Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sábado, 31 de dezembro de 2016

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE JANEIRO DE 2017

Prezada Mãe Unida em Oração,

Segue o Calendário Nacional de Oração do próximo mês que se inicia.


No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF.

O Calendário não substitui o encontro semanal dos PGOs - Pequenos Grupos de Oração de Mães Unidas em Oração.

Se alguma mãe, que pertença ao Ministério, não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

ANO NOVO, NOVAS PERGUNTAS

Quando chega o fim do ano, algumas pessoas se auto-avaliam, procurando verificar aspectos positivos e negativos em sua vida.

Prefiro começar o ano com perguntas. Perguntas que motivem minha caminhada, que desafiem a melhorar o que já fiz, a realizar o que não fiz e a consertar os erros que cometi.

O apóstolo Paulo usa o corpo como metáfora para vida cristã em comunidade. Paulo afirma que o corpo é feito de muitas partes. E cada uma delas tem uma função específica, mas não isolada. Elas interferem no todo.
“Pois o corpo não é feito de uma só parte, mas de muitas.” (1 Coríntios 12.14)

A partir desta afirmativa paulina, que perguntas então você pode fazer ao seu “corpo”, neste início de ano? Algumas sugestões:

Cabeça: Alguma coisa mudou a sua maneira de pensar no decorrer do último ano? Como você vai incorporar essa mudança em sua vida em 2017? Paulo nos diz na Carta aos Efésios o seguinte: “É preciso que o coração e a mente de vocês sejam completamente renovados” (Efésios 4:23)

Ombros: Qual fardo você vem carregando em seus ombros neste último ano? O que fazer pra deixar seu fardo mais leve? Lembre-se do que Jesus afirma: “Venham a mim todos os que estão cansados de carregar as suas cargas pesadas” (Mateus 11:28)

Mãos: Como você serviu no decorrer deste ano? Como servirei melhor em 2017? Certa vez Jesus disse aos seus discípulos: “...quem quiser ser importante, que sirva os outros” (Marcos 10:43)

Coração: Que situações encheram teu coração de tristeza? Como então renovar a esperança e apagar as mágoas em 2017? Lembre-se: “Onde está o teu tesouro aí está o teu coração” (Mateus 6:21)

Joelhos: Em que situações você ficou prostrada no decorrer deste ano? Como posso me levantar e enfrentar estes problemas? O Salmo 37 garante que “se cairmos não ficaremos caídos, porque o Senhor nos ajudará a levantar” (Salmo 37:21)

Pés: Que caminhos eu fiz em 2016? Quais barreiras surgiram pelo caminho? Estou no caminho certo para 2017 ou preciso mudar a rota? O livro de Provérbios afirma: “Deus sabe por onde você anda e vê tudo o que você faz” (Provérbios 5.21)

Lembre-se que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e que Ele está ao seu lado neste novo tempo.

Ele pode te auxiliar em todas as instâncias da tua vida. Basta que você o busque de todo coração.

Que 2017 seja um ano de transformação em tua vida e que a Graça de Deus te auxilie a enfrentar e superar todos os desafios que surgirem!




Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

FELIZ 2017


Nossos votos são de paz em seu lar começando por você por mais difícil e desafiante que isso seja e, a todos os demais familiares

Feliz 2017!!!


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

O NATAL E A GLÓRIA DE DEUS!

 Os anjos que apareceram aos pastores quando estes guardavam seus rebanhos no campo, na noite em que Jesus nasceu, cantaram esta canção: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens.” (Lucas 2.14)

Nesse cântico há uma tríplice conclamação dos anjos: conclamação à glorificação do nome de Deus; conclamação à paz na terra e conclamação ao reconhecimento da boa vontade de Deus para com os homens.

Esses três elementos formam, por assim dizer, o núcleo do Natal. O caráter moral, espiritual e existencial do Natal se expressa nestes três modos: na glorificação a Deus, na promoção da paz e na divulgação da boa vontade de Deus para com os homens.

Que quiseram dizer os anjos quando cantaram “glória a Deus nas alturas”? Eles conclamavam seus companheiros, outros anjos, que povoam o céu, lugar onde Deus habita de modo objetivo e pessoal, com os anjos e com as almas daqueles que, tornando-se seus filhos, já deixaram este mundo, ou seja, o lugar-sede do Governo de Deus.

O nascimento de Jesus, a encarnação do verbo, Deus tornando-se humano para dar a vida pelos homens e salvá-los da condenação do pecado e da morte, para redimir pessoas e para formar seu povo, isso é motivo para que Deus seja glorificado no céu.

Toda a obra viva de Deus, todos os seus anjos, o acompanham em seus feitos, desde a criação do mundo; e os anjos têm sido os seus mensageiros e agentes de suas intervenções no mundo terreno. Os anjos vieram aqui muitas vezes, trazendo mensagens de Deus e cumprindo missões. Eles sabem que Deus está desenvolvendo, no mundo, seu plano de redenção do homem. Eles participam dessa realização.

Então, na culminância da história, na plenitude dos tempos, o grande milagre aconteceu: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (João 1.14).

Este é o grande motivo da glorificação de Deus: A vinda do Cristo para consumar o plano de redenção. O Messias já estava na terra. Um menino frágil, sim, mas iria crescer, tornar-se homem, vivendo sem pecado, realizaria os milagres que o identificariam como o Filho de Deus, e finalmente daria a própria vida, na cruz do Calvário, pelos pecadores, para, o terceiro dia, derrotando a morte e confirmando ser o Filho de Deus, ressuscitar gloriosamente.

A chegada de Jesus ao mundo foi, realmente, motivo para regozijo dos anjos, e para que Deus, nas alturas, fosse glorificado.

Natal é um dia que deve levar-nos a refletirmos sobre a necessidade de arrependimento e aceitação da dádiva de Deus, que é Jesus, submetendo-nos ao seu Senhorio.

Ao comemorarmos o Natal, juntemo-nos aos anjos, em seu júbilo e na glorificação a Deus, dando a Ele, INDIVIDUALMENTE, a NOSSA ETERNA GRATIDÃO.

Que, nesse Natal de 2016 e no ano que se inicia, voltemos nossos olhos para Belém, adorando o verdadeiro Deus, na pessoa de seu Filho Jesus Cristo, nosso Salvador e Senhor. Que nos demoremos em vê-lo e adorá-lo, à semelhança dos pastores. Que nossa convicção seja renovada com a visão do “Salvador, que é Cristo, o Senhor”, nos encoraje a continuarmos firmes, corajosas e perseverantes. Que renovemos nossa disposição de sermos verdadeiras missionárias onde quer que estejamos, seja qual for a nossa atribuição no Ministério de Mães Unidas em Oração, e que cada vez mais fiquemos admiradas, perplexas, atônitas com o Poder que Ele tem, pois as bênçãos são inenarráveis, incontáveis!

Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa

Coordenadora Nacional



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

O VERDADEIRO SENTIDO DO NATAL

“Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador,
que é Cristo o Senhor”. (Lucas 2:11)

A Bíblia não relata qual o dia e o mês do nascimento do Messias. Ela diz apenas que o menino Jesus nasceu na cidade de Belém, envolto numa manjedoura. Isso para cumprir as profecias dita pelos oráculos do antigo testamento (Mq 5:2 e Is 7:14). Como tradição, nós cristãos comemoramos o nascimento de Jesus, o Cristo de Deus, no dia 25 de dezembro, apesar de termos evidências bíblicas de que esta não seja a data correta, pois em Lucas 2:8 diz que os pastores estavam no campo e guardavam durante a vigília da noite o seu rebanho.

O fato é que se os pastores estavam à noite no campo cuidando das ovelhas, podemos concluir que Jesus não nascera em dezembro, pois nesse mês faz muito frio na região da Judéia, devido ao inverno que é muito rigoroso . Por isso, os pastores no mês de dezembro ficam com as ovelhas no aprisco e não no campo. Provavelmente, Jesus nasceu na primavera ou no verão. Todavia, o que verdadeiramente importa para nós, não é sabermos a data exata do nascimento do Messias, mas sim, o verdadeiro significado desse nascimento para toda a humanidade.

Para a maioria das pessoas, o Natal se resume a uma data festiva em que elas se reúnem para comer, beber e trocar presentes. Trocam inclusive o aniversariante, em vez de Jesus, a figura central passa a ser o Papai Noel. Sequer, convidam o aniversariante para participar da reunião familiar. Até as crianças são induzidas a fazerem pedidos, que mais parecem orações, ao "bom" velhinho. Pedem paz, esperança e felicidade. Coisas que somente Jesus pode nos dá.

Para nós cristãos, Natal tem a ver com o nascimento do filho de Deus, a saber, Jesus, o Cristo. É o início da salvação da humanidade, que havia se perdido, por causa de Adão, lá no Éden, quando pecou contra Deus. É através de Cristo que Deus nos reconcilia com Ele e nos mostra todo o seu amor. A Bíblia diz que Deus amou o mundo (pessoas) de tal maneira que deu seu único filho, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha vida eterna (Jo 3:16). Portanto, o Natal só faz sentido para quem crer que Jesus é o Messias.

Alguns irmãos cristãos não comemoram o Natal, seja pelo fato de que não há uma ordenança na Bíblia, seja pelo fato de que as comemorações natalinas se originaram de uma festa pagã que comemorava o nascimento do deus sol (saturnália). Não quero entrar nos detalhes históricos ou culturas que giram em torno da comemoração natalina, mas quero convidar os irmãos a refletirem de um outro ponto de vista a respeito do Natal.

Ora, apesar de não sabermos o dia exato do nascimento biológico de Jesus, e de sabermos que a origem das comemorações natalinas se deu nas festas pagãs. Penso eu, que podemos aproveitar esse momento propício, em que as famílias se reúnem, e que as pessoas estão com os corações mais abertos, devido ao espírito natalino, para falarmos do verdadeiro sentido do Natal, a saber, o nascimento de Cristo.

A Bíblia Sagrada diz que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus (Rm 8:28). Portanto, se tudo contribui para o bem, o que nós devemos fazer é enxergar de que modo cada acontecimento pode contribuir para o Reino de Deus. O próprio Jesus deu a seguinte resposta aos seus discípulos quando lhe perguntaram se deveriam proibir um homem de expulsar demônios em nome dele, pois não era seu seguidor: "Quem não é contra nós, será por nós" ( Mc 9:40). Portanto meus irmãos, essas duas passagens nos ensinam que, devemos aproveitar todas as oportunidades para levarmos as boas novas às pessoas.


Alguns cristãos preferem passar o Natal nas igrejas congregados com outros irmãos na fé, pois acham que o desejo de Jesus é que elas estejam reunidas dentro da igreja, pois só assim, não se misturariam com o restante das pessoas que não creem em Jesus. Todavia, o desejo do Mestre é justamente o contrário, ele nos manda sair da igreja e ir ao mundo pregar o seu evangelho a toda criatura ( Mc 16:15). Já pensou se Jesus em vez de sair para pregar as boas novas, ficasse dentro do templo reunido com seus discípulos, o que seria de mim e de você? O que seria do mundo?

Ao contrário do que muitos pensam, Cristo fazia questão de sentar à mesa com os pecadores. Certo dia, ele estava jantado na casa de Levi (Mateus) arrodeado de pecadores e publicanos, e os fariseus perguntaram aos discípulos: por que ele come e bebe com publicanos e pecadores? A resposta de Jesus foi: “eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores ao arrependimento, pois são eles que precisam de médicos, e não os sãos” ( Mc 2: 15-17). Em outra passagem bíblica, vemos Jesus entrando na cidade de Jericó e, quando ele ia passando avistou um publicano chamado Zaqueu, que estava em cima de uma figueira brava esperando para ver quem era Jesus, mas Jesus o viu primeiro e disse: “Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa”. No final da história, Jesus pronunciou as seguintes palavras: "Porque o filho do homem veio buscar e salvar o que havia se perdido" (lc 19: 9-10).

Jesus usava sua santidade e sua luz para mostrar aos pecadores que o caminho que eles estavam trilhando era um caminho de trevas e de morte, e que ele, Jesus, tinha um caminho de vida e de luz para eles. É isso que Jesus quer que nós façamos, que nós sejamos a luz desse mundo e que mostremos às pessoas que existe um novo e vivo caminho, a saber, Jesus de Nazaré.

Portanto irmãos, o Natal é uma oportunidade que temos de levar a palavra de Deus àqueles que não sabem o verdadeiro sentido desta data tão importante para nós. Além do que, Deus pode preparar esse momento para ter um encontro de salvação com alguém da nossa família. Não deixe passar essa oportunidade de falar do amor de Deus para as pessoas. De dizer que Ele deu o seu filho unigênito para que todos nós tivéssemos vida e, vida com abundância (Jo 10:10).

O verdadeiro Natal acontece quando abrimos a porta do nosso coração e deixamos Jesus entrar e fazer morada, pois Ele disse: "Eis que estou à porta e, bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo” (Ap 3:20). Por isso, Natal é tempo de Jesus nascer dentro das pessoas, e isso não implica em sabermos o dia exato do nascimento de Jesus.

Pergunte ao cego Bartimeu onde e quando Jesus nasceu. E ele responderá: Jesus nasceu em Jericó. Quando eu clamei por Ele. E ele veio até mim, abraçou-me e disse filho tua fé te salvou (Lc 10:46-52).

Pergunte à mulher do fluxo de sangue onde e quando Jesus nasceu. E ela responderá: Jesus nasceu no caminho da casa de Jairo. Quando eu cheguei por detrás dele e toquei na orla de seu manto. E ele veio até mim e disse, vá em paz filha, a tua fé te salvou ( Lc 8:43-48).

Pergunte à mulher de Samaria onde e quando Jesus nasceu. E ele responderá: Jesus nasceu junto à fonte de Jacó, quando eu fui pegar água e Ele me ofereceu a água da vida, naquele momento soube que era o filho de Deus ( Jo 4:1-28).

Pergunte a Paulo de Tarso onde e quando Jesus nasceu. E ele responderá: Jesus nasceu na estrada de Damasco, quando fui envolvido por uma intensa luz que me deixou cego e me perguntou: Saulo, Saulo, por que me persegues? Naquele momento soube que era o filho de Deus ( At 9:1-9).
Por fim, pergunte à Maria, mãe de Jesus, onde e quando ele nasceu. E ele responderá: Jesus nasceu em Belém, sob as estrelas, cercado de anjos e pastores que gritavam: "Glória a Deus nas alturas e paz na Terra aos homens a quem Deus quer bem” (Lc 2:7-14).

Portanto, Jesus pode nascer a qualquer momento na vida daquelas pessoas que não o conhecem ainda. E, para você, quando Jesus nasceu? Pense um pouco! Caso descubra que Jesus ainda não nasceu dentro de você. Abra o seu coração e o aceite como seu Salvador, pois ele nasce todos os dias no coração de quem o aceita.

Portanto, o verdadeiro Natal é Jesus, o Cristo de Deus!

Por fim, convido você a responder as perguntas abaixo. Talvez você se surpreenda com as respostas.

a) Quem é que veste um manto vermelho?
b) Quem é que tem barba e cabelos brancos como a lã?
c) Quem é que vem do norte?
d) Quem é que vem como um ladrão de noite?
e) Quem é que é onipresente?
f) Quem é que se assenta num trono?
g) Quem é que convida as crianças a irem até ele?
h) Quem é o príncipe que traz a paz?

Conseguiu responder? Se você respondeu Papai Noel em algum dos itens ou para todos, errou. A resposta correta para todos os itens é: JESUS, o Cristo de Deus.

Alguma dúvida? Segue o gabarito com as passagens bíblicas para os irmãos conferirem: a) Ap 19:13; b) Ap 1:14; c) Ez 1:4-5; d) Mt 24:43-44; e) Sl 139: 7-10; f) Ap 5:6; g) Mc 10:14; h) Is 9:6.

Será que alguém respondeu Papai Noel? Espero que não!

Já que vocês estão bem crescidinhos quero dizer um segredo: o personagem Papai Noel, apesar de parecer inofensivo, traz consigo disfarçada e sorrateiramente, na figura do "bom" velhinho, uma tentativa de nos desviar do verdadeiro sentido do Natal, a saber o nascimento do filho de Deus. Tanto é assim, que nos meios de comunicação não ouvimos sequer pronunciarem o nome de Jesus, pois todo o mérito é dado a Papai Noel. Todavia, agora você já sabe o verdadeiro sentido do Natal. Fale para seus familiares e filhos sobre essa Boa Nova.

Feliz Natal para você e para a sua família. Que a luz de Cristo nos ilumine.
(Adaptado do texto de Sergio Lira)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

CELEBREMOS O NASCIMENTO DE CRISTO!

“O anjo, porém, lhes disse: não temais, porquanto vos trago novas de grande alegria que o será para todo o povo: é que vos nasceu hoje na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo o Senhor”. (Lucas 2.10-11)

Enfim chegamos ao último e mais festivo mês do ano, dezembro. Nesse mês recheado de festas e celebrações, também cabe um espaço para o balanço de nossas vidas, o que fizemos? O que deixamos de fazer? O que poderíamos ter feito melhor? Ou seja, somos confrontados com a prática das nossas atitudes!

Mas, além disso, o que queremos entender e praticar é o significado real do Natal de Jesus Cristo. Não sabemos e ninguém sabe humanamente falando o dia, mês e ano exato do nascimento de Jesus Cristo, é fato, no entanto que Ele nasceu! Ele veio até nós, deixou a sua glória celestial, tornou-se como um de nós, assumiu uma natureza humana, se humilhou. (Filipenses 2. 6-8).

Quais as razões dessa sua humilhação e vinda até nós? Há muitas razões, mas acredito que uma das razões principais é pelo direito de criação. Ele nos criou, a sua imagem e semelhança, no entanto, essa imagem e semelhança foi manchada pelo pecado, e sabemos pela sua palavra que somos “a menina dos seus olhos” e isso se expressa em vários textos bíblicos e já claramente declarado em João 3.16.

A outra grande razão para a sua vinda é que Ele veio para ser o Senhor da humanidade, desviada e submissa ao reino das trevas (o mundo jaz no maligno) e perdida. A declaração do mensageiro do Senhor é muito clara: “É que nos nasceu hoje….o Salvador, que é Cristo o Senhor”.

O servo integralmente submisso a Ele sempre cumprirá sua missão de proclamar com alegria, ousadia e gratidão as boas novas da salvação eterna! Considerando que não poderia haver morte e ressurreição sem que houvesse nascimento é de extrema importância também celebrarmos sempre a sua vinda entre nós! Portanto, exaltemos ao Senhor com alegria e gratidão e na certeza de que Ele vive para sempre em nossos corações. Louvado seja o Senhor porque o natal de Jesus Cristo é real!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

sábado, 17 de dezembro de 2016

DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO E JEJUM - 9 de janeiro de 2017


Vamos nos unir as Moms In Prayer / Mães Unidas em Oração ao redor do mundo em um dia de jejum e oração pelos filhos e escolas no dia 9 de janeiro de 2017

Nossa Folha de Oração, que foi enviada para todas as Coordenadoras mundiais em inglês, também está traduzida em 18 idiomas.

Se você ainda não recebeu a sua Folha de Oração, entre em contato conosco pelo e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe, se você gostaria de participar e ainda não fez a sua inscrição no Ministério, estamos esperando você...

Faça já a sua inscrição no Ministério Internacional Mães Unidas em Oração pelo link:
http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

MISTÉRIO INSONDÁVEL DE DEUS

O Ministério "Moms In Prayer International", no Brasil "Mães Unidas em Oração" é um dos mistérios Insoldáveis de Deus, por alguns motivos:

1. Deus levantou uma mãe, Fern Nichols, serva obediente e temente a Jesus Cristo, que em 1984, iniciou o Ministério Internacional Moms In Touch/Moms In Prayer no Canadá,.

2. Não é um movimento, projeto ou reunião de mulheres.

3. Não faz parte de nenhuma instituição, organização, igreja ou denominação.

4. É evangélico, inter e supra denominacional.

5. Não está vinculado a nenhum grupo político de qualquer natureza.

6. É um Ministério Internacional de Oração! Uma missão! Um sacerdócio! Um compromisso com Deus da mãe de orar pelo seu filho biológico, adotante ou espiritual). Se o filho não estiver mais estudando, continua sendo filho, pois "Mãe cristã comprometida com Deus só deixa de orar pelo filho quando ela morre."(Jane Esther de Paula Rosa)

7. É Deus quem toca no coração da mãe para participar. Toda mãe preenche sua Ficha de matrícula e compromisso colocando o nome de cada Filho e suas respectivas Escolas. Ela está assumindo perante Deus o compromisso de Orar por pelos filhos cujos nomes ela colocou em sua Ficha. Por isso que nem toda mãe faz parte do Ministério. Os nomes vão para a Rede Mundial de Oração.

8. Em 32 anos estamos em 146 países. Em outubro de 2014 foi comemorado os 30 anos com uma grande Celebração no Hotel Sheraton,em Dallas, Texas, onde líderes de 143 países estiveram presentes. Foi a maior celebração de Mães Unidas em Oração em favor dos filhos e escolas de toda historia.

9. No Brasil, o Ministério, chegou em 1994, na cidade de Sorocaba e Rio de Janeiro através de Elica Braga Almeira que traduziu nosso Livreto, junto com o Pr. Ebenezer Carlos dos Santos, que na época pastoreava a Igreja Batista Memorial na Tijuca, Rio de Janeiro, RJ; Pr. Isidoro Lessa de Paula, que era Ministro de Música Sacra da Primeira Igreja Batista de Niterói, RJ, casado com a americana Barbara Jones de Paula. Toda história está em nosso site: www.maesunidasemoracao.org

Os grupos foram surgindo e, tempos depois, em 2003 a Prof.a Heloiza Helena Ribeiro de Amorim Pimentel assumiu a coordenação do Ministério. Em 2009, a Prof.a Heloiza Helena transferiu, junto com liderança Mundial, cuja sede está na Califórnia a liderança para Prof.a Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa.

10. É um Ministério onde a mãe assume perante Deus o compromisso de orar pelos filhos e Escolas. A base do Ministério é a Escola. E lá na Escola que tudo acontece (Educação Infantil até a Universidade). A base de uma nação é a educação!

11. A mãe começa como Mãe Intercessora Individual, até encontrar suas companheiras de oração (a líder e mais 2 a 3 mães por grupo) e formar seu PGO – Pequeno Grupo de Oração. Reúnem-se uma vez por semana no local que escolherem para orar em pequenos grupos, utilizando os Quatro Passos Para Oração e, todos os dias oram individualmente de 3 a 7 minutos.

12. O Livro: Todo Filho Precisa de Uma Mãe Que Ora, escrito por Fern Nichols, fundadora de Moms In Touch, atualmente Moms In Prayer / Mães Unidas em Oração no Brasil, é um best seller. No momento, encontra-se disponível em vários sites, com preços variados. Comprar a reimpressão de 2015 com logomarca do Ministério Mães Unidas em Oração.

13. O Livreto: Mães Unidas em Oração, com as orientações para realização das reuniões em Grupos, seguindo, biblicamente, Os Quatro Passos Para Oração está traduzido em 60 idiomas, inclusive para o Braille. Este livreto é para todas as mães que já estão cadastradas no Ministério. Em breve sairá uma nova edição revista e atualizada.

14. O mais recente Livro de Fern Nichols, "Orações poderosas para mães", foi lançado pela Editora Thomas Nelson e no momento, encontra-se disponível em vários sites, com preços variados.

Somente Deus para fazer isso! Glórias ao nome d'Ele!


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

ORAÇÃO POR MEU FILHO



O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.(1João 5:4)

Ó Pai vitorioso, oro para que meu filho viva na vitória desta verdade: todos que nascem de Deus conquistam o mundo. Essa foi a vitória que conquistou o mundo, até mesmo sua fé. Liberta meu filho das mentiras de Satanás, que tenta, constantemente, convencê-lo a desconfiar do seu Deus, a desanimar quando suas orações não têm resposta e a desistir de seguir a Cristo. Ó Senhor, põe na cabeça dele a determinação de não fugir das batalhas que enfrenta, mas de lutar de todo coração a boa luta da fé. Quando estiver inclinado a se desviar ajuda-o a inspirar-se em Cristo e na sua esmagadora vitória na cruz. Pelo poder de teu Espírito Santo, dá-lhe a satisfação de uma vida vitoriosa em Cristo. Não permitas que ele experimente a perda trágica de uma vida insubmissa e ineficaz para teu reino. Em nome de Jesus, amém.


(Do livro: Orações Poderosas Para Mães - Fern Nichols)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

FAMÍLIA: UMA BENÇÃO DIVINA




Família Uma Benção Divina

Família uma missão de vida
Vivida a cada dia,
Na dor e na alegria

Constante a cada instante
Se o sorriso não é marcante
E o sentimento inconstante

A decisão garante
Vamos caminhar avante

Pois Deus enaltece
A simplicidade de permanecer
Assim a graça prevalece
E a dor desaparece.

Família promessa divina
Celebrada na aliança
Selada em graça
Habitada pela verdade
Na verdade, o amor prevalece.
O Respeito engrandece

A diferença diminui
A carnalidade se esvanece
A acusação desaparece

Juntos pelo voto
Juntos no consolo
Juntos no gozo,

Família com fervor
Família em amor
Família em esplendor

Nascem os filhos da promessa
A coroação da família que professa
Diante do pecado confessa

Família revela uma missão divina
O Deus que ama O Senhor que cuida

Quando permanecemos unidos
Juntos pelo compromisso
E o amor vivido
Engrandece o Deus do amor
Enaltece Jesus nosso Redentor!
Revela o Deus Salvador!!

Autor Desconhecido

Nós, Mães Unidas em Oração, amamos nossa família, separando um tempo do nosso dia para orar por nossos filhos e por nossas vidas para que sejamos mulheres virtuosas, sábias que transformam uma casa em lar.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org


(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

CONFORME AS TUAS FORÇAS




TUDO QUANTO TE VIER À MÃO PARA FAZER, FAZE-O CONFORME AS TUAS FORÇAS, PORQUE NO ALÉM, PARA ONDE TU VAIS, NÃO HÁ OBRA, NEM PROJETOS, NEM CONHECIMENTO, NEM SABEDORIA ALGUMA." Eclesiastes 9:10

Vivemos um tempo de ativismo, onde é preciso produzir, produzir.... em muita quantidade mas na ânsia de fazer e fazer e fazer, as vezes esquecemos de fazer o melhor que podemos.
Salomão nos instruiu: para tudo que tivermos que fazer para fazermos com toda as nossas forças, físicas, mentais e intelectuais, ou seja da melhor e mais completa forma; de corpo, alma e entendimento para que façamos tudo perfeito. "Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus" (Mateus 5.48)

Somos a imagem e semelhança de um Deus perfeito, e em Cristo Jesus, fomos feitos filhos do Deus perfeito que criou todas as coisas com excelência e amor, e é isso que Deus espera de nós, que haja amor, dedicação, zelo, capricho, não somente no nosso trabalho secular, mas nas nossas vidas, nas pequenas grandes coisas, como lavar, passar, cozinhar, arrumar, cuidar dos nossos maridos, filhos e ministério.

Façamos o melhor, não o melhor do que o outro, mas o melhor que pudermos fazer assim adoraremos, louvaremos e glorificaremos ao nosso Pai que está nós céus.

Filhos fazem não o que dizemos, e sim o que fazemos, por isso sejamos exemplos para os nossos filhos. Que ele possam reconhecer em nós e em tudo que fazemos as verdades e instruções contidas na palavra de Deus.


 Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.


Todo filho precisa de uma mãe que ora. 

Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.maesunidasemoracao.org

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

FILHOS PEQUENOS E REBELDES...O QUE FAZER?

Entre os 2 e os 3 anos, a criança experimenta uma crise de oposição. Nesta idade, a criança descobre-se como pessoa diferente dos adultos, com possibilidades de independência, e tenta AUTO AFIRMAR-SE opondo-se a tudo. É a idade do "diga você, que eu me oponho", da obstinação, das brigas e da oposição sistemática.
Esta idade se caracteriza, portanto, pelo negativismo e a obstinação. Produz um fortalecimento do Eu infantil que leva a criança a tentar afiançar sua personalidade frente aos adulto, suas leis e suas ordens.

Uma criança nesta idade desfruta "experimentando" a autoridade de seus pais e comprovando se seus desejos podem mais que os de mamãe e papai.

A criança há de passar por esta etapa de oposição. Até necessita dela para crescer. Convém deixar passar a tormenta sem dar-lhe muita importância, mas acompanhar passo a passo....

Outras crianças desobedecem para CHAMAR A ATENÇÃO. Quando uma criança, pelo motivo que for, se sente pouco atendida ou pouco querida é possível que se mostre desobediente para assim reclamar a atenção de seus pais ou professores.

Por exemplo, quando os pais estão muito ocupados, quando dedicam pouco tempo aos filhos, a desobediência é, muitas vezes, a única arma que a criança dispõe para que seus pais lhe prestem atenção. Frequentemente descobrem que a única forma para que Mamãe ou Papai lhes preste atenção é brigando ou portando-se mal.

Por exemplo, se você trabalha muito e passa pouco tempo em casa é provável que seu filho reaja ante sua ausência mostrando-se difícil. É sua forma de atrair sua atenção, de dizer-lhe "aqui estou, dê-me importância". Se você se mostra amável e compreensivo então ele logo recuperará sua conduta habitual.

Também, se os pais têm viajado muito e deixam seus filhos aos cuidados de outras pessoas, é provável que tenham observado que, quando voltam, as crianças inconscientemente se "vingam" mostrando-se desobedientes e inclusive às vezes portando-se mal.

A criança que sente CIÚMES ou INVEJA de seus irmãos pode reagir do mesmo modo mediante conduta negativa se descobre que, com estas, pode converter-se no centro de atenção. 

Além disso, quando uma criança NÃO SE SENTE SUFICIENTEMENTE ACEITA pode reagir mediante comportamentos indiscriminados.

Também devemos ter em conta que as crianças incomodam quando ESTÃO ABORRECIDAS. Se não lhes oferecemos estímulos suficientes elas reagirão mediante condutas inadequadas.

Não é tarefa fácil lidar com crianças desobedientes. Por isso, é comum que os pais percam o controle e a paciência na tentativa de melhorar o mau comportamento dos filhos.

Você deve tomar cuidado também com as ameaças não cumpridas, pois geram ansiedade e falta de confiança, sendo que a criança volta a repetir o mal comportamento já que não tem nenhuma conseqüência ruim em sua atitude.

Já o excesso de permissividade pode ocasionar problemas futuros na vida da criança, pois não conseguirá adquirir consciência dos limites frente à vida, sem parâmetros do “certo e errado”, podendo sofrer diante da realidade mais tarde.

Uma boa alternativa para punir a criança no momento que teve algum comportamento impróprio, seja tirar algo que ela goste muito temporariamente explicando de forma clara, sincera e firme o motivo da sua atitude.

Provavelmente ela irá protestar, mas se houver uma relação de confiança entre você e seu filho, esta acabará compreendendo a sua atitude e, já vai saber o que ocorrerá caso repita o comportamento.

Os limites são imprescindíveis.... Limites são barreiras, regras da casa. Elas são estipuladas pelos pais ao longo do seu crescimento. Sim, pelos pais. Tem que haver acordo. Não é um dizer uma coisa e o outro, dizer outra coisa...

Sem limites e regras será desenvolvido um comportamento rebelde. É igualmente importante equilibrar essas regras fazendo elogios quando os filhos mostram um comportamento positivo. Devem aprender desde cedo sobre cidadania e boa educação, respeitando as outras pessoas, o meio ambiente, aprender a ter responsabilidade com suas tarefas.

Tudo isso faz parte do processo de um crescimento mais sadio da criança, ajudando-o a transformar-se em um adulto mais consciente da realidade e pronto de forma a compreender que é preciso respeitar os deveres e direitos das outras pessoas.

A criança precisa aprender esses valores desde cedo, pois vai tomando consciência do mundo em que vive e percebendo que seus bons comportamentos e boas atitudes refletem boas respostas do mundo que a cerca.


Bom, é lógico que nem tudo corre perfeitamente e como estão num processo de aprendizagem vão cometer muitos erros, mas o importante é que consigam reconhecer erros e acertos neste longo caminho.
Nossa sociedade hoje é repleta de jovens que cometem infrações e crimes indiscriminadamente, pois não tiveram a noção de limites. Acham que podem fazer tudo sem nenhum tipo de punição, prejudicando a si e a outros.

Na orientação quanto a disciplina de nossas crianças não deve haver nem o radicalismo que exige da criança o comportamento perfeito e nem a falta dos valores básicos para a formação da personalidade e isto inclui o respeito como valor primordial.

A educação de nossos filhos deve ser embasada numa relação criança-adulto de compreensão, carinho, amor atenção e sinceridade. São critérios que auxiliam na formação da personalidade e do caráter de forma.

Mas o mais importante de tudo isso, é a oração. Pedir sabedoria, discernimento a Deus, todos os dias...



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 

Todo filho precisa de uma mãe que ora. 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


www.maesunidasemoracao.org

contato@maesunidasemoracao.org
(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

É TEMPO DE ORAÇÃO

Estamos vivendo tempos difíceis, em nossa nação, na economia, na política, nas igrejas, nas famílias.
Uma das expressões mais usadas hoje em dia, e que por isto mesmo já se tornou um refrão em todas as nossas conversações é:

EU NÃO TENHO TEMPO!

Algumas mães dizem que não tem tempo para orar...
Sim, realmente todas nós estamos ocupadas.
A vida hoje, com suas exigências requer muito de nós.


É um nunca acabar de dar-se...
De fazer...
De realizar...
e empreender...

HÁ TANTA COISA PARA FAZER... , mas não há tempo.

Há angústias reprimidas...
Remorsos...
Sentimentos de culpas pelo que deveria ser feito, mas...

NÃO HOUVE TEMPO!

Ah!... quanta palavra de amor e de apreciação que deveria ter sido dita.
Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A carta que esperava uma resposta...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A conversa com o que precisava de compreensão...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A visita ao doente, preso e necessitado...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO!

Parar para ouvir o desabafo de um coração triste e sofredor...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

O olhar que identifica e reconhece que você não é apenas mais um na multidão...

NÃO TENHO TEMPO!

Como numa incoerência o sábio de Deus diz:

HÁ TEMPO PARA TUDO!...

Aí está o segredo: - Tudo tem o seu tempo determinado.
E há tempo para tudo debaixo do céu.
Há tempo para fazer tudo!
Só não há tempo para não se fazer nada.
Só não há tempo para ... CRUZAR OS BRAÇOS.


Precisamos gastar o nosso tempo com o que é essencial, com o que faz a diferença, porque aqui somos apenas peregrinas, mais cedo ou mais tarde voltaremos para casa, e é importante que tenhamos vivido a vida abundante que Deus preparou para nós.

Amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos, orando umas pelas outras , sorrindo com os que sorriem, chorando com os que choram....

Milhares e milhares de mães separam um hora para buscar a presença do Pai por seus filhos e escolas.

É você? É tempo de oração!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 

Todo filho precisa de uma mãe que ora. 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE DEZEMBRO DE 2016

No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF.

O Calendário não substitui o encontro semanal dos PGOs - Pequenos Grupos de Oração de Mães Unidas em Oração.

Se alguma mãe, que pertença ao Ministério, não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link abaixo:
http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org

terça-feira, 29 de novembro de 2016

O PODER DA ORAÇÃO SUPERA A DEPENDÊNCIA



"Tínhamos um vírus em nosso computador ... e nunca sonhamos que isso levaria à descoberta de que meu filho estava baixando pornografia. Logo percebemos que o nosso filho era viciado. Meu marido e eu estávamos angustiados, mas Deus é misericordioso! 


Quando eu era muito jovem, Deus me abençoou com uma compreensão do poder da oração. Eu sabia que a única maneira de fazer com que meu filho adolescente voltasse a vida normal,  era orar mais, e orar  com um exército de mães. 

Juntamente com as mães do meu grupo Moms In Prayer International, nós clamamos pela vida do meu filho. Deus me deu a determinação de ser inabalável mesmo no meio da dor esmagadora que sentíamos como pais. Hoje meu filho não é mais viciado, ele tem a igreja como sua casa, um bom trabalho e uma noiva doce. 
Eu sei que Deus responde  aos clamores  de nossos corações! "

                                                                                     (Uma mãe de oração no Texas, USA)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

DEUS ESTÁ PROCURANDO MÃES QUE ENCONTREM TEMPO PARA ORAR PELOS FILHOS

Mães Unidas em Oração, é uma missão, pois são vidas no altar. Vidas santificadas. Vidas que crêem no Poder da Oração. Vidas que têm "a fé que vê o invisível, que crê no incrível e, que recebe o impossível!"

Precisamos de mães que passem tempo orando na Palavra de Deus, que falem de Deus para seus filhos e dos filhos para Deus.

Precisamos de mães que “derramem os seus corações diante de Deus; que levantem a Ele as suas mãos pela vida de seus filhos.”

A maior influência que uma mãe pode exercer na vida dos filhos é por meio da oração. Temos que priorizar, organizar nossa vida para isso. “Mãe comprometida com Deus só deixa de orar pelo filho quando ela morre!”

Nenhuma outra força na vida de um filho é tão poderosa e influente quanto uma mãe. Veja alguns exemplos de oração.

1. A mãe de George Washington era uma mulher cristã de oração, piedosa, com profundo senso único. Seu filho foi o primeiro e um dos melhores presidentes dos EUA.

2. Suzana Wesley tinha 19 filhos e nunca abriu mão de orar uma hora por eles. Esse tempo era sagrado e seus filhos não ousavam interrompê-la, porque sabiam que ela estava no quarto derramando sua alma diante de Deus em favor de cada um deles. Ela foi mãe de um grande líder do século XVIII, John Wesley, e um dos mais consagrados músicos evangélicos, Carlos Wesley.

3. Outra mãe intercessora foi Mônica, que orou cerca de 40 anos pela conversão de seu filho Agostinho.. Ele era um jovem devasso e completamente resistente ao evangelho, mas ela jamais desistiu de esperar por um milagre de Deus na vida de seu filho. Foram anos de luta, choro, mas um filho de muitas lágrimas não poderia se perder. Noite e dia ela clamava a Deus pela conversão de Agostinho. Agostinho foi o maior expoente da Igreja entre o período dos apóstolos e reformadores. Maior teólogo que a Igreja já produziu depois do apóstolo Paulo e foi fonte de inspiração para Lutero e Calvino.

4. Na família de Tim Cimbala, pastor em Nova York, sua filha primogênita estava se tornando resistente ao evangelho e começou a viver uma vida de rebeldia, mundanismo e pecado. Não demorou muito até se rebelar contra os pais e sair de casa. Seus pais choraram, sofreram e começaram a definhar a ponto de os amigos lhes dizerem para desistirem de procurá-la. Contudo, numa celebração de vigília, uma irmã interrompeu e disse que deveriam chamar por sua filha e todos deram as mãos e oraram. Ali se tornou uma “sala de parto” onde as dores e os gemidos eram expressos diante de Deus. Quando o pastor voltou para a casa ele disse à sua esposa: “Se há Deus no céu, nossa filha já foi liberta hoje”. E ela voltou para casa liberta e sarada.

5. Benedita da Silva Barbosa, mãe do Ministro do Supremo tribunal Federal, Joaquim Barbosa, disse que ora pelo seus filhos todos os dias e que nunca deixou de orar por cada um deles.

6. Assim, também milhares de mães pelo Brasil e em mais 146 países tem alcançado vitórias inauditas, inenarráveis sobre a vida de seus filhos, através do poder da oração.

Precisamos de mães que mesmo na agitação desse mundo sinistro tenham tempo para buscar a Deus em favor dos seus filhos.

Mães Unidas em Oração é um Ministério de Intercessão.


A mãe entende o que é orar através da Palavra de Deus. 

A mãe aprende a ter intimidade com Deus. 

A mãe aprende o que é ser um instrumento nas mãos de Deus.

Começar é fácil, difícil é perseverar. Com fé, coragem e perseverança, milhares de mães pelo Brasil e em mais 146 países tem alcançado vitórias inauditas, inenarráveis, pois tem perseverado anos e anos a fio..

Talvez você já tenha sido uma firme mulher de oração, que intercedia e hoje se encontra fraca. Não desista de orar por seus filhos, Deus está à procura dessas mães.

Não escute o desânimo que lhe diz: não lute!
Ou o fracasso que lhe diz: não tente.
Apenas escute a Deus que te diz: não desista, eu estou com você!

Deus esta tocando em você neste momento?

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

FOI UM SUCESSO O TREINAMENTO DE LÍDERES DE GRUPOS EM PEDRO DO RIO, PETRÓPOLIS, RJ



No dia 22 de outubro de 2016, das 13h às 17h, nossa Coordenadora Nacional Jane Esther de Paula Rosa e a e a irmã Rosângela Fernandes Pereira (Coordenadora do Município de Petrópolis, RJ) realizaram um Seminário para Treinamento de Líderes de PGOs – Pequenos Grupos de Oração de Mães Unidas em Oração no Templo da Primeira Igreja Batista em Pedro do Rio, Petrópolis, RJ Cada mãe conheceu o Programa completo de Oração pelos filhos e Escolas que tem feito a diferença na vida das mães de 146 países. 
Foi maravilhoso ver a ação de Deus na vida das mães presentes. As mães foram desafiadas a orarem por seus filhos e escolas... UM MINISTÉRIO DE MÃE COM MÃE (mãe biológica, adotiva ou espiritual) Em 1984, Deus clamou uma mãe: Fern Nichols Milhares de mães, avós, tias, mulheres em todo mundo se uniram a Fern em oração pelos filhos e escolas! Foi formada a Rede Mundial de Oração. Em 32 anos o Ministério está em 146 países... No Brasil, chegou em 1994. 
Este ano comemoramos 22 anos! 
O Livro: Todo Filho Precisa de Uma mãe que ora, autoria de Fern Nichols é um best Seller. O Livro: Orações Poderosas Para Mães, autoria de Fern Nichols é a base para orações, com Os Quatro Passos da Oração, tanto no A Sós Com Deus ou em PGOs - Pequenos Grupos de Oração. 
O Livreto: Mães Unidas em Oração, autoria de Fern Nichols está traduzido em mais de 50 idiomas, inclusive o Braille. É o guia para as reuniões em PGOs - Pequenos Grupos de Oração. 
Mistério Insondável de Deus! 


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.maesunidasemoracao.org 
contato@maesunidasemoracao.org

terça-feira, 1 de novembro de 2016

DO NADA, A VIDA MUDA


“Amadas Mães Unidas em Oração....

Durante 5 anos participei de reuniões de movimento de oração, em minha Igreja Presbiteriana no Rio de Janeiro, mas nunca tinha sentido em meu coração a necessidade de orar como no 29 de junho do ano passado. Foi então que conheci, Mães Unidas em Oração.

Sempre fui com minha família a igreja, mas não tínhamos compromisso com Deus. Não éramos assíduos e nem tão pouco estávamos presentes nas reuniões semanais. Meus filhos iam quando tinham vontade, quando queriam. Nunca me preocupei em conduzi-los nos caminhos do Senhor. Muito menos da necessidade de participarem, desde pequenos na EBD. Eu era uma mãe displicente com Deus.

Nunca tínhamos sofrido nenhum problema. A vida era muito "normal".

Bem, no ano passado, meu filho mais novo, Benjamim, de 23 anos passou por um dos piores momentos de sua vida e trouxe desespero para todos nós. Ele estava cursando o último período Engenharia de Telecomunicações e foi a um encontro com os colegas em um restaurante ao ar livre na praia de Ipanema no dia 28 de junho, uma sexta-feira para festejar o final do curso.

Na hora, do nada, sem nenhuma explicação senti um aperto no meu coração, e disse para ele não ir. Disse que meu coração estava apertado. Ele disse que não teria nenhum motivo para eu me preocupar, pois o encontro seria com a turma dele e que todos estariam juntos. Não teria nenhum problema. 

Bem, em determinado momento apareceram uns rapazes estranhos que não pertenciam a o grupo e começaram a perturbar as colegas de classe com palavras de baixo calão. Meu filho Benjamim, e mais dois colegas foram falar com eles e pedir que os deixassem em paz. Um dos rapazes começou a discutir com eles e disse que queria ver quem iria tirá-los dali. Thomaz, amigo de meu filho disse que iria chamar a policia. Outro rapaz sacou uma arma e disse que se alguém se mexesse que ele iria atirar. De repente ele atirou e a bala acertou meu filho em cheio. Eles fugiram e meu filho foi socorrido pelos colegas e levado para o hospital. 

Bem, tão logo recebemos a notícia, eu, meu esposo Guilherme, nossos dois filhos: Júlia e Matheus e minha mãe Martha fomos para o hospital. Foram momentos terríveis, de total angústia. 

Assim que chegamos, encontramos alguns dos colegas de nosso filho no hospital. Eles estavam transtornados com o que tinha acontecido. Informaram que nosso filho já estava no centro cirúrgico. Passamos horas sem ter noticias e aguardando a finalização da cirurgia para sabermos exatamente o que estava acontecendo. Nada da cirurgia terminar... 

Quando o dia estava prestes a amanheceu, a cirurgia acabou. O medico veio até onde estávamos e disse que o quadro de meu filho era extremamente grave! Que teríamos de aguardar as próximas 24 horas! A bala tinha perfurado alguns órgãos e que ele havia tido uma parada respiratória durante a cirurgia. Estava no CTI.

Durante o restante da noite eu orei como nunca tinha orado e pedi a Deus pela vida de meu filho! De manhã, enquanto as enfermeiras trocavam o plantão, uma delas ligou a televisão começou a mexer nos canais. Mesmo cansada comecei a ouvir e, em menos de 2 minutos, ouvi uma jovem senhora falando: “- mãe a sua causa não está perdida. Creia no poder de Deus e que Ele poder operar maravilhas na vida de seu filho. Ele está no controle de todas as coisas. Apenas creia!“

Aquela palavra tocou tão forte em meu coração que naquele momento, senti de Deus um refrigério muito grande. Estava perto da recepção, então peguei o numero do telefone e entrei em contato. Quem atendeu foi a irmã Jane Esther. Naquele momento meu coração estava disparado. Disse para ela o que tinha acontecido. Ela orou comigo e disse que estava a disposição para o que eu precisasse. Disse também que outras mães estariam orando.... Foi maravilhoso! 

Ela leu a Bíblia, a Palavra de Deus, no Salmo 91. Eu ouvia atenta todos os detalhes. Fiquei imensamente grata... 

Eu telefonava para ela todos os dias e ela orava por mim. Como me senti consolada. Como foi importante aquele momento juntas... 

Muitas pessoas foram nos visitar, mas a palavra da irmã Jane Esther cravou no meu coração e transformou a vida de meu filho! Eu creio no Poder da Oração! Eu creio no Poder da Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada.

Seu quadro foi melhorando e meu filho disse que sentiu em seu coração no CTI
 o Toque do Espirito Santo.. Ele disse: " - O Senhor Jesus tocou o meu coração. Eu senti a presença dele, comigo."  Aleluia! 

Em menos de 20 dias meu filho teve alta e foi para casa... Não teve como participar da formatura, pois estava muito debilitado. 

Passados dois meses, meu filho já estava bem e participou da formatura no final do ano.
Meu filho, hoje é líder dos jovens na Igreja, onde é membro. Passamos a ter compromisso com Deus. Meus outros dois filhos hoje estão integrados na igreja.

Procurei informações com a irmã Jane Esther de como poderia ser uma Mãe Unida em Oração. Ela me explicou dizendo que, primeiramente a mãe tem que sentir o toque do Espírito Santo. Depois pedir que Deus levante outra mãe com o mesmo propósito e, assim que tiver outra mãe para orarmos juntas, poderia formar o grupo e se reunir onde eu achasse melhor. Que seri bom participar do treinamento para conhecer os Quatro Passos Para Oração.

Hoje tenho meu grupo de oração em minha casa com mais três mães. Tenho a alegria se saber que estou somando com mães de mais de 150 países. Que faço parte deste extraordinário Ministério de oração.

Muito obrigada, Mães Unidas em Oração!"


Mônica Moraes da Costa Fernandes 
 Líder de Grupo de Mães Unidas em Oração no Rio de Janeiro, RJ
(Testemunho publicado com a permissão da mãe)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE NOVEMBRO DE 2016

No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF.

O Calendário não substitui o encontro semanal dos PGOs - Pequenos Grupos de Oração de Mães Unidas em Oração.

Se alguma mãe, que pertença ao Ministério, não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org

sábado, 29 de outubro de 2016

DEZ MOTIVOS QUE LEVAM OS FILHOS A SE TORNAREM DELINQUENTES:

1- Mãe que dá ao filho tudo que ele pede:
A criança crescerá pensando que tem direito a tudo que desejar.

2-Mãe que ri,  quando o filho fala palavrões:
A criança crescerá pensando que o desrespeito é normal e engraçado.

3- Mãe que não repreende o filho por mal comportamento:
A criança crescerá pensando que não existem regras na sociedade.

4- Mãe que limpa a bagunça do filho:
A criança crescerá pensando que os outros podem assumir suas responsabilidades.

5- Mãe que deixa de assistir TV porque o filho grita quando tira do desenho:
Crescerá pensando que não há diferenças entre adulto e criança.

6- Mãe que deixam que os filhos ouçam músicas que vulgarizam a mulher, estimulam sexo sem compromisso e a violência com o diferente:
Crescerá desvalorizando a mulher

7- Mãe que dá ao filho dinheiro a hora que quer:
Crescerá pensando que dinheiro é fácil e não exitará em pegar mais

8- Mães que se colocam sempre a favor do filho, independente de estar certo ou errado:
Crescerá acreditando que os outros o perseguem quando for contrariado.


9. - Mãe que não dá limites ao filho em nenhuma situação
Crescerá sendo um filho insubordinado

10 - Mãe que n
ão leva o filho para EBD, mas deixa-o em casa descansando da semana:
Crescera sem os preceitos, valores do Senhor Jesus!


PORTANTO:
Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se 


desviará dele. (Provérbios 22:6)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

terça-feira, 25 de outubro de 2016

ENTREVISTA COM A COORDENADORA NACIONAL DE MOMS IN PRAYER INTERNATIONAL / MÃES UNIDAS EM ORAÇÃO NO BRASIL, JANE ESTHER

Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa
Entrevista realizada com Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa, Coordenadora no Brasil do Ministério Internacional Moms In Prayer.

Atualmente o Ministério está em 146 países e no Brasil está em todos os 26 Estados e no Distrito Federal.


1. Fale um pouco a respeito de Mães Unidas em Oração?
Fern Nichols

Em 1984, em Bristish Columbia, Canadá, Fern Nichols, com os filhos entrando na adolescência, sentiu a necessidade de orar por eles. Pediu a Deus que lhe enviasse uma companheira de oração que tivesse a mesma preocupação em relação aos filhos. Deus lhe deu Linda Driedeger e na semana seguinte, aconteceu a primeira reunião de oração. Assim surgiu Moms In Touch Internacional, hoje Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração, um Ministério que tem influenciado mulheres do mundo todo.


Élica Braga Almeida
No Brasil, o Ministério, chegou em 1994, na cidade de Sorocaba e Rio de Janeiro através de Elica Braga Almeida que traduziu nosso Livreto, junto com o Pr. Ebenezer Carlos dos Santos, que na época pastoreava a Igreja Batista Memorial na Tijuca, Rio de Janeiro, RJ; Pr. Isidoro Lessa de Paula, que era Ministro de Música Sacra da Primeira Igreja Batista de Niterói, RJ, casado com a americana Barbara Jones de Paula.


Heloiza Helena Ribeiro de Amorim Pimentel
Os grupos foram surgindo e, tempos depois, em 2003 a Prof.a Heloiza Helena Ribeiro de Amorim Pimentel foi visitar sua filha Laura Ogi que mora na Suíça. Lá conheceu o Ministério de Mães Unidas em Oração ficando impressionada. Foi contagiante! Ela trouxe o ministério de Oração para o Brasil. 

Começou com um grupo, e os grupos foram sendo formados, assumindo a coordenação do Ministério. Em 2009, a Prof.a Heloiza Helena, por motivos de saúde na família transferiu a liderança para Prof.a Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa.

2. Por que você decidiu se dedicar a um ministério que trabalha especificamente com mulheres que são mães e cristãs? Qual é a sua história dentro do ministério?


Quero deixar aqui registrada que toda a minha trajetória de vida tem a influência de meus pais: Pr. Ismael Gomes de Souza e minha mãe Diaconisa Dulce Monteiro de Souza. Ambos servos de Deus que dedicaram suas vidas ao Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, lutando, sofrendo e alcançando vitórias inenarráveis.

Voltando um pouco ao passado: Quando eu estava na adolescência, meu pai sofreu um atentado no púlpito da Igreja Batista em Barão de Aquino, localidade da minha infância e adolescência entre as cidades de Nova Friburgo e Sumidouro, interior do Estado do Rio de Janeiro.. Foram momentos terríveis. Em um dos momentos, daquele dia fatídico quando meu pai saiu cambaleando de dentro da igreja e caiu na entrada da casa que ficava nos fundos da igreja (casa que ficávamos nos finais de semana), aguardando por socorro... Vi minha mãe, indo, rapidamente para o quarto. Fui atrás dela e, ouvi ela balbuciar: “Meus Deus, me dê forças neste momento de tanta dor, desespero. Me oriente. Me sustente.” Ela só disse isso e voltou para perto de meu pai... Bem, isto é uma longa narrativa.

Foi a atitude de minha mãe que me tocou profundamente. Vi nela total amor, dedicação, submissão, confiança e entrega a Jesus Cristo! Nunca me esqueci daquele momento. Vi a ação de Deus em nossas vidas...

(Um parêntese: O homem que atirou em meu pai, estava drogado. Não sabe porque atirou nele. Foi condenado e, depois de 8 anos morreu na cadeia com câncer generalizado. Papai sofreu o atentado aos 50 anos de idade e, apesar de tantas lutas, viveu mais 37 anos e faleceu no dia 24 de janeiro de 2013, aos 87 anos.)

Não sabia que mais tarde Deus iria usar aquele momento para eu entender o amor d’Ele e do que Ele é capaz de fazer quando uma mãe ora!.

Voltando a pergunta: Quando morei no EUA, na igreja que frequentava tinha Moms In Touch International. Após voltar, conheci pessoalmente o Reverendo Isaias de Souza Maciel. Comecei a participar das Reuniões da OMEBE – Ordem dos Ministros Evangélicos no Brasil e Exterior. Foi feita uma reunião com algumas mulheres para revitalização do DEFE – Departamento Feminino da OMEBE. A Profa. Heloiza Helena apresentou o Ministério para todos nós. O Reverendo que ficou impressionado com a missão do Ministério dando totalmente apoio Profa. Heloiza Helena, que assumiu a Coordenação do DEFE. Foi então que conheci toda a abrangência do Ministério

Em 5 de fevereiro de 2009, eu e meu esposo, Pr. Joaquim de Paula Rosa fomos convidados pela irmã Heloisa para irmos em sua casa. Na ocasião seu esposo, o nosso querido Pr. Belardim Pimentel estava conosco. Depois de conversarmos, a irmã Heloiza nos convidou para irmos a uma sala reservada e lá nos disse que não tinha mais como continuar a frente do Ministério e que Deus a havia orientado a transferir a liderança do Ministério , que na época chamava Mães em Contato, hoje Mães Unidas em Oração, para mim.

Na hora eu disse NÃO, pois me sentia e ainda me sinto sem condições de fazê-lo. Argumentei com ela: “A irmã conhece tantas mulheres, tantas esposas de pastores que poderiam realizar esta missão? “- Ela apenas me disse: Deus me orientou a entregá-lo a irmã!

Meu esposo, Pr. Joaquim de Paula Rosa, abriu na hora a Bíblia e começou a ler Josué 1:1-

9. Na hora que ele leu o versículo 9: ”Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares. 

Naquele momento senti um grande temor, um arrepio que desceu pelo meu corpo, meu coração disparou, senti um frio nas mãos, sabia que Deus estava comigo, que não deveria temer. Ele falou ao meu coração. Ele me revestiu de um amor sem limites pelas mães do Brasil e do mundo. Sabia que estava diante de uma grande missão, grande responsabilidade, e que eu não poderia temer. Naquela saleta, lá em Campo Grande, Rio de Janeiro, no cair da tarde daquele dia aceitei a tarefa grande comissão! Heloiza, eu e meu esposo, oramos! 


No dia 4 de março daquele mesmo ano assumiu o trabalho em uma reunião na OMEBE – Ordem dos Ministros Evangélicos no Brasil e no Exterior e recebemos a visita da representante de Moms In Touch Internacional, hoje Moms In Prayer International, Maria Tereza Canha. 

Durante 4 anos fui sendo observada e no dia o dia 9 de maio de 2013, veio ao Brasil a Vice-Presidente de Moms In Prayer International, Marlae Gritter e a Diretora dos Ministérios de Campo Sally Burke.. Após intenso treinamento, guindou ao cargo de “Country Coordinator” - (Coordenadora de País). Hoje Sally Burke é nossa Presidente Mundial.

Todo este caminho foi direcionado por Deus. O espaço é pequeno para narrar tantas bênçãos!


Quero deixar registrado o apoio irrestrito que tenho recebido meu esposo Pr.  Joaquim de Paula Rosa na condução do Ministério no Brasil.

2 - O ministério reúne mães que se dedicam em oração por seus filhos e escolas, mas também mulheres que adotam meninas e meninos em oração (sendo mães biológicas, ou não), entendendo que a maternidade pode se dar de forma espiritual, para formar uma nova geração comprometida com Deus?


Com certeza. A mãe espiritual é referência de carinho para seus filhos. A maternidade espiritual é fecundada aos pés da cruz e me ensina que a vida é obra da gratuidade de Deus.

Também faz parte da vocação de ser mãe espiritual a sabedoria, a renúncia e a coragem de dar de graça o que de graça recebemos. Os filhos são de Deus primeiramente, portanto, cuidar e sofrer com eles significa amar até o fim. Filho é filho!

A herança de uma mãe espiritual é uma guerra travada com o inimigo, porque é um ato de amor na formação do caráter, gerado em cada um dos filhos adotado. Não é tarefa fácil, é com oração, lágrimas, súplicas e muita dedicação. Mas vale a pena, porque o resultado é: salvação, libertação, alegria e paz.

3 - Você se considera uma mãe de oração e uma mãe discipuladora?

Sim! Deus tem colocado diante de mim uma responsabilidade de orar pelos nossos filhos e escolas do Brasil e ao mesmo tempo dar suporte espiritual. Tenho filhos espirituais.

Quando Deus pinça, chama, toca uma mãe, sabemos que ali está uma mãe em oração. Ela já é um diamante que será burilada, trabalhada, lapidada, treinada e se tornará em um brilhante iluminando por onde quer que vá outras mães, para novamente transformá-las em novos diamantes e, assim sucessivamente. É assim que treinamos nossas mães em nossas reuniões.

A mãe passa a ter a FÉ que o Dr. Philip Harris definiu bem e que o Pr. Joaquim de Paula Rosa traduziu para o português: A FÈ que vê o invisível. A FÉ crê no incrível. A FÉ que recebe o impossível. Aleluia!

4 - Sempre em contato com muitas mães, quais são as maiores necessidades e os maiores desafios que percebe nelas hoje?


Muitas mães que estão passando por sérios problemas com seus filhos e precisam de apoio. São filhos envolvidos com: roubo, trafico de drogas, vícios diversos, gravidez indesejada, pedofilia, .... A maioria dos e-mails que recebemos é de mães que estão pedindo ajuda para seus filhos que estão mergulhados nas drogas. A maioria começou a usar drogas através dos colegas e, em sua maioria, nas escolas, Universidades e , em alguns casos no trabalho.....

O Ministério Internacional Mães Unidas em Oração é:

1. PREVENTIVO oramos pelos filhos, netos e bisnetos que estão tendo uma vida normal, abençoada. Oramos para que Deus os "blinde" e os guarde do mal;

2. CURATIVO – oramos pelos filhos, netos e bisnetos que estão com qualquer tipo de problemas e que estejam trazendo preocupação para os pais e responsáveis. Oramos para que Deus os cure e guarde e, finalmente;

3. CIRÚRGICO - oramos pelos filhos, netos e bisnetos cujas vidas já PAREÇEM "caso perdido". Pode parecer para nós. Mas, para Deus, não! Para Deus tudo é possível se houver "Mães Unidas em Oração" em favor desses "Pródigos". Eles vão voltar, com certeza. Cremos no Poder da Oração.

Como disse nossa Fundadora e Presidente, Fern Nichols: "Não pense que a oração é uma tarefa simples. É um grande trabalho. No entanto, as respostas de Deus, muitas vezes, nos surpreendem. Isso é que torna a oração tão emocionante."
Quando as mães se unem em oração, o poder de Deus opera de tal forma que o impossível acontece.

"Mãe cristã comprometida com Deus só deixa de orar pelo filho quando ela morre!" e "Nada, absolutamente nada resiste ao poder da oração!" (Jane Esther de Paula Rosa)


5 - Ser mãe é uma vocação?


A maternidade é o maior dom que o Pai Eterno conferiu à figura da mulher. Aquela que assume essa responsabilidade é digna de mérito Divino e de reverência humana. Ela é a fonte de onde emana o existir humano. E é este dom que confere o valor incondicional da vida humana! É a sublime celebração da transmissão da vida! Somente pela fé seremos capazes de compreender tamanho mistério. A condição existencial do “ser mãe” está imersa no Mistério Divino.

A palavra 'mãe' traz significados intensos ao nosso imaginário: as lembranças boas, as dificuldades, as brigas em família, o apoio, o abraço ou o desejo pelo carinho que nunca aconteceu. Todos esses pensamentos nos levam a perceber a vocação de uma mãe: amor incondicional e presente.

Mas podemos observar que a vocação de ser mãe é muito mais do que gerar biologicamente uma pessoa, é cuidar amorosamente de alguém que tomou para si como filho. Mais do que o fruto do seu ventre, ser mãe é tomar para si a responsabilidade pela vida, pela educação, pela criação de alguém.

A mãe dos nossos tempos enfrenta todas as adversidades e desafios que a sociedade lhe impõe, mas seu amor é fiel e ela é zelosa na missão que escolheu e com a qual foi presenteada.

É por isso que, hoje, a lembrança vai para a mulher que é mãe nas mais diversas situações: 


  • aquela que gerou o filho em seu ventre, biológica;
  • aquela que é mãe adotante, do coração – que optou pela adoção como gesto de doação e entrega;
  • aquela que é mãe espiritual, que mesmo não tendo filhos biológicos e adotivos, cuida dos filhos espirituais como se fossem, de fato, seus filhos.

Ser mãe é sim, uma vocação!

6 - Qual é a dinâmica do ministério no Brasil?

A participação no Ministério Internacional, tanto no Brasil, quanto em quase 200 países é a mesma. Começa como "Mãe Intercessora Individual”. Tão logo ela sinta o toque do Espírito Santo para ser uma Mãe Unida em Oração, ela entra em contato com o Ministério.

Nossa divisa está em Lamentações 2:19: "Derrama o teu coração como água diante do senhor; levanta a Ele as tuas mãos, pela vida de teus filhos.” (Lamentações 2.19)

A nossa visão é cobrir todas as escolas do Brasil e do mundo por uma rede de proteção espiritual através das orações de suas mães, sendo um apoio positivo e forte incentivo para que os filhos, suas escolas e seus colegas sejam guiados por altos valores bíblicos, morais e éticos.

Temos como missão encorajar duas ou mais mães biológicas, adotantes, ou espirituais, comprometidas a se reunirem, regularmente, uma vez por semana e orar durante 1 hora, em favor de seus filhos, suas escolas, seus colegas, seus professores, funcionários, diretores e todas as demais pessoas que tenham alguma influência sobre eles, tanto nas escolas quanto na sociedade em geral.

Temos os seguintes propósitos:

  • Orar para que os filhos recebam a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas e que permaneçam firmes na fé.

  • Perseverar em oração em favor dos filhos, seus colegas, professores, diretores e funcionários para que se convertam a Jesus Cristo como Salvador e permaneçam firmes na fé.

  • Orar para que as escolas, diretores, professores e funcionários, onde nossos filhos estudam possam ser guiados por altos valores morais e bíblicos.

  • Encorajar e apoiar as mães que carregam fardos pesados pelos filhos e familiares pródigos.

  • Exercer uma influência positiva e oferecer apoio espiritual às escolas.
7 - Como funcionam as reuniões, quando e onde são realizadas, e os treinamentos, etc?

As reuniões são de PGOs – Pequenos Grupos de Oração. Para formar os grupos, a mãe ora à Deus para que Ele envie outra mãe que esteja disposta a orar toda semana. Numa atitude de fé, a mãe deve convidar outras mães para orar, juntas, em favor dos filhos e de suas escolas. Os grupos são pequenos. Em média de 4 mães. Se passar de 4 o grupo deve bipartir.

Caso a mãe apresente algum obstáculo, para participar NÃO INSISTIMOS! A adesão ao Ministério é voluntária e de coração. Não é por “indicação” ou por “imposição”.

A mãe que é tocada pelo Espírito Santo para participar do Ministério Mães unidas em Oração não apresenta nenhuma desculpa, apenas pede as informações necessárias e faz sua inscrição!  
Ela está assumindo perante Deus o compromisso de Orar por pelos filhos cujos nomes ela colocou em sua Ficha. Por isso que nem toda mãe faz parte do Ministério. Os nomes vão para a Rede Mundial de Oração.

O compromisso de cada mãe, além de orar todos os dias será, orar 1 (uma) vez por semana, durante 1 (uma) hora, juntamente com mais duas ou três companheiras em favor de filhos, netos e bisnetos, de todas as idades, também separa de 3 a 7 minutos para orar diariamente no “A Sós Com Deus”. Temos o nosso Calendário Nacional de Oração.

Cada grupo define o melhor dia e da melhor hora semanal do encontro para orar pelos filhos e escolas. A oração pode ser feita no templo da Igreja, nos lares, na Escola, no trabalho, enfim, será de acordo com a necessidade de cada grupo.

Todas as mães oram pelas escolas deles (desde o Maternal até a Universidade), pelos colegas de turma e de escola, pelos diretores e reitores, pelos professores, pelos funcionários das escolas e pelas demais pessoas com as quais nossos filhos, netos e bisnetos convivem no dia-a-dia usando a Bíblia para guiá-las nessa tarefa, através dos “Os Quatro Passos Para Oração: Adoração e Louvor; Confissão de pecados; Ação de Graças e Intercessão”.

Lembrando-se sempre: o que for dito no Grupo de Mães Unidas em Oração fica no Grupo. É sigilo absoluto. É compromisso com Deus!

Não é um movimento, projeto ou reunião de mulheres.
Não faz parte de nenhuma instituição, organização, igreja ou denominação.
É evangélico, inter e supra denominacional.
Não está vinculado a nenhum grupo político de qualquer natureza.
É um Ministério Internacional de Oração! Uma missão! Um sacerdócio! Um compromisso com Deus da mãe de orar pelo seu filho biológico, adotante ou espiritual). Se o filho não estiver mais estudando, continua sendo filho.


Com relação aos Treinamentos de Líderes de Grupos, é só a líder entrar em contato conosco pelo e-mail: contato@maesunidasemoraçoo.org e receberá todas as informações sobre as normas e procedimentos para realizá-lo.

8 - Quais são as datas especiais do Ministério?

JANEIRO
Dia 9 – Dia Mundial de Jejum e Oração - Pelos filhos, Escolas e pelo Ministério no mundo.

MARÇO
Dia: 15 - Dia da Escola – Jornada Nacional de Oração Pelas Escolas.

MAIO - Mês de Mães Unidas em Oração no Brasil
Segundo domingo - Celebração do Dia das Mães
Último sábado do mês - Celebração do aniversário de MÃES UNIDAS EM ORAÇÃO no Brasil - “Levanta e Clama!

AGOSTO

Dia: 11 - Dia do Estudante – Dia Nacional de Oração Pelos Estudantes

AGOSTO
Dia: 22 - Dia Nacional do Coordenador Pedagógico

SETEMBRO
Terceiro Domingo - Dia Mundial de Oração Pelas Escolas.

OUTUBRO
Dia: 5 - Dia Mundial do Professor - Dia Mundial de Oração Pelos Professores
OUTUBRO
Dia: 12 - Dia das Crianças – Dia Nacional de Oração Pelas Crianças

OUTUBRO
Dia: 15 - Dia do Professor - Jornada Nacional de Oração Pelos Professores

NOVEMBRO
Dia: 12 - Dia do Diretor de Escola - Dia de Oração Pelos Diretores de Escolas.

9 - Últimas informações do ministério e agradecimento?

Deus não chamou uma organização, uma instituição, uma igreja ou uma denominação. Não!  
Deus tocou no coração de uma MÃE: Fern Nichols. 

Fern Nichols é autora de 10 Livros. Quadro deles traduzidos para o Português, sendo que um está esgotado.



  • O Livro: Todo Filho Precisa de Uma Mãe Que Ora, escrito por Fern Nichols, fundadora de Moms In Touch, atualmente Moms In Prayer / Mães Unidas em Oração no Brasil, é um best seller. No momento, encontra-se disponível em vários sites, com preços variados. Comprar a reimpressão de 2015 com logomarca do Ministério Mães Unidas em Oração.


  • O Livreto: Mães Unidas em Oração, com as orientações para realização das reuniões em Grupos, seguindo, biblicamente, Os Quatro Passos Para Oração está traduzido em 55 idiomas, inclusive para o Braille. Este livreto é para todas as mães que já estão cadastradas no Ministério. Em breve sairá uma nova edição revista e atualizada.


  • O mais recente Livro de Fern Nichols, "Orações poderosas para mães", foi lançado pela Editora Thomas Nelson e no momento, encontra-se disponível em vários sites, com preços variados. 


Após 30 anos, o Livro: “Todo Filhos Precisa de Uma Mãe que ora”, escrito por Fern Nichols é um Best Seller e está traduzido em vários idiomas. Nele Fern mostra como envolver e apoiar as mães biológicas, adotantes e espirituais, a orarem pelos filhos e escolas, através das orações persistentes e eficazes. Estimula, em cada mãe, o anseio por uma maior intimidade com Deus, superando a paralisia espiritual, eliminando o medo e transformando a perspectiva futura, cheia do significado de uma vida de oração pautada pela “fé, coragem e perseverança”. Assim, estarão preparadas para as batalhas espirituais que terão que travar para que seus filhos sejam guiados por altos valores bíblicos, morais e éticos. Comece agora. Seu filho agradece.

O Livreto: “Mães Unidas em Oração” está traduzido em mais de 60 idiomas. O livreto foi criado para ajudar as mães aprendem a orar e como começar um grupo de Mães Unidas em Oração. Ele descreve como o Ministério começou; a declaração de visão; missão; propósito; diretriz; o que significa Mães Unidas em Oração; dicas sobre como iniciar seu próprio grupo (com apenas duas ou mais mães!); os Quatro Passos Para a Oração; sugestões para o momento de oração; como orar por uma pessoa não convertida; declaração de fé, e muito mais.

O desejo de cada mãe comprometida com Deus é de estar envolvida na vida dos filhos através da oração, pedindo ao Senhor para protegê-los de danos, para ajudá-los a saber a diferença entre certo e errado, e para orientá-los na tomada de boas decisões.

No início, no ano de 2009, algumas pessoas foram imprescindíveis para mim: Rev. Izaias de Souza Maciel (OMEBE); Lucia Margarida Pereira de Brito (Secretária Executiva da União Feminina Missionária Batista do Brasil); Elza Santana do Vale (Redatora da Revista Visão Missionária); Pr. Flavio Vieira Lima e Helga Kepler Fanini (Programa REENCONTRO), Stefany Hellen (Designer Gráfico); Orli Bernardes (Jornal Nosso Tempo). Também não posso me esquecer das irmãs que me sustentaram em oração: Ester Heva, Sara Couto, Norma Couto e Dulce Monteiro de Souza. Mas principalmente sou grata ao meu esposo, Pr. Joaquim de Paula Rosa, pelo apoio incondicional!

Hoje, não teria como enumerar todas as pessoas que Deus colocou no meu caminho, durante estes 7 anos para que o Ministério chegasse até aqui. 

Deus levantou mães diamantes, que se tornaram brilhantes no Ministério no Brasil. Coordenadoras Regionais, Coordenadoras Municipais, Coordenadoras de Área, Coordenadoras nas Igrejas e Líderes, todas com seus PGOs- Pequenos Grupos de Oração. Mães que não medem esforços para cumprir o ide de Jesus, anunciando a todas as mães que tudo é possível ao que crê e que a causa de nenhuma de nós está perdida, pois Deus detém o controle de tudo. Aleluias!

Sou grata ao meu Deus pelo grande privilégio de serví-lo em Moms In Prayer International/Mães Unidas em Oração no Brasil, pois em nada tenho a minha vida preciosa para mim mesma, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.
(Atos 20:24)
Agradeço a Assessoria de Imprensa do Ministério pela entrevista


INFORMAÇÕES E CORRESPONDÊNCIAS:

MÃES UNIDAS EM ORAÇÃO NO BRASIL 

Avenida Marechal Floriano, 143 – 4º andar – Centro

20080-005 - Rio de Janeiro, RJ

Telefones: (21) 3242-1778 / 98214-2870 / 99212-0548

Site Internacional: momsinprayer.org 

Site Nacional: maesunidasemoracao.org

Blog: maesunidasemoracao.blogspot.com.br