir do momento que sabe que espera um filho, passa a lutar por ele. Após o nascimento, não se lembra mais da dor; tanto que a dor do parto é chamada "Dor esquecida".

A Bíblia relata a história desta mãe cananéia, que procurou a Jesus, e insistiu em seu pedido para que libertasse a sua filha.

Não sabemos a idade de sua filha, nem as suas ações praticadas, mas a mãe a qualificou como terrivelmente endemoniada.

Esta mãe desesperada apresenta aqui 4 características pessoais como mãe:
1. Discernimento;
2. Coragem;
3. Persistência e
4. Disposição para iniciativa.
Ela não calculou esforços, circunstância, lugar e posição, dispôs-se a lutar pela libertação de sua filha.

Esta mãe transpôs pelo menos 3 barreiras:
1. Barreira cultural, ela era mulher e sua posição, nada significava.
2. Barreira religiosa. Vs. 24 "E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel." Ela era gentia - cananéia, portanto, inimiga dos judeus.
3. Barreira social, ela era uma mulher (inferior).
Destemida e ousada, ela venceu todas as barreiras para aproximar-se e falar com Jesus, por amor à sua filha.

Então, tomou 3 atitudes:
1. Clamou por Jesus. Humilhou-se, sabia que só Jesus poderia ajudá-la.
2. Adorou a Jesus - vs. 25 "Então chegou ela, e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me!" reconheceu-O como Senhor
3. Teve fé em Jesus, foi perseverante em seu pedido.

Lembre-se mãe, "todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus" - Rm. 8:28
Muitas vez não compreendemos a resposta ou até mesmo não é a resposta que queremos, mas saiba, que o nosso Deus trabalha para o nosso bem e de nossa família, e quando somos perseverantes na oração, a vitória é segura e certa.


"Sua esperança não será frustrada" - Pv. 23:18

(Pra. Suely Bezerra)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE DEZEMBRO DE 2015

Se a irmã pertence ao Ministério e não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org




























O Calendário não substitui o encontro semanal dos Grupos de Mães Unidas em Oração.

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.maesunidasemoracao.org 
contato@maesunidasemoracao.org 

sábado, 28 de novembro de 2015

ORAÇÃO PELA FAMÍLIA

Senhor amado e Deus
Peço pela minha família
E queridos meus
Ajuda-nos e abençoa-nos
Neste ano que está por vir
Pois precisamos de sua proteção
Sobre nós, sem fim

Protege-nos do perverso
Que ronda sem coração
Liberta-nos dos opressores
Que visam trazer opressão
Arranca dos nossos caminhos
Os ladrões que armarem contra os nossos filhos
Lança para longe de vez
Todo matador, cruéis e sem leis
Imploro a Ti Senhor
Em nome do teu filho Jesus
Livra-os do mal
Que sobre esta terra está por vir

Guarda minha casa
E dai-nos seu abrigo
Seguro e conforto
Tens Senhor para comigo

Pai de amor e misericórdia
Entrego a ti toda minha família
Para tua glória
Abençoa-nos com paz, saúde e libertação
E coloca-nos na palma das Suas mãos
Benditas, poderosas e santas
E cheias de compaixão.

Em nome de Jesus clamo
Para Glória do Deus Pai
E manifestação do Espírito Santo 

(Raquel Camargo Fragoso)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


terça-feira, 24 de novembro de 2015

DICAS PARA ORAR COM AS ESCRITURAS

Perceba que existe uma conexão diretamente proporcional entre o quanto as nossas mentes estão moldadas pelas Escrituras e o quanto as nossas orações são respondidas. Jesus disse:

"Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito". (João 15:7).

Lembre-se de que, como D. M. M’Intyre disse, Deus só responde aos pedidos que seu Filho Jesus Cristo, ajudou a elaborar.

“Se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve". (1 João 5:14).

Observe que a igreja primitiva orava Escrituras. Por exemplo, a oração de Atos 4:24-31 cita Salmos 2. Além disso, orações do antigo testamento como a oração de Esdras em Neemias 9:6-37, são repetições da história bíblica e de textos bíblicos.

Orar a Palavra significa ler (ou recitar) Escritura com um espírito de oração, fazendo do significado dos versos a nossa oração e a inspiração dos nossos pensamentos.

Existem muitas maneiras possíveis de fazê-la, não somente uma. Pode ser feita sozinho ou em grupos. Você pode parar após cada frase, ou cada sentença, ou cada parágrafo, ou cada capítulo.

Eu sugiro o seguinte procedimento para começar:


1.Encontre um tempo e lugar tranquilos.

2.Comece com uma oração breve, “Oh Senhor, eu preciso de Ti, eu venho buscá-lo precisando de ajuda. Abra os meus olhos para que veja as maravilhas da tua Palavra” (Salmos 119:18).

3.Leia um capítulo de uma epístola rapidamente para obter a essência dele. A razão para isto é que o sentido de sentenças individuais são controlados pelo contexto. Nós não podemos fazer com que o significado de um verso seja qualquer coisa que queiramos.

4.Se alguma coisa se destacou como especialmente relevante para você, medite nela e a deixe inspirar e moldar a sua oração mesmo antes de você voltar para ler uma sentença de cada vez.

5.Se você encontrar dificuldades, coisas que você não entende, faça uma anotação mental para mais tarde pensar a respeito e pesquisar. Seja honesto. Mas depois prossiga para o que parece claro.

6.Agora retorne à primeira sentença e leia fazendo a seguinte pergunta: se esta sentença virasse uma oração sobre a minha vida, como ela soaria? Ela poderá condená-lo e levá-lo a uma oração de confissão e arrependimento. Ela poderá inspirá-lo a buscar um novo ato de obediência e levá-lo a uma oração de poder e capacitação.

7.Tente imaginar a aplicação do verso durante o seu dia, vendo a sua relação com o café da manhã, com o trabalho e com seus planos de lazer. Tente ver a sua relação com várias pessoas em casa, no trabalho e na igreja. Você verá que um verso pode produzir meia hora de oração quando observado a partir de doze situações e relacionamentos diferentes.


Além disso tente criar maneiras bíblicas de falar com a sua própria mente e coração. É especialmente importante reconhecer a necessidade de enriquecer seu vocabulário de adoração. Os Salmos são ótimos para isto.

Se tudo isso parece difícil, experimente primeiro a maneira mais simples de orar as Escrituras: faça orações que oram as Escrituras, como Atos 4:24-31; Efésios 1:16-23; 3:14-19; Filipenses 1:9-11; Colossenses 1:9-14; 1 Tessalonicenses 3:11-13; Hebreus 13:20-21; Apocalipse 4:8, 11; 5:9-10, 12-14, etc. 

Tudo o que você precisa fazer aqui é fingir que você é o autor bíblico e então ler como se você tivesse escrito, talvez mudando alguns pronomes.

Se você tem uma lista de preocupações sobre as quais você gostaria de orar, leia um capítulo da Bíblia  e as pistas de como orar por estas preocupações.

(Pastor John Piper)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


segunda-feira, 23 de novembro de 2015

CONTINUE ORANDO!

"Jesus respondeu: 'Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja'. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada." (Mateus 15:28)

Quando oramos por algo que acreditamos ser a vontade de Deus, não devemos desistir. Devemos continuar sempre orando, pedindo e procurando. Isso é o que Jesus nos disse para fazer. De fato, quando Jesus viu a grande fé de uma mãe de Canaã que agia dessa forma, Ele deu carta branca a ela dizendo: "Seja como você deseja."

Esta mãe acreditava que o que ela estava pedindo era a vontade de Deus e ela não iria desistir. Talvez você, como essa mãe, tenha um filho que está hoje sob a influência do diabo, rejeitando todos os ensinamentos que você lhe tenha dado. Pelo menos por ora. É difícil aceitar isso, porque você educou seu filho nos caminhos do Senhor.

Aquilo para o que você preparou seu filho - tornar-se independente - aconteceu. Meu conselho é: aguarde. Você vai superar isso. Aquilo que você pode pensar ser o pior cenário, pode ser o gatilho para trazer seu filho para uma fé sincera e verdadeira. A rebelião pode ser difícil de suportar no momento, mas também pode durar pouco e pode ser o que falta para trazer seu filho para um lugar onde ele perceba a sua própria necessidade de Jesus Cristo.

Nossos filhos precisam obter essas convicções em seus corações como suas convicções, não apenas como convicções de seus pais. Isso pode significar um desvio para a terra dos pródigos. Isso pode significar chegar ao fundo do poço. Mas não desista. Continue orando. Nossas crianças podem escapar da nossa presença, mas não podem escapar das nossas orações.

(Luiz Carlos do Nascimento)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


sábado, 21 de novembro de 2015

QUALQUER QUE NÃO RECEBER O REINO DE DEUS COMO UMA CRIANÇA DE MANEIRA NENHUMA ENTRARÁ NELE

1 – Amada Igreja do Senhor, Jesus nos diz em sua palavra que qualquer que não receber o Reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele. Isso quer dizer que, aquele que não tem atitudes como as de uma criança, não pode entrar nos Reino dos céus!

2 – Uma criança tem um coração puro e Jesus nos falou que bem-aventurados são os limpos de coração, porque eles verão a Deus! Nossos corações foram limpos quando nos entregamos a Jesus e Ele perdoou os nossos pecados. Agora, não devemos sujá-lo com maus pensamentos, intrigas, pecados e dissensões!

3 – Uma criança na sua inocência não tem pensamentos maus. Da mesma forma, as nossas mentes devem estar sempre pensando no que é bom, no que é puro, no que é amável, no que é justo e naquilo que tenha virtudes a nos oferecer! Os nossos pensamentos devem estar ligados no trono da graça, pois o nosso Deus é a fonte de tudo que é bom!

4 – Uma criança sabe perdoar! E Jesus nos disse que, se nós não perdoarmos uns aos outros, Ele também não perdoará os nossos pecados e nem aceitará à nossa oração. Será que a tua está sendo impedida pela falta de perdão? Lembra-te que se não fores como uma criança, não entrarás no Reino de Deus!

5 – Uma criança que teme ao Senhor não tem pensamentos orgulhosos. Não quer ser melhor do que os outros. É sempre humilde e prestativa e sabe que do Senhor vem a sua recompensa! Os discípulos disputavam entre si qual deles seria o melhor, mas Jesus lhes disse que, se alguém quisesse ser o maior deveria ser o servo de todos!

6 – Por isso, uma criança crente, também deve saber obedecer! Obedecer aos pais, aos mais velhos, aos líderes e aos professores, porque o desobediente não tem parte no Reino de Deus. E assim como Jesus foi em tudo obediente ao Pai Celestial, nós também devemos ser obedientes, sabendo que um dia ele nos dirá: Entra no meu Reino, servo bom e fiel!

7 – E se nós quisermos ser bem sucedidos, devemos manter o nosso coração puro, para que possamos entrar na cidade celestial pelas suas portas. Devemos manter o Reino de Deus vivo em nós, pois ele é de gozo, paz e alegria no Espírito Santo. Se na nossa vida é triste e não há paz, alguma coisa está errada e devemos voltar ao nosso primeiro amor!


(Anônimo)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.

Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

terça-feira, 17 de novembro de 2015

ORAÇÃO LOGO DE MANHÃ

Senhor, neste dia que amanhece, antes de executar qualquer atividade que me é incumbida, quero aprender a louvar Teu Nome.

Eu sei que tropeço, muitas vezes, em palavras, por não encontrar as apropriadas no momento em que faço oração. Daí me sinto encabulado, sem saber o que dizer.

Também sei que, durante as atividades do dia, muitas palavras vêm a minha boca e eu as profiro sem pensar nas consequências que trarão às pessoas que estão ao meu lado. Com isso eu as ofendo, sem que tivesse intensão de fazê-lo.

Peço-Te, Senhor, que me dê sabedoria, assim como o Senhor a deu ao Rei Salomão, em sonhos, para separar neste dia o que é certo do que é errado, e viver segundo os seus mandamentos.

Agradeço-Te, Senhor, pelo livre arbítrio, que me permite fazer o que quiser, mas ao mesmo tempo eu Te peço que me dê coragem para dizer NÃO, nas situações em que recebo um convite para alguma ação que me levará a cometer pecado.

Ilumine meu corpo, Senhor, a fim de que as pessoas que se aproximem de mim, neste dia, sintam a alegria que nele existe. E tenham também o desejo de receber essa força. Assim, caso algumas delas me perguntem, eu direi: Vem do Senhor meu Deus, meu Senhor e meu Salvador, a quem amo e peço que ilumine minha mente.

Meu desejo, Senhor, neste dia, é que as pessoas vejam em mim um seguidor de seus mandamentos, também que elas digam: Quero ser também assim, Senhor, um filho de Deus. Quero seguir seus mandamentos e receber diariamente Tuas bênçãos.

Eu Te agradeço Senhor, pelo brilho do sol, que ilumina a terra, neste momento, dando vigor às plantas, de modo que produzam folhas para fazer fotossíntese; flores para embelezar nossa vida e frutos para alimentar a humanidade.

Eu Te agradeço Senhor, pela paz que existe, neste momento, entre os homens do planeta Terra; pelos acordos que estão em andamento entre as nações que antes viviam em conflito, pois não é de seu gosto que os homens destruam com suas armas a beleza do mundo que o Senhor criou.

Eu Te agradeço Senhor, pela paz que reina na minha rua, neste momento, entre todos os vizinhos conhecidos e desconhecidos, de modo que a vida flua bem e com tranquilidade entre todos nós.

Eu Te agradeço Senhor, pelos nossos filhos, que representam a continuidade de nossa existência e Te peço que ilumine o caminho deles, e os proteja, de modo que não caiam em tentação, nem para a esquerda nem para a direita.

Eu Te agradeço Senhor, pelo canto melodioso dos pássaros, que alegra os lugares em que estamos e trazem harmonia à natureza, deixando-a mais bela e propícia para nossa habitação.

Eu Te agradeço pela existência dos animais silvestres e também pelos animais domésticos, que nos acompanham no dia a dia e alegram com suas vivacidades nossa existência.

Amém.

(José Guimarães e Silva)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org




quinta-feira, 12 de novembro de 2015

12 DE NOVEMBRO - DIA DO DIRETOR DA ESCOLA

Vamos separar um momento durante do dia e interceder pelo(a) Diretor(a) da Escola que adotamos em oração! (função, família, filhos, etc...)
O Dia do Diretor de Escola é comemorado, hoje, 12 de novembro em todo o Brasil.
No dia em que se comemora o dia deste grande colaborador da educação, O Ministério Internacional Mães Unidas em Oração agradece o empenho e a parceria de todos os diretores de escola do nosso país. Estes profissionais com capacidade, sabedoria e honestidade contribuem para a melhoria de nossa sociedade e dos indivíduos nela envolvidos.
Eles são milhares e se somam à grande parte de educadores que tem em sua empreitada diária, o cuidado com a escola - crianças, adolescentes e adultos. O trabalho é quase um sacerdócio, tendo em vista que em sua responsabilidade está a educação de muitos brasileiros e brasileiras. Eles são pais e mães diante das dificuldades, são conciliadores diante de conflitos e ainda tem como sua principal função, a direção de uma escola.

A administração da escola não é um processo destacado da atividade educacional , ao contrário, está envolvido nela de tal forma que o diretor precisa estar sempre atento às conseqüências educativas de suas decisões e atos. No desempenho da sua função, o diretor é um educador preocupado com o bem-estar dos alunos, e não apenas um administrador em busca de eficiência.

O diretor tem em suas mãos uma grande soma de responsabilidades. Na verdade, ele é responsável por tudo o que se passa na escola. Em ocasiões especiais, o diretor representa a própria escola, por exemplo, quando comparece a uma solenidade como convidado por sua função de diretor, quando preside uma reunião na própria escola, quando confere certificados e diplomas, quando se dirige a outras entidades para tratar de assuntos de interesse da escola.

Assim sendo, diretor de escola é uma função bastante complexa com três aspectos relevantes: autoridade escolar; educador e administrador. Os que convivem com um diretor competente costumam admirá-lo como pessoa, apreciam seu discernimento, reconhecem sua personalidade positiva, mas quanto as tarefas, não as conhecem claramente.
"O progresso da ciência e da técnica com sua projeção nas atividades humanas, precisa ser assimilado pelos administradores escolares, o que dará uma consciência de efetiva prioridade aos problemas da educação no país".

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


sábado, 7 de novembro de 2015

ORAI SEM CESSAR - 1 Ts. 5:17

A oração deve ser a chave que abre a porta do dia e tranca que fecha a porta da noite. Lech Valessa, líder sindical e político polonês disse o seguinte sobre oração: “Um homem que não ora é um homem perigoso, pois seus únicos ideais voltam-se para si mesmo”.
A vida cristã envolve uma permanente atitude de oração.

1. Orai sem cessar: no ônibus, na escola, no trânsito, em casa, no trabalho, em todo lugar é lugar de orar – “com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos” (Ef 6.18).

2. Orai se cessar: para que a sua ação seja prudente e a reação seja mansa – “Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de Deus; porque Deus está nos céus, e tu, na terra; portanto, sejam poucas as tuas palavras” (Ec 5.2).

3. Orai sem cessar: para que o seu coração tenha prazer no amor e se horrorize diante da possibilidade da indiferença – “Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores” (Tg 5.13).

4. Orai se cessar: para que a mesma língua que glorifica ao Senhor não calunie os irmãos. Para que o poder de sua mente não seja o de criticar, mas o de construir – “E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: Que havemos de beber? Então, Moisés clamou ao Senhor, e o Senhor lhe mostrou uma árvore; lançou-a Moisés nas águas, e as águas se tornaram doces. Deu-lhes ali estatutos e uma ordenação, e ali os provou” (Ex 15.24,25).

5. Orai sem cessar: para que não se perca o verdadeiro significado das coisas, para que os valores não sejam invertidos – “Então, me invocarão, mas eu não responderei; procurar-me-ão, porém não me hão de achar. Porquanto aborreceram o conhecimento e não preferiram o temor do Senhor” (Pv 1.28,29).

6. Orai se cessar: para que não caia em tentação de pensar que sua opinião é uma lei e sua vontade um oráculo – “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca” (Mt 26.41).

7. Orai sem cessar: para que o fluxo do Espírito Santo não cesse em sua vida, secando os frutos, os dons, a vida espiritual – “Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos” (Rm 8.26,27).

8. Orai sem cessar: porque sem oração cessa toda a virtude da vida, ficando apenas a perigosa e legalista religiosidade dos fariseus – “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia!” (Mt 23.27).

O caminho para a paz e qualidade de vida é a intimidade com Deus, que somente é conquistada através da oração, veja o que diz Filipenses 4.6,7: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. 7E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus”.

(Caio Fábio)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

ENTENDENDO O PAI NOSSO

Jesus ensinou seus discípulos a orar e deixou um modelo de oração que deve ser bem entendida. Mais do que uma “reza” prá ser repetida por “papagaios religiosos” a oração do “Pai nosso” tem lições que vamos ver agora, são 10 itens:

1º - REDENÇÃO - Pai nosso ...
Podemos dizer Pai nosso, porque os que aceitaram Jesus são feitos filhos de Deus. (João 1:12)

2º - AUTORIDADE - ... que estás nos céus ...
Ele é o Senhor soberano, criador, todo-poderoso, tem autoridade e nos dá autoridade (Mc. 16:17; Lc. 10:19)

3º - ADORAÇÃO - ... santificado seja o Teu nome ...
O Senhor procura verdadeiros adoradores que O adorem em espírito e em verdade. (Jo. 4:23-24). A expressão “Teu nome” se refere a Deus na Sua totalidade, significa Deus em todos os Seus atributos, é a preocupação genuína em dar toda a glória a Deus Pai. (João 8:50).

4º - GOVERNO - ...venha a nós o Teu reino ...
Deus governa todo o Universo e governa também minha vida, o governo de Deus implica em impactar o mundo através do Evangelho, quando vidas são libertas, famílias restauradas, enfermos são curados, pecadores transformados em santos, o Reino de Deus está sendo implantado. Quando oramos: “venha o Teu reino”, estamos orando pelo sucesso do evangelho, em sua amplitude e poder, é uma oração missionária, e também indica que estamos esperando e apressando a vinda do dia de Deus. (II Pe. 3:12; Mt. 24:14).

5º - SUBMISSÃO - ... seja feita a Tua vontade assim na Terra como no céu ...
Quando eu começo a desejar a vontade de Deus e não a minha, os itens anteriores são verdade, sou filho, reconheço Sua autoridade, O adoro, estabeleço o Seu governo e não do homem, enfim, seja na Terra ou no céu, Sua vontade é perfeita, boa e agradável. (Rm. 12:2). Esse deve ser o desejo de todo crente sincero ansiando para que o mundo inteiro venha a conheçê-Lo também.

6º - PROVISÃO - ... o pão nosso de cada dia nos dá hoje ...
Deus garante a provisão necessária para os seus filhos, isso é a expressão do Seu cuidado conosco. A nós cabe viver na Sua dependência, confiando nas Suas promessas. Cristo começa pedindo pelo corpo.

7º - PERDÃO - ... perdoa as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores ...
Perdoar não é uma condição para sermos perdoados por Ele, as palavras demonstram o Seu interesse em nos lembrar da necessidade e importância do perdão. A parábola do credor incompassivo ensinam que a prova que você e eu fomos perdoados é que perdoamos aos outros. O homem que sabe que foi perdoado em virtude do sangue vertido por Cristo, e nada mais, é o indivíduo que sente a compulsão de perdoar os outros.

8º - PROTEÇÃO - ... não nos deixes cair em tentação ...
Assim como Jesus estendeu a Sua mão e segurou a Pedro, assim devemos estar pedindo que Deus nos segure com Sua mão porque Ele conhece nossa fraqueza. Jesus é o nosso Pastor e nos guiará em proteção. Nesse sentido Jesus nos ensina a orar e vigiar para não entrar em tentação (Mt. 26:41).

9º - LIBERTAÇÃO - ... mas livra-nos do mal ...
Por qual motivo deveríamos pedir a Deus para sermos resguardados do mal? Pelo grande e admirável motivo que a nossa comunhão com Deus jamais venha a sofrer interrupção. O mal aqui inclui não somente o diabo mas também todas as formas e variedades do mal. Só está livre quem é redimido por Cristo (Jo. 8:32)

10º - SEGURANÇA - ... pois Teu é o Reino, o poder e a glória para sempre.
Quando consideramos as nossas necessidades e também o quanto dependemos d'Ele e as nossas relações com Ele, não podemos parar, dizendo: “livra-nos do mal”. Precisamos terminar nossa oração conforme havíamos começado, isto é, louvando ao Senhor. Podemos chegar com confiança diante do Trono da graça (Hb. 4:16)


(Pr Claudio Galvão)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org




quinta-feira, 5 de novembro de 2015

A ORAÇÃO SIMPLES

Não existe oração errada. Aliás, a oração errada é aquela que não é feita. A Bíblia Sagrada ensina que se deve orar a respeito de tudo. Orar por qualquer motivo, qualquer hora, qualquer lugar, sempre que o coração não estiver em paz. Tão logo o coração experimente apreensão, preocupação, medo, angústia, enfim, seja perturbado por alguma coisa, a ação imediata de quem confia em Deus é a oração.

O apóstolo Paulo diz que não precisamos andar ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, com ação de graças, devemos apresentar nossos pedidos a Deus, tendo nas mãos a promessa de que a paz de Deus que excede todo o entendimento, guardará nossos sentimentos e pensamentos em Cristo Jesus (Filipenses 4.6,7). A expressão "coisa alguma" inclui desde uma vaga no estacionamento do shopping center quanto o fechamento de um negócio, o desejo de que não chova no dia da festa quanto a enfermidade de uma pessoa querida.

Esta experiência de oração é chamada de oração simples: orar sem censura filosófica ou teológica, orar sem se perguntar "é legítimo pedir isso a Deus?" ou "será que Deus se envolve nesse tipo de coisa?". Simplesmente orar.

A garantia que temos quando oramos assim é a paz de Deus em nossos corações e mentes. A Bíblia não garante que Deus atenderá nossos pedidos exatamente como foram feitos: pode ser que a vaga no estacionamento não seja encontrada e que chova no dia da festa. A oração não se presta a fazer Deus trabalhar para nós, atendendo nossos caprichos e provendo o nosso conforto. Já que a causa da oração simples é a ansiedade, a resposta de Deus é a paz. O resultado da oração não é necessariamente a mudança da realidade a respeito da qual se ora, mas a mudança da pessoa que ora. 


A mudança da situação a respeito da qual se ora é uma possibilidade, a mudança do coração e da mente da pessoa que ora é uma realidade. Deus não prometeu dizer sim a todos os nossos pedidos, mas nos garantiu dar paz e nos conduzir à serenidade. Não prometeu nos livrar do vale da sombra da morte, mas nos garantiu que estaria lá conosco e nos conduziria em segurança através dele.

O maior fruto da oração não é o atendimento do pedido ou da súplica, mas a maturidade crescente da pessoa que ora. Na verdade, a estatura espiritual de uma pessoa pode ser medida pelo conteúdo de suas orações. Assim como sabemos se nossos filhos estão crescendo observando o que nos pedem e o que esperam de nós, podemos avaliar nosso próprio crescimento espiritual através de nossos pedidos e súplicas a Deus. As orações revelam o que realmente ocupa nossos corações, o que realmente é objeto dos nossos desejos, o que nos amedronta, nos desestabiliza e nos rouba a paz.

O apóstolo Paulo diz que quando era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Mas quando se tornou homem, deixou para trás as coisas de menino (1Coríntios 13.11). Não existe oração certa e errada. Mas existe oração de menino e oração de homem. Oração de menina e oração de mulher. A diferença está no coração: coração de menino e de menina, ora como menino e menina.

A nossa certeza é que Deus também gosta de crianças.


(Ed Rene Kivitz)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

ELA TEVE ATITUDE DE FÉ E ENTREGA

Elcana tinha duas mulheres: Penina, que tinha filhos, e Ana que desejava, mas não conseguia engravidar (1 Samuel 1:2).

Durante anos Penina irritava e provocava Ana por esta não ser mãe (1 Samuel 1:6). Isso entristecia o seu coração, o que a fazia sempre chorar na presença do Senhor. Porém, um dia ela fez uma oração específica, pedindo uma criança a Deus, que seria entregue para servir ao Senhor. E assim, o clamor de Ana foi atendido (1 Samuel 1:10 e 20).

Fé incessante

Apesar de Ana sofrer com as agressões de sua rival Penina, de não ter a compreensão de seu marido quanto ao seu sofrimento (1 Samuel 1:8) e de sua entrega não ser entendida pelo sacerdote Eli, que a julgou por embriagada (1 Samuel 1:12-16), ela não deixou de acreditar que Deus poderia lhe dar o filho que ela tanto desejava.

O mais interessante é que ela não se estressou com ninguém; ela manteve o equilíbrio, mas colocava toda a sua ansiedade e sofrimento no altar do Senhor.

Será que fazemos isso também quando desejamos algo que não temos? Ou entramos no desespero, perdemos a compostura e também a fé?

Temos que aprender com ela a acreditar e não desistir de que viveremos o melhor de Deus em nossas vidas. Devemos não nos deixar levar por opiniões das pessoas, por circunstâncias e por não ver nada acontecendo. Isso é ter fé.

Entrega da promessa


Ana engravidou e deu à luz Samuel. Pouco tempo depois de ele desmamar, ela o consagrou a Deus e o entregou ao sacerdote Eli, para que com ele servisse ao Senhor, assim como quando ela orou e fez um voto diante Dele (1 Samuel 1:24 e 1 Samuel 2:11).

Ela foi uma mulher de palavra. Ao nascer Samuel, Ana sabia que ele era fruto de sua oração e de uma promessa de consagração, por isso tinha que colocar sua fé em prática.

Imagine o quanto ela não sofreu ao se desprender de seu filho? Mas Ana não se prendeu neste seu sentimento, ela queria mesmo era servir ao Senhor com o milagre da vida que Ele mesmo concedeu a ela.

Talvez este seja um segredo: Deus nunca pode te dar algo que você não pode dar a Ele. Deus não quer você preso a nada e a ninguém, Ele quer sim dar o melhor desta Terra a você, mas isso não pode ocupar o lugar d'Ele na sua vida.

Vá até o fim. Coloque sua fé em ação. Se desprenda dos sentimentos de posse e consagre o seu melhor a Deus. Ana fez isso ao consagrar Samuel ao Senhor e ele se tornou um sacerdote, que escreveu uma linda história de obediência e consagração.

(Tany Souza)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

AOS PÉS DO MESTRE

Estar aos pés do Mestre é ter uma vida inteiramente dedicada a Ele, dizendo não aos desejos carnais. É estar cada vez mais próximo do Senhor para aprender maia e mais como fez Maria ( Lc 10: 38,39). Estar aos pés do Mestre é ter uma vida de dedicação e serviço a Ele.
E para estar aos per do Mestre é necessário ter em mente que Jesus é o Senhor da minha vida, é aquele que dirige tudo, sendo necessário crucificar o eu e deixar Jesus ter total controle sobre nós.

É necessário também ter em mente que sou servo de Jesus. Jesus é o meu Senhor, logo sou seu servo fiel e o servo não questiona, obedece. Deve ser algo que vem de dentro de nós, pois Deus vê o nosso interior, portanto não é necessário fazer qualquer tipo de coisa para que outros vejam. Devemos servi-Lo com alegria (Sl 100:2)

Quando estamos aos pés do Mestre, temos a vitória. Jesus é a vitória (1 Co 15: 57). Temos a vitória sobre o pecado e ele não nos domina mais (Jo 8: 36).

Aos pés do Mestre crescemos na graça e no conhecimento ( 2 Pe 3 :18) e não somos facilmente enganados por vãs doutrinas. A Sua Palavra também já está gravada nos nossos corações e não pecamos contra Ele ( Sl 119:11).
Estar aos pés do Mestre é um grande privilégio.

Quando desejamos de todo nosso coração estar aos pés do Mestre, recebemos forças do alto, que nos faz vencer todas as dificuldades que nos sobrevêm.

Maria experimentou isso. Experimente você também. É gratificante. Vale à pena.

(Pra. Lourdes Effgen Gonçalves)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

domingo, 1 de novembro de 2015

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE NOVEMBRO DE 2015

Se a irmã pertence ao Ministério e não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org



O Calendário não substitui o encontro semanal dos Grupos de Mães Unidas em Oração.

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

CONVERSANDO COM DEUS

Imagine reunindo-se com o seu melhor amigo para tomar um café na sua lanchonete favorita. Seu amigo sabe tudo sobre a sua vida. Você pode contar que seu amigo estará exatamente onde disse que estaria. Quando precisar dele, você pode ligar e ele não vai ficar chateado. Ele está disposto a ouvir e sempre responde com amor e interesse.

A oração também é assim. A única diferença é que o seu melhor amigo é Deus.

Deus lhe está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ele sabe tudo o que você tem feito e ainda o ama tanto que deu o Seu Filho para que você pudesse estar com Ele para sempre. "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

Você pode conversar com Ele sobre qualquer coisa que lhe preocupe. Compartilhe os seus desejos, paixões e as suas preocupações por seus entes queridos. Fale sobre os seus medos.

Comunique a Deus o que está dentro de você sem medo.

Oração - O que posso dizer?  A oração pode ser realizada de muitas maneiras. A melhor maneira é ser natural, como se estivessem juntos na sala de estar. Ele está muito ansioso para ouvir cada palavra que você diz. Compartilhe o que estiver em seu coração. Ele até mesmo escuta a sua raiva e tristeza.

Em Mateus 6:9-13, Jesus ensinou aos discípulos um padrão para a oração. "Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal."

Oração - Por que orar? Por que a oração é importante? Se Deus já sabe tudo sobre você e tudo que há para saber, por que você deve orar? Porque Deus nos criou para ter livre-arbítrio. Ele quer que nos aproximemos dEle de boa vontade e não como criações robóticas. Ele nos deu uma mente para tomar decisões e a decisão mais importante é sobre a eternidade. Embora saiba o que acontecerá no futuro, não sabemos que futuras escolhas faremos. É importante viver de acordo com a Sua orientação para tomar as escolhas certas.

Na Bíblia você encontrará reis, profetas e pessoas comuns como eu e você que evitaram a destruição por meio da oração a Deus. Uma oração parou o sol, outra fez que fogo descesse do céu, outra adicionou quinze anos à sua própria vida e uma outra oração ainda salvou uma cidade inteira. Essas pessoas oraram intensamente ao Deus que responde à oração.

Ao orar, Deus escuta o seu clamor. Quando você não ora, Deus se sente excluído de sua vida. "O Senhor... é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se" (2 Pedro 3:9 b). Ao orar consistentemente, você está afirmando a existência de Deus em sua vida. Você está construindo a sua fé ao ver a mão de Deus fazendo a Sua obra poderosa a seu favor só porque você pediu.

"Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á" (Mateus 7:7-8).

(AllAboutGOD)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

ENEM

Seu filho ou filho de alguma amiga de oração vai participar do ENEM? Orem para que Deus esteja abençoando os filhos nesses momentos de exame para cursarem uma Faculdade.... Que Deus esteja no controle de sua mentes, corações e que acima de tudo seja feita a Vontade de Deus!
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

A ORAÇÃO

Ao falarmos de vida cristã, piedade e uma vida que busca aquele a quem a alma anseia, é impossível não falarmos de oração. A oração é mais do que um rito, ela não é meramente o cumprimento de uma norma sacra, a oração não é meramente o falar com Deus, orar, é estar com Deus, à oração nos leva a experiência graciosa de sua doce presença. R.C. Sproul certa vez disse que Deus nunca nos prometeu sentirmos sempre sua presença, mas, que estaríamos sempre em sua presença.

Inclinando-nos sobre o texto sagrado temos o exemplo de vários personagens bíblicos que foram grandes homens de oração. Ao começarmos com Enoque que diz a Escritura que ele andou com Deus, ninguém anda com Ele sem orar, porque orar nos leva a sua presença bendita e nos aniquila, limitando-nos e forjando-nos a sua gloriosa vontade.

Ao tratarmos aqui sobre o tema da oração, também não estamos somente falando da oração feita nas reuniões públicas da igreja, ou nos momentos que precisamos de socorro da parte de Deus, mas, falamos de uma vida de oração. Como Moisés, como Elias, como Jeremias, como Daniel, como Pedro e João e como não citar nosso amado Cristo, que nos legou grandes exemplos de uma vida de Oração. Certa vez perguntaram a A.W. Tozer o que era mais importante, o estudo das Escrituras ou uma vida de oração. Ele prontamente respondeu o que é mais importante para um pássaro à asa esquerda ou direita?

Temos hoje de forma assustadora uma obsessão por leitura, estamos sempre lendo e lendo. Estamos no trânsito, estamos lendo, estamos esperando um atendimento médico, estamos lendo, estamos em casa, estamos lendo. Quando não estamos lendo estamos fazendo alguma outra coisa, entenda-me não estou dizendo que essas coisas não são importantes, também leio bastante durante meu dia, até porque meu trabalho é ler e escrever sempre, mas, contabilize o tempo que você passa lendo e o que você passa orando, veja quanto tempo você ora por semana, quando lemos os escritos do reformador João Calvino temos uma agradável surpresa, para muitos Calvino falou mais na doutrina da predestinação do que qualquer outra, certo? Errado. Ele falou mais sobre oração. Vejamos:

"A fim de orarmos corretamente a Deus, deixemo-nos dirigir por essa regra: não distraiamos nossa mente com esperanças várias e incertas, nem dependamos do auxílio mundano, mais deixemos com Deus a honra de elevar nossos corações a ele em oração sincera e fervorosa". [1]

"A genuína e fervorosa oração provém, antes de tudo, de um real senso de nossa necessidade, e, em seguida, da fé nas promessas de Deus". [2]

A oração era enfatizada para o reformador como uma das coisas mais importantes em nossa vida, é nosso estar com Ele, como dizia Paulo: Orai sem cessar.

Essas orações dirigidas ao Deus eterno não são vazias e sem respostas, Calvino diz:

"Deus responde aos verdadeiros crentes quando mostra através de suas operações que ele leva em conta suas súplicas". [3]

"Além de tratar da oração como o elevar de nossa alma ao Deus redentor, Calvino ainda nos diz que a oração tem primazia na adoração e no serviço a Deus". [4]

A oração banha nosso culto, nossos afazeres, nosso serviço. Orar é vital para uma vida cristã saudável.

Uma das grandes obras de Calvino foi também o livro dos Salmos, esse livro o maravilhava, tanto por sua profundidade ímpar em demonstrar e descrever todos os estados de espírito do homem: tristeza, alegria, angústia, celebração, júbilo, louvor, terror, desespero. Falando do livro dos Salmos ele disse:

Tudo quanto nos serve de encorajamento, ao nos pormos a buscar a Deus em oração, nos é ensinado nesse livro.

A oração é refrigério para alma, não porque devemos orar por orar, mas, devemos orar porque orar é demonstrar dependência do divino, é ansiar e necessitar como terra seca e árida por chuva. Orar é migrar para a santa presença, é não titubear em desejar o alento de Deus e o amparo do Pai celeste, orar é desfrutar de momentos singulares com Ele, é apalpar nossa união com Cristo, é deleitar-se no noivo, é um antegozo das bodas. Orar é respirar Sua vida é desfrutar Seu poder, é viver abundantemente. Um dia os discípulos fizeram um pedido especial a Jesus ensina-nos a orar. Podemos orar assim também rogando que nos ensine a não dormir como Pedro, João e Thiago no monte da transfiguração e no Getsemani. Oremos por seu ensino sobre orar, seu exemplo é o principal para nós, Ele orou, Jesus orou.

Que a oração dia a dia regue nossas decisões, nossa vida, nosso culto, nossos afazeres.

(Por Thomas Magnum)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org