Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O NATAL E A GLÓRIA DE DEUS!

 Os anjos que apareceram aos pastores quando estes guardavam seus rebanhos no campo, na noite em que Jesus nasceu, cantaram esta canção: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens.” (Lucas 2.14)

Nesse cântico há uma tríplice conclamação dos anjos: conclamação à glorificação do nome de Deus; conclamação à paz na terra e conclamação ao reconhecimento da boa vontade de Deus para com os homens.

Esses três elementos formam, por assim dizer, o núcleo do Natal. O caráter moral, espiritual e existencial do Natal se expressa nestes três modos: na glorificação a Deus, na promoção da paz e na divulgação da boa vontade de Deus para com os homens.

Que quiseram dizer os anjos quando cantaram “glória a Deus nas alturas”? Eles conclamavam seus companheiros, outros anjos, que povoam o céu, lugar onde Deus habita de modo objetivo e pessoal, com os anjos e com as almas daqueles que, tornando-se seus filhos, já deixaram este mundo, ou seja, o lugar-sede do Governo de Deus.

O nascimento de Jesus, a encarnação do verbo, Deus tornando-se humano para dar a vida pelos homens e salvá-los da condenação do pecado e da morte, para redimir pessoas e para formar seu povo, isso é motivo para que Deus seja glorificado no céu.

Toda a obra viva de Deus, todos os seus anjos, o acompanham em seus feitos, desde a criação do mundo; e os anjos têm sido os seus mensageiros e agentes de suas intervenções no mundo terreno. Os anjos vieram aqui muitas vezes, trazendo mensagens de Deus e cumprindo missões. Eles sabem que Deus está desenvolvendo, no mundo, seu plano de redenção do homem. Eles participam dessa realização.

Então, na culminância da história, na plenitude dos tempos, o grande milagre aconteceu: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (João 1.14).

Este é o grande motivo da glorificação de Deus: A vinda do Cristo para consumar o plano de redenção. O Messias já estava na terra. Um menino frágil, sim, mas iria crescer, tornar-se homem, vivendo sem pecado, realizaria os milagres que o identificariam como o Filho de Deus, e finalmente daria a própria vida, na cruz do Calvário, pelos pecadores, para, o terceiro dia, derrotando a morte e confirmando ser o Filho de Deus, ressuscitar gloriosamente.

A chegada de Jesus ao mundo foi, realmente, motivo para regozijo dos anjos, e para que Deus, nas alturas, fosse glorificado.

Natal é um dia que deve levar-nos a refletirmos sobre a necessidade de arrependimento e aceitação da dádiva de Deus, que é Jesus, submetendo-nos ao seu Senhorio.

Ao comemorarmos o Natal, juntemo-nos aos anjos, em seu júbilo e na glorificação a Deus, dando a Ele, INDIVIDUALMENTE, a NOSSA ETERNA GRATIDÃO.

Que, nesse Natal de 2016 e no ano que se inicia, voltemos nossos olhos para Belém, adorando o verdadeiro Deus, na pessoa de seu Filho Jesus Cristo, nosso Salvador e Senhor. Que nos demoremos em vê-lo e adorá-lo, à semelhança dos pastores. Que nossa convicção seja renovada com a visão do “Salvador, que é Cristo, o Senhor”, nos encoraje a continuarmos firmes, corajosas e perseverantes. Que renovemos nossa disposição de sermos verdadeiras missionárias onde quer que estejamos, seja qual for a nossa atribuição no Ministério de Mães Unidas em Oração, e que cada vez mais fiquemos admiradas, perplexas, atônitas com o Poder que Ele tem, pois as bênçãos são inenarráveis, incontáveis!

Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa

Coordenadora Nacional



Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário