Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sexta-feira, 31 de julho de 2015

O AMOR

O amor não é opcional, é essencial. É imperativo. Paulo cita a frase “se não tiver amor” três vezes (vv 1,2,3) e em seguida apresenta o ponto forte: “.. o bronze que retine... nada... nada”. 

Se retirarmos de nossas ações o amor, que é o elemento essencial de tudo, elas se tornam semelhantes a um carro sem rodas, um trem sem máquina, um avião sem asas, uma casa sem alicerces. Removendo-se o amor, nada mais resta.

O amor não é uma inclinação, é uma demonstração.
Quando falamos do amor como uma demonstração, queremos dizer que ele é ação, envolvimento, movimento, expressão. “O amor é... o amor faz... o amor não é... o amor não faz isso ou aquilo”. 

O amor não fica sentado, cochilando. Não é apático. É sempre disposto e pronto a agir. Não é passivo nem indiferente. Ele não passa pela vida bocejando. O verdadeiro amor é demonstrativo e não estéril nem embotado...

O amor é o ímã que nos aproxima dos nossos filhos, daqueles que nos são caros, e não uma muralha a separar-nos. 

Nos versículos 4 a 7 de I Coríntios 13, aparecem quinze definições especificas do amor. Vejamos: o amor é paciente, benigno, não arde em ciúmes, não se ufana, nem é arrogante, não se conduz inconvenientemente, não procura seus próprios interesses, não se exaspera, não se ressente do mal, não se alegra com a injustiça, regozija-se com a verdade, tudo sofre, crê em tudo, espera tudo, suporta tudo, jamais acaba.

Veja o ponto máximo do amor: “O amor jamais acaba”.
Para resumir essas quinze características do amor que jamais acaba, chegamos a cinco afirmações que dizem tudo:

- “Eu aceito você exatamente como é”.
- “Creio que você tem muito valor”.
- “Se você estiver sofrendo, eu me preocupo”.
- “Desejo apenas o que é melhor para você”.
- “Cancelo todas as suas ofensas”.

O amor não é um empréstimo de retorno imediato; é um investimento a longo prazo.
O verdadeiro amor não tem nada de superficial. Também não é uma varinha de condão que abanamos por cima de um problema, esperando que o sofrimento desapareça como que num toque de mágica. 

O verdadeiro amor é duradouro. O amor autêntico é forte. Não cede à tentação de procurar saídas fáceis. Ele sempre resolve trabalhar o problema até solucioná-lo.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário