Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

POR QUE CONHECER A ESCOLA DE SEU FILHO?

Seu filho passará a maior parte deste ano na escola - nada mais natural, portanto, que você entenda tintim por tintim como será a vivência dele ali. Mesmo que você ja conheça a instituição, mas, principalmente, se for o primeiro ano de seus filhos ali, a volta às aulas é uma boa oportunidade para estreitar a relação e mergulhar no mundo que cerca a criança em seu dia a dia.

Tirar dúvidas antes do início das aulas é o primeiro passo para um relacionamento de confiança entre os pais e a escola.


O que é importante conhecer sobre a escola? 
Primeiro, atente-se justamente à abertura que ela dá às suas curiosidades - se sentir resistência, é a hora e a vez de trabalhar esse aspecto. É preciso, porém, haver cumplicidade entre os pais e a escola. Afinal, o aprendizado da criança é objetivo comum.

Algumas escolas preparam reuniões de começo de ano, outras dependem da sua iniciativa para pedir uma conversa tira-dúvidas. Seja qual for o método, veja alguns aspectos eleitos pelos especialistas que não podem passar batidos no inicio do ano letivo.

1. Onde e quando posso entrar? 
Pode parecer uma pergunta com resposta óbvia, afinal, se seu filho está nas dependências da escola, é esperado que você possa ir até ele. Mas não é bem assim. Cada instituição possui suas regras sobre a circulação de pais e estranhos em suas dependências, e é importantíssimo que você as conheça. 

Por exemplo: na hora de buscar, você pode ir até a sala de aula, ou só pegará a criança na porta de saída? 

Quais são os ambientes em que você pode entrar durante o período de aulas? 
(Em geral, enquanto o professor dá aula, as salas são proibidas para pais.) 

Com quem você deve falar para que seu filho seja chamado rapidamente, caso seja preciso? 

E como funciona a permissão para alguém (que não os pais) tirar a criança da escola? 

Solucione essas dúvidas e mantenha esse "mapa" na cabeça para não atrapalhar o andamento da rotina, mas também não correr riscos com relação ao paradeiro de seu filho.

2. Geralmente, as escolas entregam no início do ano um calendário para os pais, às vezes anual, mas, na maioria dos casos, semestral. Nele você fica sabendo quando haverá aula, quando serão realizados eventos, como a feira de ciências, e também se há excursões em vista. Assim você pode se planejar em família (inclusive financeiramente).

3. No caso da entrada da criança na Educação Infantil, a maioria das escolas convida os pais a comparecerem durante o período de adaptação. Nem pense em recusar! 

Nada de surpresas ruins ao longo do semestre! Procure entender de antemão como será o método de avaliação neste ano, especialmente se seu filho estiver mudando da Educação Infantil para o Ensino Fundamental, ou do Fundamental I para o Fundamental II. Pergunte se são feitos trabalhos e/ou provas; se a frequência, o comportamento e a produção em sala de aula são levados em conta; se no boletim constarão notas ou conceitos. E, se caso você tenha dúvida sobre uma avaliação feita, com quem deve falar.


Ao longo do ano, não deixe para ir à escola apenas em dia de festa ou, pior, só passar lá correndo para pegar o seu filho. Trabalhando com a escola em prol da educação, todos saem ganhando.

4. Quem serão os professores? Procurar saber quem são, seus nomes, etc...

5. E a turma de seu filho? Quem são os colegas dele... E os seus pais... Você deve estar presente no dia-a-dia de seu filho...

Quais e onde serão os passeis, as excursões, etc...

Mãe, é de primordial importância a sua convivência com a escola de seu filho... Desde a cheche até a Universidade.  Esteja sempre atenta e alerta.

Mãe comprometida com Deus não descuida da vida de seu filho....


Nenhum comentário:

Postar um comentário