Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

quarta-feira, 20 de junho de 2018

QUANDO OS FILHOS ESTÃO NA REDOMA DE ORAÇÃO


“Querida irmã Jane Esther,

Moro em Barueri, SP. Sou membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, e estou no Ministério de Mães Unidas em Oração um pouco antes de ter o meu filho caçula hoje com quatro anos. Minha filha mais velha tem 10 anos, a do meio, 6 anos. Eu e meu esposo somos médicos e trabalhamos em um grande hospital aqui em São Paulo.

Participava de outro movimento de oração que eu pensava ser de Moms In Touch/Moms In Prayer International, devido ao livro que tinha lido da Fern Nichols, "Todo Filho Precisa de Uma Mãe que Ora”. Entrei no Site Internacional do Ministério de Oração de Moms In Touch / Moms In Prayer preenchi minha inscrição e, posteriormente a irmã entrou em contato comigo dizendo que a Sede do Ministério de Moms In Touch/Moms In Prayer na Califórnia, havia fornecido meu e-mail. Foi então que recebi todas as informações e agora sou Mãe Unida em Oração! Que privilégio! Que bênção!

O Grupo de oração se reúne em minha casa todas as 6ªs feiras, às 19h e tem sido uma bênção. Atualmente estamos em 12 mães de vários segmentos evangélicos. Dividimo-nos em três grupos um grupo na sala, um na copa e o outro na cozinha.

Como a irmã me orientou, começo com todas, e sempre destaco um dos atributos ou nome ou caráter de Deus e, em seguida nos dividimos para orarmos seguindo os Quatro Passos Para Oração. Deus tem feito uma obra profunda. Devido aos plantões no hospital eu e meu esposo fazemos rodízio para que não prejudique nossas reuniões. Desde que conheci o Ministério, jamais deixei de me reuni. A minha prioridade e de meu esposo são nossos filhos.

Irmã Jane Esther, o relato que passo a fazer agora, recebi da Diretora da Escola onde meus filhos estudam. A irmã pode publicar, gostaria apenas que não divulgasse os nomes, por proteção aos meus filhos e a escola onde eles continuam estudando...

Ano passado, minha filha do meio, com cinco anos, estava na escola. Era uma quinta-feira pela manhã. Na escola trabalhava um rapaz, portador de necessidades especiais. Este rapaz funcionava como um monitor, ajudando na disciplina do pátio. Ele viu quando um professor saiu com uma menininha para os fundos da escola. Na sua inocência o rapaz achou estranha a atitude daquele professor e foi procurar a diretora para falar o que tinha visto. Naquele momento, a diretora estava em reunião com alguns professores. Ele fez sinal para diretora, que queria falar com ela e estava muito nervoso. Imediatamente ela se levantou e foi ver o que ele queria. Ele, então, disse o que tinha visto minutos antes. A diretora se dirigiu aos professores pediu licença por um minuto e foi ao local indicado pelo rapaz. O almoxarifado ficava um pouco distante da sala da diretora. Na hora que ela entrou no almoxarifado, encontrou a menininha sentada em uma mesa, com a saia levantada e o professor abrindo o zíper. Ela quase morreu de susto. Percebeu que estava diante de um professor pedófilo!

Imediatamente, sem alarde ela tomou as providências inerentes aquela situação terrível... Logo após, ela telefonou para mim, que estava no hospital, e pediu para que eu fosse a Escola... Assim que cheguei a diretora me colocou a par de tudo que tinha acontecido... Aquela menininha, irmã Jane Esther era a minha filha, minha filha!

Comecei a chorar de emoção por sentir o grande amor de Deus para com a minha filha. Por ter preservado a integridade física dela, pelo livramento!

Glórias sejam dadas ao Senhor nosso Deus. Obrigada minhas queridas Mães Unidas em Oração! Nós Cremos no Poder da Oração! A nossa Arma é a Oração! O professor foi afastado e indiciado, enfim os tramites cabíveis. Tudo voltou ao normal.

Tenho clamado a Deus como diz divisa de nosso Ministério: “Derrama o teu coração com água diante do Senhor; levante a Ele as tuas mãos, pela vida de teus filhos”! Nada aconteceu porque os anjos do Senhor estavam cuidando dela. Deus tocou no coração daquele rapaz, tocou no coração da diretora e salvou minha filha daquele pedófilo. Deus seja louvado.

Por último, irmã Jane Esther, minha filhinha não tem noção do livramento de Deus. Perguntei depois a ela, porque ela foi com o professor até a salinha no fundo da escola e ela disse que ele tinha uma caixa de bombom para ela. Este professor era muito querido na escola e ninguém sabe o porquê da atitude dele. Meus filhos continuam estudando na mesma escola, pois o perigo está em todo lugar... Agora a vigilância está redobrada e todo cuidado ainda é pouco. Deus é fiel! Ele livrou minha filha! Aleluia!

Para terminar, quero dizer que meses antes, eu e mais seis Mães Unidas em Oração estivemos conversando com a Diretora da Escola sobre o Ministério de Mães Unidas em Oração, e que a base eram as escolas e que, por meus filhos estudarem ali, aquela escola estava na Rede Mundial de Oração. Ela não permitiu que fizéssemos nada na Escola. Voltamos para casa e eu telefonei para a irmã. A irmã disse que não era “por força, nem por violência, mas pelo Espírito Santo de Deus”. Que nós éramos instrumentos nas mãos de Deus é que, se Deus quisesse Ele iria mover o coração da Diretora. Disse que continuássemos orando, pois, Deus iria fazer uma grande obra ali...

Foi o que aconteceu, irmã Jane Esther. Quem pode esquadrinhar os desígnios de Deus? Quem pode alcançar o que Ele quer fazer?

Hoje, a Diretora abriu as portas da Escola para o Ministério de Mães Unidas em Oração! Deus seja louvado!

Mães, não deixem de colocar seus filhos na Rede Mundial de Oração, pois quando nossos filhos estão na redoma de Oração, o inimigo não tem nenhum poder sobre a vida deles!

Irmã Jane Esther, muito obrigada por todo apoio.”



(L. M. T. Almeida - Mãe Unida em Oração - Barueri, SP)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

terça-feira, 19 de junho de 2018

NEM TUDO QUE RELUZ É OURO



“Prezada irmã Jane Esther,

Antes de escrever este testemunho, fiquei pensando se realmente deveria fazê-lo, mas, uma noite, depois de ficar sem dormir, pensando em minha família e em tudo que aconteceu, Deus falou ao meu coração, e, então resolvi escrever para a irmã, abrindo o meu coração e autorizando esta publicação, sendo que não gostaria que o que está grifado em vermelho, fosse publicado. Conto com a sua compreensão.


Uma das maiores alegrias que recebi do Senhor Jesus Cristo, foi o privilégio de conhecer através da Revista Visão Missionária (recebi de presente de minha tia que pertence a igreja Batista) o Ministério de Oração de Mães Unidas em Oração. Foi através do testemunho daquela mãe, cujo filho estava envolvido com drogas e que foi alcançado por Jesus, que meu coração transbordou. Na mesma semana entrei em contato com a irmã, para receber as informações necessárias, pois não conseguia mais, somente orar pelos meus filhos.... Eu queria mais... Para mim não tinha bênção maior do que colocar meus filhos no altar, junto com minhas companheiras de oração, uma vez por semana e sermos testemunhas da atuação de Deus na vida deles... Quantas bênçãos. Irmã Jane Esther... Coordeno 3 Grupos de Mães Unidas em Oração. Estou escrevendo e chorando de tanta alegria. Essa emoção não tem preço.

Somos uma família muita ativa na igreja, meus filhos (4 filhos: 2 meninos (9 e 12 anos); 2 meninas (13 e 16 anos) estão bem adaptados, ativos em suas respectivas faixas etárias. Meu marido, um servo de Deus profundamente comprometido com Deus, a família e o ministério.

Nos últimos 3 anos, por ocasião das férias das crianças e do verão, sempre recebemos o convite de uma família da nossa igreja, para passarmos um final de semana em sua casa de praia, o que com prazer aceitamos. É uma família muito querida é integrada na igreja. Nossos filhos são muito amigos e, freqüentemente, estamos juntos.

No 4º ano, como de praxe, fomos. Estávamos felizes com a possibilidade de descansarmos um pouco, visto que, o ano fora muito desgastante.

Pedi a minhas companheiras de Grupo de Mães Unidas em Oração que, durante a semana, orassem por meus filhos nessa viagem e, também, pela estadia na casa de praia. Mesmo indo todos os anos, sempre ficava preocupada com a piscina, com o mar, etc....

Minha filha mais velha relutou muito para ir, mas, no fim, acabou cedendo. Saímos na sexta-feira, sabendo que ficaríamos uma semana. Desde que chegamos, senti minha filha muito grudada conosco, arredia, fechada, mas...

Ela sempre entrava no mar com os irmãos. Quando íamos para piscina ficava perto de mim.

Sabe, irmã Jane Esther, minha filha é uma menina muito bonita. Chama muito a atenção. Temos muito amor por ela, pois além de ser muito meiga, delicada, estudiosa, centrada, é temente a Deus e comprometida com a obra do Senhor. Os dias passaram rápidos e muito gostosos.

No sábado, pela manhã, bem cedo, fui ao banheiro e a porta estava trancada. A luz estava acessa. Esperei um pouco e voltei para o quatro. Passada uma meia hora, voltei e novamente a porta estava trancada e a luz acessa. Perguntei baixinho se tinha alguém passando mal e, ouvi a voz de minha filha. Ela estava chorando... Pedi que abrisse a porta e depois de muito relutar, ela abriu.... Estava trêmula e pálida... Eu a levei para o quarto... Foi então que me deparei com uma situação extremamente revoltante. Minha filha me fez prometer que o que ela iria me falar, eu não poderia dizer para meu esposo, até voltar para casa. Eu prometi!

Foi então que ela começou a relatar algo que eu não queria saber, nem ouvir...Ela me disse que a pessoa que nos fez o convite para irmos a casa de praia, vinha cercando ela na igreja algumas vezes e jogando indiretas, mas como ela não queria causar problemas e sabia da amizade do pai com ele, preferiu ficar calada.Por isso que ela relutou em vir para passar a semana.

Mas que, na noite anterior, o homem entrou no quarto dela, onde dormia as meninas, colocou a mão em sua boca para ela não gritar e tentou ... mas, ela deu uma joelhada, deu vários pontapés nele e saiu correndo para o banheiro onde permaneceu até de manhã. Ela disse que ele nunca tinha feito aquilo antes. Ela estava apavorada...

Naquele mesmo dia, conversei com meu esposo, sobre a possibilidade de voltarmos após o almoço. Ele não criou obstáculos e voltamos.

Naquela mesma semana conversei com meu esposo sobre o que tinha acontecido. Ele ficou tremendamente abatido e triste, por desconhecer o caráter de alguém que convivia com ele há tanto tempo.

Resolvermos ir ao Pastor para nos aconselhar e pedir orientação sobre como agir. Ele disse que não compartilhássemos isso com ninguém. Era para orarmos e entregarmos tudo nas mãos de Deus.

Durante todas as reuniões semanais de nosso Grupo de Mães Unidas em Oração, eu sempre colocava, em silêncio, minha filha no altar para que Deus resolvesse aquela situação da melhor maneira possível para que não houvesse um escândalo, pois seria terrível para todos e para o evangelho.

A família dele não sabe de nada até hoje, nem nossos filhos. Depois de vinte sete dias, Ele sofreu um acidente de carro e veio a falecer. A igreja sofreu muito, afinal é compreensível, pois não sabia de nada. Esse assunto foi enterrado com ele.

Minha filha está bem. O trauma passou. Ela continua integrada na igreja.

Prezada irmã Jane Esther, o motivo desse testemunho é para alertar nossas irmãs para que tenham cuidado com seus filhos. O inimigo pode estar dormindo dentro da nossa casa.”

Mãe Unida em Oração – Curitiba, PR
(Este testemunho foi publicado com autorização expressa da mãe. Os nomes são omitidos para preservar o sigilo dos filhos)




Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 

Todo filho precisa de uma mãe que ora. 

Você já orou pelo seu filho hoje? 



contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

segunda-feira, 18 de junho de 2018

SOBREVIVEMOS A UM TSUNAMI



“Prezada irmã Jane Esther,

Estou enviando este e-mail para agradecer, em primeiro lugar, a Deus, por tudo que Ele me fez viver nestes últimos 90 dias. A irmã que foi a peça chave na transformação ocorrida em minha vida e, também, de minha família. A irmã não faz idéia do que vou narrar agora. Faço-o, na certeza e esperança de que será bênção na vida de muitas outras Mães. Eu creio no Poder da Oração!

Meu esposo é funcionário Público Federal e eu sou professora do ensino médio. Temos quatro filhos: duas meninas, uma com 24 anos, casada, mãe de uma filha de dois anos. Na época em que tudo aconteceu, estava grávida de um mês; a outra, com 20 anos, dois meninos de 22 e 18 anos, respectivamente. Residimos em Brasília há 22 anos e pertencemos a Igreja Batista daqui. Sempre tivemos como prioridade, criar nossos filhos nos caminhos do Senhor, dando todo apoio possível! Meus filhos são integrados na igreja. Cada um participa de uma atividade diferente. Todos são ativos na obra do Senhor.

Conheci o “Ministério de Mães Unidas em Oração” há três anos, através de minha irmã que pertence a Igreja Cristã Nova Vida, no Rio de Janeiro. Logo, procurei me informar a respeito do Ministério e hoje, lidero dois grupos. Deus tem feito maravilhas em nossas vidas!

Mesmo exercendo o magistério e com o tempo bem apertado, nunca dispensei nossa hora semanal de oração de “Mães Unidas em Oração”. Meus filhos estão na “Rede Mundial de Oração” e, semana após semana, são motivos de intercessão, juntamente com os filhos das demais companheiras de oração. Meus filhos sempre foram estudiosos, educados, obedientes, enfim, um presente de Deus. Nada é mais importante do que colocarmos a vidas de nossos filhos no altar do Senhor

Minha irmã Jane Esther, a narrativa é extensa. Tentarei ser o mais precisa possível.

“No mês de janeiro de 2010, minha família passou por momentos muito tristes, momento de muita turbulência.

Era sábado. Meu filho de 21 anos saiu com o irmão mais novo para comemorar. Ele havia passado no vestibular de medicina. Além deles, três outros colegas da igreja foram juntos a um local onde, volta e meia, iam.

Estávamos em casa e já passava da meia-noite. E eles não chegavam. Começamos a ficar preocupados. Meu esposo não sabia que atitude tomar. Quando o relógio marcou uma hora e vinte minutos da madrugada, recebemos um telefonema de uma das mães de um dos colegas de nossos filhos. Ela faz parte do nosso “Grupo de Mães Unidas em Oração”. Estava no hospital e nos disse, rapidamente, o que ocorrera. Saímos em disparada e, quando lá chegamos, soubemos do que realmente tinha acontecido. Na volta para casa, depois da comemoração, um carro, em alta velocidade, cujo motorista estava bêbado, bateu em cheio no carro onde meus filhos estavam. Os colegas e meu filho caçula sofreram algumas fraturas e escoriações. Um quebrou o braço. Outro quebrou a perna. Meu caçula quebrou o nariz. O caso mais grave foi o do meu filho de 21 anos. Ele sofreu muitos ferimentos. Tinha ficado preso nas ferragens e teve traumatismo em várias partes do corpo.

Ali começou a nossa luta. Nosso filho já estava no centro cirúrgico. Meu esposo foi tomar algumas providências necessárias. Enquanto isso eu e minha amiga fomos para a capela do hospital e começamos a clamar a Deus pela vida de meu filho! Como clamamos...

Depois de 23 dias em coma, ele voltou à vida. Ficamos sabendo que ele estava com as pernas paralisadas, mas, não tínhamos coragem de contar para ele. Nesse período, minhas companheiras de oração de “Mães Unidas em Oração” não cessavam de orar por ele, juntamente com centenas de outras pessoas que o amavam.

Após o impacto, ele foi transferido para o quarto e, ali, soube que estava com as pernas paralisadas devido ao traumatismo em sua coluna. Ficou no hospital ainda por mais 32 dias.

No início, ele não aceitava, de forma alguma, ficar, pelo resto da vida, em uma cadeira de rodas. O tempo foi passando. Ele recebeu alta. Foi para casa. Tentamos dar todo o apoio possível. O médico disse que, talvez ele voltasse a andar. Mas, só o tempo diria. Ele ficou indo no Hospital de Reabilitação Sarah Kubitschek aqui em Brasília, para fazer todos os tipos de tratamento possível. Ele queria nadar...

Nesse ínterim, minha filha que estava grávida, começou a ter problemas com pressão alta. Ela fazia acompanhamento constante com a ginecologista, pois precisava de cuidados.

No início do mês de junho, dia 14, recebi um telefonema de minha irmã do Rio de Janeiro, dizendo que minha mãe tinha sofrido um infarto e estava no hospital, muito mal. Deixei meu esposo e meus outros filhos e fui ao Rio visitá-la e dar apoio a meus irmãos e meu pai. Somos cinco irmãos. Durante o tempo que fiquei com minha mãe, clamava a Deus por minha família pedindo que Ele me concedesse a graça de vê-los bem. Minha mãe foi melhorando e seu quadro estabilizou. Ficou no hospital por mais alguns dias.

Enquanto isso, meu esposo levava meu filho para fazer tratamento. Algumas irmãs Mães Unidas em Oração davam suporte à minha filha grávida, agora com seis meses.

Meu filho estava muito deprimido. Devido ao acidente, teve que trancar a Faculdade e isso o deixou muito deprimido. Tentei voltar para Brasília no dia 21 de junho, mas só achei passagem para o dia 22.

No Rio de Janeiro, minha irmã me convidou para ir à Igreja Cristã Nova Vida, na Zona Oeste, para participar de um Culto para mulheres. Eu fui. Foi um culto maravilhoso. Minha alma estava angustiada. Eu estava profundamente triste. Era como se um tsunami tivesse passando sobre minha família.

Estava acompanhando o trabalho da irmã através da Visão Missionária e desejava muito conhecê-la. Deus reservou aquela oportunidade. Uma segunda-feira, 21 de junho de 2010! A irmã disse, na ocasião, que Jesus queria que confiássemos n’Ele. Que fizéssemos prova d’Ele.

Que através da fé, coragem e perseverança, alcançaríamos a vitória. Foi uma mensagem rica, edificante. A irmã pediu para que, quem quisesse colocar seus fardos sobre a cruz, fosse à frente.

A igreja estava repleta. Creio que tinha cerca de 250 mulheres. Muitas foram à frente chorando, inclusive eu. A irmã pediu que todas as mulheres que estavam sentadas, viessem à frente e, abraçasse cada uma, a pessoa mais próxima. Então, a irmã desceu do púlpito, e começou a tocar em cada uma. De repente, a irmã estava perto de mim. Eu estava chorando. Lembro-me, como se fosse hoje, das suas palavras: “não precisa chorar. Creia somente! A irmã vai alcançar a vitória! Tenha fé, coragem e perseverança. Não esmoreça! Nosso Deus é o Deus das coisas impossíveis! Ele é tremendo!” A irmã falava com autoridade e seu rosto brilhava! Suas palavras entraram em meu coração como uma flecha. Eu tinha certeza que Deus iria operar um milagre! Ao sair de perto de mim, a irmã voltou para o púlpito, e começou a cantar: “Vou levar meus problemas pra Deus. Entregar meus problemas pra Deus. Abençoar minha família, minha casa, meus irmãos, pois, eu creio no poder da oração...”

Naquela noite não dormi, tal foi a emoção de participar daquele culto. Deus falou ao meu coração de uma maneira singular! Eu deveria confiar. Deveria crer que Ele iria fazer uma grande obra!

No dia seguinte, 22 de junho, embarquei para Brasília totalmente focada na certeza de que meus filhos seriam vitoriosos! Quando cheguei, minha filha foi hospitalizada com ameaço de eclampse. Ficou 11 dias no hospital e, ao ter alta foi para minha casa, com seu esposo e minha netinha de dois anos. Continuávamos, eu e minhas companheiras de oração, clamando ao Senhor, na certeza da vitória!

Meu filho continuava fazendo todo o tratamento. Ele tinha esperança de andar. Agora, eu tinha certeza que ele voltaria a andar.

No dia 21 de agosto, minha filha não tinha mais condições de prosseguir na gravidez. Seu estado se agravou e, tanto ela quando o bebê, poderiam não resistir. Teve que submeter-se a uma cesariana. Quanta dor! Quanta angústia! Quanto sofrimento! Continuávamos clamando ao Senhor! Nasceu minha segunda neta, perfeita, sadia. Minha filha passou pelo vale da sombra da morte, mas, graças a Deus, recebeu a vitória, permanecendo com da vida. Treze dias depois, estava entrando em nossa casa, com sua filhinha no colo. Prezada irmã Jane Esther, não tenho como, nesse e-mail, descrever nossa alegria. É inenarrável!

No dia 23 de setembro, meu filho voltou a dar os primeiros passos, usando as muletas, saindo da cadeira de rodas. Sua coluna já estava sendo restabelecida. Segundo os médicos, ele voltará a andar... Glória a Deus! Ano que vem ele deverá voltar à faculdade e terminar seu Curso de Fisioterapia!

Ah! Irmã Jane Esther. Muitas vezes pensamos que tudo esta bem com a gente. Que esta tudo sob controle e que nada vai acontecer. E, de repente, tudo se transforma! Muito obrigada pelo dia 21 de junho de 2010! Jamais me esquecerei de suas palavras: “Fé, Coragem, Perseverança!”

Que Deus abençoe a irmã!”

Jeanette Mara Campos de Moraes – Brasília, DF
(Este testemunho foi publicado com autorização expressa da mãe. Os nomes são omitidos para preservar o sigilo dos filhos.)



🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺 ღ🍃🌺ღ╯ღ🍃🌺ღ╯


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

sábado, 16 de junho de 2018

ORANDO A PALAVRA DE DEUS SOBRE A VIDA DE NOSSOS FILHOS


Nós, como Mães Unidas em Oração, intercessoras que somos, temos o privilégio e a responsabilidade de nos colocar na brecha em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos ou espirituais) e leva-los ao trono da graça de Deus.

Mães, oremos com as mesmas palavras usadas pelo nosso Deus em favor dos filhos por quem estamos intercedendo. 


Vamos pedir ousadia, crendo nas Promessas da Palavra de Deus.

Aqui estão algumas passagens Bíblicas que nos ajudam a orar pelos nossos filhos de acordo com a Palavra de Deus.

1. Relacionamento com Deus - Senhor Misericordioso peço-lhe que meu filho ______________ (coloque o nome de seu filho) ame a Ti de todo coração, de toda a alma e de todo o entendimento. ( Mt 22.37)

2. Tribulações, Tentações e sofrimento - Pai cuidadoso, obrigada porque o Senhor remiu meu filho _______________ (coloque o nome de seu filho) e o chamou pelo seu nome, ele (a) é do Senhor. Regojizo-me em Tua promessa de que quando meu filho passar pelas águas o Senhor estará com ele. Quando ele passar pelos rios, eles não o submergirão. Quando ele passar pelo fogo não se queimará. ( Is 43.1,2)

3. Proteção contra o Maligno - Deus todo Poderoso, o Senhor é Fiel. Oro para que o Senhor confirme e guarde meu filho ___________ (coloque o nome de seu filho) do maligno. ( 2 Ts 3.3)

4. Obediência aos Pais - Pai amoroso, conceda o princípio do conhecimento a meu filho ___________ (coloque o nome de seu filho) , que os insensatos desprezam. Que meu filho ouça a instrução de seu pai, e não deixe o ensino de sua Mãe; porque serão grinaldas para a cabeça de meu filho. ( Pv 1.7-9)

5. Crescimento Espiritual - Querido Senhor, assim como meu filho ___________(coloque o nome de seu filho) recebeu a Ti como Senhor, que ele possa também andar na Tua presença, arraigado e sendo edificado e confirmado na fé. ( Cl 2.6,7)

6. Poder na Fraqueza - Senhor todo Poderoso, que meu filho ___________(coloque o nome de seu filho) possa experimentar o fato de que sua basta lhe graça, porque o Seu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Que meu filho ___________(coloque o nome de seu filho) possa se gloriar de suas fraquezas, a fim de que se repouse sobre ele o poder de Cristo. ( 2Co 12.9)

7. Alegria, Paciência e Perseverança - Pai Celeste, desenvolva em meu filho ___________(coloque o nome de seu filho) essas qualidades de caráter: Alegria na esperança, paciência na tribulação, perseverança na oração. ( Rm 12.12)

8. Permanecendo Puro - Deus onisciente, peço que meu filho ___________(coloque o nome de seu filho) fuja das paixões da mocidade e siga a justiça, a fé, o amor, a paz com os que, de coração puro invocam o Senhor. (2Tm 2.22)

Nossos filhos são heranças do Senhor, vamos cuidar deles e enche-los de Oração.


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

VOCÊ JÁ BRINCOU COM O SEU FILHO HOJE?




Brincar com o seu filho é importante, reserve uns minutos hoje para estar com o seu filho! 

Experiências positivas com sentimentos agradáveis podem servir de suporte para futuros momentos de conflito, pois ao brincar com o seu filho pode ajudá-lo a resolver problemas, a experimentar novas ideias, a explorar a imaginação. Brincar com adultos estimula a aquisição de vocabulário para que as crianças aprendam a comunicar os seus pensamentos, sentimentos e necessidades.

Deixe-se guiar pelo seu filho

Quando brincar com o seu filho, deixe-se guiar pela imaginação e idéias dele e evite organizar ou estruturar as atividades com ordens ou instruções. O brincar é um espaço de liberdade, não há um brincar certo ou errado. Não tente ensinar-lhe nada, simplesmente observe e acompanhe, imite-o e faça o que lhe pede para fazer. Esta abordagem vai estimular o desenvolvimento das capacidades do seu filho para brincar e pensar de forma independente.

O ritmo da brincadeira deve ser adequado ao seu filho


Quando os filhos pequenos brincam tendem a repetir a mesma atividade vezes sem conta. As brincadeiras repetitivas, como encher e esvaziar uma caixa vezes sem conta, aborrece rapidamente a maior parte das mães e é tentador acelerar o ritmo, propondo uma idéia nova ou outra forma de utilizar o brinquedo. Mas os filhos precisam de ensaiar e praticar uma determinada tarefa para sentirem que a dominam e para se sentirem confiantes. Um ritmo pausado vai contribuir para incrementar a capacidade de atenção do seu filho e incentivá-lo a concentrar-se numa mesma atividade durante um período de tempo.

Adeque as brincadeiras à idade e etapa do desenvolvimento do seu filho


Se quiser fazer um puzzle não escolha esse jogo se o seu filho tiver 3 anos pois ela vai resistir e evitar essa brincadeira porque não a percebe e não é estimulante para ela. Preste atenção aos sinais que seu filho vai dando. Proponha novas brincadeiras ciclicamente e repare se o seu filho já se sente mais motivado para brincar.

Elogie e encoraje as idéias e a criatividade da criança

Evite corrigir o seu filho quando ele está a brincar, uma vez que esse tipo de crítica vai desencorajá-lo de explorar as suas idéias ou experimentar novas formas de usar os brinquedos. Não julgue, corrija ou contradiga o seu filho quando brinca com ele. As brincadeiras das crianças não têm de fazer sentido aos olhos das mães. Elogie as idéias, o raciocínio e o comportamento de seu filho. Reforce as competências dela, como a capacidade de concentração, a persistência, a capacidade de resolução de problemas, criatividade.

Ensine o seu filho a brincar com outras crianças

Brincar com os irmãos ou amigos é uma excelente ocasião para desenvolver algumas competências sociais de seu filho, como saber partilhar, saber esperar, usar à vez, ajudarem-se uns aos outros, agradecer, pedir antes de tirar o brinquedo ao amigo.

Encoraje o seu filho a resolver os problemas sozinho


Por vezes, ao tentar ajudar, as mães acabam por tornam mais difícil que seu filho aprenda a resolver problemas e a brincar autonomamente. Dar ajuda em demasia ou assumir a realização de uma atividade diminui a confiança de seu filho nas suas capacidades e a sua auto-estima, promovendo a dependência dos adultos.

Estimule o desenvolvimento emocional do seu filho através do “faz de conta”

É importante estimular o “faz de conta” (gatinhar no chão a imitar um comboio, por exemplo) porque consolida os mundos imaginários de seu filho, o seu pensamento criativo e narrativo, ajuda-a a gerir as emoções e a partilhar sentimentos, desenvolve competência cognitivas, emocionais, sociais e espirituais. Permita que as caixas e as cadeiras sejam transformadas em casas, em escolas, em palácios e as bonecas em amigos, alunos. A fantasia ajuda seu filho a pensar simbolicamente e a distinguir o que é real e o que não é.

Dê atenção à seu filho enquanto ela brinca


Quando seu filho está sossegado a brincar, a maioria das mães aproveita esse tempo para tratar das suas coisas (fazer o jantar, ler, escrever um email). A verdade é que se seu filho não recebe atenção positiva quando se porta bem, vai fazer os possíveis para atrair a atenção negativa, portando-se mal. Este é o princípio básico na origem de muitos problemas de comportamento. Se der atenção à seu filho enquanto ele brinca, ele sentirá menos necessidade de chamar a atenção e sente-se mais segura.

Você já brincou com o seu filho hoje? 


Sigamos em frente com fé, coragem e perseverança!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Sandra Braconnot) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”

quarta-feira, 13 de junho de 2018

ENSINA A CRIANÇA NO CAMINHO EM QUE DEVE ANDAR



Se verdadeiramente quisermos que este versículo seja uma realidade na vida de nossos filhos, cabe a nós, em obediência a Palavra de Deus, evangelizar e discipular nossos filhos. Precisamos além de levá-los a Jesus, ensiná-los a crescer na intimidade e comunhão com Deus.

Mãe, ensinar a criança no caminho em que deve andar é muito mais do que levá-la a igreja domingo após domingo, é muito mais do que ensiná-la a ser religiosa, é muito mais do que ensiná-la a orar na hora das refeições, é muito mais do que proibi-la de assistir um desenho, um filme ou um game, é muito mais do que ler a Bíblia só no dia em que dá tempo, é muito mais do que estudar em um colégio cristão, é muito mais do que delegar a professora da Escola Bíblica Dominical o que Deus delegou a nós...

Ensinar a criança no caminho em que deve andar é permitir que Cristo viva a vida d"Ele em nós a cada momento de nossa vida, é exalar o bom perfume de Cristo em nossos lares, para que nossos filhos vejam Cristo e o seu amor através de nós.

Ensinar a criança no caminho em que deve andar é levá-la a amar a Jesus de todo o seu coração e sua alma, como nós amamos, é ensiná-la a ter comunhão íntima com Jesus como nós temos, é ensiná-la a ter desejo de orar, falar com Deus como nós, é ensiná-la a ter fome da Palavra e se alimentar diariamente como nós nos alimentamos.

Ensinar a criança no caminho em que deve andar é colocar a Palavra de Deus no coração e na alma delas, estando nós, sempre a frente dos olhos delas. É ensinar a tempo e fora de tempo: almoçando na mesa, brincando no chão, tomando banho, fazendo jantar, comendo juntos. É andando no caminho da padaria, da escola, do shopping, da feira, do parque. É ensinando na hora de deitar, na hora de se levantar para a escola (Dt 11:18 a 21) e quando eles forem velhos, não se desviarão dos caminhos pelos quais caminharam, pois as promessas de Deus são verdadeiras. Nuca mudam e nem falham.

Hoje, é o tempo urgente para vivermos essa promessa de Deus em nossos lares pois, como mães, precisamos também com urgência obedecer e viver a Palavra de Deus, sendo referências para eles!


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo Filho precisa de Uma Mãe Que Ora! 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org


(Editora do Blog: Sandra Braconnot)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

terça-feira, 12 de junho de 2018

MEU FILHO SE FOI!


"O que dizer... Meu filho se foi...Ele não aguentou mais uma overdose.
Cheio de vida... Líder de louvor na igreja... Tocava sax como ninguém... Desde novo gostava do instrumento. Com 16 anos era líder nos adolescentes... Único menino, pois temos uma filha que é uma bênção!

Ele tinha tudo que queria... Fazíamos todas as suas vontades... Era nosso caçulinha... Ao entrar na Universidade de engenharia de Telecomunicações...Nossa vida mudou.Como havia dito para a irmã, ele começou a se envolver com dois colegas da Universidade, começou a sair e voltar altas horas, ir para as baladas... Mudou de comportamento, até descobrirmos que estava envolvido com cocaína...

Deixou a igreja, os colegas, o sax, o louvor.. Disse que agora estava vivendo a vida...Como sofremos... Como lutamos... Como choramos... Foram 3 longos anos de internações... 3 anos de agonia... 3 anos de contante desespero.... Não nos ouvia, não aceitava orientação... etc... etc...

Há um mês ele não aguentou e, depois de 3 paradas cardíacas, se foi. Ainda não posso acreditar que aquele menino que estava naquele caixão, que parecia estar dormindo, era o meu menino... (19 anos, mas para mim era o meu menino) 

Irmã Jane Esther... Muito obrigada por orar por mim e comigo pelo telefone... Quantos telefonemas... Como oramos... Muito obrigada pela atenção, quando muitos me deixaram pelo caminho, pois, não queria mas me ajudar.... Muito obrigada pelo auxílio espiritual... Muito obrigada, pois a irmã não foi religiosa e, sim uma samaritana... Muito obrigada por que a irmã, sem saber me carregou no colo no momento mais agonizante de minha vida....

Como a irmã sempre dizia: "Deus está no controle de todas as coisas", "Todas as coisas cooperam para o bem aqueles que amam a Deus", "Que os mistérios de Deus são Insondáveis", "Que o que acontece hoje não compreendemos, mas que lá na frente saberemos o "para quê" de Deus e não o "por quê?" "Que eu e meu esposo estávamos fazendo tudo que estava ao nosso alcance e, que era para eu descansar no Senhor" "Que muitas coisas acontecem e que não temos controle sobre elas", "Que era para eu não me culpar mais do que já estava me sentindo culpada"... etc..

Sabe, irmã Jane Esther, nunca demos limites para o nosso filho quando ele estava na primeira infância e precisava de orientação. Ele fazia alguma coisa que não estava certo e achávamos a maior gracinha... Ele chutava o pai e eu não corrigia. Ele batia no meu rosto e eu achava normal. Ele batia na irmã, e eu naõ fazia nada. Ele brigava com os colegas na igreja e eu achava ruim com os colegas e o defendia sempre, mesmo sabendo que ele estava errado.

Irmã Jane Esther, tenho pedido perdão a Deus pela minha atitude, minha falta de ação, minha ignorância, minha negligência, minha insensatez como mãe... Meu filho foi fruto da falta de orientação que deveria ter dado e não dei. Que as mães, que ainda tem seus filhos pequenos, possam ter atitudes totalmente diferentes das minhas.

Muito obrigada por tudo, pois a irmã, bem como minhas irmãs de oração foram bênçãos e estão sendo bênçãos na minha vida....

Tenho outra filha, e graças a Deus, ela tem sido a razão da minha vontade de viver.... Esta difícil, mas Deus está a cada dia nos confortando....

Graças a Deus pela vida de vocês que são alicerces para nós.... Sinto-me em paz.... 

(Jandira Ferraz da Costa - Mãe Unida em Oração - Belo Horizonte, MG)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

ORANDO PELOS NOSSOS ADOLESCENTES



A adolescência é um belo período da vida. Alegria, criatividade e espontaneidade são características daqueles que estão vivendo a transição da infância para a juventude. É uma época muito intensa, quando precisam começar a tomar decisões que influenciarão os demais anos de vida.

Além de experimentarem muitas mudanças físicas, é nessa fase que o caráter é consolidado. O adolescente, para que se torne um adulto bem-sucedido, precisa de uma vida espiritual agradável a Deus, além de desenvolver sua capacidade de se relacionar com a família, os amigos e a sociedade.

É justamente neste período crucial que muitos iniciam uma triste caminhada ao lado do álcool e das drogas. Trata-se de uma artimanha diabólica para causar dores e destruir sonhos. Os vícios sufocam preciosas sementes que brotariam repletas de bênçãos. 
Quantos sonhos são trocados por pesadelos? 
Quantos sorrisos transformam-se em lágrimas de tristeza? 
Quantas noites de sono reparador são desperdiçadas nas ruas sujas dos vícios? 
Quantos amigos verdadeiros deixados de lado por causa de falsos amigos, que não se interessam pelo bem-estar, mas desejam companheiros de desgraça?

Precisamos levanta intenso clamor ao Senhor para que a triste realidade de milhares de filhos adolescentes sejam radicalmente mudada, assim como Jesus restaurou o juízo, a vida e a família daquele infeliz jovem escravizado por Satanás na cidade de Gadara, como registrado em Lucas 8:26 a 39.

Nunca devemos nos esquecer de que, quando oramos, nossas súplicas são direcionadas ao Deus que tudo pode fazer.Quando milhares e milhares de mães se unem em oração, Deus pode alcançar os adolescentes pródigos, escravizados e sem perspectivas. 

Por meio das nossas orações, Deus faz o que não podemos realizar. A voz de Deus é mais veemente do que a voz da mãe que aconselha e do pai que ensina. Há muitas mães que já não têm mais o que dizer aos filhos, pois esses já não aceitam ouvir. Mas, em vez de continuarem falando com o filho sobre Deus, podem falar com Deus sobre o seu filho. 

Confiadas em Deus, clamemos ao Senhor para que nossos adolescentes sejam livres das drogas e do álcool.

Oremos:
1) Pelos nossos adolescentes crentes;
2) Pela libertação e recuperação dos que estão nos vícios e/ou nas drogas; 
3) Pela conversão de milhões de adolescentes no Brasil;
4) Por sabedoria as mães para orientá-los no caminho certo;
5) Pela visão das igrejas com o Ministério Mães Unidas em Oração, extremamente importante e relevante em nossas igrejas.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html


Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

domingo, 10 de junho de 2018

TODO FILHO PRECISA DE UMA MÃE QUE ORA

"Eu não tinha muita noção da importância deste livro até que o li. Pude descobrir quanta riqueza há em seu conteúdo!

Fern Nichols, a autora e fundadora do ministério "Moms in Prayer International", escreveu o livro para servir como ferramenta de desenvolvimento do Ministério em todo o mundo. Quando foi escrito, referia-se ao antigo nome do ministério: “Moms in Touch International”. Recentemente, o livro foi mudado para o atual nome e, em breve, será relançado. Ele faz referencias de como tudo começou no coração da autora e como tem alcançado, durante toda uma geração, vidas de tantas mães que aprenderam a orar unidas com outras mães, "unanimemente", no mesmo propósito!

A autora consegue passar sua visão do Ministério de forma bem clara, objetiva e profunda, com o toque especial do Espirito Santo em toda sua trajetória confirmando, da parte de Deus, o desejo de ver mães em todo o mundo aprendendo a derramarem-se diante de Deus pela vida de seus filhos e dos filhos de outras mães e suas escolas.

É um livro apaixonante! Podemos perceber o profundo amor que Fern Nichols tem pela vida de oração e como se dedicou, e ainda tem se dedicado, a experimentar cada vez mais, uma profunda intimidade com Deus.

Não há dúvidas que houve um chamado de Deus e uma profunda convicção em seu coração para iniciar o "Ministério Moms in Prayer International", que hoje está em 143 países no mundo!

Quando ela começou a se reunir com outras mães, sentiu que precisava organizar um roteiro de oração. Ela criou os "Quatro Passos Para Oração" que até hoje, depois de 30 anos, ainda é o roteiro seguro, pois está respaldado em versos bíblicos, e que norteia a reunião de pequenos grupos com as mães unidas de oração.

O livro relata inúmeras e ricas experiências de mães, mostrando como verdadeiramente o poder de Deus opera, através da oração de uma mãe que ora com fé e, também, quando se une a outras mães com mesmo propósito.

Uma mãe que orava com seu grupo em casa, despertou no seu esposo, o desejo de orar como aquelas mães que oravam, semanalmente, durante uma hora. Aquela mulher ensinou ao marido e este passou a experimentar uma nova dinâmica e crescimento na sua vida de oração! Esta sugestão me levou a orar também de forma diferente com meu esposo, o que tem sido especial e enriquecedor para nós!

Este livro é uma preciosidade! Fern Nichols foi muito usada por Deus para tocar o coração de qualquer mãe que viajar por suas páginas. Podemos sentir claramente o fluir do Espirito Santo através do seu amor e de suas experiências vividas ao experimentar o poder de Deus de forma pessoal e na vida de tantas outras mães.

Ela nos convence da pura verdade de que, “todo filho precisa de uma mãe que ora” e que não devemos desistir, nem desanimar nunca, de orar com fé pois, mesmo quando acharmos que não sabemos como orar, devemos ser sinceras com Deus, como os discípulos de Jesus foram, ao pediram que lhes ensinasse a orar!

A autora encerra seu livro dizendo que: “...ainda está aprendendo a orar”. Que tenhamos essa mesma humildade, sempre!

Somos, todas, eternas aprendizes! Vamos continuar nossa caminhada, cuidando de nossos queridos com todo amor mas, principalmente, pedindo ao Pai que nos ensine como orar por nossos filhos que precisam, as vezes, muito mais de nosso apoio espiritual do que material.

Nosso dever é buscar, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça. As demais coisas, nos serão acrescentadas! (Mateus 6:33)"

Dica pra você!
O livro: “Todo Filho Precisa de uma Mãe que Ora” – Fern Nichols pode ser adquirido pela internet. No momento, encontra-se disponível em vários sites.

Sirlei Mendonça Campos
(Líder de Grupos do Ministério Mães Unidas em Oração em Niterói, RJ.
Coordenadora do Estado do Rio de Janeiro)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

terça-feira, 5 de junho de 2018

COMO ORAR PARA A CONVERSÃO DE UM FILHO

Quando a salvação de alguém parece impossível, precisamos clamar com fé. Marcos 10:27 diz:  "... Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis”.



Estamos numa batalha espiritual! Mas, graças a Deus, nossas armas espirituais são mais poderosas e nossa autoridade em Cristo é bem maior do que os governos, poderes e forças da escuridão.

O Inimigo tem que ceder, pois a vitória já é nossa (II Coríntios 10:3-5). Oremos em nome de Jesus, pedindo e clamando pela salvação de alunos, de professores, membros da administração, funcionários e pais ou responsáveis. Isto requer Fé, Coragem e Perseverança. Lembrem-se de que "maior é O que está em nós do que o que está no mundo!"

Eis aqui um exemplo de oração, em conjunto, por um filho não-crente:

Primeira Mãe - "Querido Pai, em nome do Senhor Jesus, eu rogo pelo rompimento de todas as manobras de Satanás na vida de_________”

Segunda Mãe - "Eu oro, pedindo que os seus pensamentos de __________ sejam submissos à vontade de Cristo."

Terceira Mãe - "Sob a autoridade do nome do Senhor Jesus Cristo, eu clamo pela libertação de todo poder e persuasão demoníaca na vida de ___________."

Quarta Mãe - "Senhor, eu oro para que haja convicção na vida de ________ e a consciência de que, Tu, meu Deus, o leve ao arrependimento. E que escute e creia em Ti, ao estar ouvindo e lendo a Tua Palavra."

Sugerimos, às mães, as seguintes referências bíblicas para meditação e uso, na hora de oração em favor de um filho que não é crente:

(II Pedro 3:9 - Timóteo 2:4-6 - Romanos 5:8 - I Pedro 1:18, 19 - Romanos 10:13-15 - João 14:13 - II Coríntios 4:3, 4)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

segunda-feira, 4 de junho de 2018

ORAÇÃO DE UMA MÃE UNIDA EM ORAÇÃO

Senhor, dá-me, de Raquel, a arte de fazer-me amar.
Dá-me, de Joquebede, o espírito de amor, sacrifício e renúncia.
De Raabe, dá-me a coragem e a ousadia.
Semelhante a Rispa, que eu seja incansável, vigilante e que tenha tenacidade.
Dá-me de Noemi, a solidariedade e o estímulo.
De Rute, dá-me a dedicação e a bondade.

De Ana, dá-me a fé e a fibra para cumprir o voto feito.
De Débora, o senso de justiça, de ousadia.
Dá-me a astúcia de Mical, para usá-la no bem, e não para o mal.

Semelhante a Abigail, faze-me mensageira da paz, da harmonia.
Semelhante a Ester, que eu seja destemida, corajosa, perseverante, desinteressada e altruísta.
Semelhante a Maria, a mãe de Jesus Cristo faze-me pura e humilde de coração.
Semelhante a Isabel, faze-me capaz de regozijar-me com o bem alheio.
De Marta, dá-me a disposição para o trabalho material, com prioridade para Jesus.
E, de Maria, o anseio espiritual e a consagração perfeita.
Semelhante a Dorcas, a costureira, que eu seja útil ao necessitado.
Semelhante a Lídia, que eu abra a porta da hospitalidade ao que chegar cansado.
Semelhante a Priscila que eu seja uma boa esposa e companheira de ministério.
Semelhante a Evódia e Sintique que eu seja cooperadora no evangelho.
Semelhante a mulher samaritana, que eu corra a falar da salvação em Jesus Cristo.
Semelhante a Febe, que eu tenha o espírito missionário.
E, semelhante a mulher do fluxo de sangue, que eu tenha a Fé que vê o invisível, a Fé que crê no incrível e a Fé que recebe o impossível!
Que eu seja semelhante a Mulher Virtuosa de Provérbios 31, cujo valor muito excede ao de rubis, que só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida. Que eu abra a minha mão ao pobre e estenda as minhas mãos ao necessitado. Que, com sabedoria, eu esteja atenta ao andamento de minha casa, e não seja preguiçosa. Que a Palavra de Deus esteja sempre em minha vida, em meu caminhar. Que eu continue sempre sendo “luz, sal, fermento, carta e testemunha de Cristo”, exercendo o Caráter, a Paixão, a Piedade, a Fé, a Coragem e a Perseverança. E que, em todo o tempo, eu seja temente ao SENHOR.

Senhor, não me deixes olhar para trás, como fez a mulher de Ló.
Nem que eu tenha preferência por um filho, como Rebeca.
Livra-me do desejo adúltero da mulher de Potifar.
Tira de mim, o instinto de trair, como teve Dalila.
Livra-me da trama macabra e diabólica de Herodias.
De Ti, Senhor, suplico: O perdão, a paz e a bênção.

Amém! Amém e Amém!
(Adaptado:Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 

Todo filho precisa de uma mãe que ora 

Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

domingo, 3 de junho de 2018

CONSTRUINDO GRUPOS FORTES



1. A líder é bem treinada. 
Ela ORA usando os quatro passos de oração em concordância durante uma hora. Ela é preparada. Uma líder bem treinada estará confiante e animada com o privilégio de discipular suas mulheres em como orar de forma eficaz e poderosamente. 

Seus membros vão convidar outras mães para o grupo. Elas também irão lançar a visão para outras mulheres que conhecem, desafiando-as a aderirem ou iniciar um PGO - Pequeno Grupo de Oração e adotar uma escola. A multiplicação vai acontecer.

2. A líder é entusiasmada
Ela não vê esta hora como um fardo, mas de mudança de vida para si mesma e para as demais mães de seu grupo. Ela sabe que a oração funciona e que há grande poder lançado em oração corporativa.

Há um princípio de oração em Deuteronômio 32:30: "Como poderia ser que um só perseguisse mil, e dois fizessem fugir dez mil, se a sua Rocha os não vendera, e o Senhor os não entregara?"

Quem não gostaria de orar com outra mãe se as suas orações serão 10 vezes mais poderosas? Esta é a melhor decisão para você investir uma hora de sua vida.

3. A líder está comprometida
Ela sabe que Deus abençoará sua obediência. Ela está empenhada em estar pronta com sua folha de oração, e compromete-se a orar pelas mães em seu grupo.

4. A líder leva a vida com um coração purificado
Ela não é perfeita, mas perdoada. A líder habitualmente tem um tempo de silêncio. Ela é intencional sobre reservar tempo para passar com Jesus, mantendo-O como seu primeiro amor. Ela é a modelagem de Jesus para outras mães do seu grupo. Ela não pode levar suas mães a uma maior intimidade com Deus se ela não crê no poder da oração.
Como a líder caminha,  assim vai o grupo! Ela está realmente compormetida levando cada mãe de seu grupo para uma caminhada pessoal com o Senhor.

5. A líder é o estabelecimento de um senso de comunidade
Mulheres querem pertencer. Elas querem um lugar onde se sintam seguras, amadas e aceitas sem condenação.

6. A líder lidera com integridade.
Ela sempre começa e termina no tempo.
Ela leva em oração as solicitações e ações de graças, em vez de compartilhá-las primeiro.
Ela encoraja as demais mães a virem mais cedo ou ficar depois, se elas desejam mais tempo de comunhão.

7. Ela está empenhada em estar presente todas as semnas.
Ela sempre salienta confidencialidade. O grupo será sustentável e a líder será respeitada.
Nós agradecemos os testemunhos de mães que começaram a orar num grupo de oração quando seus filhos eram pequenos, na Educação Infantil, depois no ensino fundamental depois entraram para o ensino médio e, em seguida para a Universidade. 
Alguns grupos continuaram por mais de 20 anos. Imagine as muitas orações respondidas, tantopara os filhos quanto para as escolas.

8. A líder mantém a visão mundial de Mães UNidas em Oração antes de formar seu PGO.
Seu grupo será parte de milhares e milhares de mães orando juntos ao redor do mundo.
As mães querem ser parte de um discipulado abençoado por Deus. Um ministério de multiplicação. Elas querem ser parte de um Ministério onde há colheita e renascimento. Eles querem ser parte de um investimento eterno na vida dos filhos e da escola em todo o mundo.

9 . A líder participa das reuniões de Liderança
Ela será habilitada, encorajada, equipada, bem como recebeá atualizações e informações importantes.

QUAIS SERÃO OS RESULTADOS / BENEFÍCIOS DE UM GRUPO FORTE?

As mães terão respostas à oração.
As 
mães vão crescer em sua fé e sua relação com Cristo.
As 
mães vão sentir e saber que o Rei Jesus está sempre presente no seu grupo. Concordando em oração umas com as outras terão suporte espiritual em todas as esferas.
Desejando que a vontade do Mestre seja feita, mostrará total humildade e submissão de cada mãe.
Trabalhando a Sua Palavra, no aráter, nome ou atributo de Deus, cada mãe será fortificada na fé e no conhecimento.
As mães serão comprometidas, tendo fé, coragem e perseverança na oração. 

Quem iria querer perder esta poderosa hora de oração eficaz? 
Elas vão aprender a amar a disciplina e a estrutura da hora de oração. Elas sabem que vão orar e não falar.  As mães se tornarão as maiores relações publicas do Ministério.

ESPERAR DA COLHEITA!
Viver numa atitude de expectativa de grande colheita: salvação dos filhos, tranformação, renascimento na sua escola; cada PGO com a escola adotada coberta em oração. Ore por abundância – dupla bênção.

"…até agora (hoje) Eu anuncio que vou restaurar o dobro (duplo) para você." (Zacarias 9:12)

O dobro do número de escolas recebendo orações.
O dobro do número de membros do seu grupo. Vários PGOs. Várias líderes.
Dobrar as oportunidades para falar sobre Mães Unidas em Oração para mães em todoas os locais onde estiver: esolas; igrejas, Estudos bíblicos, vizinhos, etc.

Não desista!
A partir de Atos 20:22, ORE para que você dirigida pelo Espírito Santo tendo um profundo senso de dever para com o Mestre que a chamou para servir neste Ministério, apesar de todos os obstáculos, não desista!  Há uma colheita de almas a ser colhida.


Não duvide!
CREIA que Deus está trabalhando - "Porque nós andamos pela fé, não pela vista." (2 Coríntios 5:7)

Nossa oração é para você em Salmo 65:11: "Coroas o ano com a tua bondade, e por onde passas emana fartura..."

Seu campo pode não parecer grande coisa para um olhar destreinado… 
Mas está escondido e há potencial. Grandes coisas podem acontecer. Terra estéril pode tornar-se um campo fértil. Solo infertil de hoje detém colheita de amanhã! 
Colocando energia em coração frio, em um solo vazio não é um desperdício de tempo. Só porque não há nenhuma evidência de vida agora, não significa que nunca poderá acontecer. Há potencial no invisível!

Mas antes da colheita, há trabalho a ser feito. Há sementes a serem plantadas, fertilizante a ser aplicado, ervas daninhas a serem aniquilados e oração a ser feita. É preciso tempo e um monte de trabalho duro.

Que venha o tempo de colheita, TUDO VALE A PENA!!

(Moms in Prayer International/Adaptado por Jane Esther de um artigo de Brian Wechsler)



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.

Você já orou pelo seu filho hoje?



contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Sandra Braconnot)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”