Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sábado, 26 de fevereiro de 2011

VAMOS ATÉ BELÉM!

 “E logo que os anjos se retiraram deles para o céu, diziam os pastores uns aos outros: Vamos já até Belém, e vejamos isso que aconteceu e que o Senhor nos deu a conhecer. Foram, pois, a toda a pressa, e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura.” (Lucas 2.15-16)

Dezembro é o mês em que se convencionou comemorar o nascimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. O conhecidíssimo autor do “Dicionário Bíblico de Davis” – John Davis – num longo artigo sobre o nascimento, vida, ministério, morte e ressurreição de Jesus Cristo diz: “Concluímos, pois, como mais provável, que as datas principais da vida de Cristo, são: Nascimento, a 25 de dezembro do ano 5 A. C.; Batismo, e o princípio de seu ministério em janeiro do ano 27 A. D. e a sua morte, a 7 de abril do ano  30.” Então, entre os povos adeptos do Cristianismo, o nascimento de Jesus Cristo é celebrado em 25 de dezembro. É o que estamos fazendo, mais uma vez, em dezembro de 2010.

O título desse artiguete – “Vamos até Belém”, incentiva-nos a tomar a mesma decisão que os pastores tomaram, após terem contemplado uma das mais belas cenas que olhos humanos já viram: A visita dos anjos celestiais, anunciando que Jesus acabara de nascer em Belém da Judéia, e a audição de um numeroso coral celestial cantando “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens de boa vontade”.

Essa decisão dos pastores é a mesma que todas devemos tomar durante todos os dias de nossa vida, pois, em Belém da Judéia, temos o nosso primeiro contato humano com Aquele a quem Deus enviou à terra para materializar o seu objetivo de salvar a todos os que desejem estar no céu, finda a jornada terrena: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Ao ir até Belém, constatamos o cumprimento dasprofecias sobre a vinda do Messias, aquele que esmagaria a cabeça da serpente (Gn 3.15); vemos o Profeta semelhante a Moisés (Dt 18.15); vemos a Criança maravilhosa (Is 9.6); contemplamos o Lírio dos Vales e a Rosa de Saron (Ct 2.1), conhecemos o Servo Sofredor (Is 53), vemos o Verbo que se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade (Jo 1.14). Vemos Aquele que morreu, ressuscitou e voltou ao céu, de onde retornará em glória, para concluir a tarefa salvadora que Deus, o Pai, lhe confiou realizar.  

Jesus Cristo... Aquele que tem o poder! Aquele que opera maravilhas! Aquele que através da nossa Fé nos faz ver o invisível, crer no incrível e receber o impossível! Sim, nós, Mães em Contato cremos nesse Deus tremendo e poderoso.

Que, nesse Natal de 2010 e o ano que hora se inicia, voltemos nossos olhos para Belém, adorando o verdadeiro Deus, na pessoa de seu Filho Jesus Cristo, nosso Salvador e Senhor. Que nos demoremos em vê-lo e adorá-lo, à semelhança dos pastores. Que nossa convicção renovada com a visão do “Salvador, que é Cristo, o Senhor”, nos encoraje a continuarmos firmes, corajosas e perseverantes, pois as bênçãos foram inenarráveis, incontáveis!

 “Vamos até Belém”, é um apelo para que renovemos nossa disposição de sermos verdadeiras missionárias onde quer que estejamos, seja qual for a nossa atribuição no Ministério de Mães em Contato, e que cada vez mais fiquemos admiradas, perplexas, atônitas com o Poder que Ele tem.
Sempre unidas por Jesus Cristo, através da...
Fé, Coragem e Perseverança, sou,

Jane Esther

Nenhum comentário:

Postar um comentário