Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

MEUS FILHOS NÃO ME OBEDECEM... O QUE DEU ERRADO?

Entre os 2 e os 3 anos, a criança experimenta uma crise de oposição. Nesta idade, a criança descobre-se como pessoa diferente dos adultos, com possibilidades de independência, e tenta AUTO AFIRMAR-SE opondo-se a tudo. É a idade do "diga você, que eu me oponho", da obstinação, das brigas e da oposição sistemática.
Esta idade se caracteriza, portanto, pelo negativismo e a obstinação. Produz um fortalecimento do Eu infantil que leva a criança a tentar afiançar sua personalidade frente aos adulto, suas leis e suas ordens.

Uma criança nesta idade desfruta "experimentando" a autoridade de seus pais e comprovando se seus desejos podem mais que os de mamãe e papai.

A criança há de passar por esta etapa de oposição. Até necessita dela para crescer. Convém deixar passar a tormenta sem dar-lhe muita importância, mas acompanhar passo a passo....

Outras crianças desobedecem para CHAMAR A ATENÇÃO. Quando uma criança, pelo motivo que for, se sente pouco atendida ou pouco querida é possível que se mostre desobediente para assim reclamar a atenção de seus pais ou professores.

Por exemplo, quando os pais estão muito ocupados, quando dedicam pouco tempo aos filhos, a desobediência é, muitas vezes, a única arma que a criança dispõe para que seus pais lhe prestem atenção. Freqüentemente descobrem que a única forma para que Mamãe ou Papai lhes preste atenção é brigando ou portando-se mal.

Por exemplo, se você trabalha muito e passa pouco tempo em casa é provável que seu filho reaja ante sua ausência mostrando-se difícil. É sua forma de atrair sua atenção, de dizer-lhe "aqui estou, dê-me importância". Se você se mostra amável e compreensivo então ele logo recuperará sua conduta habitual.

Também, se os pais têm viajado muito e deixam seus filhos aos cuidados de outras pessoas, é provável que tenham observado que, quando voltam, as crianças inconscientemente se "vingam" mostrando-se desobedientes e inclusive às vezes portando-se mal.

A criança que sente CIÚMES ou INVEJA de seus irmãos pode reagir do mesmo modo mediante conduta negativa se descobre que, com estas, pode converter-se no centro de atenção. 

Além disso, quando uma criança NÃO SE SENTE SUFICIENTEMENTE ACEITA pode reagir mediante comportamentos indiscriminados.

Também devemos ter em conta que as crianças incomodam quando ESTÃO ABORRECIDAS. Se não lhes oferecemos estímulos suficientes elas reagirão mediante condutas inadequadas.

Não é tarefa fácil lidar com crianças desobedientes. Por isso, é comum que os pais percam o controle e a paciência na tentativa de melhorar o mau comportamento dos filhos.

Você deve tomar cuidado também com as ameaças não cumpridas, pois geram ansiedade e falta de confiança, sendo que a criança volta a repetir o mal comportamento já que não tem nenhuma conseqüência ruim em sua atitude.

Já o excesso de permissividade pode ocasionar problemas futuros na vida da criança, pois não conseguirá adquirir consciência dos limites frente à vida, sem parâmetros do “certo e errado”, podendo sofrer diante da realidade mais tarde.

Cremos que uma boa alternativa para punir a criança no momento que teve algum comportamento impróprio, seja tirar algo que ela goste muito, temporariamente, explicando de forma clara, sincera e firme o motivo da sua atitude.

Provavelmente ela irá protestar, mas se houver uma relação de confiança entre você e seu filho, esta acabará compreendendo a sua atitude e, já vai saber o que ocorrerá caso repita o comportamento.

Os LIMITES são imprescindíveis.... Limites são barreiras, regras da casa. Elas são estipuladas pelos pais ao longo do seu crescimento. Sim, pelos pais. Tem que haver acordo. Não é um dizer uma coisa e o outro, dizer outra coisa...

Sem limites e regras será desenvolvido um comportamento rebelde. É igualmente importante equilibrar essas regras fazendo elogios quando os filhos mostram um comportamento positivo. Devem aprender desde cedo sobre cidadania e boa educação, respeitando as outras pessoas, o meio ambiente, aprender a ter responsabilidade com suas tarefas.

Tudo isso faz parte do processo de um crescimento mais sadio da criança, ajudando-o a transformar-se em um adulto mais consciente da realidade e pronto de forma a compreender que é preciso respeitar os deveres e direitos das outras pessoas.

A criança precisa aprender esses valores desde cedo, pois vai tomando consciência do mundo em que vive e percebendo que seus bons comportamentos e boas atitudes refletem boas respostas do mundo que a cerca.


Bom, é lógico que nem tudo corre perfeitamente e como estão num processo de aprendizagem vão cometer muitos erros, mas o importante é que consigam reconhecer erros e acertos neste longo caminho.
Nossa sociedade hoje é repleta de jovens que cometem infrações e crimes indiscriminadamente, pois não tiveram a noção de limites. Acham que podem fazer tudo sem nenhum tipo de punição, prejudicando a si e a outros.

Na orientação quanto a disciplina de nossas crianças não deve haver nem o radicalismo que exige da criança o comportamento perfeito e nem a falta dos valores básicos para a formação da personalidade e isto inclui o respeito como valor primordial.

A educação de nossos filhos deve ser embasada numa relação criança-adulto de compreensão, carinho, amor atenção e sinceridade. São critérios que auxiliam na formação da personalidade e do caráter de forma.

Mas o mais importante de tudo isso, é a oração. Pedir sabedoria, discernimento a Deus, todos os dias... 
No momento de maior dificuldade, não haja pelo impulso ou, pelo achismo...  Ore! 

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário