Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

ORAÇÕES COM AS ESCRITURAS

Esta é a confiança que temos para com Deus: Que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve - 1 João 5:14

The Brothers Grimm conta a história da Bela Adormecida, que abre com todas as fadas do reino trazendo presentes batismais para uma princesa infantil. Uma fada dá beleza, outra virtude, uma terceira concede bondade, e assim por diante até que a menina tem tudo o que ela precisa para crescer uma jovem mulher sábia e encantadora.

Lendo essa história para minhas próprias filhas, eu costumava imaginar que essas bênçãos eram tão fáceis de se encontrar. Bastaria dar uma festa de batizado, convidar todas as fadas, e ... pronto!  O meu filho seria coberto.

Mas Deus nos dá outra - melhor - maneira de fornecer esses dons (e muitos mais) para os nossos filhos. Ele nos convida a orar. E, de fato, de acordo com muitos estudiosos da Bíblia, Deus nos ordena a orar antes que Ele possa ir ao trabalho.


Por que orar pelas crianças?

Cerca de 250 anos atrás, o evangelista britânico John Wesley escreveu que "Deus não faz nada na terra, salvo em resposta a oração de fé"; muitos pastores e autores contemporâneos ecoaram este pensamento, observando, como evangelista do século XIX Andrew Murray fez, dizendo que "o que Deus está dando está inseparavelmente ligado com a nossa pergunta".

A Bíblia apoia esta ligação. Uma e outra vez, Deus diz: "Pede-me, e eu dou" e "Se o meu povo se humilhar, e orar, então farei". . . e, "peçam, e será dado a vocês. "

Além disso, não há evidência bíblica que há momentos em que a nossa incapacidade de pedir a Deus por algo resulta em sua exploração de volta às bênçãos ou proteção que ele queria fornecer (ver, por exemplo, Ezequiel 22: 30-31). Não importa como você interpretar passagens como esta, uma coisa é clara: Deus quer que oremos.

Como mãe, eu sempre vi a oração como uma parte natural do processo de paternidade, e eu sempre orei pelos meus filhos. Mas por muitos anos minhas orações tendem a correr ao longo das "Deus abençoe Johnny" linhas. Eu pedia a Deus para ajudar os meus filhos em seus testes de ortografia, protegê-los em viagens, e restaurar sua saúde, quando chegasse a gripe ou uma febre. Raramente, porém, fiz orações mais criativas do que isso.

E então eu me envolvi com um grupo chamado Mães Unidas em Oração. Com base nos versículos da Bíblia como João 15: 7 ("Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será dado") e Jeremias 01:12, amplificado ("Eu sou alerta e ativa, prestando atenção sobre a minha palavra para a cumprir "), as mães em oração possuem a tática de usar a própria Bíblia - palavras reais de Deus - como base para suas orações.

Aqui está o que eu quero dizer. Versos como Efésios 4:32 ("Sejam bondosos e compassivos uns com os outros, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo vocês") pode ser reformulado em orações maravilhosas para seus filhos sobre como tratar uns aos outros:

Oro para que meus Hillary e Aneslley sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-vos uns aos outros assim como Deus em Cristo  os perdoou.

Versos como 2 Timóteo 2:22 ("Foge das paixões da mocidade, e segue a justiça, a fé, o amor e a paz, com aqueles que invocam o Senhor com um coração puro") pode servir como uma oração para os amigos:

Oro para que Virginia e Robbie fujam de maus desejos e sigam a justiça, a fé, o amor e a paz, desfrutando da companhia de crianças que invocam o Senhor e têm corações puros.

Não são apenas as orações como estas mais interessante e criativas do que as que eu utilizava, mas  porque elas vinham em linha direta da Bíblia, elas carregam todo o peso e poder da palavra de Deus. Como Deus diz em Isaías 55:11,"a minha palavra. . . não voltará para mim vazia, mas fará o que eu desejo e atingirá o objectivo para que a enviei. E como o autor de Hebreus aponta," a Palavra que Deus fala é viva e cheia de energia" (tornando-se ativa, operacional, enérgica e eficaz). "

(Jodie Berndt)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


quinta-feira, 29 de outubro de 2015

A IMPORTÂNCIA DAS MÃES COMO COLUNAS ESPIRITUAIS DOS FILHOS

No livro do profeta Isaías, se encontra uma promessa linda. Ela está no capítulo 49, verso 15, que diz: “Pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti.” (Is. 49.15.) Este verso bíblico, nos aponta duas realidades: o amor de Deus e o amor de mãe. Deus é o sustentador da nossa vida, o ajudador que não nos desampara jamais; e a mãe, é a expressão desse amor aqui na terra. Com este versículo Deus mostra quão grande é o amor de mãe a ponto de compará-lo ao seu amor.

Neste versículo, o Senhor nos mostra algo que, num primeiro instante, parece até mesmo impossível de acontecer: uma mãe abandonar o seu filho. Mas caso isto ocorra, Deus jamais abandonará os seus. O que mais Deus quer dizer com esta palavra?

Pense comigo: se um amor de mãe é tão grande, imagine o de Deus? É interessante observar que Deus não usa alguma coisa da natureza para comparar ao seu amor. Ele usou o amor de mãe, um amor de forte ligação. Desta forma, podemos perceber quão grande também é o amor de uma mãe para com o seu filho. E é sobre isto que iremos falar nesta mensagem: a importância das mães na vida dos filhos.

A importância delas pode ser comprovada nos pequenos detalhes do dia a dia. Por exemplo, as mães não gostam que ninguém fale mal dos seus filhos. Eles podem ser o que for, mesmo assim elas defendem com ímpeto cada um deles. As mães também não desistem dos seus filhos incrédulos ou aqueles que estão ‘mortos’ espiritualmente. Enquanto houver fôlego, elas intercedem pelo retorno deles aos caminhos do Senhor.

A força do amor de uma mãe encontra exemplo em duas passagens bíblicas. A primeira, quando a mãe de Moisés – Joquebede – para livrar o seu filho das mãos de faraó, esconde-o por três meses e depois o coloca em um cesto. Ele foi achado pela filha de faraó que o criou como se fosse o seu filho. Depois, a filha de faraó chamou a mãe de Moisés para criá-lo; a única diferença é que a filha de faraó pagou salário a ela.

A segunda, foi a passagem na qual o Rei Salomão julga com sabedoria a causa de duas mulheres. Uma das mulheres afirmava que o filho era seu, a outra também afirmava a mesma coisa, pois um dos filhos estava morto (confira em 1Rs. 3.16-28). De forma sábia, o rei disse que iria partir o menino ao meio e daria a metade para cada uma. Porém, veja o que diz o verso 26: Então a mulher, cujo filho era vivo, falou ao rei (porque o amor materno se aguçou por seu filho), e disse: Ah, meu senhor! Dai-lhe o menino vivo, e de modo nenhum o mateis. A outra, porém, disse: Não será meu, nem teu; dividi-o. (1Rs. 3.26.) Ou seja, para não ver o seu filho morto, a verdadeira mãe preferiu vê-lo nos braços de outra mãe. Enquanto a falsa mãe, com aspereza de coração, diz ao rei para dividi-lo.

Essas passagens nos mostram a forte ligação de uma mãe para com o seu filho. Ela é capaz de dar a sua vida por ele. Isto só vem ressaltar a importância de uma mãe na vida de seu filho. As mães são autoridades espirituais sobre a vida deles. E essa autoridade é dada por Deus. É por meio dela que a mãe tem o discernimento para perceber as coisas.

Quando um filho sai de casa ou faz algo errado, muitas mães alertam: “Filho, cuidado!”, outras dizem: “Filho, não vá neste lugar, pois não sinto paz no coração a esse respeito”. É o discernimento que Deus dá às mães.

O laço entre mãe e filho é tão forte que até mesmo uma mãe não evangélica sente inquietude ante a noção de perigo. Muitas dizem: “Eu estou com um pressentimento ruim”. Na verdade, não é um pressentimento, mas um discernimento dado pelo Pai Celestial.

Os pais têm uma importância tão grande para os filhos, que podemos afirmar que eles são os primeiros pastores deles. São os pais que vão ensinar, proteger e instruir cada filho. Eles vão reger as diretrizes, serão colunas de sustentação. Por isto está escrito: “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.” (Pr. 22.6)

Uma palavra aos filhos


São vários os versículos que falam a respeito dos filhos honrarem aos pais. Será que Deus ordenaria isto sem motivo? Em vão? Não, claro que não, pois no mundo espiritual a responsabilidade dos pais sobre a vida dos filhos é muito grande. É como diz um provérbio nórdico: “A bênção dos pais funda a casa dos filhos”.

Na carta de Paulo aos Efésios 6.1-3, diz: “Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe que é o primeiro mandamento com promessa. Para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.” (Ef. 6.1-3.)

Pertinente observar a mensagem contida nestes versículos. Neles nós vemos uma ordenança: Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe que é o primeiro mandamento com promessa. E duas promessas: Para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. Creio que essa “longa vida” se refere não somente a anos de vida, mas também a vida em abundância que só Jesus pode dar.

Sensibilidade


Se o filho tiver a sensibilidade espiritual para reter, aprender, assimilar os ensinamentos e respeitar a mãe como autoridade não só hierárquica, mas, principalmente, espiritual, o filho será bem-aventurado.

Existe uma grande diferença entre aquele filho que simplesmente vê a sua mãe daquele que a enxerga. Muitos filhos não valorizam as horas que a sua mãe gasta fazendo algo por eles. É preciso não só ver, mas enxergar os feitos de cada mãe.

O amor delas é muito mais além do que pensamos, existe uma ligação muito forte. O primeiro alimento é dado pela mãe por intermédio do cordão umbilical e depois pelo leite materno. E mesmo que o filho cresça, a mãe continua sendo uma coluna espiritual. Oferecendo ao filho o alimento sólido, baseado na Palavra de Deus.

E se o filho se casar? A mãe continua sendo coluna espiritual. É claro que a prioridade passa a ser a família constituída pelo filho, mas a mãe continua sendo coluna. Como? Orando e guardando os filhos espiritualmente.

(Ana Paula Costa)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
contato@maesunidasemoracao.org


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

CONVERSANDO COM DEUS

Imagine reunindo-se com o seu melhor amigo para tomar um café na sua lanchonete favorita. Seu amigo sabe tudo sobre a sua vida. Você pode contar que seu amigo estará exatamente onde disse que estaria. Quando precisar dele, você pode ligar e ele não vai ficar chateado. Ele está disposto a ouvir e sempre responde com amor e interesse.

A oração também é assim. A única diferença é que o seu melhor amigo é Deus.

Deus lhe está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ele sabe tudo o que você tem feito e ainda o ama tanto que deu o Seu Filho para que você pudesse estar com Ele para sempre. "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

Você pode conversar com Ele sobre qualquer coisa que lhe preocupe. Compartilhe os seus desejos, paixões e as suas preocupações por seus entes queridos. Fale sobre os seus medos.

Comunique a Deus o que está dentro de você sem medo.

Oração - O que posso dizer?  A oração pode ser realizada de muitas maneiras. A melhor maneira é ser natural, como se estivessem juntos na sala de estar. Ele está muito ansioso para ouvir cada palavra que você diz. Compartilhe o que estiver em seu coração. Ele até mesmo escuta a sua raiva e tristeza.

Em Mateus 6:9-13, Jesus ensinou aos discípulos um padrão para a oração. "Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal."

Oração - Por que orar? Por que a oração é importante? Se Deus já sabe tudo sobre você e tudo que há para saber, por que você deve orar? Porque Deus nos criou para ter livre-arbítrio. Ele quer que nos aproximemos dEle de boa vontade e não como criações robóticas. Ele nos deu uma mente para tomar decisões e a decisão mais importante é sobre a eternidade. Embora saiba o que acontecerá no futuro, não sabemos que futuras escolhas faremos. É importante viver de acordo com a Sua orientação para tomar as escolhas certas.

Na Bíblia você encontrará reis, profetas e pessoas comuns como eu e você que evitaram a destruição por meio da oração a Deus. Uma oração parou o sol, outra fez que fogo descesse do céu, outra adicionou quinze anos à sua própria vida e uma outra oração ainda salvou uma cidade inteira. Essas pessoas oraram intensamente ao Deus que responde à oração.

Ao orar, Deus escuta o seu clamor. Quando você não ora, Deus se sente excluído de sua vida. "O Senhor... é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se" (2 Pedro 3:9 b). Ao orar consistentemente, você está afirmando a existência de Deus em sua vida. Você está construindo a sua fé ao ver a mão de Deus fazendo a Sua obra poderosa a seu favor só porque você pediu.

"Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á" (Mateus 7:7-8).

(AllAboutGOD)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

SEIS ORAÇÕES VITAIS PELOS FILHOS

Atualmente tudo o que temos que fazer para ficar preocupados ou com medo por nossos filhos é acordar todas as manhãs! Existe medo e dúvida em torno de nós e de como vivemos.

Qualquer um pode olhar para a condição da sociedade ou no comportamento de seus filhos e ter medo. Mas Deus nos chama para ser sal e luz na terra (Mateus 5:13-14). Nós não temos o espírito de temor (2 Tm. 1:7).

Então, como podemos manter nossos filhos protegidos todos os dias quando as coisas não parecem tão boas? Ao dizer o que Deus diz; ao falar a Sua Palavra com fé sobre eles. Se formos por aquilo que vemos, é fácil ter medo. Mas a fé crê em algo que não pode se ver!

Em Romanos 4:17, a Bíblia diz que Deus chama as coisas que não são como se já fossem. Eu acredito que você e eu podemos fazer isso também, há poder em nossas palavras!

Aqui estão seis orações vitais que vão ajudar o agir de Deus na vida de seus filhos:

1) Deus tem um plano perfeito para o meu filho (Jr. 29:11; Rm 11:29)



“Pai, obrigado pelo maravilhoso plano divinamente ordenado que o Senhor têm para a vida do meu filho. Eu proclamo que eles andarão nele hoje. Declaro que eles vão cumprir o plano de Deus e eles terão um futuro brilhante!"

2) O Espírito Santo ajuda os meus filhos (1 João 4:4; 14:16 )

“Quanto mais o Senhor estiver presente na vida dos meus filhos hoje, mais irá ajuda-los, orienta-los, incentiva-los, protege-los e capacita-los. O Senhor é maior do que qualquer plano ou a força do inimigo e faz com que os meus filhos possam superar todas as situações da vida". 

3) Eu me recuso a ter medo (2 Timóteo 1:7, Marcos 5:36) 

“Pai, eu me recuso a ter medo de meus filhos caírem nas garras do inimigo, eu vou cercá-los com fé e com o amor de Deus, eu profetizo que serão bem sucedidos, felizes, protegidos e saudáveis. Sempre que eu pensar em meus filhos e em seu futuro, eu terei uma mente sã. Imaginarei todos rodeados com poder, benção e proteção de Deus".

4) A nossa família anda no amor (1 Coríntios 13:4-8; Ef 5:1-2)

“Meu relacionamento com meus filhos é abençoado; andamos em amor uns com os outros e desfrutamos da união uns com os outros como Deus planejou. O amor é livre para reinar em nossa casa. Nós não permitimos contenda ou divisão, mas declaramos que a nossa casa está repleta de paz e harmonia. Dá-nos sabedoria, Pai, para abençoar e ajudar uns aos outros".

5) A paz reina no coração e na mente dos meus filhos (Is. 54:4;. Colossenses 3:15)

“Meus filhos são ensinados no Senhor, para que eles tenham a paz de Deus sobre eles em todos os sentidos da palavra integridade. Que o Senhor passe a os orientar no caminho reto para nunca sairem do Seu propósito. Meus filhos trarão paz em nossa família e não discórdia e contendas".

6) Meus filhos são diligentes (Pv. 10:4; 2 Pedro 3:14)

“Meus filhos não são preguiçosos, mas trabalhadores que perseveram, mesmo quando a situação é difícil, eles são constantes, sérios e enérgicos. Devido a isso, eles não vão ser pobres de espirito e de corpo, mas ricos, de acordo com a Palavra de Deus".

Como cristãos, não temos que ter medo, podemos ter fé! Nós podemos viver acima das provações deste mundo, quando nós mantermos nossos olhos no Senhor. Ao fazer estas orações para os seus filhos, fique à espera de ver os resultados sobrenaturais que vão vir sobre eles!

(Karen Jensen)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org




domingo, 25 de outubro de 2015

MÃE QUE ORA PELOS FILHOS

Se você é mãe ou avó, Deus lhe deu autoridade para orar por seus filhos. Você os conhece melhor que qualquer outra pessoa. Conhece suas esperanças, seus temores, suas preocupações, suas inseguranças, seus sonhos, seus talentos e suas habilidades.

Deus lhe confiou não só o cuidado das necessidades de seus filhos, como também lhe deu um meio de abençoá-los: a oração. A coisa mais importante que você pode fazer como mãe é orar diariamente para que a proteção, a orientação, a sabedoria e o amor divino sejam infundidos na vida deles. Embora você não possa estar a cada momento com eles, Deus pode.

Ao interceder por seus filhos, peça que Deus lhes dê discernimento nas escolhas que tiverem de fazer. Ore para que o Senhor os proteja das armadilhas do inimigo e que rejeitem o mal. Ore para que gostem de aprender e descubram os dons e as habilidades que Deus lhes concedeu. Ore para que a vida deles traga glória a Deus e esperança e cura para os que os cercam.

A oração é o melhor presente que você pode dar a seus filhos. Eles prosperarão sob os cuidados e o poder de uma mãe que ora.

“Pai, ensina-me a orar por meus filhos e netos. Abençoa-os com o conhecimento de quem Tu és e ajuda-os a viver de acordo com Teus preceitos. Capacita todos eles a reconhecer os dons e os talentos que lhes deste e a seguir a Tua orientação à medida que os desenvolvem e os usam para Tua glória”.

(Stormie Omartian)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

ENEM

Seu filho ou filho de alguma amiga de oração vai participar do ENEM? Orem para que Deus esteja abençoando os filhos nesses momentos de exame para cursarem uma Faculdade.... Que Deus esteja no controle de sua mentes, corações e que acima de tudo seja feita a Vontade de Deus!
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

A FÉ COMEÇA EM CASA

“Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer.” (Provérbios 21:1)

Nós sempre fizemos nossos cultos domésticos, os quais sempre foram motivos para os nossos filhos se prepararem para o momento esperado.

Marcávamos um certo dia e horário e todos se preparavam, escolhendo músicas e versículos para pregar, pois às vezes dávamos a oportunidade para eles realizarem o culto.

Certo dia, cheguei do trabalho e realizamos nosso cultinho. Um deles pegou as tampas de panela da Telma e uma colher de pau e usou como instrumento para tocar bateria no culto, a nossa filha cantava e o menino mais velho pregava.

Neste dia, após as canções, a pregação da Palavra foi no Salmo 133. Ele usou apenas o primeiro versículo dos três deste salmo, e falou bem, mas se usasse os outros dois versículos poderia ter pregado um pouco mais sobre o tema comunhão. Então lhe disse:

— Este salmo tem apenas 3 versículos, poderia ter lido todos eles e explanado.

Com muita segurança ele respondeu:

— Esta tarde estava orando sobre o que pregar e o Senhor me deu palavra apenas para este versículo.

Queridos, eu fiquei desconcertado. Um menino de uns 9-10 anos falando com uma segurança que muitos adultos não possuem. Esta segurança ele havia obtido em oração, na qual havia sido ensinado pelos seus pais e, mais do que isto, vivenciado em família observando seus pais.

Aquele que tocava nas panelas hoje toca bateria na igreja em louvor ao nosso Deus, assim como prega a Palavra e é conselheiro de adolescentes. O outro é pregador da Palavra e conselheiro de jovens.

Hoje, todos eles cresceram e devido aos horários diferentes, usamos os períodos das refeições para falarmos da Palavra. Ocorre de muitas vezes ficarmos bastante tempo falando da Palavra e aprendendo um com o outro, e este tempo torna-se um momento especial em família.

Temos ensinado o mais novo na Palavra e na oração. Toda noite oro com ele e certo dia pedi a ele que orasse. Ficou um pouco sem jeito, então comecei a ensinar como deveria orar.

Jesus também ensinou seus discípulos a orar e lhes deu a oração do Pai Nosso. No meu caso expliquei a ele as etapas de uma oração conforme o Pai Nosso e depois fui gradativamente deixando ele formular orações mais longas.

Hoje ele ora pelas refeições e por si mesmo sempre que necessário, mas um dia aconteceu algo pitoresco.

Logo que o ensinei sobre como orar, acabei precisando viajar a serviço. Naquela noite, Telma o colocou na cama e perguntou:

— Quer que eu ore por você?

— Não precisa mamãe, o papai já me ensinou a orar, eu mesmo oro.

Nem preciso dizer que a Telma ficou maravilhada, pois enche os nossos corações de alegria quando nossos filhos aprendem conosco e reproduzem nossos atos. Por isto, que nossos atos sejam sempre de amor e compreensão.

Muitas situações em nossas vidas são superadas primeiramente na oração e depois pela fé se tornam realidades.

Telma sempre fez uma oração muito bonita e sábia pelos nossos filhos:

Que eu possa ser a mãe que meus filhos precisam ter para que na fase adulta não tenham dificuldades no relacionamento com as pessoas e com Deus. Amém!

Ela ora assim porque o que somos pode influenciar a forma como nossos filhos são educados, e assim, estava sempre disposta a ser moldada por Deus a fim de que nossos filhos pudessem ser como são.

O nosso chamado como pais é de formar filhos sadios e preparados para a vida e isto só pode ser obtido indo até o Autor e Consumador do gênero humano através da oração.

O versículo acima nos diz que Deus é aquele que inclina o coração de qualquer pessoa, até da maior autoridade existente na terra, o rei. Isto se estende ao cônjuge e aos filhos.

Portanto, leve tudo a Deus em oração, pois se há algo que necessite ser mudado na vida dos seus filhos ou cônjuge, Deus os inclinará, mas se for na sua própria vida, Deus lhe mostrará o que precisa fazer para alcançar a vitória.

Apenas ore, confie e continue sua caminhada. Certamente irá colher as bençãos.

“Senhor Jesus, que eu possa ser o pai/a mãe que meus filhos precisam ter para que na fase adulta não tenham dificuldades no relacionamento com as pessoas e com Deus. Atua em nossos corações e traga paz e harmonia ao nosso lar. Amém!”

(Luis Antonio Luize)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
contato@maesunidasemoracao.org


quinta-feira, 22 de outubro de 2015

A ORAÇÃO

Ao falarmos de vida cristã, piedade e uma vida que busca aquele a quem a alma anseia, é impossível não falarmos de oração. A oração é mais do que um rito, ela não é meramente o cumprimento de uma norma sacra, a oração não é meramente o falar com Deus, orar, é estar com Deus, à oração nos leva a experiência graciosa de sua doce presença. R.C. Sproul certa vez disse que Deus nunca nos prometeu sentirmos sempre sua presença, mas, que estaríamos sempre em sua presença.

Inclinando-nos sobre o texto sagrado temos o exemplo de vários personagens bíblicos que foram grandes homens de oração. Ao começarmos com Enoque que diz a Escritura que ele andou com Deus, ninguém anda com Ele sem orar, porque orar nos leva a sua presença bendita e nos aniquila, limitando-nos e forjando-nos a sua gloriosa vontade.

Ao tratarmos aqui sobre o tema da oração, também não estamos somente falando da oração feita nas reuniões públicas da igreja, ou nos momentos que precisamos de socorro da parte de Deus, mas, falamos de uma vida de oração. Como Moisés, como Elias, como Jeremias, como Daniel, como Pedro e João e como não citar nosso amado Cristo, que nos legou grandes exemplos de uma vida de Oração. Certa vez perguntaram a A.W. Tozer o que era mais importante, o estudo das Escrituras ou uma vida de oração. Ele prontamente respondeu o que é mais importante para um pássaro à asa esquerda ou direita?

Temos hoje de forma assustadora uma obsessão por leitura, estamos sempre lendo e lendo. Estamos no trânsito, estamos lendo, estamos esperando um atendimento médico, estamos lendo, estamos em casa, estamos lendo. Quando não estamos lendo estamos fazendo alguma outra coisa, entenda-me não estou dizendo que essas coisas não são importantes, também leio bastante durante meu dia, até porque meu trabalho é ler e escrever sempre, mas, contabilize o tempo que você passa lendo e o que você passa orando, veja quanto tempo você ora por semana, quando lemos os escritos do reformador João Calvino temos uma agradável surpresa, para muitos Calvino falou mais na doutrina da predestinação do que qualquer outra, certo? Errado. Ele falou mais sobre oração. Vejamos:

"A fim de orarmos corretamente a Deus, deixemo-nos dirigir por essa regra: não distraiamos nossa mente com esperanças várias e incertas, nem dependamos do auxílio mundano, mais deixemos com Deus a honra de elevar nossos corações a ele em oração sincera e fervorosa". [1]

"A genuína e fervorosa oração provém, antes de tudo, de um real senso de nossa necessidade, e, em seguida, da fé nas promessas de Deus". [2]

A oração era enfatizada para o reformador como uma das coisas mais importantes em nossa vida, é nosso estar com Ele, como dizia Paulo: Orai sem cessar.

Essas orações dirigidas ao Deus eterno não são vazias e sem respostas, Calvino diz:

"Deus responde aos verdadeiros crentes quando mostra através de suas operações que ele leva em conta suas súplicas". [3]

"Além de tratar da oração como o elevar de nossa alma ao Deus redentor, Calvino ainda nos diz que a oração tem primazia na adoração e no serviço a Deus". [4]

A oração banha nosso culto, nossos afazeres, nosso serviço. Orar é vital para uma vida cristã saudável.

Uma das grandes obras de Calvino foi também o livro dos Salmos, esse livro o maravilhava, tanto por sua profundidade ímpar em demonstrar e descrever todos os estados de espírito do homem: tristeza, alegria, angústia, celebração, júbilo, louvor, terror, desespero. Falando do livro dos Salmos ele disse:

Tudo quanto nos serve de encorajamento, ao nos pormos a buscar a Deus em oração, nos é ensinado nesse livro.

A oração é refrigério para alma, não porque devemos orar por orar, mas, devemos orar porque orar é demonstrar dependência do divino, é ansiar e necessitar como terra seca e árida por chuva. Orar é migrar para a santa presença, é não titubear em desejar o alento de Deus e o amparo do Pai celeste, orar é desfrutar de momentos singulares com Ele, é apalpar nossa união com Cristo, é deleitar-se no noivo, é um antegozo das bodas. Orar é respirar Sua vida é desfrutar Seu poder, é viver abundantemente. Um dia os discípulos fizeram um pedido especial a Jesus ensina-nos a orar. Podemos orar assim também rogando que nos ensine a não dormir como Pedro, João e Thiago no monte da transfiguração e no Getsemani. Oremos por seu ensino sobre orar, seu exemplo é o principal para nós, Ele orou, Jesus orou.

Que a oração dia a dia regue nossas decisões, nossa vida, nosso culto, nossos afazeres.

(Por Thomas Magnum)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org



segunda-feira, 19 de outubro de 2015

SEM ESSA LUZ EU ME PERCO!

Sentir a presença de Deus é algo maravilhoso, o dia fica diferente, muito mais alegre e verdadeiramente completo. Analisando em minhas próprias experiências, tirei algumas conclusões que considero importantes.

 Por exemplo: “Porque na maioria das vezes eu não acordo da mesma forma que eu fui dormir?” Talvez isso tenha algum sentido... Sabe, não existe um avivamento único. Um avivamento pode sim mudar a nossa história, mas para que isso aconteça temos que nos encher a cada dia, a cada momento. 

Muitas pessoas não se tornam verdadeiros seguidores de Cristo porque não entendem esse processo, não se alimentam... Os “avivamentos de final de semana” são ótimos, mas não vão te alimentar pra semana toda, esse avivamento deve ser diário. 

Como diz certa música: “Eu preciso te sentir todo dia, e olhar pra Tua luz pra não me perder...” Acontece exatamente dessa forma, cansei de me perder por não olhar pra Deus todo dia. Como temos a coragem de levantar da cama e seguir as nossas vidas, sem antes olhar pro Pai e agradecer por estar acordando, sem pedirmos direcionamento para o dia que vem pela frente... Como podemos!?

Nós precisamos da presença de Deus. O próprio Jesus nos alertou em sua oração, nos deu esse direcionamento precioso e essencial. Deus olha pra você todos os dias, Ele tem tempo pra você! Será que na sua vida tão corrida sobra um tempinho pra bater um papo com Ele? Esteja disponível, e busque a Deus Todos os dias, assim, jamais se perderá.

(Lucas G. Ferreira)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


quinta-feira, 15 de outubro de 2015

ORAÇÃO DO PROFESSOR

Que eu possa ter a sabedoria e o discernimento em saber como satisfazer as necessidades individuais de cada aluno (acadêmica, físico, espiritual).

Que sejam feitas escolhas sábias para materiais didáticos de cada ano escolar.

Que eu possa manter a disciplina do tempo agendado que foi estabelecido para instrução, sendo diligente em seguir tudo o que se espera de mim como um professor.

Que eu possa permanecer flexível às necessidades dos alunos, mesmo que precise de um ajuste de horário.

Que eu possa sempre me esforçar para construir o caráter e as habilidades acadêmicas nos meus alunos.

Que as minhas habilidades organizacionais possam aperfeiçoar-se.

Que possa ter paciência, recordando que eu sou a representante de Deus aos meus filhos.

Que eu possa usar Suas Palavras para mostrar seus padrões para eu e meus filhos.

Que eu possa sempre recordar que o meu objetivo na escola e em casa é porque Deus me conduziu a este compromisso.

Que eu possa exibir caráter semelhante, ao de Jesus.

(Guia do Líder/ Mães Unidas em Oração)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


PÁRABOLA DO PROFESSOR

És o semeador da parábola.
Não te preocupes onde caem as sementes.
Semeia sempre .
A cada um será dado segundo as suas obras.
Se tua semente não germina , examina com confiança tuas ações ;
faze tua auto-crítica : reconhece teus enganos; recomeça com teu exemplo, com humildade, lutando contra os desenganos da vida, semeando o amor, 
o respeito, a fé, a confiança no próximo e em Deus.
E se ainda, não brota a tua semente, insista sempre, com paciência,
 regando com amor a terra árida da sementeira alcançando o adubo da compreensão, removendo a mata da discórdia e deixando que a luz do sol da fé possa trazer
 seus raios para a floração perfeita da primavera .
E no fim de cada jornada de trabalho, ora a Deus pedindo-lhe amparo e proteção,
 para que tua paciência não falte, para que teu amor não se esgote.
Luta com confiança contra todos os obstáculos que possam surgir 
na caminhada de Mestre e Professor...
(Autor Desconhecido)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


O VALOR DE SER EDUCADOR

Ser transmissor de verdades,
De inverdades...
Ser cultivador de amor,
De amizades.
Ser convicto de acertos,
De erros.
Ser construtor de seres,
De vidas.
Ser edificador.
Movido por impulsos, por razão, por emoção.
De sentimentos profundos,
Que carrega no peito o orgulho de educar.
Que armazena o conhecer,
Que guarda no coração, o pesar
De valores essenciais
Para a felicidade dos “seus”.
Ser conquistador de almas.
Ser lutador,
Que enfrenta agruras,
Mas prossegue, vai adiante realizando sonhos,
Buscando se auto-realizar,
Atingir sua plenitude humana.
Possuidor de potencialidades.
Da fraqueza, sempre surge a força
Fazendo-o guerreiro.
Ser de incalculável sabedoria,
Pois “o valor da sabedoria é melhor que o de rubis”.
É...
Esse é o valor de ser educador.

(Maria Darismar Duarte Henes Cortes)


Você já orou pelo professor de seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org


terça-feira, 13 de outubro de 2015

DIA 21 DE OUTUBRO, 13H – MOMENTO DE ORAÇÃO DE MÃES UNIDAS EM ORAÇÃO NA REUNIÃO DO DEFE - SUA PRESENÇA É INDISPENSÁVEL!

Prezada Mãe Unida em Oração,

"Derrama o teu coração como águas perante o Senhor; levante a Ele as tuas mãos pela vida de teus filhos!" (Lm 2.19)

A Paz do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!

Agradecemos a todas vocês do Rio de Janeiro e cidades entorno que tem participado conosco, do nosso Momento de Mães Unidas em Oração na Reunião do DEFE - Departamento Feminino da OMEBE.

Por isso, queremos convidá-la para estamos juntas na próxima reunião deste ano, no auditório da OMEBE.

Dia: 21 de outubro
Horário: 13h
Local: Av. Marechal Floriano 143 – 4º andar – Centro do Rio de Janeiro

Que maravilha foi a nossa última reunião não é verdade?

Você crer no Poder da Oração! Você gostaria de estar conosco?

Estamos preparando nossa programação com todo carinho e dependência de Deus!

A psicóloga, coordenadora e apresentadora do Chá das mulheres da Sociedade Bíblica do Brasil Eliana Ovalle será usada por Deus para trazer seu testemunho de vida...



Não se esqueça, nossa reunião começará impreterivelmente às 13h!

Será uma tarde abençoadíssima! Sua presença é de suma importância, está bem?

Como sempre, nossa irmã Gláucia Leite estará dando todo apoio, no teclado com lindas melodias....


Se você tem facebook, visite nossa página: Mães Unidas em Oração e compartilhe, está bem? Ela é uma pagina informativa. Envie-nos seus testemunhos e fotos para postarmos.

Observação: No dia 31 de outubro, teremos um treinamento para líder(es) de grupo(s), às 14h na Igreja Evangélica Congregacional em Monjolos -São Gonçalo, RJ


Se a irmã desejar participar, envie um e-mail confirmando sua presença para Miralva Gomes Rodrigues Pacheco <lalirodrigues@hotmail.com>


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

ORANDO PELOS FILHOS...

"Senhor, cuida de minhas filhas, livra-as de todo mal, cega o olhar do inimigo na direção delas, que ele não as veja. Que as más companhias não se aproximem delas, que a covardia e a traição não as alcance, que a violência desse mundo sejam barradas pelo Teu poder e não as toque. Segura em suas mãos e as direcione ao encontro do bem. Meu Deus, em Ti confio e em Ti espero. Amém!"

(Extraído do Livro: Todo filho precisa de uma mãe que ora)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

PARA QUE MEU FILHO RECEBA DE DEUS A DÁDIVA DA SALVAÇÃO

(Os Quatro Passos Para Oração)
PARA QUE MEU FILHO RECEBA DE DEUS A DÁDIVA DA SALVAÇÃO

Versículo Bíblico: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)

Adoração/Louvor: Deus é amor.
Confissão: Qualquer tendência a duvidar do amor de Deus por mim ou por meus filhos.

Ação de Graças: Por me amar com amor imutável, incondicional, sem limites.

Intercessão: “Amado Pai celestial, oro para que meu filho creia nesta verdade: ‘Deus amou tanto o mundo que deu seu único filho a fim de que aquele que acreditar nele tenha vida eterna.’ Oro para que, em tua grande misericórdia, aproximes meu filho de teu coração a fim de que ele sinta teu amor incondicional e compreenda que é um pecador que necessita de um Salvador. Revela a ele que tu o amas tanto que tornaste possível o perdão de seus pecados por meio do sangue derramado por Cristo na cruz. Abre seus olhos espirituais para que ele veja teu amor maravilhoso. Peço que ele se arrependa de seus pecados e peço que entres no seu coração. Imploro-te, Pai, que salves meu filho para ele te amar e te servir fielmente todos os dias de sua vida. Que ele conheça o perdão completo — saber que é parte de tua família eterna — e saiba que teu amor nunca lhe será retirado. Em nome de meu amado Jesus, eu te peço, amém.”

Lembrete: Deus mostrou seu perfeito amor ao enviar Jesus, nosso Salvador, para morrer por nós.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.maesunidasemoracao.org
www.facebook.com/maesunidasemoracao
contato@maesunidasemoracao.org

ESCOLHENDO O CAMINHO DA JUSTIÇA

(OS QUATRO PASSOS PARA ORAÇÃO)

ESCOLHENDO O CAMINHO DA JUSTIÇA

Versículo Bíblico: “Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.” (Salmo 23:3)

Adoração/louvor: Deus é meu guia

Confissão: As ocasiões em que escolhi meus próprios caminhos egoístas em vez dos caminhos justos, que honram o nome do meu Deus.

Ação de Graças: Agradeço-te por contar com a tua orientação para encontrar o caminho da vida que te honra.

Intercessão: “Senhor, meu Deus que me guias, peço que guies meu filho nos caminhos da justiça, por amor do teu nome. O mundo oferece muitos caminhos diferentes, e o Inimigo deseja guiá-lo em qualquer direção que o afaste de ti. Sei que haverá momentos em que meu filho desejará ser o seu próprio guia e escolher o seu próprio caminho. Mas, por favor, Senhor, por tua graça e grande amor, mantém o meu filho em teu caminho. O Caminho que é correto. O Caminho que traz alegria. O Caminho que traz esperança. O Caminho que traz honra. Faz o que for preciso para impedir meu filho de seguir por qualquer caminho que não seja o teu. E, meu Pai, que através da vida de meu filho, seus colegas possam aceitar o teu caminho de justiça.
Em nome de Jesus, amém!”

Lembrete: Deus nos guia por seu caminho conforme sua justiça

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

COMO SABER QUE DEUS OUVIRÁ NOSSAS ORAÇÕES

Assim como a mãe reconhece a voz do próprio filho, nosso Pai celestial reconhece a voz de cada um de seus filhos. Se você tem uma pergunta ou uma dúvida quanto à sua relação pessoal com Deus, vou mostrar como ter certeza de que ele é seu Pai.

Há uma verdade imutável com a qual se pode contar: Deus ama você pessoalmente! Com seu grande amor, ele deu ao mundo seu maior tesouro — seu único filho, Jesus Cristo. Ele morreu na cruz em nossolugar em pagamento de nossos pecados e dos pecados do mundo inteiro. Em razão de sua morte e ressurreição, você pode sentir o indescritível amor de Deus, agora e por toda a eternidade.

Não importa aonde seus pecados a levaram, o perdão de Deus é perfeito e completo em razão do sacrifício de Jesus. Você dará o primeiro passo para a fé reconhecendo que precisa de perdão para seus pecados e acreditando que Jesus morreu por você? Ao pedir seu perdão e aceitá-lo como seu Salvador e Senhor, você nunca mais será a mesma. Ele substituirá sua solidão, seus temores, frustrações e culpa pelo amor e perdão que lhe dará. E também prometerá ouvir suas orações e atendê-las com todo o prazer que um pai terrestre atende aos desejos de um filho querido.

Faça da seguinte oração a primeira e mais importante oração de sua vida:

“Querido Pai, agradeço-te por mandares teu Filho morrer por meus pecados. Quero ser tua filha. Por favor, entra no meu coração e perdoa todos os meus pecados. Quero viver somente por ti. Agradeço por fazeres de meu coração a tua casa. Em nome de Jesus, amém.”

Ao fazer essa oração, você se tornará um membro da família de Deus, que promete: “Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus” (João 1:12).

Você é filha dele! Pode estar certa de que Deus ouvirá e atenderá às suas orações.

Bem-vinda à família de Deus!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

CARTA DE FERN NICHOLS PARA MAMÃES

Queridas mamães, sei que não é fácil educar os filhos hoje em dia. São muitas as influências e ideias que tentam se entranhar no coração das crianças. Tenho quatro filhos casados e oito netos, e é grande minha preocupação com seu bem-estar espiritual, emocional, intelectual, social e físico. Acolho com prazer o convite de Jesus: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso” (Mateus 11:28). E uma promessa que me dá alegria e com a qual posso contar. A oportunidade de conversar sobre essas preocupações com meu Pai celestial me dá esperança quando me sinto desesperançada, paz quando estou temerosa e sabedoria quando não sei o que fazer. É por isso que estou compartilhando este livro de orações com vocês. Senti o amor de um Deus fiel, que ouve e responde às minhas orações, e gostaria que vocês tivessem essa experiência também.


Não há nada — absolutamente nada — que nos preocupe e não importe a Deus. Nossas preocupações são suas preocupações, e ele diz: “e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará” (Salmos 50:15). Nada é pequeno demais ou grande demais para ser compartilhado com Deus na oração. Podemos orar por todas as necessidades dos nossos filhos.

Ao colocarmos as necessidades deles nas mãos de Deus por meio da oração, estamos invocando sua intervenção, sua benção e proteção. Assim, a oração não só é uma dádiva maravilhosa para nossos filhos, como também um poderoso antídoto para os temores e as preocupações da maternidade. Estou ansiosa para que vocês iniciem essa jornada para interceder por seus filhos, interpondo-se e orando pelas necessidades deles. Sei que essas pequenas orações têm o poder de mudar sua vida e a vida deles.

As orações deste livro seguem um padrão específico, começando com a Escritura escolhida para cada necessidade. A Escritura é o que torna as orações tão poderosas. Quando oramos com as palavras de Deus, é ao coração dele que falamos. Quando colocamos os nomes de nossos filhos na Escritura, estamos pedindo a Deus por eles. Agradeço por saber que posso confiar na Palavra de Deus: “Pois nada é impossível para Deus” (Lucas 1:37).

Estas orações também incluem adoração/louvor, confissão e ação de graças, que são importantes para preparar nosso coração para interceder por nossos filhos.

A adoração/louvor focaliza nossa atenção em um dos atributos de Deus. Ajuda-nos a ampliar nossa visão de quem é Deus, o que nos leva a uma confiança ainda maior no Deus que conhecemos.

A confissão ajuda-nos a ter consciência de qualquer pecado capaz de bloquear nossa comunicação com Deus e nos faz lembrar que devemos ser um exemplo da virtude que pedimos para nossos filhos e que, qualquer que seja a fraqueza que queiramos que eles vençam, também precisamos de ajuda de Deus para vencer nossas próprias fraquezas.

A ação de graças abre nossos corações para enaltecer o Senhor por tudo o que ele fez e por tudo que fará.

Vocês verão que essas orações, por se basearem nas verdades eternas da Escritura, são adequadas a todas as idades e etapas — a crianças pequenas, adolescentes e até mesmo aos filhos adultos.

Para simplificar, escrevi cada oração de modo a servir para filhas e filhos, mas praticamente todas são apropriadas para ambos os sexos, portanto orem conforme a identidade do seu filho. Como os tempos de hoje trazem desafios ímpares, raramente enfrentados pelas gerações anteriores, incluí orações referentes a tópicos ou questões contemporâneas, como imagem do corpo, mídia social, doença mental e divórcio, para citar apenas alguns.

Independentemente do que vocês ou seus filhos estiverem enfrentando, estejam certas de que a Palavra de Deus abordará o problema e trará o desejado consolo e discernimento.

Sintam-se à vontade para usar essas orações em sequencia, como aparecem no livro, ou recorram ao índice para escolher aquelas que atendam à necessidade de seus filhos no momento. Seja como for, aconselho que orem com calma. Resistam à tentação de orar apressadamente. Deixem que o Espírito de Deus modele seu coração como ele desejar enquanto você o adora/louva, confessa seus pecados e lhe agradece.

Que estas orações sejam um trampolim para uma jornada perpétua de orações intercessoras por seus filhos. E que inspirem outras orações para muitas outras necessidades — não apenas de seu filho, mas de toda essa geração de filhos.

Oro por vocês, mamães preciosas, para que estas orações estimulem um relacionamento mais próximo, mais íntimo e mais amoroso com seu Pai celestial. Vocês são suas filhas queridas, e ele anseia por ouvir sua voz. Quer Deus diga sim, não ou espere, ele não deixará de ouvi-las e de responder às suas orações.

Tenham certeza de que suas orações são poderosas e eficazes, e que fazem diferença. Vocês nunca lamentarão o tempo investido na oração. Orar é um legado que vocês podem passar a seus filhos e que durará para sempre.

Que Deus as abençoe e a seus filhos.
(Fern Nichols)

(Extraído do Livro: Orações poderosas para MÃES)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

MOTIVOS PARA ORAR PELAS CRIANÇAS

“Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque de tais é o reino de Deus.”
Lc 18.16


Hoje quero te fazer um convite especial. Te convido a orar pelas crianças. Estamos vivendo um tempo terrível (o mundo ainda jaz no maligno). As crianças, que naturalmente são vulneráveis, estão gritando por socorro. Quem não viu as últimas notícias sobre abuso sexual infantil. É deplorável. E isso é só a ponta do iceberg.

As crianças, com vulnerabilidade social, estão perdendo a oportunidade de viver. Tão pequeninas, já enfrentam a morte ainda vivas. Morte da auto-estima, da confiança, da alegria, do respeito. Eu e você que conhecemos a Jesus, que confessamos a Deus como Senhor e salvador, precisamos orar. Porque a oração é poderosa. Porque Deus realmente ouve e responde. Porque quanto mais orarmos, quanto mais tempo passarmos com Deus, mais parecidos com Ele nos tornaremos e, assim, saberemos como viver o seu amor pelas crianças em risco.

Convido a você a fazer uma oração. Deixa Deus te usar nesse momento. A oração pode mudar a história de milhares de crianças.

Motivos pelos quais devemos Orar pelas Crianças

Porque a oração do justo é poderosa e eficaz (Tg 5.16)


Porque Deus tem um cuidado especial para com os pequeninos (Mt 19.13-15)

Porque Deus nos dá a responsabilidade de proteger os pequeninos (Mt 18.6)

Porque as crianças são cidadãs do reino de Deus (Mc 10.14) e fazem parte da nossa comunidade de fé.

Porque as crianças são nossos modelos de espiritualidade (Mt 18. 2-4) e a sociedade está destruindo nossos modelos cada vez mais cedo.

Porque quando recebemos uma criança, recebemos o próprio Jesus Cristo (Mc 9.36,37).

Porque a religião pura, que Deus aceita, é cuidar dos órfãos e das viúvas, e não se deixar corromper com o mundo (Tg 1.27).

Porque a paz entre crianças, adultos e a natureza faz parte dos propósitos eternos de Deus na história (Is 11.6-9)

Porque as crianças são as primeiras a sofrer, já que estão em condição especial de desenvolvimento e, por isso, são mais vulneráveis.

Porque muitas crianças sofrem com a pobreza. Segundo o IBGE, 44,7% das crianças e adolescentes brasileiras de até 17 anos viviam, em 2008, com uma renda familiar per capita de meio salário mínimo e 18,5% de ¼ de salário mínimo.

Porque as crianças e os adolescentes são as maiores vítimas da violência. Estima-se entre 500 milhões e 1,5 bilhão o número de crianças submetidas anualmente à violência.
Porque proteger as crianças é proteger a sociedade.

Porque quando oramos pelas crianças também estamos denunciando a injustiça no mundo e, com o cântico dos recém-nascidos, silenciamos os inimigos de Deus (Sl 8.2).

Porque se as crianças se perderem na infância será mais difícil resgatá-las quando adultas.
Porque quando oramos por outros nos tornamos mais sensíveis a sua causa.

Seja um intercessor Guerreiro pelas crianças!!!


12 DE OUTUBRO - DIA DAS CRIANÇAS!
DIA NACIONAL DE ORAÇÃO PELAS CRIANÇAS

No Momento "A SÓS COM DEUS", escolha o tempo mais apropriado e, ore de 3 a 7 minutos pelas crianças do nosso Brasil!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org








ORANDO PELAS CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS!

1. Oferecer aparelhos adequados para ajudar as pessoas a se movimentarem, permite uma independência maior e, talvez, acesso ao trabalho.

2. Ensinar atividades para a vida diária diminui a dependência das crianças com deficiências, e os pais têm mais tempo para outras atividades.


3. Ensinar a linguagem dos sinais permite que as pessoas surdas se integrem às outras pessoas e se tornem membros da comunidade mais confiantes e produtivos.


4. Os cuidados com a saúde (por exemplo, vacinas, nutrição) e as necessidades educacionais são as mesmas para todas as pessoas, mas as evidências sugerem que há desigualdade:


•As crianças com necessidades especiais têm uma maior probabilidade de morrerem jovens por serem pobres ou negligenciadas.


•As crianças com 
necessidades especiais têm maior probabilidade de serem mal-nutridas.

•Em alguns países, 80% das crianças com 
necessidades especiais podem morrer com menos de cinco anos.

•Menos de 2% das crianças com 
necessidades especiais sérias recebem educação nos países em desenvolvimento.

•As mulheres com 
necessidades especiais têm 2 a 3 vezes mais probabilidade de serem vítimas de abuso físico ou sexual.

5. As 
necessidades especiais estão vinculadas à pobreza, razão pela qual é necessário ter planos e estratégias para ajudar estas pessoas especiais.

6. A meta de quem trabalha com portadores de
necessidades especiais deve ser trabalhar com as suas capacidades e não com as suas deficiências.

OS BEM-AVENTURADOS NA VISÃO DE UMA CRIANÇA ESPECIAL - ORE PARA SER UMA PESSOA BEM-AVENTURADA:


1. Bem aventurados os que compreendem o meu estranho caminhar e as minhas mãos atrofiadas.


2. Bem aventurados os que sabem que os meus ouvidos têm que se esforçar para compreender o que dizem.


3. Bem aventurados os que compreendem que, ainda que os meus olhos brilhem, minha mente é lenta.


4. Bem aventurados os que olham e não vêem a comida que eu deixo cair fora do prato.


5. Bem aventurados os que, com um sorriso nos lábios, me estimulam a tentar mais uma vez.


(Pr. Gilberto Celeti)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org


domingo, 11 de outubro de 2015

POR QUE DEVEMOS ORAR PELAS CRIANÇAS?

Todas as crianças estão em risco hoje em dia. Milhões sofrem com a pobreza e outros milhões sofrem com os efeitos da prosperidade. Estas têm tudo para viver, mas nada pelo que viver. Em um mundo globalizado, digital, todas as crianças estão expostas e vulneráveis a violência, abuso, negligência, prostituição e pornografia. Em sistemas escolares burocráticos a maioria das crianças suportam sistemas educacionais deficientes e com conteúdo anti-Deus. Outras ameaças incontáveis abundam.

E há mais do que ameaças externas, materiais, seculares. Li um artigo recente que me relembrou que a nossa luta não é contra a carne e o sangue. Jonathan Parnell, escreve que “existe uma guerra pelas crianças, e nós todos estamos, de um jeito ou de outro, exercendo um papel nesta guerra. Toda vez que avançamos como pais fiéis (ou cuidamos de crianças em algum aspecto, incluindo a defesa de direitos daqueles que ainda nem nasceram, ou nos voluntariando para o berçário aos domingos), estamos lutando contra demônios”.

Não há nada que Satanás e seus demônios odeiam mais do que crianças. Ele sempre usou pessoas más e sem Deus para roubá-las, matá-las e destruí-las. Nós vemos seus esquemas e atrocidades em toda a Palavra. Algumas passagens que lemos na Bíblia se parecem com as manchetes dos nossos dias:

- A criança de colo é arrancada do seio de sua mãe; o recém-nascido do pobre é tomado e vendido (Jó 24.9).
- Meninos são trocados por prostitutas! “Lançaram sortes sobre o meu povo e deram meninos em troca de prostitutas; venderam meninas por vinho, para se embriagarem” (Jl3.3).
- Crianças sacrificadas por seus próprios pais! (Jr 32.35).

Minha canção de Natal favorita, “Oh, cidadezinha de Belém”, tem os bonitos versos “Tão quieta te encontramos, sobre teu sono profundo e sem sonho as estrelas silentes passam”. No entanto, a cidadezinha de Belém quando Jesus nasceu não estava quieta e profundamente adormecida, como a doce canção sugere. Longe disso, era um lugar de violência terrível e morte chocante, lamento e sofrimento. Aquelas primeiras crianças de Belém morreram porque Satanás odiava o bebê Jesus. Em certo sentido, elas morreram no lugar do menino Jesus. Elas foram as precursoras de milhares, ou até milhões de crianças que vieram a ser mártires por causa do Unigênito e por causa das boas novas que o Filho trouxe ao mundo.

No livro Adopted for Life,  Russell Moore afirma que “seja através de maquinações políticas como as de Faraó e de Herodes, seja através de conquistas militares nas quais exércitos sanguinários arrancam bebês dos ventres das grávidas (Am 1.13), ou através de ações aparentemente mais “rotineiras” de desintegração da família e de instalação do caos familiar, as crianças sempre são feridas. 
A história da humanidade está repleta com seus cadáveres. As potestades demoníacas odeiam bebês porque odeiam a Jesus. Quando destroem ‘o menor deles’ (Mt 25.40, 45), a criança mais vulnerável entre nós, o Maligno destrói a imagem de Jesus” (pp. 63-64).

O Antigo Testamento termina com uma verdade profunda e séria. A não ser que os corações dos pais se voltem para os filhos, “Eu castigarei a terra com maldição”. Passaram-se quatrocentos anos de silêncio, até o nascimento daquela criança de Belém. Podemos olhar ao nosso redor e ver que a terra está castigada com uma maldição. À medida que vemos o abuso, a exploração e a negligência das crianças, sabemos que não era dessa forma que Deus queria que elas vivessem. A terra está amaldiçoada. Maldição não se remove com comida, remédios, nem com livros ou educação. Maldição não se remove com mais recursos, programas ou intervenções. Maldição é algo espiritual e deve ser removida com uma intervenção espiritual.

Então, sim: Como cristãos, usaremos todas as ferramentas e ideias disponíveis para proteger e sustentar as crianças preciosas que nos foram confiadas. No entanto, nossas armas incluirão algo muito mais poderoso e definitivo do que as intervenções seculares costumeiras. Nós vamos orar. Nós vamos orar sem cessar. Nós vamos encharcar tudo que fazemos e imaginamos em oração e intercessão.

Agiremos conforme o escritor de Lamentações nos exorta:

“Levante-se, grite no meio da noite, quando começam as vigílias noturnas; derrame o seu coração como água na presença do Senhor. Levante para ele as mãos em favor da vida de seus filhos, que desmaiam de fome nas esquinas de todas as ruas” (Lm 2.19)
.

(Dan Brewster)


12 DE OUTUBRO - DIA DAS CRIANÇAS!
DIA NACIONAL DE ORAÇÃO PELAS CRIANÇAS

No Momento "A SÓS COM DEUS", escolha o tempo mais apropriado e, ore de 3 a 7 minutos pelas crianças do nosso Brasil!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos

Todo filho precisa de uma mãe que ora.

Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org



sábado, 10 de outubro de 2015

A PRESENÇA DE DEUS


"Portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus, por um novo e vivo caminho que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo. Temos, pois, um grande sacerdote sobre a casa de Deus.
Sendo assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada e tendo os nossos corpos lavados com água pura. Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel. E consideremo-nos uns aos outros para incentivar-nos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia". (Hebreus 10:19-25)

Estar e entrar na presença de Deus é um privilégio para nós.

Muitas pessoas tem tido dificuldade para desfrutar dessa doce presença continuamente, por serem tímidos e não reconhecerem ou não entenderem o sacrifício de Jesus na cruz. Essas pessoas ainda não encontraram sua identidade em Cristo. Estão presas ao natural, preocupadas somente com as coisas materiais, esquecendo-se de quem são em Cristo.

Deus anseia que entremos em sua presença (Tg 4.5-10), mas muitos porém, ficam olhando suas fraquezas e debilidades, achando-se incapazes, desejando entrar mas não encontram a maneira certa.

"Ou vocês acham que é sem razão que a Escritura diz que o Espírito que ele fez habitar em nós tem fortes ciúmes? Mas ele nos concede graça maior. Por isso diz a Escritura: "Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes. Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês. Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês! Pecadores, limpem as mãos, e vocês, que têm a mente dividida, purifiquem o coração. Entristeçam-se, lamentem e chorem. Troquem o riso por lamento e a alegria por tristeza. Humilhem-se diante do Senhor, e ele os exaltará". 

Deus nos diz em sua palavra que, são nas nossas fraquezas que Ele nos aperfeiçoa. O que temos que aprender é deixar tudo em suas mãos, deixando que Ele nos trate, para desfrutarmos da sua presença. (Sl 37.5)

"Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá"

A maneira correta de desfrutar completamente dessa presença, está em Hb 10.22-25. Aí está a chave da vitória, permanecer firme, pois aquele que prometeu é fiel em cumprir.

"Sendo assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada e tendo os nossos corpos lavados com água pura. Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel. E consideremo-nos uns aos outros para incentivar-nos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia".

Muitos ainda estão presos, atados, porque estão tendo dificuldade em morrer para a velha natureza. Isto exige renúncia, pois quando entramos na presença de Deus, o pecado já não tem mais graça. (Cl 3.5-10) 

"Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria.
É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência,
as quais vocês praticaram no passado, quando costumavam viver nelas.
Mas agora, abandonem todas estas coisas: ira, indignação, maldade, maledicência e linguagem indecente no falar. Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador".

Viva na dependência do Senhor entregando tudo a Ele, buscando-o de todo o coração, pois assim, você verá a Deus e desfrutará de sua doce presença. Mt 5.8.

"Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus".

(Paulo Cézar Martins)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

ORANDO PELOS ADOLESCENTES

A adolescência é um belo período da vida. Alegria, criatividade e espontaneidade são características daqueles que estão vivendo a transição da infância para a juventude. É uma época muito intensa, quando precisam começar a tomar decisões que influenciarão os demais anos de vida.

Além de experimentarem muitas mudanças físicas, é nessa fase que o caráter é consolidado. O adolescente, para que se torne um adulto bem-sucedido, precisa de uma vida espiritual agradável a Deus, além de desenvolver sua capacidade de se relacionar com a família, os amigos e a sociedade.

É justamente neste período crucial que muitos iniciam uma triste caminhada ao lado do álcool e das drogas. Trata-se de uma artimanha diabólica para causar dores e destruir sonhos. Os vícios sufocam preciosas sementes que brotariam repletas de bênçãos. Quantos sonhos são trocados por pesadelos? Quantos sorrisos transformam-se em lágrimas de tristeza? Quantas noites de sono reparador são desperdiçadas nas ruas sujas dos vícios? Quantos amigos verdadeiros deixados de lado por causa de falsos amigos, que não se interessam pelo bem-estar, mas desejam companheiros de desgraça?

O povo de Deus precisa levantar intenso clamor ao Senhor para que a triste realidade de milhares de adolescentes brasileiros seja radicalmente mudada, assim como Jesus restaurou o juízo, a vida e a família daquele infeliz jovem escravizado por Satanás na cidade de Gadara, como registrado em Lucas 8: 26 a 39.

Nunca devemos nos esquecer de que, quando oramos, nossas súplicas são direcionadas ao Deus que tudo pode fazer.Quando milhares de crentes se unem em oração, Deus pode alcançar os adolescentes nas ruas e nas casas, sejam pobres que vivem nas calçadas, sejam ricos que moram em suntuosas moradias, mas escravizados e sem perspectivas. 

Por meio de orações, Deus faz o que não podemos realizar. A voz de Deus é mais veemente do que a voz da mãe que aconselha e do pai que ensina. Há muitos pais que já não têm mais o que dizer aos filhos, pois esses já não aceitam ouvir. Mas, em vez de continuarem falando com o filho sobre Deus, podem falar com Deus sobre o filho. 

Confiados em Deus, clamemos ao Senhor para que a adolescência brasileira seja livre das drogas e do álcool.
Oremos:
1) Pelos adolescentes crentes;
2) Pela libertação e recuperação dos que estão nos vícios e/ou nas drogas; 
3) Pela conversão de milhões de adolescentes no Brasil;
4) Por sabedoria aos pais para orientá-los no caminho certo;
5) Pela visão das igrejas para um ministério relevante com os adolescentes.

(João Emílio Cutis Pereira)
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?
contato@maesunidasemoracao.org