Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

domingo, 17 de novembro de 2019

UM EXEMPLO PARA MIM!


“Preciso dividir com vocês mães um episódio que ocorreu no meu plantão na noite anterior. Trabalho no setor de pré-parto e neonatal, no Hospital Municipal de Itapira, SP onde passam diversas futuras mamães.

Quando tocou a campainha e eu fui atender me deparei com uma jovem de 28 anos junto de sua mãe, ela sorrindo me disse: “ - Que bom que é você tia, eu amo você!”

Eu não fiquei surpresa com a atitude porque, alguns dias atrás, ela chegou no hospital e me chamou de tia. Eu sem entender muito bem, devo ter tido um ponto de interrogação em meu rosto. Ela se explicou: “- Lembra de mim? Eu frequentava a JUNIBI. Ia com a Deise. (JUNIBI era um encontro de juniores da Igreja Batista de Itapira).

Eu ajudava com as crianças dando estudos bíblicos. Eu fui puxando a memória e me lembrei daquele rostinho, agora uma menina mulher e com um barrigão lindo. Pois bem, agora está elava ali novamente com muitas dores e pressão arterial alterada, bastante alta por sinal.

La estava com um ultrassom que indicava que a criança com 38 semanas de gestação tinha um probleminha, no perímetro cerâmico (Perímetro cefálico). Estava menor do que o estimado para a idade gestacional, ou seja, microcefalia.

Vejo a menina nervosa, com dores, porém não aparentando entender muito bem o que está acontecendo. Já sua mãe que estava com ela e acompanhando tudo estava muito nervosa.

Ela entrou para a consulta com uma Bíblia nas mãos. Mostrava nervosismo todo o tempo e bastante calada. A menina foi examinada, sendo feito dois cardiotocos (A cardiotocografia é um exame que avalia o bem-estar fetal, e costuma ser realizado mais para o fim da gestação. Além de verificar se o bebê está bem, a cardiotoco também serve para detectar a presença ou não de trabalho de parto. O exame monitora a frequência cardíaca fetal durante um dado intervalo de tempo, normalmente por volta de 10 a 20 minutos).

Bem, a pressão dela continuava alta. O obstetra decidiu por um parto de cesariana. Ela foi preparada e o aviso foi dado aos demais profissionais que iriam ajudar. Em uma das vezes que entrei no quarto da paciente vi a mãe com as mãos postas sobre ela clamando a DEUS.

Quando liguei para o pediatra avisei que ocorreria um parto cesariana, 38 semanas, que tinha dois ultrassons. Que o primeiro estava normal, porém o segundo indicava microcefalia, ele já veio bastante apreensivo. A paciente foi encaminhada então para o centro cirúrgico e a mãe permaneceu todo período do parto de joelhos e em oração, clamando pela filha e a neta que iria nascer.

Mães para honra e glória do Senhor Jesus a criança nasceu bem, choro forte e acreditem, perímetro cefálico 35 cm, ou seja não tinha microcefalia. O pediatra examinou e disse: “- Essa criança não tem nada. É totalmente normal.

Fiquei agradecendo a DEUS e corri para dar a notícia para aquela mãe/avó que permanecia de joelhos orando ao Senhor, agora em lágrimas e agradecendo.

Mães nosso DEUS é tremendo Ele faz milagres o tempo todo, mas confesso que senti vergonha porque no meio de um plantão corrido, outras gestantes em trabalho de parto não tive tempo de orar junto daquela mãe, e quantas vezes na correria do dia a dia deixamos de orar de agradecer “o quão grande é o nosso DEUS.”

Entrei no centro cirúrgico e contei ao anestesista o que havia ocorrido, e ele disse essa mãe e avó são pessoas bem simples humildes, mas essa criança vai ser muito bem criada, porque terá base cristã, muitas crianças nascem em berço de ouro porém não são bem criadas porque não tem o principal: a fé e base cristã.

Mães resumindo tudo isso, quantas vezes aquela mãe/avó teria clamando á DEUS pela filha e neta que nasceria, segundo exames de imagem, especial. O SENHOR ouviu o clamor daquela avó, que é mãe duas vezes.

Aquela senhora em nenhum momento se preocupou com o que poderia pensar as pessoas que estavam ali, orou com as mãos postas sobre sua filha e neta. O tempo todo da Cesariana permaneceu em oração ao DEUS Todo Poderoso que serve! Não se importou com o local ou com as pessoas que estavam perto! Exemplo de fé para outras mães, futuras mães que ali estavam e, que foi um exemplo para mim que sou uma Mãe Unida em Oração!

DEUS diz: “- Eu posso! Eu faço! Basta crer, ter fé e entregar tudo em oração.

Para Honra e Glória do Senhor a menina nasceu perfeita, pesando mais de três quilos, e recebeu o nome de Lorena.

Nosso DEUS é tremendo.”

Rosana Raphael - Mãe Unida em Oração em Itapira, SP
(Testemunho publicado com a permissão de Rosana)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.

Você já orou pelo seu filho hoje?


contato@maesunidasemoracao.org
WhatsApp: 21 992120548 

(Editora do Blog: Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

Nenhum comentário:

Postar um comentário